Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

UFC 145: Jon Jones vence e mantém o seu Cinturão

22 de abril de 2012 0


Aconteceu na madrugada deste domingo o UFC 145, diretamente do Phillips Arena em Atlanta, Estados Unidos e teve disputa de Cinturão.

A edição foi de extremo sucesso, com os mais de 20 mil ingressos esgotados desde o início da semana.

As lutas foram de muita qualidade técnica, com a tradicional e grandiosa estrutura do UFC.

Essa coluna fez, como sempre, uma cobertura ao vivo do UFC.

>>> siga também no  twitter  <<<

A luta principal da noite, o campeão dos meio-pesados (até 93 kg) Jon Jones colocou o seu cinturão em disputa contra o seu compatriota Rashad Evans.

Jon Jones fazia a sua terceira defesa de cinturão.

O primeiro a entrar na arena é Rashad Evans que aparenta tranquilidade e confiança sob os aplausos de parte da plateia. O brasileiro Zé Mário Sperry aparece como treinador de jiu-jitsu do ex-campeão.

Logo em seguida, as luzes se apagam e Jon Jones aparece com sua equipe sob vaias do público presente. Jon Jones tem em seu córner Greg Jackson, considerado por muitos como  o maior treinador de MMA da atualidade.

Bruce Buffer anuncia a luta e o público vai ao delírio.

No 1º round, Jon Jones domina o centro do octógono. Jones acerta um chute alto. O desafiante acerta bons cruzados, mas na guarda do campeão. Jones tenta chute retos e Evans sai na distância. O pupilo de Greg Jackson tenta um “sem pulo” e toma a iniciativa . A luta é estudada. Jones tenta um gancho. Rashad acerta um chute alto e Jones sente. Round com vantagem de Evans.

No 2º round, Jones parece estar sentindo a pressão do final do assalto anterior. Evans encurta e trabalha bem dos socos. Jones tenta um chute rodado e Evans quase consegue um “suplê”. Evans acerta bons jabs. Evans é melhor no combate. Jones acerta duas cotoveladas rápidas e Evans sente. Luta sensacional. Jones acerta mais duas cotoveladas e prensa Evans nas grades. Round de Jon Jones.

No 3º round, Evans trabalha no 1,2. Jones tenta se aproximar de Evans e aproveita a sua maior envergdura. Jones acerta uma joelhada voadora e Evans balança. A trocação é franca. Evans sobrevive e aparenta cansaço. Evans tenta acertar jabs rápidos.  Round com vantagem de Jones.

No 4º round, Jones administra o combate . Evans tenta encurtar para tentar uma queda, mas Jones afasta. Evans telegrafa um double leg. A luta é morna e sem movimentação. Evans tenta uma queda e Jones quase encaixa uma guilhotina. O assalto acaba e a vantagem novamente é de Jon Jones.

No 5º round, Evans se movimenta e tenta escapar dos poderosos golpes de Jones. Evans precisa de um nocaute ou finalização para vencer. Evans sabe que está perdendo o duelo. A luta vai para o clinche nas grades. Jon Jones consegue uma queda e tenta golpear. Evans se levanta e a batalha volta para o clinche em pé. O público vaia. Jones puxa para a guarda, Evans fica por cima e o round acaba. No final, Jon Jones vence por decisão unânime dos jurados e mantém o título pela terceira vez.

Destaque para o combate entre os americanos Ben Rothwell e Brendan Schaub. A luta começa e Brendan Schaub vai para cima com tudo, acertando uma incrível sequência. Rothwell, quase caindo, recupera-se, acerta um cruzado de esquerda que leva Schaub à lona. Ben Rothwell vence por nocaute, em uma reviravolta simplesmente sensacional.

Confira os resultados completos:

- Jon Jones venceu Rashad Evans por decisão unânime;

- Rory MacDonald nocauteou Che Mills no 2º round;

- Ben Rothwell nocauteou Brendan Schaub no 1º round;

- Michael McDonald nocauteou Miguel Torres no 1º round;

- Eddie Yagin venceu Mark Hominick por decisão dividida.

- Mark Bocek venceu John Alessio por decisão unânime;

Lutas preliminares

- Travis Browne finalizou Chad Griggs com um katagatame no 1º round;

- Matt Brown venceu Stephen Thompson por decisão unânime;

- Anthony Njokuani venceu John Makdessi por decisão unânime;

- Mac Danzig venceu Efrain Escudero por decisão unânime;

- Chris Clements vence Keith Wisniewski por decisão dividida;

- Marcus Brimage venceu Maximo Blanco por decisão dividida.

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas no jornal Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário