Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de junho 2011

UFC 132 - Análise de Rafael dos Anjos vs. George Sotiropoulos

30 de junho de 2011 1



Rafael dos Anjos (esquerda) foto: reprodução sherdog




O UFC 132 acontecerá neste sábado no MGM Grand Garden Arena, Las Vegas, Estados Unidos.

O Brasil será representado por Wanderlei Silva e Rafael dos Anjos.

Na luta principal da noite, o norte-americano Dominick Cruz irá colocar o seu Cinturão do peso pluma (até 61 kg) em disputa contra o desafiante e seu compatriota Urijah Faber.

Acompanhe por aqui a análise dos principais combates até o evento.

Siga Também no Twitter aqui.

Rafael dos Anjos vs. George Sotiropoulos

Rafael dos Anjos medirá forças com o australiano  George Sotiropoulos pela divisão dos leves a(até 70 kg), onde o norte-americano Frankie Edgar ó o detentor do título na atualidade.

Rafael tem 14 tiunfos e 5 fracassos no MMA, vindo de revés sofrido por nocaute para o americano Clay Guida no UFC 117 no dia 07 de agosto de 2010.

Sotiropoulos é um dos mais talentosos lutadores da categoria dos leves, ostentando 14 vitórias e 3 derrotas.

No seu último combate no UFC 127 no dia 27 de fevereiro  de 2011 acabou sendo surpreendido pelo alemão Dennis Siver que levou a melhor por decisão unânime dos jurados.

A luta será uma pedreira para Rafael dos Anjos, eis que terá pela frente um exímio boxeador, com um notável e plástico jiu-jitsu.

O brasileiro deverá confiar no seu insigne jogo de solo, buscando levar a luta para o chão o mais rápido possível para trabalhar o seu afiado jiu-jitsu.

Rafael  não deverá arriscar muito na luta em pé, enquanto Sotiropoulos tentará manter o combate em cima, mas se a luta for para o chão, trabalhará o seu jiu-jitsu tanto da guarda como no ground-and-pound.

A tarefa deste sábado para Rafel não será nada fácil, mas aposto que o brazuca conseguirá boas quedas, colocando em prática o seu jiu-jitsu.

Dos Anjos já lutou em seis oportunidades no UFC, com três êxitos e três derrotas.

Aliás, Georges se apresentou oito vezes no UFC, tendo sofrido revés somente em sua última luta.

A forte tendência aponta para finalização, restando somente saber qual  lado sairá com o triunfo.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

- Dominick Cruz vs. Urijah Faber (pelo título dos plumas);

- Wanderlei Silva vs. Chris Leben;

- Ryan Bader vs. Tito Ortiz;

- Carlos Condit vs. Dong Hyun Kim;

- Dennis Siver vs. Matt Wiman;

Lutas Preliminares

- Melvin Guillard vs. Shane Roller;

- Rafael dos Anjos vs. George Sotiropoulos;

- Brian Bowles vs. Takeya Mizugaki;

- Aaron Simpson vs. Brad Tavares;

- Anthony Njokuani vs. Andre Winner;

- Jeff Hougland vs. Donny Walker.

Bookmark and Share

Fighter Extreme neste sábado em Porto Alegre

30 de junho de 2011 0

divulgação

Está agendado para sábado a partir das 18hs no Ginásio do Petrópole Tênis Clube em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, a 1ª edição do Fighter Extreme.

Serão lutas de Muay Thai e MMA, com promessa de grandes duelos ao longo do evento.

Maiores informações :

(51) 8418.8304 / 8588.5314

www.twitter.com/mohammad18

www.facebook.com/percio.strikers

Bookmark and Share

UFC 132 - Análise de Wanderlei Silva vs. Chris Leben

30 de junho de 2011 3



wanderlei silva foto: divulgação ufc




O UFC 132 acontecerá neste sábado no MGM Grand Garden Arena, Las Vegas, Estados Unidos.

O Brasil será representado por Wanderlei Silva e Rafael dos Anjos.

Na luta principal da noite, o norte-americano Dominick Cruz irá colocar o seu Cinturão do peso pluma (até 61 kg) em disputa contra o desafiante e seu compatriota Urijah Faber.

Acompanhe por aqui a análise dos principais combates até o evento.

Siga Também no Twitter aqui.

Wanderlei Silva vs. Chris Leben

Os dois atletas farão a segunda luta mais importante do evento em um duelo pela divisão dos médios (até 84kg), onde Anderson Silva é o hodierno campeão.

O brazuca Wanderlei Silva terá pela frente o americano Chris Leben.

Wand é um dos mais carismáticos lutadores e tem um cartel no MMA com 33 vitórias, 10 derrotas e um empate, vindo de êxito por decisão unânime dos jurados sobre o inglês Michael Bisping no UFC 110 no dia 21 de fevereiro de 2010.

O brasileiro reinou absoluto no Pride (extinto evento de MMA japonês, comprado pelo UFC em 2007), onde se sagrou campeão do GP de 2003.

Na final do torneio em 2003, Wand nocauteou o americano Quinton Rampage Jackson com as suas poderosas e temidas joelhadas.

Leben, por sua vez, leva na bagagem 25 triunfos e 7 derrotas no MMA, sendo que em seu último combate acabou sendo nocauteado pelo seu compatriota Brian Stann no UFC 125 no dia 01 de janeiro de 2011.

A vantagem no combate é totalmente do brasileiro.

O jogo de trocação de Wand casa muito bem com o de Leben, sendo uma luta boa para o brazuca.

Wanderlei é um fenômeno no Muay Thai, além de ser faixa-preta de jiu-jitsu e possuir um excelente boxe.

Silva ficou mais de quatro anos sem conhecer o sabor da derrota, mais especificamente do dia 12 de agosto de 2000 (onde nocauteou Todd Medina no Meca 2) até o dia 31 de dezembro de 2004 (onde foi superado por decisão dividida dos jurados no Pride Shockwave).

Conhecido como “Mr. Pride”, Wanderlei venceu por nocaute 25 das suas 33 vitórias, deixando óbvio o seu talento na luta em pé.

Desde que voltou ao UFC foram 5 lutas, com 2 vitórias (Keith Jardine no UFC 84 e Michael Bisping no UFC 110) e 3 derrotas (Chuck Liddell no UFC 79, Rampage Jackson no UFC 92 e Rich Franklin no UFC 99).

No outro canto, está Leben que entrou para o UFC através da 1ª edição do reality show “The Ultimate Fighter”, onde se destacou pela polêmica e pelo talento para o mundo das lutas.

O norte-americano tem a característica de ir para cima, proporcionando um duelo franco e aberto.

É um excelente wrester, mas possui uma trocação em evolução e um chão a ser aprimorado.

Leben enfrentou poucos nomes de peso do MMA, excetuando-se: Anderson Silva (que nocauteou Leben no UFC Fight Night 5 no dia 28 de junho de 2006), o brasileiro Jorge Santiago, o italiano Alessio Sakara e o compatriota Brian Stann.

A luta deverá consistir em Leben fingir uma trocação (aparentar que irá trocar socos, mantendo a luta em pé, quando na verdade quer levar a luta para o chão) e tentar derrubar Wanderlei Silva, trabalhando golpes da guarda ou da meia-guarda na ideia de ganhar o combate por pontos.

Wand, por sua vez, manterá a luta em pé para tentar o nocaute.

A forte tendência aponta para nocaute de Wanderlei no 1º round ou que supere a luta por pontos.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

- Dominick Cruz vs. Urijah Faber (pelo título dos plumas);

- Wanderlei Silva vs. Chris Leben;

- Ryan Bader vs. Tito Ortiz;

- Carlos Condit vs. Dong Hyun Kim;

- Dennis Siver vs. Matt Wiman;

Lutas Preliminares

- Melvin Guillard vs. Shane Roller;

- Rafael dos Anjos vs. George Sotiropoulos;

- Brian Bowles vs. Takeya Mizugaki;

- Aaron Simpson vs. Brad Tavares;

- Anthony Njokuani vs. Andre Winner;

- Jeff Hougland vs. Donny Walker.

Confira todas as quintas-feiras a coluna de Caju Freitas no Jornal Zero Hora.


Bookmark and Share

UFC - brasileiro tem luta com resultado alterado

29 de junho de 2011 0





Charles do bronx foto: divulgação ufc





Aconteceu no último domingo no Consol Energy Center em Pittsburgh, Pennsylvania, Estados Unidos a 4ª edição do UFC on Versus.

O evento marcou a 4ª vez que o UFC foi transmitido pela TV a cabo americana “Versus”, sem cobrança de pay-per-view.

O Brasil estava representado por Charles “do Bronx” Oliveira que pegou o duro e experiente Nik Lentz.

Charles finalizou o seu oponente com um mata-leão no 2º round, mas poucos segundos antes, aplicou uma joelhada ilegal (o americano estava com um dos joelhos apoiados no chão).

No momento do evento, o resultado foi declarado como sendo vitória do brazuca por finalização, contudo a Comissão Atlética do Estado norte-americano ficou de analisar melhor a luta.

Hoje, a Comissão voltou atrás e alterou o resultado do duelo entre Charles “do Bronx” Oliveira e Nick Lentz para “No Contest” (sem resultado), conforme  mmaweekly.

Siga também no twitter

Bookmark and Share

Anderson Silva se aposentará no peso médio do UFC

29 de junho de 2011 1


foto: divulgação UFC / Textual






O campeão Anderson Silva colocará o seu título dos médios do UFC em disputa contra o desafiante japonês Yushin Okami.

O duelo será a luta principal do UFC Rio ou UFC 134 no dia 27 de agosto de 2011 no Rio de Janeiro e valerá o título dos médios (até 84kg) do UFC, hoje nas mãos do brazuca.

Vale lembrar que Anderson foi Campeão do UFC 64 dos pesos médios (até 84kg) no dia 14 de outubro de 2006 nocauteando Rich Franklin aos 3 minutos do 1º round e permanece Campeão até hoje, vencendo todas as defesas de Cinturão (fez oitava).

“Aranha” (apelido dado ao brasileiro) é considerado com sendo o melhor lutador de MMA da atualidade e detém um invejável cartel com 28 vitórias e 4 derrotas, vindo de um incrível nocaute sobre Vitor Belfort no UFC 126 no dia 05 de fevereiro de 2011.

Na coletiva de imprensa do UFC Rio que ocorreu no dia 16 de junho no Rio de Janeiro, este colunista esteve presente e teve a oportunidade de perguntar ao campeão Anderson:

Caju Freitas: você está reinando absoluto na categoria dos médios. Na hipótese de vitória sobre Okami você pretende subir de categoria e qual o seu plano para o futuro ?

Anderson Silva: eu acho, ou melhor, tenho certeza: pretendo me manter na minha categoria!

Na categoria de cima, minha equipe tem o Minotouro, o Rafael Feijão e outros atletas da nossa equipe. E é uma coisa que a gente leva muito a sério isso. O respeito entre nosso time. A gente não tem a pretensão de um lutar na categoria do outro. Então, mantenho na minha categoria e espero me aposentar nela, com meus problemas até 84kg.

Siga também no twitter.

Aliás, a coletiva pode ser vista na íntegra abaixo, onde a pergunta desse colunista aparece aos 29’39″.


Bookmark and Share

UFC Rio - Yuri Alcantara vs. Antonio Carvalho é anunciado oficialmente

28 de junho de 2011 0


reprodução mmaweekly



O UFC anunciou oficialmente hoje mais uma luta para o UFC Rio, conforme mmaweekly.

Trata-se do brasileiro Yuri “Marajó” Alcantara que terá pela frente o canadense Antonio Carvalho, em um duelo pela divisão dos penas (até 66kg), onde o brazuca José Aldo é o campeão.

Diga-se que os dois atletas são estreantes no UFC.

Marajó leva um cartel com 25 triunfos e 3 fracassos, vindo de nocaute sobre o americano Ricardo Lamas no WEC 53 no dia 16 de dezembro de 2010.

O representante tupiniquim irá tentar a 12ª vitória consecutiva na carreira.

Já Carvalho tem 13 êxitos e 4 derrotas, sendo que no seu último e recente combate superou o norte-americano Douglas Evans no SFS (Score Fighting Series) no dia 10 de junho de 2011.

Siga também pelo twitter.

O UFC Rio (UFC 134) acontecerá no dia 27 de agosto no HSBC Arena, Barra da Tijuca e terá como luta principal da noite o confronto entre o campeão dos médios Anderson Silva contra o japonês Yushin Okami.

O ano de 2011 irá entrar para a história como sendo o marco do MMA no País.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

- Anderson Silva vs. Yushin Okami (pelo título dos médio);

- Forrest Griffin vs. Mauricio Shogun Rua;

- Rodrigo Minotauro Nogueira vs. Brendan Schaub;

- Edson Barboza vs. Ross Pearson;

- Luiz Banha Cane vs. Stanislav Nedkov;

- Spencer Fisher vs. Thiago Tavares;

- David Mitchell vs. Paulo Thiago;

- Erick Silva vs. Mike Swick;

- Yves Jabouin vs. Ian Loveland;

- Alexandre “Cacareco” Ferreira vs. Rousimar Palhares;

- Yuri Marajó vs. Antonio Carvalho.

Bookmark and Share

UFC 132 no sábado com cobertura em tempo real

28 de junho de 2011 0




ufc 132 poster divulgação





O UFC 132 será realizado no próximo sábado no MGM Grand Garden Arena em Las Vegas, Estados Unidos.

Essa coluna fará novamente uma cobertura em tempo real das lutas do UFC, salientando que os duelos preliminares deverão começar por volta das 20:00hs (horário de Brasília).

Siga também no twitter.

Na luta principal da noite, o norte-americano Dominick Cruz irá colocar o seu Cinturão do peso pluma (até 61 kg) em disputa contra o desafiante e seu compatriota Urijah Faber.

Cruz  é o detentor do Cinturão da categoria e ostenta um respeitável cartel com 17 triunfos e apenas um revés, vindo de recente vitória sobre o seu patrício Scott Jorgensen no WEC 53 no dia 16 de dezembro de 2010.

Cruz também é proveniente do antigo WEC (extinto evento de lutadores mais leves, comprado pelo UFC em 2010), onde já era o Campeão, tendo alcançado o título no WEC 47 no dia 06 de março de 2010 ao nocautear o norte-americano Brian Browles.

Já o desafiante Urijah Faber também é oriundo do WEC, onde reinava absoluto na divisão dos penas (até 66kg) até enfrentar o brasileiro José Aldo que acabou com o reinado americano no WEC 48 no dia 24 de abril de 2010, vencendo por decisão unânime dos jurados.

Agora Faber tenta a sorte na categoria de baixo, trazendo um cartel com 25 vitórias e 4 derrotas, vindo de recente êxito por decisão unânime sobre o americano Eddie Wineland no UFC 128 no dia 19 de março de 2011.

Diga-se de passagem que a única derrota da carreira de Cruz ocorreu no WEC 26 no dia 24 de março de 2007, exatamente no primeiro encontro com Faber, onde o efetivo desafiante finalizou com uma justa guilhotina, encerrando o combate ainda no 1º assalto.

Na segunda luta mais importante da noite, o brazuca Wanderlei Silva irá para batalha contra o americano Chris Leben.

Wand é um dos mais carismáticos lutadores e tem um cartel no MMA com 33 vitórias, 10 derrotas e um empate, vindo de êxito por decisão unânime dos jurados sobre o inglês Michael Bisping no UFC 110 no dia 21 de fevereiro de 2010.

O brasileiro reinou absoluto no Pride (extinto evento de MMA japonês, comprado pelo UFC em 2007), onde se sagrou campeão do GP de 2003.

Na final do torneio em 2003, Wand nocauteou o americano Quinton Rampage Jackson com as suas poderosas e temidas joelhadas.

Leben, por sua vez, leva na bagagem 25 triunfos e 7 derrotas no MMA, sendo que em seu último combate acabou sendo nocauteado pelo seu compatriota Brian Stann no UFC 125 no dia 01 de janeiro de 2011.

A divisão de peso em questão engloba atletas com até 84 kg e é denominada peso médio, onde Anderson Silva é o campeão.

O Brasil também será representado por Rafael dos Anjos que medirá forças com o australiano  George Sotiropoulos pela divisão dos leves a(até 70 kg), sendo o americano Frankie Edgare o detentor do título da atualidade.

Rafael tem 14 tiunfos e 5 fracassos no MMA, vindo de revés sofrido por nocaute para o americano Clay Guida no UFC 117 no dia 07 de agosto de 2010.

Sotiropoulos é um dos mais talentosos lutadores da categoria dos leves, ostentando 14 vitórias e 3 derrotas.

No seu último combate no UFC 127 no dia 27 de fevereiro  de 2011 acabou sendo surpreendido pelo alemão Dennis Siver que levou a melhor por decisão unânime dos jurados.

Aliás,  Siver também estará em ação no UFC 132  contra o norte-americano Matt Wiman e, se vencer a batalha, o UFC deverá anunciar o alemão como o novo desafiante ao título dos leves.

Ainda, o lendário americano Tito Ortiz entrará em cena no sábado para duelar com o seu compatriota Ryan Bader.

Os dois lutadores precisam da vitória, pois Ortiz vem de fracasso para Matt Hamill no UFC 121 no dia 23 de outubro de 2010 por decisão unânime, enquanto Bader lamenta a recente finalização sofrida para Jon Jones no UFC 126 no dia 05 de fevereiro de 2011.

A categoria em análise engloba atletas com até 93 kg e o hodierno campeão é Jon Jones.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

- Dominick Cruz vs. Urijah Faber (pelo título dos plumas);

- Wanderlei Silva vs. Chris Leben;

- Ryan Bader vs. Tito Ortiz;

- Carlos Condit vs. Dong Hyun Kim;

- Dennis Siver vs. Matt Wiman;

Lutas Preliminares

- Melvin Guillard vs. Shane Roller;

- Rafael dos Anjos vs. George Sotiropoulos;

- Brian Bowles vs. Takeya Mizugaki;

- Aaron Simpson vs. Brad Tavares;

- Anthony Njokuani vs. Andre Winner;

- Jeff Hougland vs. Donny Walker.

Bookmark and Share

EXCLUSIVO: entrevista em vídeo com Rafael Feijão Cavalcante

27 de junho de 2011 0

O brasileiro Rafael Feijão Cavalcante é atleta do Strikeforce e ex-campeão dos meio-pesados da organizização.

Feijão ostenta 10 triunfos e 3 derrotas, vindo de revés para o americano Dan Henderson no dia 05 de março de 2011 no Strikeforce, onde perdeu o seu Cinturão da divisão de peso.

Feijão lutará no Strikeforce ainda em 2011 e espera pela definição do seu seu próximo oponente.

Siga também no twitter aqui.

Rafael Feijão concedeu uma entrevista exclusiva no Rio de Janeiro que você confere abaixo:

Bookmark and Share

UFC on versus 4 - brasileiro vence em luta polêmica

27 de junho de 2011 2




O brasileiro Charles do Bronx Oliveira foto: divulgação ufc






Aconteceu na madrugada deste domingo  no Consol Energy Center em Pittsburgh, Pennsylvania, Estados Unidos a 4ª edição do UFC on Versus.

O evento foi a 4ª edição do show chamado “UFC on Versus” e foi a 4ª vez que o UFC foi transmitido pela TV a cabo americana “Versus”, sem cobrança de pay-per-view.

O UFC está a todo o vapor na expansão do MMA no Planeta, promovendo uma grande quantidade de eventos (além do próprio UFC), sendo que todos detém um extremo sucesso, tais como: UFC Fight Night, The Ultimate Fighter, “UFC on Versus” e a recente aquisição Strikeforce.

A edição pode ser considerada como sendo um dos melhores eventos já realizados pelo UFC.

Com lutas empolgantes e com uma arena completamente lotada, o UFC demonstra o grande sucesso do MMA no Planeta.

A luta principal da noite se deu entre o francês Cheick Kongo e o americano Pat Barry e era válida pela divisão dos pesados (acima de 93 kg) do UFC.

No 1º round, Barry começa com uma trocação firme, dominando o centro do octogon, acertando bons chutes baixos em Kongo.

Na metade do assalto, Barry acerta um cruzado de direita que derruba Kongo. No solo, Barry continua golpeando, enquanto Kongo se levanta.

Barry acerta outro cruzado de direita e parecia que o duelo terminaria, mas Kongo consegue se levantar e acerta um gancho de direita que nocauteia Barry.

A luta pode ser considerada como sendo uma das maiores viradas da história do mundo das lutas.

Na segunda luta mais importante da noite, o americano Rick Story encarou a zebra americana Charlie Brenneman (que substituiu recentemente Nate Marquardt) e se deu mal.

Após três rounds, o azarão Charlie Brenneman se consagrou ao imprimir um bom ritmo e levar o combate por decisão unânime dos jurados.

O Brasil estava representado por Charles do Bronx que pegou o duro e experiente Nik Lentz.

Charles começou a luta em ritmo acelerado, mostrando ser um lutador completo, sendo um bom trocador, além de um jiu-jitsu de alto nível.

No 2º round, Charles acerta uma boa sequência que derruba Lentz e o brazuca acerta uma joelhada ilegal (o americano estava com um dos joelhos apoiados no chão). Charles do Bronx segue em ritmo forte só que agora consegue uma joelhada válida que leva novamente a luta para o chão. No solo, o brazuca mostra o seu afiado jiu-jitsu e finaliza Lentz com um justo mata-leão.

A polêmica joelhada ilegal será analisada pela comissão americana e poderá mudar o resultado da luta nos próximos dias.

Acompanhe também pelo twitter aqui.

Confira os resultados compeltos:

- Cheick Kongo nocauteou Pat Barry no 1º round;

- Charlie Brenneman venceu Rick Story por decisão unânime dos jurados;

- Matt Brown venceu John Howard por decisão unÇanime dos jurados;

- Matt Mitrione nocauteou Christian Morecraft no 2º round;

Lutas preliminares

- Tyson Griffin venceu Manny Gamburyan por decisão unanime dos jurados;

- Javier Vazquez venceu Joe Stevenson por decisão unânime dos jurados;

- Joe Lauzon finalizou Curt Warburton cm uma kimura no 1º round;

- Rich Attonito venceu Daniel Roberts por decisão unânime dos jurados;

- Charles do Bronx Oliveira finalizou Nik Lentz com um mata-leão no 2º round;

- Ricardo Lamas nocauteou Matt Grice no 1º round;

- Michael Johnson nocauteou Edward Faaloloto no 1º round.

Bookmark and Share

UFC on Versus 4 hoje com brasileiro em ação

26 de junho de 2011 0




poster divulgação







O UFC on Versus 4 está agendado para este domingo, por volta das 19:00hs (horário de Brasília) no Consol Energy Center em Pittsburgh, Pennsylvania, Estados Unidos.

Acompanhe pelo twitter aqui.

É importante que se ressalte que o horário acima referido vale para as lutas preliminares, eis que os duelos principais deverão iniciar por volta das 22:00hs (horário de Brasília).

O evento será a 4ª edição do show chamado “UFC on Versus” e será a quarta vez que o UFC será transmitido pela TV a cabo americana “Versus”, sem cobrança de pay-per-view.

O UFC está a todo o vapor na expansão do MMA no Planeta, promovendo uma grande quantidade de eventos (além do próprio UFC), sendo que todos detém um absurdo sucesso, tais como: UFC Fight Night, The Ultimate Fighter, “UFC on Versus” e a recente aquisição Strikeforce.

A luta principal da noite será de pesos-pesados e se dará entre o francês Cheick Kongo e o americano Pat Barry.

Barry ostenta 6 triunfos e duas derrotas, vindo de vitória por decisão unânime dos jurados contra o mexicano Joey Beltran no UFC Fight for the Troops 2 no dia 22 de janeiro de 2011.

Do outro lado, Kongo leva 15 vitórias, 6 fracassos e 2 empates, sendo que em seu último compromisso acabou empatando a luta com o havaiano Travis Browne no UFC 120 no dia 16 de outubro de 2010.

Inicialmente, a luta principal seria entre os norte-americanos Nate Marquardt e Rick Story, mas Marquardt não passou nos exames médicos, sendo cortado do card e do UFC.

Agora, Rick Story pegará o também americano Charlie Brenneman, mas na segunda mais importante do show.

O Brasil estará representado por Charles do Bronx que pegará o duro e experiente Nik Lentz.

Nik ostenta 21 vitórias, 3 derrotas e 2 empates no MMA, vindo de finalização com uma guilhotina no 3º round sobre o também americano Wayle Love, triunfo alcançado no UFC Fight Night 24 no dia 26 de março de 2001.

Já Charles foi apontado como grande promessa brazuca na categoria dos leves (até 70kg), onde o norte-americano Frankie Edgar é o atual campeão.

Todavia, Charles foi severamente surpreendido em seu último combate ao ser finalizado com uma chave de joelho no 1º round pelo americano Jim Miller.

Na ocasião, o brasileiro estava muito bem na luta, mas ao tentar aplicar uma chave de pé, acabou levando um contra-ataque que acabou com o combate, com a sua invencibilidade e resultou no adiamento do sonho pelo título.

Charles do Bronx tem 14 triunfos e apenas uma derrota e deverá brilhar em breve, salientando que o tupiniquim possui somente 21 anos de idade.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

- Pat Barry vs. Cheick Kongo;

– Charlie Brenneman vs. Rick Story;

- Matt Brown vs. John Howard;

- Matt Mitrione vs. Christian Morecraft;

Lutas preliminares

- Manny Gamburyan vs. Tyson Griffin;

- Joe Stevenson vs. Javier Vazquez;

- Joe Lauzon vs. Curt Warburton;

- Rich Attonito vs. Daniel Roberts;

- Nik Lentz vs. Charles do Bronx Oliveira;

- Matt Grice vs. Ricardo Lamas.

- Edward Faaloloto vs. Michael Johnson.

Bookmark and Share