Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Vitor Belfort abre como zebra no duelo com Jones

25 de agosto de 2012 2


Vitor Belfort é o novo desafiante ao título dos meio-pesados (até 93 kg) e enfrentará o campeão Jon Jones na luta principal do UFC 152 no dia 22 de setembro em Toronto, Canada.

Será um duelo entre os dois mais jovens campeões da história do UFC.

Jon Jones tem 16 triunfos e apenas uma derrota, vindo da terceira defesa do seu reinado no UFC 145 no dia 21 de abril, onde venceu Rashad Evans por decisão unânime. Leva um cartel com 16 êxitos e apenas uma derrota – decorrente de uma cotovelada ilegal desferida no americano Matt Hamill na final do TUF 10 no dia 05 de dezembro de 2009, onde Jones estava na montada e efetuou um golpe ilegal, sendo punido com a desclassificação.

No outro canto está o experiente Vitor que leva 21 triunfos e 9 fracassos, vindo de finalização sobre o americano Anthony Johnson com um esgana-galo no UFC 142 no dia 14 de janeiro no Rio de Janeiro. Vitor já foi Campeão do UFC 12 dos pesos pesados (acima de 93 kg), no dia 7 de fevereiro de 1997 e do UFC 46 dos meio-pesados (até 93kg) no dia 31 de janeiro de 2004 vencendo Randy Couture por interrupção médica.

Segundo a agência de apostas americana Joey Oddessa @MMAOdds, Jones é o total favorito. De acordo com as apostas (que variam diariamente), o campeão está “- 1300 ″, ou seja, o apostador que acreditar em Jones terá de desembolsar 1300 dólares e no caso de vitória, receberá 100 dólares e mais os 1300 dólares apostados. Já Belfort é  ”zebra” e está ” +700″ ou seja, o apostador que acreditar  no ex-campeão do UFC receberá 700 dólares a cada 100 dólares apostados

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Alexandre diz: 25 de agosto de 2012

    O Caju, respeito a opinião de quem acha que o Jones fez certo em recusar o Chael, mas não custa lembrar que o UFC é privado. Acho que o Dana teria que ser mais autoritário. Essa possibilidade de recusa não deveria existir. Acho o UFC muito nhenhenhém. Cada pouco um lutador recusa uma luta. UFC tem dono e quem decide qual deve ser a luta são os donos. UFC é maior que o Jones. Eu pensaria assim se fosse o dono. Não quer lutar?então procure um evento que aceite isso. Até pq querendo ou não, o Chael não é qq um. Tem alguma história já.

    Abraços

    Abraços

Envie seu Comentário