Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

UFC 139: análise da luta de Wanderlei Silva

18 de novembro de 2011 0


O UFC 139 está agendado este sábado no HP Pavilion em San Jose, Estados Unidos.

A luta principal será o combate entre Mauricio Shogun e o norte-americano Dan Henderson.

Na segunda luta de maior relevância, o ídolo brasileiro Wanderlei Silva lutará com o representante do Vietnã Cung Le, em um combate pela divisão dos médios (até 84kg), onde Anderson Silva é o atual campeão.

Acompanhe a análise detalhada do combate:

Wanderlei Silva vs. Cung Le

O mais interessente será o comportamento da torcida que estará dividida nos gritos.

Explico: Wanderlei é adorado por todos e é ovacionado em todos os lugarem por que passa. Todavia,  Cung Le lutará em casa, sendo um ídolo local (inclusive já participou de vários filmes).

Wand que nasceu no dia 03 de julho de 1976,  tem um cartel com 33 vitórias, 11 derrotas, um empate e um N/C (sem resultado),vindo de nocaute sofrido para o norte-americano Chris Leben no UFC 132 no dia 02 de julho de 2011.

Já Cung Le fará a sua estreia no UFC, ostentando 7 vitórias e apenas um revés na carreira (para o americano Scott Smith no Strikeforce do dia 19 de dezembro de 2009), sendo que em seu último combate devolveu a derrota sofrida por Scott Smith no Strikeforce do dia 26 de junho de 2010.

Wanderlei Silva precisa muito da vitória, pois depois que retornou ao UFC em 29 de dezembro de 2007 foram 6 duelos, com 4 derrotas (Chuck Liddell, Quinton Rampage Jackson, Rich Franklin e Chris Leben) e apenas dois triunfos (Keith Jardine e Michael Bisping).

O brasileiro reinou absoluto no Pride (extinto evento de MMA japonês, comprado pelo UFC em 2007), onde se sagrou campeão do GP de 2003. Na final do torneio em 2003, Wand nocauteou o americano Quinton Rampage Jackson com as suas poderosas e temidas joelhadas.

A vantagem no combate é brasileira. O jogo de trocação de Wand é muito potente e o combate deverá acabar por nocaute, possivelmente para o Brasil.

Wanderlei é um fenômeno no Muay Thai, além de ser faixa-preta de jiu-jitsu e possuir um excelente boxe.

Silva ficou mais de quatro anos sem conhecer o sabor da derrota, mais especificamente do dia 12 de agosto de 2000 (onde nocauteou Todd Medina no Meca 2) até o dia 31 de dezembro de 2004 (onde foi superado por decisão dividida dos jurados no Pride Shockwave).

O “Mr. Pride” venceu por nocaute 25 das suas 33 vitórias, deixando óbvio o seu talento na luta em pé.

Já o veterano Cung Le (nasceu no dia 25 de maio de 1972)  leva a incrível marca de todos  os seus duelos terem acabado por nocaute.

O representante do Vietnã veio ainda menino para os Estados Unidos, onde sempre se destacou na luta em pé (permaneceu invicto no Kickboxing com 17 lutas), depois migrando para o MMA.

É um bom wrester, mas possui um chão a ser aprimorado.

Cung Le enfrentou poucos nomes de peso do MMA, excetuando-se Frank Shamrock no Strikeforce do dia 29 de março de 2008, onde venceu por nocaute e se sagrou campeão dos médios do segundo maior torneio de MMA do Planeta.

Aliás, Cung Le está sem lutar há 17 meses e tal fato deverá ser determinante ao longo da batalha, pois todos sabem da importância do ritmo de luta.

A peleja deverá se desenvolver em pé, com pura trocação, com Wand levando vantagem.

A forte tendência aponta para nocaute de Wanderlei no 1º round ou que supere a luta por pontos.

Entretanto, Cung Le fará a maior luta de sua carreira e poderá surpreender, uma vez que irá enfrentar um dos maiores nomes do esporte, deixando grande parte da responsabilidade nas mãos de Wanderlei Silva.

Tudo sobre o UFC 139 aqui.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário