Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de julho 2011

Dan Henderson nocauteia Fedor Emelianenko em luta história do Strikeforce

31 de julho de 2011 0





Aconteceu na madrugada deste domingo no Sears Centre Arena em Hoffman Estates, Illinois, Estados Unidos mais uma edição do Strikeforce.

A edição foi marcada por excelentes lutas, em uma arena completamente lotada, com mais de 10 mil pessoas.

O evento demonstra novamente que o MMA é o esporte que mais cresce no Planeta.

Lembre-se que o UFC adquiriu o Strikeforce, sendo que os eventos permanecem indepententes até agora ( o Presidente do Strikeforce é Scott Coker e o do UFC é Dana White), mas com a supervisão e auxílio do UFC.

Siga no twitter

Na luta principal da noite,  o russo Fedor Emelianenko e o norte-americano Dan Henderson mediram forças, em um combate de duas lendas vivas do MMA, válido pela divisão dos pesos pesados (acima de 93 kg).

No 1º round, a luta começa com trocação franca, quando Fedor acerta um potente cruzado de direita que derruba Henderson. No solo, o russo tenta acertar golpes, quando Henderson consegue, por milagre, esgrimar e ir para as costas do russo, de onde acerta um gancho de direita que decreta o nocaute para o americano. Dan Henderson nocauteia Fedor e é mais um lutador a vencer a lenda viva do esporte.

Fedor sofreu a terceira derrota consecutiva  e poderá anunciar a sua aposentadoria, muito embora após a luta tenha afirmado que deverá seguir firme no Strikeforce.

Dan Henderson figura entre os Tops desde os tempos do Pride (extinto evento de MMA japonês, comprado pelo UFC em 2007), sendo o atual campeão dos meio-pesados (até 93kg) do Strikeforce.

Henderson também duelou na divisão dos médios (até 84kg) e dos pesos-pesados (acima de 93kg), todas com extremo sucesso, sendo campeão ou disputado título em todas as organizações em que passou.

Henderson agora tem 28 êxitos e 8 derrotas na carreira, sem nunca ter sofrido um nocaute sequer.

Curiosamente, “Hendo” é um dos raros atletas que saiu do UFC por vontade própria, pois após o seu devastador nocaute sobre o inglês Michael Bisping no UFC 100 no dia 11 de julho de 2009, Henderson não renovou o seu contrato e acabou migrando para o Strikeforce.

Destaque para a norte-americana Miesha Tate que finalizou a holandesa Marloes Coenen com um katagatame no 4º round e faturou o título de MMA feminino do Strikeforce, em um luta com emoção do primeiro ao último minuto.

O Brasil contou com dois representantes que figuraram no card preliminar.

O primeiro a subir no octogon foi Eduardo Palplona que acabou sendo nocauteado pelo duríssimo americano Tyler Stinson com apenas 15 seundos de luta.

Logo depois foi a vez de Gesias Cavalcante que venceu o norte-americano Bobby Green por decisão dividida dos jurados, após um combate bastante equilibrado.

Confira os resultados completos:

- Dan Henderson nocauteou Fedor Emelianenko no 1º round;

- Miesha Tate finalizou Marloes Coenen com um katagatame no 4º round;

- Tim Kennedy venceu Robbie Lawler por decisão unânime dos jurados;

–  Tyron Woodley venceu Paul Daley por decisão unÇanime dos jurados;

- Tarec Saffiedine venceu Scott Smith por decisão unânime dos jurados;

Lutas Preliminares

-  Gesias Cavalcante venceu Bobby Green por decisão dividida dos jurados;

- Tyler Stinson nocauteou Eduardo Pamplona no 1º round;

- Alexis Davis venceu Julie Kedzie por decisão unânime dos jurados;

- Derek Brunson finalizou Lumumba Sayers com um mata-leão no 1º round;

- Gabriel Salinas-Jones finalizou Bryan Humes com um triângulo de mão no 3º round.

Bookmark and Share

Strikeforce hoje com Fedor Emelianenko vs. Dan Henderson

30 de julho de 2011 0




divulgação







Acontece neste sábado e início de domingo no Sears Centre Arena em Hoffman Estates, Illinois, Estados Unidos mais uma edição do Strikeforce.

Na luta principal da noite,  o russo Fedor Emelianenko e o norte-americano Dan Henderson irão medir forças, em um combate de duas lendas vivas do MMA, válido pela divisão dos pesos pesados (acima de 93 kg).

Siga em tempo real pelo twitter

Dan Henderson figura entre os Tops desde os tempos do Pride (extinto evento de MMA japonês, comprado pelo UFC em 2007), sendo o atual campeão dos meio-pesados (até 93kg) do Strikeforce.

Diga-se de passagem que Dan Henderson também duelou na divisão dos médios (até 84kg) e dos pesos-pesados (acima de 93kg), todas com extremo sucesso, sendo campeão ou disputado título em todas as organizações em que passou.

Henderson tem 27 êxitos e 8 derrotas na carreira, vindo de nocaute sobre o brasileiro Rafael Feijão no 3º round no Strikeforce do dia 05 de março de 2011, conquistando, assim, o título dos meio-pesados do Strikeforce.

Curiosamente, “Hendo” é um dos raros atletas que saiu do UFC por vontade própria, pois após o seu devastador nocaute sobre o inglês Michael Bisping no UFC 100 no dia 11 de julho de 2009, Henderson não renovou o seu contrato com a maior organização de lutas do Mundo.

Meses após, fechou contrato com o Strikeforce, onde permanece até hoje.

Do outro lado, Fedor é considerado como sendo um dos maiores nomes da história do esporte.

O russo possui um cartel com 31 vitórias, 3 derrotas e um N/C (sem resultado, ocorrido no dia 15 de agosto de 2004 na final do torneio dos pesados do Pride, onde o brasileiro Rodrigo Minotauro acertou uma cabeçada acidental).

Fedor vem de duas derrotas seguidas e para brasileiros, sendo a última sofrida por interrupção médica para Antonio Pezão na 1º fase do GP dos pesados do Strikeforce no dia 12 de fevereiro. A outra se deu para Fabricio Werdum por finalização, através de um triângulo  no dia 26 de junho de 2010 no Strikeforce, quebrando uma década de invencibilidade do russo.

Um raio x das 31 vitórias do russo:

– 15 finalizações: 6 com arm-lock, 4 com mata-leão, 3 com kimura e 2 com guilhotina.

– 9 nocautes: todos no 1º round, exceto sobre o norte americano Brett Rogers que caiu no 2º assalto.

– 7 por decisão dos jurados.

O combate entre Fedor e Henderson não valerá título de categoria.

Lembre-se que o UFC adquiriu o Strikeforce, sendo que os eventos permanecem indepententes até agora ( o Presidente do Strikeforce é Scott Coker e o do UFC é Dana White), mas com a supervisão e auxílio do UFC.

Ainda, os brazucas Gesias Cavalcante e Eduardo Pamplona irão figurar no card preliminar do evento.

Veja a análise dos combates aqui

Pesagem oficial  aqui.

Countdown aqui.

Acompanhe também pelo twitter aqui.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

- Dan Henderson vs. Fedor Emelianenko;

- Campeã Marloes Coenen vs. Miesha Tate (pelo título feminino dos meio-médios);

- Tim Kennedy vs. Robbie Lawler;

– Paul Daley vs. Tyron Woodley;

- Tarec Saffiedine vs. Scott Smith;

Lutas Preliminares

- Alexis Davis vs. Julie Kedzie.

- Bobby Green vs. Gesias Cavalcante;

- Eduardo Pamplona vs. Tyler Stinson.

- Derek Brunson vs. Lumumba Sayers;

- Bryan Humes vs. Gabriel Salinas-Jones.

Todos os sábados a partir das 20hs tem “No Mundo das Lutas” na Rede Atlântida.

Bookmark and Share

Análise Fedor Emelianenko vs. Dan Henderson no Strikeforce

29 de julho de 2011 1





divulgação




Neste sábado se dará no Sears Centre Arena em Hoffman Estates, Illinois, Estados Unidos mais uma edição do Strikeforce.

O Brasil estará representado por Gesias Cavalcante e Eduardo Pamplona.

Na luta principal da noite,  o russo Fedor Emelianenko e o norte-americano Dan Henderson irão medir forças, em um combate de duas lendas vivas do MMA, válido pela divisão dos pesos pesados (acima de 93 kg).

Siga no twitter

Acompanhe a análise do combate:

Dan Henderson vs. Fedor Emelianenko

Os dois atletas farão a luta principal do evento em um dos combates mais esperados dos últimos tempos.

O russo Fedor Emelianenko é o favorito contra Henderson.

Dan Henderson figura entre os Tops desde os tempos do Pride (extinto evento de MMA japonês, comprado pelo UFC em 2007), sendo o atual campeão dos meio-pesados (até 93kg) do Strikeforce.

Diga-se de passagem que Dan Henderson também duelou na divisão dos médios (até 84kg) e dos pesos-pesados (acima de 93kg), todas com extremo sucesso, sendo campeão ou disputado título em todas as organizações em que passou.

Henderson tem 27 êxitos e 8 derrotas na carreira, vindo de nocaute sobre o brasileiro Rafael Feijão no 3º round no Strikeforce do dia 05 de março de 2011, conquistando, assim, o título dos meio-pesados do Strikeforce.

Curiosamente, “Hendo” é um dos raros atletas que saiu do UFC por vontade própria, pois após o seu devastador nocaute sobre o inglês Michael Bisping no UFC 100 no dia 11 de julho de 2009, Henderson não renovou o seu contrato com a maior organização de lutas do Mundo.

Meses após, fechou contrato com o Strikeforce, onde permanece até hoje.

Já Fedor é considerado como sendo um dos maiores nomes da história do esporte.

O russo possui um cartel com 31 vitórias, 3 derrotas e um N/C (sem resultado, ocorrido no dia 15 de agosto de 2004 na final do torneio dos pesados do Pride, onde o brasileiro Rodrigo Minotauro acertou uma cabeçada acidental).

Fedor vem de duas derrotas seguidas e para brasileiros, sendo a última sofrida por interrupção médica para Antonio Pezão na 1º fase do GP dos pesados do Strikeforce no dia 12 de fevereiro. A outra se deu para Fabricio Werdum por finalização, através de um triângulo  no dia 26 de junho de 2010 no Strikeforce, quebrando uma década de invencibilidade do russo.

Fedor Emelianenko é um lutador proveniente do Sambo (arte popular na Rússia) e é completo.

Possui um boxe afiadíssimo, trabalhando, como poucos, a linha de cintura de seus oponentes, além de possuir uma das maiores forças da história do MMA.

O russo já venceu nomes como: Ricardo Arona, Renato Babalu, Rodrigo Minotauro (2 vezes), Mirko Cro Cop, reinando absoluto nos tempos do Pride.

Fedor, apesar de não possuir um físico atlético, torna-se um dos lutadores mais temidos do MMA, sendo muito mais forte do que Henderson.

Contudo, se Fedor sentir a pressão de ter de vencer para evitar a aposentadoria, Henderson surgirá forte.

Henderson é um dos mais experientes atletas em atividade no esporte, sendo que já lutou com 18 brasileiros, vencendo nomes como: Crezio de Souza, Allan Goes, Minotauro (lutou 2 vezes, perdendo uma e vencendo outra), Renato Babalu, Renzo Gracie, Murilo Ninja, Murilo Bustamante, Vitor Belfort, Wanderlei Silva (lutaram duas vezes, com uma vitória para cada), Rousimar Toquinho e Rafael Feijão.

Henderson é um excelente trocador (principalmente o seu conhecido cruzado de direita), tendo um wresting de nível olímpico.

A luta deverá terminar por nocaute, possivelmente para Fedor Emelianenko.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

- Dan Henderson vs. Fedor Emelianenko;

- Campeã Marloes Coenen vs. Miesha Tate (pelo título feminino dos meio-médios);

- Tim Kennedy vs. Robbie Lawler;

– Paul Daley vs. Tyron Woodley;

- Tarec Saffiedine vs. Scott Smith;

Lutas Preliminares

- Alexis Davis vs. Julie Kedzie.

- Bobby Green vs. Gesias Cavalcante;

- Eduardo Pamplona vs. Tyler Stinson.

- Derek Brunson vs. Lumumba Sayers;

- Bryan Humes vs. Gabriel Salinas-Jones.

Bookmark and Share

Vídeo: Strikeforce neste sábado com duas lendas do MMA

29 de julho de 2011 0

Caju Freitas analisa o duelo do final de semana entre dois dos maiores nomes da história do MMA, o russo Fedor Emelianenko e o norte-americano Dan Henderson.

Siga no twitter

Confira:


Bookmark and Share

Strikeforce - Fedor Emelianenko é favorito contra Dan Henderson

28 de julho de 2011 0



divulgação





Acontecerá no sábado dia 30 de julho de 2011 no Sears Centre Arena em Hoffman Estates, Illinois, Estados Unidos mais uma edição do Strikeforce.

Na luta principal da noite,  o russo Fedor Emelianenko e o norte-americano Dan Henderson irão medir forças, em um combate  válido pela divisão dos pesos pesados (acima de 93 kg).

O combate é um dos mais esperados de 2011, uma vez que os dois lutadores são verdadeiras lendas vivas do MMA.

Segundo a agência de apostas norte-americana Betus, o russo é o favorito.

De acordo com as apostas (que variam diariamente), Fedor  está “- 230 ″, ou seja, o apostador que acreditar no ex-campeão do Pride terá de desembolsar 230 dólares e no caso de vitória, receberá 100 dólares e mais os 230 dólares apostados.

Já Dan Henderson  é  ” zebra” e está ” +180″ ou seja, o apostador que acreditar no atual campeão dos meio-pesados do Strikeforc receberá 180 dólares a cada 100 dólares apostados, em caso de vitória.

As apostas são feitas diariamente e poderão variar o favorito de cada luta.

Siga no twitter

O combate entre Fedor e Henderson não valerá título de categoria.

Lembre-se que o UFC adquiriu o Strikeforce, sendo que os eventos permanecem indepententes até agora ( o Presidente do Strikeforce é Scott Coker e o do UFC é Dana White), mas com a supervisão e auxílio do UFC.

Ainda, os brazucas Gesias Cavalcante e Eduardo Pamplona irão figurar no card preliminar do evento.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

- Dan Henderson vs. Fedor Emelianenko;

- Campeã Marloes Coenen vs. Miesha Tate (pelo título feminino dos meio-médios);

- Tim Kennedy vs. Robbie Lawler;

– Paul Daley vs. Tyron Woodley;

- Tarec Saffiedine vs. Scott Smith;

Lutas Preliminares

- Alexis Davis vs. Julie Kedzie.

- Bobby Green vs. Gesias Cavalcante;

- Eduardo Pamplona vs. Tyler Stinson.

- Derek Brunson vs. Lumumba Sayers;

- Bryan Humes vs. Gabriel Salinas-Jones.

Bookmark and Share

Vitor Belfort está confirmado no UFC 133

28 de julho de 2011 0




divulgação UFC






O UFC 133 está agendado para o dia 06 de agosto de 2011 no Wells Fargo Center na Philadelphia, Estados Unidos.

Na luta principal do evento os norte-americanos Rashad Evans e  Tito Ortiz irão medir forças pela divisão dos meio-pesados (até 93kg), onde Jon Jones é o atual campeão.

Os dois lutadores já se enfrentaram no UFC 73 no dia 07 de julho de 2007, onde o confronto acabou sendo declarado como empate.

Siga no twitter

O ícone brasileiro Vitor Belfort irá enfrentar o japonês Yoshihiro Akiyama no segundo duelo de maior importância do show.

Vitor é detentor de um cartel no MMA com 19 êxitos e 9 derrotas, vindo de nocaute sofrido para o campeão Anderson Silva no UFC 126 no dia 05 de fevereiro de 2011.

No outro canto, Akiyama ostenta 13 triunfos e 3 derrotas, sendo que em sua última apresentação acabou sendo superado por decisão unânime dos jurados pelo inglês Michael Bisping, revés ocorrido no UFC 120 no dia 16 de outubro de 2010.

O duelo será válido pela divisão dos médios (até 84kg) do UFC, onde Anderson Silva é o hodierno campeão.

O UFC 133 contará também com os brasileiros Rafael Sapo Natal e Rani Yahya.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

- Rashad Evans vs. Tito Ortiz;

- Yoshihiro Akiyama vs. Vitor Belfort;

- Brian Ebersole vs. Dennis Hallman;

- Constantinos Philippou vs. Jorge Rivera;

- Rory MacDonald vs. Mike Pyle;

Lutas Preliminares

- Alexander Gustafsson vs. Matt Hamill;

- Chad Mendes vs. Rani Yahya;

- Ivan Menjivar vs. Nick Pace;

- Johny Hendricks vs. Mike Pierce;

- Mike Brown vs. Nam Phan;

- Paul Bradley vs. Rafael “Sapo” Natal.

Confira todas as quintas-feiras a coluna de Caju Freitas no Jornal Zero Hora.


Bookmark and Share

Anderson Silva deverá manter o título no UFC Rio

27 de julho de 2011 0





divulgação ufc textual





O campeão Anderson Silva colocará o seu título dos médios do UFC em disputa contra o desafiante japonês Yushin Okami.

O duelo será a luta principal do UFC Rio ou UFC 134 no dia 27 de agosto de 2011 no Rio de Janeiro e valerá o título dos médios (até 84kg) do UFC, hoje nas mãos do brazuca.

Siga no twitter

Anderson foi Campeão do UFC 64 dos pesos médios (até 84kg) no dia 14 de outubro de 2006 nocauteando Rich Franklin e permanece Campeão até hoje vencendo todas as defesas de Cinturão (fez oitava).

O “Aranha” (apelido dado ao brasileiro) é considerado com sendo o melhor lutador de MMA da atualidade e detém um invejável cartel com 28 vitórias e 4 derrotas, vindo de um incrível nocaute sobre Vitor Belfort no UFC 126 no dia 05 de fevereiro de 2011.

Okami, por outro lado, tem 26 vitórias e 5 derrotas na carreira, vindo de triunfo por decisão unânime dos jurados sobre o Americano Nate Marquardt no UFC 122 no dia 13 de novembro de 2010.

Além do mais, os dois lutadores já mediram forças no dia 20 de janeiro de 2006 no evento ROTR 8- Rumble on the Rock, onde a luta terminou de forma polêmica com vitória de Okami por desclassificação, eis que o Juiz interrompeu o duelo alegando que o brasileiro teria aplicado um golpe ilegal.

Segundo a agência de apostas norte-americana Betus, o brazuca é o favorito.

De acordo com as apostas (que variam diariamente), Anderson  está “- 450 ″, ou seja, o apostador que acreditar no campeão dos médios terá de desembolsar 450 dólares e no caso de vitória, receberá 100 dólares e mais os 450 dólares apostados.

Já o desafiante  é  ” zebra” e está ” +325″ ou seja, o apostador que acreditar em Okami receberá 325 dólares a cada 100 dólares apostados, em caso de vitória.

As apostas são feitas diariamente e poderão variar o favorito de cada luta.

O UFC Rio está recheados de brasileiros (que estão destacados abaixo).

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

Anderson Silva vs. Yushin Okami (pelo título dos médios);

- Forrest Griffin vs. Mauricio Shogun Rua;

Rodrigo Minotauro Nogueira vs. Brendan Schaub;

Edson Barboza vs. Ross Pearson;

Luiz Banha Cane vs. Stanislav Nedkov;

Lutas preliminares

- Spencer Fisher vs. Thiago Tavares;

- David Mitchell vs. Paulo Thiago;

- Erick Silva vs. Mike Swick;

Yuri Marajó Alcantara vs. Felipe Sertanejo Arantes;

– Yves Jabouin vs. Ian Loveland;

- Raphael Assunção vs. Johnny Eduardo;

– Dan Miller vs. Rousimar Toquinho Palhares.

Bookmark and Share

UFC Rio com ingressos adicionais esgotados em 12 minutos

27 de julho de 2011 2




divulgação






A organização do UFC divulgou no início desta quarta-feira que todos os ingressos adicionais para o UFC Rio foram vendidos em apenas 12 minutos.

Os ingressos foram disponibilizados às 23:30hs desta terça-feira diretamente pelo www.ingresso.com, onde  os quase 2 mil ingressos foram vendidos em pouco mais de 10 minutos.

A venda adicional foi possível em virtude de ajustes na estrutura do evento feitos pela equipe de operações do UFC que criou mais lugares para atender a imensa demanda dos fãs brasileiros.

Ao invés de 6 telões que foram anteriormente anunciados serão utilizados 4 telões de alta definição, uma configuração similar aos eventos do UFC realizados nos Estados Unidos.

Os fãs que já adquiriram os seus ingressos terão a mesma visibilidade, mas com telões maiores e melhores, com mais de 3 toneladas de equipamentos de som e 2 toneladas de equipamentos de luz que criarão um show inesquecível.

O UFC Rio (UFC 134) que se dará no dia 27 de agosto de 2011 no HSBC Arena, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

Na luta principal da noite, o  campeão Anderson Silva colocará o seu título dos médios ( até 84kg) do UFC em disputa contra o desafiante japonês Yushin Okami.

siga no twitter

O UFC Rio está recheados de brasileiros (que estão destacados abaixo).

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

Anderson Silva vs. Yushin Okami (pelo título dos médios);

- Forrest Griffin vs. Mauricio Shogun Rua;

Rodrigo Minotauro Nogueira vs. Brendan Schaub;

Edson Barboza vs. Ross Pearson;

Luiz Banha Cane vs. Stanislav Nedkov;

Lutas preliminares

- Spencer Fisher vs. Thiago Tavares;

-  David Mitchell vs. Paulo Thiago;

- Erick Silva vs. Mike Swick;

Yuri Marajó Alcantara vs. Felipe Sertanejo Arantes;

– Yves Jabouin vs. Ian Loveland;

- Raphael Assunção vs. Johnny Eduardo;

– Dan Miller vs. Rousimar Toquinho Palhares.

Bookmark and Share

UFC Rio com ingressos extras a partir de hoje

26 de julho de 2011 0



divulgação




A organização do UFC oficializou ontem as doze lutas do UFC Rio (UFC 134) que se dará no dia 27 de agosto de 2011 no HSBC Arena, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

O UFC anunciou também que irá disponibilizar mais ingressos para o evento a partir de hoje (dia 26 de julho)  às 23:30hs, diretamente pelo www.ingresso.com.

Os cerca de 2 mil ingressos extras deverão ser vendidos em poucos minutos, tamanha a procura que acontecerá.

Na luta principal da noite, o  campeão Anderson Silva colocará o seu título dos médios ( até 84kg) do UFC em disputa contra o desafiante japonês Yushin Okami.

Na segunda mais importante do evento, o brasileiro Mauricio Shogun Rua medirá forças com o norte-americano Forrest Griffin, em um duelo pela divisão dos meio-pesados, onde o norte-americano Jon Jones é o detentor do cinturão.

Vale dizer que Shogun e Forrest já se enfrentaram no UFC 76 no dia 22 de setembro de 2007, onde o americano finalizou o brazuca com um mata-leão no 3º round.

O brasileiro Rodrigo Minotauro irá enfrentar o norte-americano Brendan Schaub em um confronto de pesos-pesados (acima de 93kg), onde Cain Velasquez é o detentor do título.

siga no twitter

O UFC Rio está recheados de brasileiros (que estão destacados abaixo).

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

Anderson Silva vs. Yushin Okami (pelo título dos médios);

- Forrest Griffin vs. Mauricio Shogun Rua;

Rodrigo Minotauro Nogueira vs. Brendan Schaub;

Edson Barboza vs. Ross Pearson;

Luiz Banha Cane vs. Stanislav Nedkov;

Lutas preliminares

- Spencer Fisher vs. Thiago Tavares;

- David Mitchell vs. Paulo Thiago;

- Erick Silva vs. Mike Swick;

Yuri Marajó Alcantara vs. Felipe Sertanejo Arantes;

– Yves Jabouin vs. Ian Loveland;

- Raphael Assunção vs. Johnny Eduardo;

– Dan Miller vs. Rousimar Toquinho Palhares.

Bookmark and Share

Confira as 12 lutas confirmadas hoje para o UFC Rio

25 de julho de 2011 0




divulgação








A organização do UFC oficializou hoje as doze lutas do UFC Rio (UFC 134) que se dará no dia 27 de agosto de 2011 no HSBC Arena, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

O UFC irá disponibilizar mais ingressos para o evento a partir de amanhã, dia 26 de julho, a partir das 23:30hs diretamente pelo www.ingresso.com, comforme noticiado a pouco no site oficial do UFC.

Aliás,  o card sofreu mudanças nas últimas semanas, com a inclusão do duelo entre os brasileiros Raphael Assunção e Johnny Eduardo e também com a substituição do tupiniquim Alexandre Cacareco pelo norte-americano Dan Miller e Antonio Carvalho por Felipe Sertanejo.

Na luta principal da noite, o  campeão Anderson Silva colocará o seu título dos médios ( até 84kg) do UFC em disputa contra o desafiante japonês Yushin Okami.

Anderson foi Campeão do UFC 64 dos pesos médios (até 84kg) no dia 14 de outubro de 2006 nocauteando Rich Franklin no 1º round e permanece Campeão até hoje vencendo todas as defesas de Cinturão (fez oitava).

O “Aranha” (apelido dado ao brasileiro) é considerado com sendo o melhor lutador de MMA da atualidade e detém um invejável cartel com 28 vitórias e 4 derrotas, vindo de um incrível nocaute sobre Vitor Belfort no UFC 126 no dia 05 de fevereiro de 2011.

Okami, por outro lado, tem 26 vitórias e 5 derrotas na carreira, vindo de triunfo por decisão unânime dos jurados sobre o Americano Nate Marquardt no UFC 122 no dia 13 de novembro de 2010.

Além do mais, os dois lutadores já mediram forças no dia 20 de janeiro de 2006 no evento ROTR 8- Rumble on the Rock, onde a luta terminou de forma polêmica, eis que o Juiz interrompeu o duelo alegando que o brasileiro teria aplicado um golpe ilegal (no evento não era permitido chutar o adversário quando este estivesse com 3 pontos no chão, exemplo: os 2 pés e um braço). O resultado oficial ficou como vitória de Okami.

Na segunda mais importante do evento, o brasileiro Mauricio Shogun Rua medirá forças com o norte-americano Forrest Griffin, em um duelo pela divisão dos meio-pesados, onde o norte-americano Jon Jones é o detentor do cinturão.

Shogun ostenta os cinturões dos doiS eventos mais improtantes da história do MMA, sendo campeão do Pride GP 2005 e campeão dos meio-pesados do UFC 113 no dia 08 de maio de 2010 (na defesa do seu título no UFC 128 no dia 19 de marçod e 2011, acabou sendo derrotado por Jon Jones).

Shogun detém 19 vitórias e 5 derrotas, vindo de recente nocaute sofrido e consequente perda do título dos meio-pesados do UFC para o americano Jon Jones no UFC 128 no dia 19 de março de 2011.

Forrest, por sua vez, ostenta 18 vitórias e 6 derrotas no MMA, vindo de êxito por decisão unânime dos jurados sobre o seu compatriota Rich Franklin no UFC 126 no dia 05 de fevereiro de 2011.

Vale dizer que Shogun e Forrest já se enfrentaram no UFC 76 no dia 22 de setembro de 2007, onde o americano finalizou o brazuca com um mata-leão no 3º round.

O brasileiro Rodrigo Minotauro irá enfrentar o norte-americano Brendan Schaub em um confronto de pesos-pesados (acima de 93kg), onde Cain Velasquez é o detentor do título.

Minotauro é um dos lutadores mais populares do nosso país, sendo um verdadeiro sinônimo de excelentes duelos.

Rodrigo é um exemplo de atleta, tendo realizado combates históricos contra: Randy Couture, Tim Sylvia, Fedor Emelianenko (em três oportunidades), Mirko Cro Cop, Dan Henderson, Bob Sapp, dentre outros.

Possui um cartel com 32 vitórias, 6 derrotas e um N/C (sem resultado), vindo de um nocaute sofrido para atual campeão dos pesados Cain Velasquez no UFC 110, no dia 20 de fevereiro de 2010.

Saliente-se que o brasileiro já foi campeão interino dos pesos pesados do UFC após finalizar com uma guilhotina o gigante Tim Sylvia no UFC 81, no dia 02 de fevereiro de 2008.

Na unificação do cinturão, Mir e Minotauro se enfrentaram no UFC 92, no dia 27 de dezembro de 2008, onde Mir levou a melhor, conseguindo obter o primeiro nocaute na carreira do brazuca.

Minotauro detém os dois cinturões dos maiores eventos de MMA já existentes no planeta: UFC e Pride (extinto evento de MMA japonês comprado pelo UFC em 2007).

De outro lado, Schaub mostra um excelente cartel com 8 êxitos e apenas um revés no MMA, vindo de nocaute sobre o croata Mirko Cro Cop no UFC 128 no dia 19 de março de 2011.

siga no twitter

O UFC Rio está recheados de brasileiros (que estão destacados abaixo).

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

Anderson Silva vs. Yushin Okami (pelo título dos médios);

- Forrest Griffin vs. Mauricio Shogun Rua;

Rodrigo Minotauro Nogueira vs. Brendan Schaub;

Edson Barboza vs. Ross Pearson;

Luiz Banha Cane vs. Stanislav Nedkov;

Lutas preliminares

- Spencer Fisher vs. Thiago Tavares;

- David Mitchell vs. Paulo Thiago;

- Erick Silva vs. Mike Swick;

Yuri Marajó Alcantara vs. Felipe Sertanejo Arantes;

- Yves Jabouin vs. Ian Loveland;

- Raphael Assunção vs. Johnny Eduardo;

- Dan Miller vs. Rousimar Toquinho Palhares.

Bookmark and Share