Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Shogun e Lyoto Machida vencem por nocaute no UFC

04 de agosto de 2012 0

Aconteceu neste sábado a  4ª edição da parceria entre o UFC e a rede de televisão americana Fox diretamente do Staples Center em Los Angeles, Estados Unidos.

A arena recebeu grande público, em mais uma edição de sucesso do UFC.

O Brasil estava representado por Mauricio Shogun, Lyoto Machida, Rani Yahya e Wagner Caldeirão.

Caju Freitas fez, como de costume, uma cobertura ao vivo do UFC.

Siga no twitter @cajufreitas

As principais lutas se deram da seguinte forma:

Mauricio Shogun vs. Brandon Vera

Na luta  principal, o brasileiro Mauricio Shogun lutou com o americano Brandon Vera, em uma luta de meio-pesados (até 93kg).

O primeiro a ingressar é Brandon Vera que caminha rápido e com olhar muito focado. Logo depois, Shogun entra acompanhado por André Dida e  Serginho Moraes, mostrando a confiança de sempre. O árbitro é Herb Dean.

No 1º round, Brandon acerta dois chutes de esquerda. Quando tenta o terceiro, Shogun consegue um “double leg” e coloca a luta no solo. Shogun fica na meia-guarda e tenta passar. Domínio total do brazuca no solo que acerta bons golpes. Vera fica em pé. Shogun tenta uma queda e cai na guilhotina de Vera. O brasileiro escapa e agora golpeia de cima, passa a guarda, vai para as costas e acerta socos.

No 2º round, a etapa começa em ritmo alucinante, com uma trocação aberta. Shogun acerta um cruzado de esquerda e Vera quase cai. A trocação fica aberta. O brasileiro acerta um direto. Shogun tenta joelhadas. Vera defende. A luta vai para as grades. O americano tenta botar para baixo e consegue uma boa queda e golpeia.

No 3º round, Shogun tenta o “1,2″ e Vera vai para trás e cai. No solo, o brasileiro acerta socos e o americano se levanta. Brandon acerta joelhadas e o brasileiro consegue uma queda. Na meia-guarda e por cima, Shogun golpeia com socos.

No 4º round, o assalto começa em ritmo mais lento, com troca de golpes de encontro. A luta vai novamente para as grades e o público vaia. O embate volta com trocação aberta e Shogun acerta um bom gancho de direita e Vera fica nas grades. Shogun acerta uma sequência de cruzados e Vera cai. No chão, Shogun golpeia até Herb Dean interromper e decretar a vitória brasileira por nocaute.

Lyoto Machida vs. Ryan Bader

No segundo confronto mais importante, o ex-campeão do UFC Lyoto Machida mediu forças com o americano Ryan Bader pela divisão dos meio-pesados.

O primeiro a entrar é Ryan Bader que vem de calção branco e parece bem calmo. Em seguida, as luzes se apagam e o brasileiro Lyoto é anunciado para o delirio dos fãs. Lyoto parece bem tranquilo e focado.

No 1º round, o lendário John Mc Carhy é o árbitro. A luta começa e Lyoto mostra a sua tradicional base de caratê. O cebtro do octógono é do brasileiro que joga no contra-ataque. Lyoto acerta um bom chute de esquerda e finta jabs. Bader tenta encurtar. Lyoto deixa a iniciatva para o americano que não acha a distâcia correta. Jab certeiro de Lyoto. Bader consegue cinturar e Lyoto escapa. A luta segue em pé.

No 2º round, a torcida grita: ” machida, machida”. Lyoto acerta um chute reto na guarda do americano. Bader vai para cima e leva um direto de encontro e desaba. No solo, Lyoto golpeia até o juiz interromper e decretar a vitória do brasileiro.

Com o triunfo, Lyoto Machida foi anunciado como o novo desafiante ao Cinturão e irá pegar o vencedor do duelo do UFC 151 do dia 01º de setembro entre o atual campeão Jon Jones e o desafiante Dan Henderson.

Abrindo a participação brasileiro no show, Rani Yahya encarou o americano Josh Grispi pela divisão dos penas (até 66kg). Rany fez a tática correta e evitou o jogo em pé. Logo no início colocou o seu oponente para baixo, passou a guarda e foi para a posição chamada “norte-sul” ou “69″ de onde encaixou um justo estrangulamento que obrigou o seu oponente e desistir e decretar a vitória do brasileiro por finalização.

Logo depois, Wagner Caldeirão fez sua estreia no UFC contra  o americano Phil Davis pela divisão dos meio-pesados (até 93 kg). Caldeirão mostrou muita personalidade e foi para cima logo no início. Em uma trocação franca e nas grades, Phil Davis acertou um cruzado e “sem querer” colocou o dedo no olho do brazuca. A luta parou e o árbitro resolveu interromper o combate e decretar “No Contest”, sem resultado.

Destaque para o embate entre os americanos Joe Lauzon e Jamie Varner que apresentaram grande técnica na mehor luta da noite. No terceiro assalto, Joe aplicou um justo triângulo e venceu por finalização.

Confira os resultados completos:

- Mauricio Shogun Rua nocauteou Brandon Vera no 4º round;

- Lyoto Machida nocauteou Ryan Bader no 2º round;

- Joe Lauzon finalizou Jamie Varner com um triângulo  no 3º round;

- Mike Swick nocauteou DaMarques Johnson no 2º round;

Lutas Preliminares

- Nam Phan venceu Cole Miller por decisão dividida;

- Phil Davis vs. Wagner Caldeirão Prado foi declarado “No Contest”;

- Rani Yahya finalizou Josh Grispi com um estrangulamento do 69;

- Phil De Fries finalizou Oli Thompson com um esgana-galo no 2º round;

- Manny Gamburyan venceu Michihiro Omigawa por decisão unânime;

- John Moraga nocauteou Ulysses Gomez no 1º round.

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário