Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de dezembro 2011

Confira os premiados do UFC 141

31 de dezembro de 2011 0


Aconteceu na madrugada deste sábado a 141ª edição do UFC, diretamente do MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, Estados Unidos.

Essa coluna fez, como sempre, uma cobertura em tempo real.

>>> Acompanhe aqui pelo twitter  <<<

O UFC 141 foi marcado por boas e longas lutas, com uma arena lotada, com cerca de 18 mil espectadores.

O Brasil estava representado por Diego Nunes, Luis Beição e Junior Assunção.

A luta principal do evento foi um duelo de gigantes, onde o holandês e campeão do Strikeforce Alistair Overeem nocauteou o americano e ex-campeão do UFC Brock Lesnar.

Com a vitória, Alistair Overeem é o novo desafiante ao título dos pesados de Junior Cigano, combate que deverá ocorrer na metade do ano.

Após a derrota, Brock Lesnar anunciou a sua aposentadoria do MMA.

Como de costume, a organização americana premiou a melhor luta,  a melhor finalização e o melhor nocaute do evento.

O bônus foi de 75 mil dólares para cada atleta eleito.

Cada lutador escolhido, além do cheque do referido bônus, leva para casa também o valor da bolsa (importância que o atleta recebe por lutar, uma espécie de salário).
Aliás, o UFC 140 teve 12.3158 pagantes, com uma arrecadação de 3,1 milhôes de dólares.

Diga-se de passagem que a organização não teve como premiar a melhor finalização, eis que todos os combates acabaram por nocaute ou decisão.

Confira os eleitos:

Melhor luta

Nate Diaz vs. Donald Cerrone

Melhor nocaute

- Johny Hendricks nocauteou Jon Fitch com 12 segundos de luta.

Relembre a cobertura completa aqui.

vídeo com a previsão do UFC 141 aqui.

Bookmark and Share

Fedor Emelianenko vence e brasileiro fatura título no japão

31 de dezembro de 2011 0

Aconteceu na manhã deste sábado (horário de Brasília) o Dream (que é um evento de MMA japonês, bem no estilo do extinto Pride) no Saitama Super Arena em Saitama, Japão.

O Estádio estava completamente lotado, com aproximadamente 70 mil espectadores no evento que fechou o ano de 2011 para o MMA.

Na luta principal do show, o russo Fedor Emelianenko mediu forças com o japonês e judoca olímpico Satoshi Ishii.

No 1 º round, Fedor Emelianenko mostra a calma de sempre e vai aplicando sequência de diretos, chutes e cruzados. O japonês tenta sair na distância. Fedor vai dominando o centro o ringue e cercando Ishii. O russo acerta uma sequência que inicia com um jab, desferindo poderosos cruzados que levam o japonês à lona. O juiz vê que o judoca não tem mais condições de continuar e decreta a vitória de Fedor Emelianenko por nocaute.

O mais curioso foi o fato da luta principal ter findado exatamente faltando um minuto para o ano novo no horário japonês.

O russo agora tem um cartel com 33 vitórias, 4 derrotas e um N/C (sem resultado, ocorrido no dia 15 de agosto de 2004 na final do torneio dos pesados do Pride, onde o brasileiro Rodrigo Minotauro acertou uma cabeçada acidental).

Siga no twitter @cajufreitas

Destaque para o torneio dos galos (até 61 kg) que aconteceu no evento, onde os brasileiros Bibiano Fernandes e Rodolfo Marques se enfrentaram em uma das semifinais para saber quem iria lutar na mesma noite pelo título.

Após uma luta bastante equilibrada entre os brazucas, os jurados decidiram dar a vitória, após os dois assaltos, para Bibiano Fernandes que avançou para a grande final.

No outro lado, Antonio Banuelos e Masakazu Imanari disputaram a outra semifinal. Após os dois assaltos, em uma polêmica decisão, os jurados deram o triunfo para Antonio Banuelos, mas de forma dividida.

Na grande final, o brazuca Bibiano Fernandes foi com tudo para cima de Antonio Banuelos que não aguentou a pressão dos golpes em pé e acabou sendo nocauteado em 81 segundos. Com o êxito, Bibiano Fernandes é o campeão do peso galo do Dream.

O Dream é feito nos moldes do extinto Pride, em uma arena com capacidade para mais de 70 mil espectadores, com grandiosa estrutura, com um show de telões e luzes só visto no saudoso e inesquecível Pride.

Confira os resultados completos:

- Fedor Emelianenko nocauteou Satoshi Ishii no 1º round;

- Shinya Aoki venceu Satoru Kitaoka por decisão unânime;

-  Hiroyuki Takaya venceu Takeshi Inoue por decisão unânime;

-  Hayato Sakurai venceu Ryo Chonan por decisão unânime;

-  Tatsuya Kawajiri finalizou Kazuyuki Miyata com uma katagatame no 2º round;

-  Megumi Fujii finalizou Karla Benitez com uma arm-lock no 1º round;

Lutas do Torneio do peso galo

-  Bibiano Fernandes nocauteou Antonio Banuelos no 1º round (final do torneio);

- Bibiano Fernandes venceu Rodolfo Marques por decisão unânime (semifinal torneio);

-  Antonio Banuelos venceu Masakazu Imanari por decisão dividida (semifinal do torneio);

-  Yusup Saadulaev nocauteou Hideo Tokoro no 2º round (luta reserva do torneio).


Bookmark and Share

Overeem nocauteia Lesnar e é o novo oponente de Cigano

31 de dezembro de 2011 0

Aconteceu na madrugada deste sábado a 141ª edição do UFC, diretamente do MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, Estados Unidos.

Essa coluna fez, como sempre, uma cobertura em tempo real.

>>> Acompanhe aqui pelo twitter  <<<

O UFC 141 foi marcado por boas e longas lutas, com uma arena lotada, com cerca de 18 mil espectadores.

O UFC demonstra novamente que o MMA é o esporte que mais cresce no Planeta e poderá se tornar esporte olímpico nos próximos anos.

A popularidade do UFC realmente impressiona, esgotando os ingressos em todos os lugares em que passa.

O Brasil estava representado por Diego Nunes, Luis Beição e Junior Assunção.

A luta principal do evento foi um duelo de gigantes entre o americano e ex-campeão do UFC Brock Lesnar e o holandês e campeão do Strikeforce Alistair Overeem, em uma categoria de pesados (acima de 93kg) em que o brasileiro Junior Cigano é o atual detentor do Cinturão.

O primeiro  a entrar em cena é Alistair Overeem que vem ao som de música eletrônica e sob vaias do público. Já Brock Lesnar entra completamente tranquilo e confiante para o delírio dos espectadores. Aliás, o brasileiro Rodrigo Comprido é o treinador de Jiu-jitsu do gigante americano.

No 1º round, Overeem domina o centro do octógono. Lesnar tenta o single leg, mas não consegue derrubar. Alistair vai para o clinche e acerta duas fortes joelhadas. Alistair Overeem acerta um chute de esquerda na costela de Brock lesnar que cai e se defende dos socos do holandês até o juiz interromper o combate e decretar a vitória de Alistair Overeem por nocaute.

Após a derrota, Brock Lesnar anunciou a sua aposentadoria do MMA.

Com a vitória, Alistair Overeem é o novo desafiante ao título dos pesados de Junior Cigano, combate que deverá ocorrer na metade do ano.

Na segunda mais importante do evento, os norte-americanos Nate Diaz e Donald Cerrone fizeram um duelo histórico.

Após provocações antes e durante a batalha, os dois atletas proporcionaram a melhor luta do evento.

Foram três rounds de pura trocação, com uma luta se desenvolvendo toda em pé, com golpes dos dois lados. O canhoto Nate Diaz mostrou ampla superioridade durante a batalha, em uma das melhores lutas do ano. No final, os jurados deram a vitória por unanimidade para Nate Diaz.

O primeiro a subir no octagon foi o caxiense Diego Nunes que mediu forças com o armênio Manny Gamburyan na divisão dos penas (até 66kg) do UFC, onde José Aldo é o atual detentor do cinturão.

Diego entra primeiro e parece bem tranquilo e confiante. Logo após, Manny entra em cena no octógono de forma rápida, mas focada.

No 1º round, o armênio toma o centro do octógono, mas leva chutes baixos de Diego. A torcida grita o nome do brasileiro. Manny tenta levar a luta para o solo, mas sem sucesso. O brazuca acerta mais bons chutes baixos. Manny consegue levar a luta para o solo e prende o brasileiro na grade. Diego consegue ficar em pé. Diego toma a iniciativa da luta, dominando agorra o centro do octagon. Round muito parelho.

No 2º round, a luta volta franca com Manny acertando uma boa sequência de cruzados. Manny vai para cima de Diego e tenta a queda. Diego se defende. Diego tenta um chute rodado e o armênio consegue uma boa queda no contra-ataque. Manny fica golpeando por cima da meia-guarda. Diego consegue ficar em pé. Diego consegue acertar duas boas joelhadas.

No 3º round, Manny domina o centro do octagon. Diego acerta dezenas de chutes por dentro da perna esquerda do armênio. Manny tenta um double leg, mas Diego defende e aplica joelhadas. Diego aplica um golpe ilegal. A luta reinicia. manny tenta uma queda e a luta acaba. Round com vantagem de Diego. No final, Diego vence a batalha por decisão unânime.

Na última luta do card preliminar, Junior Assunção lutou contra o inglês Ross Pearson.

No 1º round,  Junior Assunção acerta no tempo e leva a luta para o solo, mas Pearson consegue se levantar. O Inglês imprime um bom ritmo na luta m pé, mas o brasileiro acerta bons golpes no final do assalto. Round parelho.

No 2º round, Junior consegue  uma boa queda, mas o inglês se levanta. Junior acerta um bom direto e a luta fica nas grades. A luta segue na trocação com melhores golpes aplicados pelo inglês.

No 3º round, Junior Assunção consegue uma boa queda, fica na meia guarda, vai para as costas, tenta o mata-leão, tenta uma kimura. O inglês escapa e consegue ficar em pé. Junior tenta botar para baixo, mas sem sucesso. Ross Pearson consegue acertar um bom chute de esquerda e uma joelhada. No final, Ross Pearson vence por decisão unânime dos jurados.

O brasileiro Luiz Beição (que tem 19 vitórias e 7 derrotas) lutaria com o norte-americano Matt Riddle, mas o americano não passou no exame médico momentos antes da luta, obrigando o cancelamento da batalha. Aliás, o brasileiro receberá o valor integral da bolsa, mesmo sem ter lutado.

Tal fato só demonstra o profissionalismo do UFC que somente deixa o atleta lutar se estiver 100%.

Destaque para o incrível nocaute do norte-americano Johny Hendricks sobre o seu compatriota Jon Fitch com um cruzado de esquerda com apenas 12 segundos de luta.

Confira os resultados completos:

- Alistair Overeem nocauteou Brock Lesnar no 1º round; 

- Nate Diaz venceu Donald Cerrone por decisão unânime;

– Johny Hendricks nocauteou Jon Fitch aos 12 segundos do 1º round;

– Alexander Gustafsson nocauteou Vladimir Matyushenko no 1º round;

– Jim Hettes venceu Nam Phan por decisão unânime;

Lutas Preliminares

- Ross Pearson venceu Junior Assunção por decisão unânime; 

– Danny Castillo venceu Anthony Njokuani por decisão dividida;

– Dong Hyun Kim venceu Sean Pierson por decisão unânime;

- Jacob Volkmann venceu Efrain Escudero por decisão unânime;

Diego Nunes venceu Manny Gamburyan por decisão unânime;

Luis Beição Ramos vs. Matt Riddle foi cancelada.

Bookmark and Share

UFC 141 ao vivo: Overeem nocauteia Lesnar

30 de dezembro de 2011 0



Aconteceu na madrugada deste domingo a 141ª edição do UFC, diretamente do MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, Estados Unidos.

Essa coluna fez, como sempre, uma cobertura em tempo real.

>>> Acompanhe aqui pelo twitter  <<<

O UFC 141 foi marcado por boas e longas lutas, com uma arena lotada, com cerca de 18 mil espectadores.

O UFC demonstra novamente que o MMA é o esporte que mais cresce no Planeta e poderá se tornar esporte olímpico nos próximos anos.

A popularidade do UFC realmente impressiona, esgotando os ingressos em todos os lugares em que passa.

O Brasil estava representado por Diego Nunes, Luis Beição e Junior Assunção.

A luta principal do evento foi um duelo de gigantes entre o americano e ex-campeão do UFC Brock Lesnar e o holandês e campeão do Strikeforce Alistair Overeem, em uma categoria de pesados (acima de 93kg) em que o brasileiro Junior Cigano é o atual detentor do Cinturão.

O primeiro a entrar em cena é Alistair Overeem que vem ao som de música eletrônica e sob vaias do público. Já Brock Lesnar entra completamente tranquilo e confiante para o delírio dos espectadores. Aliás, o brasileiro Rodrigo Comprido é o treinador de Jiu-jitsu do gigante americano.

No 1º round, Overeem domina o centro do octógono. Lesnar tenta o single leg, mas não consegue derrubar. Alistair vai para o clinche e acerta duas fortes joelhadas. Alistair Overeem acerta um chute de esquerda na costela de Brock lesnar que cai e se defende dos socos do holandês até o juiz interromper o combate e decretar a vitória de Alistair Overeem por nocaute.

Após a derrota, Brock Lesnar anunciou a sua aposentadoria do MMA.

Com a vitória, Alistair Overeem é o novo desafiante ao título dos pesados de Junior Cigano, combate que deverá ocorrer na metade do ano.

Na segunda mais importante do evento, os norte-americanos Nate Diaz e Donald Cerrone fizeram um duelo histórico.

Após provocações antes e durante a batalha, os dois atletas proporcionaram a melhor luta do evento.

Foram três rounds de pura trocação, com uma luta se desenvolvendo toda em pé, com golpes dos dois lados. O canhoto Nate Diaz mostrou ampla superioridade durante a batalha, em uma das melhores lutas do ano. No final, os jurados deram a vitória por unanimidade para Nate Diaz. 

O primeiro a subir no octagon foi o caxiense Diego Nunes que mediu forças com o armênio Manny Gamburyan na divisão dos penas (até 66kg) do UFC, onde José Aldo é o atual detentor do cinturão.

Diego entra primeiro e parece bem tranquilo e confiante. Logo após, Manny entra em cena no octógono de forma rápida, mas focada.

No 1º round, o armênio toma o centro do octógono, mas leva chutes baixos de Diego. A torcida grita o nome do brasileiro. Manny tenta levar a luta para o solo, mas sem sucesso. O brazuca acerta mais bons chutes baixos. Manny consegue levar a luta para o solo e prende o brasileiro na grade. Diego consegue ficar em pé. Diego toma a iniciativa da luta, dominando agorra o centro do octagon. Round muito parelho.

No 2º round, a luta volta franca com Manny acertando uma boa sequencia de cruzados. Manny vai para cima de Diego e tenta a queda. Diego se defende. Diego tenta um chute rodado e o armênio consegue uma boa queda no contra-ataque. Manny fica golpeando por cima da meia-guarda. Diego consegue ficar em pé. Diego consegue acertar duas boas joelhadas.

No 3º round, Manny domina o centro do octagon. Diego acerta dezenas de chutes por dentro da perna esquerda do armênio. Manny tenta um double leg, mas Diego defende e aplica joelhadas. Diego aplica um golpe ilegal. A luta reinicia. manny tenta uma queda e a luta acaba. Round com vantagem de Diego. No final, Diego vence a batalha por decisão unânime.

Na última luta do card preliminar, Junior Assunção lutou contra o inglês Ross Pearson.

No 1º round,  Junior Assunção acerta no tempo e leva a luta para o solo, mas Pearson consegue se levantar. O Inglês imprime um bom ritmo na luta m pé, mas o brasileiro acerta bons golpes no final do assalto. Round parelho.

No 2º round, Junior consegue  uma boa queda, mas o inglês se levanta. Junior acerta um bom direto e a luta fica nas grades. A luta segue na trocação com melhores golpes aplicados pelo inglês.

No 3º round, Junior Assunção consegue uma boa queda, fica na meia guarda, vai para as costas, tenta o mata-leão, tenta uma kimura. O inglês escapa e consegue ficar em pé. Junior tenta botar para baixo, mas sem sucesso. Ross Pearson consegue acertar um bom chute de esquerda e uma joelhada. No final, Ross Pearson vence por decisão unânime dos jurados.

O brasileiro Luiz Beição (que tem 19 vitórias e 7 derrotas) lutaria com o norte-americano Matt Riddle, mas o americano não passou no exame médico momentos antes da luta, obrigando o cancelamento da batalha. Aliás, o brasileiro receberá o valor integral da bolsa, mesmo sem ter lutado.

Tal fato só demonstra o profissionalismo do UFC que somente deixa o atleta lutar se estiver 100%.

Destaque para o incrível nocaute do norte-americano Johny Hendricks sobre o seu compatriota Jon Fitch com um cruzado de esquerda com apenas 12 segundos de luta.

Confira os resultados completos:

- Alistair Overeem nocauteou Brock Lesnar no 1º round;

- Nate Diaz venceu Donald Cerrone por decisão unânime;

- Johny Hendricks nocauteou Jon Fitch aos 12 segundos do 1º round;

- Alexander Gustafsson nocauteou Vladimir Matyushenko no 1º round;

- Jim Hettes venceu Nam Phan por decisão unânime;

Lutas Preliminares

- Ross Pearson venceu Junior Assunção por decisão unânime;

- Danny Castillo venceu Anthony Njokuani por decisão dividida;

- Dong Hyun Kim venceu Sean Pierson por decisão unânime;

- Jacob Volkmann venceu Efrain Escudero por decisão unânime;

- Diego Nunes venceu Manny Gamburyan por decisão unânime;

- Luis Beição Ramos vs. Matt Riddle foi cancelada.

Bookmark and Share

VÍDEO: O UFC 141 desta sexta com três brasileiros

30 de dezembro de 2011 0

Caju Freitas analisa o UFC 141 que acontecerá nesta sexta-feira no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, Estados Unidos e terá a presença de três brasileiros e um duelo de gigantes, entre o norte-americano Brock Lesnar e Alistair Overeem. Ainda, o Dream que acontecerá amanhã no Japão com Fedor Emelianenko e mais dois brasileiros. Confira:


Bookmark and Share

UFC 141 nesta sexta com três brasileiros

29 de dezembro de 2011 0

Acontecerá nesta sexta-feira, por volta das 21:00hs (horário de Brasília), a 141ª edição do UFC diretamente do MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, Estados Unidos.

Essa coluna fará novamente uma cobertura em tempo real das lutas do UFC.

Clique aqui para acompanhar os resultados em tempo real a partir das 21:00hs.

>>> Acompanhe aqui pelo twitter  <<<

O Brasil estará representado por Diego Nunes, Luis Beição e Junior Assunção.

A luta principal do evento será um duelo de gigantes, onde terá de um lado o americano Brock Lesnar e do outro o holandês Alistair Overeem, em uma categoria de pesados (acima de 93kg) em que o brasileiro Junior Cigano é o atual detentor do Cinturão.

O “gigante albino” como também é conhecido Lesnar ostenta um cartel com 5 triunfos e 2 derrotas, sendo que em seu último combate acabou perdendo o seu título no UFC 121 no dia 23 de outubro de 2010, onde foi nocauteado por Cain Velasquez.

Já Overeem é o atual campeão dos pesados do  Strikeforce e leva na bagagem 33 triunfos e 11 fracassos, vindo de êxito por decisão unânime sobre o brasileiro Fabricio Werdum no dia 18 de junho de 2011.

O vencedor do combate será o desafiante ao título do brasileiro Junior Cigano.

O caxiense Diego Nunes irá enfrentar o armênio Manny Gamburyan na divisão dos penas (até 66kg) do UFC.

Diego Nunes possui um cartel com 16 vitórias e 2 derrotas, sendo que em seu último combate acabou sendo superado por decisão unânime pelo norte-americano Kenny Florian no UFC 131 no dia 11 de junho de 2011.

Já Gamburyan leva 11 triunfos e 6 fracassos, vindo de derrota por decisão unânime para o norte-americano Tyson Griffin no UFC on Versus 4 no dia 26 de junho de 2011.

Junior Assunção vai para batalha contra o inglês Ross Pearson, em uma disputa de pesos leves (até 70kg).

Junior tem 13 triunfos e 4 derrotas, vindo de vitória por decisão unânime sobre o filipino Eddie Yagin no UFC 135 no dia 24 de setembro de 2011.

Pearson, por outro lado, tem 12 vitórias e 5 derrotas, vindo de revés por decisão dividida para o brazuca Edson Barboza no UFC 134 no dia 27 de agosto de 2011.

Para finalizar, Luiz Beição (que tem 19 vitórias e 7 derrotas) lutará com o norte-americano Matt Riddle (que tem 5 triunfos e 3 fracassos), um uma luta válida pela divisão dos meio-médios (até 77kg).

Pesagem oficial do UFC aqui.

Countdown do UFC aqui.

Os bastidores do UFC pelo vídeo blog do Presidente do UFC aqui.

Acompanhe também pelo twitter aqui.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

– Brock Lesnar vs. Alistair Overeem;

– Donald Cerrone vs. Nate Diaz;

– Jon Fitch vs. Johny Hendricks;

– Alexander Gustafsson vs. Vladimir Matyushenko;

– Jim Hettes vs. Nam Phan;

Lutas Preliminares

Junior Assunção vs. Ross Pearson;

– Ramsey Nijem vs. Anthony Njokuani;

– Dong Hyun Kim vs. Sean Pierson;

– T.J. Grant vs. Jacob Volkmann;

Luis Beição Ramos vs. Matt Riddle;

– Manny Gamburyan vs. Diego Nunes.

Bookmark and Share

Anderson Silva deverá defender título em São Paulo

29 de dezembro de 2011 0

O maior nome do mundo das lutas na atualidade notoriamente é Anderson Silva.

O brasileiro defendeu recentemente o seu título dos médios do UFC contra o japonês Yushin Okami que não resistiu e acabou sendo nocauteado no UFC 134 no dia 27 de agosto de 2011.

Siga no twitter

Após mais uma vitória arrasadora, Anderson Silva já sabe de onde sairá o seu próximo desafiante ao seu título no UFC.

O “spider” irá enfrentar o vencedor do duelo entre o norte-americano Chael Sonnen e o filipino Mark Munoz que se dará no UFC on Fox 2 (será a segunda parceria entre o UFC e a rede Fox) no dia 28 de janeiro de 2012 no United Center em Chicago, Estados Unidos.

Em verdade, Anderson Silva deverá defender novamente o seu reinado em São Paulo na metade do ano,  possivelmente  no Estádio Morumbi, em São Paulo.

O verde-amerelo é o “Pelé” das lutas e todos esperarão, certamente, mais um show de Anderon Silva.

Bookmark and Share

Dana White e o nocaute mais rápido do UFC

29 de dezembro de 2011 0

O UFC 141 está marcado para sexta no MGM Grand Garden Arena em Las Vegas, Estados Unidos.

O Brasil estará representado por Diego Nunes, Luis Beição e Junior Assunção.

A luta principal do evento será um duelo de gigantes, onde terá de um lado o americano Brock Lesnar e do outro o holandês Alistair Overeem, em uma categoria de pesados (acima de 93kg) em que o vencedor do combate será o novo desafiante ao título do brasileiro Junior Cigano.

>>> siga também no  twitter  <<<

Dana White, Presidente do UFC, sempre faz incríveis imagens dos bastidores dos seus eventos ao redor do Planeta.

No vídeo abaixo, você confere as imagens dos bastidores onde Dana White decreta o nocaute mais rápido do UFC:

Bookmark and Share

Fedor Emelianenko vs. Satoshi Ishii neste sábado

29 de dezembro de 2011 0

O russo Fedor Emelianenko medirá forças com o japonês e judoca olímpico Satoshi Ishii.

O duelo será a luta principal do Dream (que é um evento de MMA japonês, bem no estilo do extinto Pride) neste sábado, dia 31 de dezembro no Saitama Super Arena em Saitama, Japão.

O russo possui um cartel com 32 vitórias, 4 derrotas e um N/C (sem resultado, ocorrido no dia 15 de agosto de 2004 na final do torneio dos pesados do Pride, onde o brasileiro Rodrigo Minotauro acertou uma cabeçada acidental).

Após amargar três derrotas consecutivas,  Fedor Emelianneko conseguiu uma boa vitória em sua última luta, onde venceu o norte-americano Jeff Monson por decisão dos jurados no M-1 Global que se realizou na Russia no dia 20 de novembro de 2011.

Aliás, o russo reinou absoluto na divisão dos pesados, onde permaneceu invicto por quase dez anos, sendo total destaque nos tempos do MMA e do Pride.

Noutro turno, o japonês Satoshi Ishii leva como experiência 4 triunfos, um revés e um empate no MMA, sendo que em seu último compromisso acabou empatando com o brazuca Paulão Filho no AFC – Amazon Forest Combat 1 no dia 14 de setembro de 2011.

Siga no twitter @cajufreitas

Destaque para o torneio dos galos que estará acontecendo no evento, onde os brasileiros Bibiano Fernandes e Rodolfo Marques se enfrentarão em uma das semifinais para saber quem irá lutar na mesma noite pelo título.

O Dream é feito nos moldes do extinto Pride, em uma arena com capacidade para mais de 70 mil espectadores, com grandiosa estrutura, com um show de telões e luzes só visto no saudoso e inesquecível Pride.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

– Fedor Emelianenko vs. Satoshi Ishii;

– Shinya Aoki vs. Satoru Kitaoka (pelo título dos leves);

– Hiroyuki Takaya vs. Takeshi Inoue (pelo título dos penas);

– Masakazu Imanari vs. Antonio Banuelos (semifinal torneio galos);

Bibiano Fernandes vs. Rodolfo Marques Diniz (semifinal torneio galos);

– Final do Torneio dos galos;

– Hideo Tokoro vs. Yusup Saadulaev (luta reserva torneio galos);

– Tatsuya Kawajiri vs. Kazuyuki Miyata;

– Hyato  Sakurai vs. Ryo Chonan;

– Megumi Fujii vs. Karla Benitez;

– Yuichiro Nagashima vs. Katsunori Kikuno;

– Kazuyuki Fujita vs. Peter Aerts (Pro Wrestling).

Hoje no jornal zero hora tem a coluna de caju freitas. Confira na página 43 !!!

Bookmark and Share

VÍDEO: a prévia do UFC 141 desta sexta

28 de dezembro de 2011 0

O UFC 141 acontecerá nesta sexta-feira no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, Estados Unidos com um duelo de pesos-pesados.

A luta principal do evento será um duelo de gigantes, onde terá de um lado o americano Brock Lesnar e do outro o holandês Alistair Overeem, em uma categoria de pesados (acima de 93kg).

O vencedor do combate será o desafiante ao título do brasileiro Junior Cigano.

O Brasil estará representado por Diego Nunes, Luis Beição e Junior Assunção.

>>> siga no twitter @cajufreitas <<<

Confira a prévia do show no vídeo abaixo:

Bookmark and Share