Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

UFC 149: Renan Barão conquista o título dos galos

22 de julho de 2012 0

Aconteceu na madrugada deste domingo o UFC 149 diretamente do Scotiabank Saddledome em Calgary, Canada.

A arena estava completamente lotada, com os ingressos esgotados há meses, com cerca de 25 mil espectadores. O Canadá tem o MMA como o segundo esporte do País e é impressionante o carinho que o público tem com os lutadores, lembrando os japoneses nos tempos do Pride.

Caju Freitas fez, como de costume, uma cobertura ao vivo do UFC.

Siga no twitter @cajufreitas

As principais lutas se deram da seguinte forma:

Renan Barão vs. Urijah Faber

Na luta  principal, o brasileiro Renan Barão disputou o título interino dos galos (até 61kg) contra o americano Urijah Faber. Vale lembrar que o atual campeão da divisão é o americano Dominick Cruz que se recupera de lesão e vai unificar o seu cinturão com o vencedor do UFC 149.

O primeiro a entrar é Renan Barão que parece muito calmo e é acompanhado por sua equipe da nova união comanda por Dedé Pederneiras. Mais adiante, as luzes se apagam e Urijah Faber é anunciado para o delírio dos fãs. Bruce Buffer anuncia a batalha e a arena faz um barulho enorme, ovacionando os atletas.

No 1º round, Barão tenta um chute alto e Faber defende. O brasileiro parece confiante e agora tenta um chute reto. Faber tenta encurtar. A torcida grita o nome do americano. Faber tenta um gancho que pega na guarda do brazuca. Barão acerta bons chutes em Faber. O brasileiro acerta um chute de direita e o americano sente. Faber agora tenta encurtar para tentar quedas e se livrar da trocação. Renan mostra uma confiança incrível e rebate todas as tentativas do americano. Barão tenta um chute rodado, mas Faber sai na distância. fim de etapa.

No 2º round, Barão segue bem na luta saindo nas sequências com um cruzado de esquerda para surpreender Faber. O brasileiro domina o centro do octógono e acerta uma boa joelhada. Renan Barão domina completamente as ações em pé, com chutes baixos, mantendo a distância muito bem e leva vantagem em mais um round.

No 3º round, Faber vai com tudo para cima para tentar recuperar o prejuízo dos assaltos anteriores, mas Barão acerta bons socos que afastam o americano. Faber insiste com um single leg, mas sem êxito. Barão dita o ritmo do embate. Barão mina com chutes baixos. Agora Faber varia para base de canhoto, pois sente a dor dos chutes baixos do brasileiro. Faber tenta quedas e Barão defende novamente. O público vaia. Mais um assalto com vantagem tupiniquim.

No 4º round, Faber tenta recuperar a desvantagem dos assaltos anteriores e parte para cima com tudo. Barão telegrafa chutes rodados e quase é levado para o solo. A luta fica morno, com Barão adminitrando a vantagem na luta. Assalto parelho e com muitas ações.

No 5º round, os lutadores se abraçam antes de iniciarem a etapa. Barão tenta jabs. Faber responde com um direto que pega na guarda do brazuca. A luta é de movimentação em pé com chutes do brasileiro que levanta as mãos e segura o americano. Barão acerta um cruzado de esquerda e Faber responde com um “superman punch”. O assalto acaba com vantagem brasileira. No final, Renan Barão vence por decisão unânime e é o campeão interino dos galos do UFC.

Com a vitória, Renan Barão irá enfrentar Dominick Cruz ainda em 2012 pela unificação do título da categoria.

Agora, Renan Barão entra para a história como o 11º brasileiro a conquistar o cinturão do UFC. Aliás, agora o Brasil domina 4 das 8 divisões do UFC, com Anderson Silva nos médios, Cigano nos pesados, José Aldo nos penas e Barão nos galos.

Tim Boetsch vs. Hector Lombard

Na segunda luta mais importante, o cubano e campeão do Bellator (maior concorrente do UFC) fez a sua estreia no UFC contra o americano Tim Boetsch, em um embate de médios (até 84kg), divisão dominada por Anderson Silva.

O primeiro a entrar é Tim que é aplaudido pelo público. Logo depois vem Hector Lombard que também é muito aplaudido pelos fãs e vem acompanhado por sua equipe da ATT, comandada pelo brasileiro Ricardo Libório.

No 1º round, os lutadores não tocam as luvas no início. Tim acerta bons chutes baixos. o americano tenta um double leg e Hector defende. Agora a luta está nas grades e Lombard bota a luta para o solo. Tim se levanta.  O americano varia base de destro e canhoto para confundir seu oponente e acerta chutes baixos. Lombard se defende e tenta cruzados. O público ensaia vaias. Round com vantagem de Tim.

No 2º round, Lombard acerta um direto e um cruzado. Tim responde com chutes baixos. Lombard acelera o ritmo e vai para cima. A luta fica sem golpes e o público vaia. Tim tenta uma queda, L0mbard defende e acerta socos no solo. O americano consegue se levantar. A luta volta em pé. Assalto equilibrado.

No 3º round, a luta segue estudada em pé, com pouca ação. O público vaia. Tim demonstra estar cansado enquanto Lombard faz uma estreia decepcionante. Os atletas não variam os golpes e seguem em um trocação amarrada. Lombard consegue uma excelente queda. Tim se levanta. A luta acaba sob vaias do público. No final, os jurados deram a vitória por decisão dividida para Tim Boetsch.

O americano Shawn Jordan e o francês Cheick Kongo mediram forças no card principal e foi uma luta que decepcionou o público. Após três assaltos sem muita movimentação ou momentos de maior emoção, Cheick Kongo acabou vencendo por decisão unânime sob sonoras vaias.

Abrindo o card principal, o americano Matt Riddle e o canadense Chris Clementes fizeram um espetacular embate, sendo que Riddle encaixou um justo katagatame no 3º round e finalizou o combate.

Confira os resultados completos:

Renan Barão venceu Urijah Faber por decisão unânime (título interino galos);

- Tim Boetsch venceu Hector Lombard por decisão dividida;

- Cheick Kongo venceu Shawn Jordan por decisão unànime;

- James Head venceu Brian Ebersole por decisão dividida;

- Matt Riddle finalizou Chris Clements com um katagatame no 3º round;

Lutas preliminares

- Nick Ring venceu Court McGee por decisão unânime;

- Francisco Rivera nocauteou Roland Delorme no 1º round;

- Ryan Jimmo nocauteou  Anthony Perosh aos 7 segundos do 1º round;

- Bryan Caraway finalizou Mitch Gagnon com um mata-leão no 3º round;

- Antonio Carvalho nocauteou Daniel Pineda no 1º round;

- Anton Kuivanen venceu Mitch Clarke por decisão dividida.

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário