Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

UFC 156: José Aldo mantém cinturão em noite brasileira

03 de fevereiro de 2013 0

Aconteceu na madrugada deste domingo o UFC 156, diretamente do Mandalay Bay em Las Vegas, na tradicional semana do Super Bowl nos Estados Unidos.

Caju Freitas fez, como de costume,  uma cobertura ao vivo do UFC.

Siga no Instagram e Twitter: cajufreitas

O Brasil estava representado por José Aldo, Rogerio Minotouro, Antônio Pezão, Demian Maia e Gleison Tibau.

Com arena lotada, com cerca de 12 mil espectadores e com um número muito grande de brasileiros, a edição foi marcada por excelentes lutas. A grandiosidade e a organização do UFC sempre impressionam.

As principais lutas aconteceram da seguinte forma:

José Aldo vs. Frankie Edgar

Na luta principal, José Aldo defendeu o seu título dos penas (até 66kg) pela quarta vez e agora o oponente foi o americano Frankie Edgar. O primeiro a ingressar é Edgar que entra focado e sob aplausos. Após, as luzes se apagam e José Aldo é anunciado para o delírio dos fãs presentes no Mandalay Bay.

No 1º round, Edgar se movimenta e acerta um chute baixo. Aldo responde  com um jab certeiro. A torcida brasileira presente grita: “Aldo, Aldo”. A torcida americana responde com: “Frankie, Frankie”. Aldo trabalha bem os golpes de encontro. A velocidade nos jabs do brasileiro é impressionante. O brazuca acerta um forte chute baixo e Edgar sente. Aldo acerta um chute alto e o round acaba. Vantagem brasileira.

No 2º round, Aldo segue administrando a trocação, batendo e saindo com maestria. O brasileiro combina chutes baixos com cruzados, abalando o americano que sente a pressão dos golpes. Aldo tenta um chute e leva um direto de encontro e cai. Aldo se levanta e a trocação continua. mais um round brazuca.

No 3º round, Aldo segue dominando as ações na trocação, quando acerta um chute reto e Edgar resiste. O desafiante solta mais o seu jogo e começa e desferir chutes baixos. Outro round com vantagem brasileira.

No 4º round, Aldo segue com a estratégia de administrar a vitória, deixando a iniciativa para o desafiante. Jabs do brasileiro entram a todo o momento. Edgar consegue encurtar, tenta uma queda, mas Aldo escapa.

No 5º round, assalto final e decisão, com a iniciativa desesperada de Edgar que tem que conseguir um nocaute ou finalização, tendo em vista que perdeu no mínimo 3 etapas. O desafiante tenta chute alto e Aldo defende. O campeão administra a vitória, deixando as ações para Edgar. No final, José Aldo vence por decisão unânime, defendendo pela quarta vez o seu cinturão do UFC.

Rogerio Minotouto vs. Rashad Evans

Na segunda batalha relevante, Minotouro – irmão gêmeo de Minotauro – encarou o americano e ex-campeão Rashad Evans, em um embate de meio-pesados, onde Jon Jones é o campeão.

O primeiro a entrar é Minotouro. Em seguida, Evans é chamado com muitas vaias.

No 1º round, a luta começa na trocação franca, com Minotouro tomando o centro do octógono. Rashad finta um jab e cata a perna do brasileiro, em uma boa queda. Minoto consegue se levantar. A trocação volta com tudo, com Rashad acertando um bom chute alto. Round equilibrado.

No 2º round, a trocação segue frenética, com Rashad trabalhando a velcidade, enquanto Minotouro fica com bons golpes retos. Minotouro acerta dois bons cruzados e Rashad recua. Evans tenta um queda, muito bem defendida pelo brazuca. Mais um assalto equilbrado.

No 3º round, Minotouro toma a iniciativa do combate, com bons jabs. O brasileiro combina bem os chute e confunde as entradas de Rashad. Evans tenta tirar a distância com jabs. O americano tenta um single leg. Minotouro defende bem. Domínio brazuca no assalto. No final, Minotouro vence por decisão unânime.

Alistair Overeem vs. Antonio Pezão Silva

O holandês Alistair Overeem e o brazuca Antonio Pezão Silva mediram forças pelos pesados, em uma batalha que poderia definir o próximo desafiante ao título de Cain Velasquez.

No 1º round, Overeem acerta um gancho, encurta e fica no clinche dando joelhadas. Overeem fica muito a vontade com a luta em pé, principalmente com joelhadas. Pezão acerta uma joelhada. Alistair responde com um jab e gancho. O holandês fica o tempo todo da meia distância de guarda baixa. Round com vantagem holandesa.

No 2º round, Pezão conecta bons cruzados, mas Overeem consegue uma excelente queda e já cai passado. Pezão repõe a guarda. Overeem fica batendo da guarda de Pezão e domina as ações do assalto. Pezão se levanta e acerta boa joelhada.

No 3º round, Pezão vai para cima com tudo, acerta um chute alto que abre o caminho para uma sequência de ganchos que fazem o holandês desabar. Pezão golpeia até o juiz interromper e decretar a vitória brasileira por nocaute.

Demian Maia vs. Jon Fitch

Demian Maia lutou contra o americano Jon Fitch, em um combate de meio-médios (até 77 kg), divisão dominada por Georges St. Pierre.

No 1º round, a luta começa e Demian logo vai para cima e consegue uma queda, vai para as costas. Fitch tenta ficar em pé, enquanto Maia tenta um mata-leão. A torcida brasileira se manisfesta apoiando Maia. O assalto fica na tentativa de finalização e Fitch se defendendo. Vantagem brasileira.

No 2º round, Fitch acerta um cruzado de esquerda. Maia não quer saber da trocação e bota para baixo com uma boa queda. Estratégia correta do talentoso brasileiro. Demian agora está novamente nas costas, tentando encaixar um mata-leão, bem defendido por Fitch que esté visivelmente perturbado. Total domínio de Demian.

No 3º round, Demian repete a estratégia correta e consegue nova queda, dominando as ações no solo. A luta volta em pé. Maia encurta, tenta uma queda e quase é surpreendido com uma guilhotina. Agora Fitch está por cima. A luta volta em pé e Demian consegue nova queda, indo para as costas. Mais um assalto com domínio brasileiro. No final, Demian Maia vence por decisão unânime, em uma importante vitória.

Destaque para a luta de moscas (até 57 kg) que abriu o card principal, entre Joseph Benavidez e Ian McCall. Apesar da desvantagem no segundo round, Benavides dominou as ações no primeiro e último rounds, levando a batalha por decisão unânime.

No card preliminar, o brasileiro Gleison Tibau enfrentou o americano Evan Dunham pelos leves. Após um belo 1º round, com boas quedas e dominio da luta, Tibau não resistiu ao excelente boxe de Dunham que foi superior nos assaltos seguintes, vencendo por decisão dividida.

Confira os resultados completos:

José Aldo venceu Frankie Edgar por decisão unânime;

Rogério Minotouro Nogueira venceu Rashad Evans por decisão unânime;

Antonio Pezão Silva nocauteou Alistair Overeem no 3º round;

Demian Maia venceu Jon Fitch por decisão unânime;

– Joseph Benavidez venceu Ian McCall por decisão unânime;

Lutas Preliminares

– Evan Dunham venceu Gleison Tibau por decisão dividida;

– Tyron Woodley nocauteou Hieron aos 36 segundos do 1º round;

- Bobby Green finaliza Jacob Volkmann com um mata-leão no 3º round;

– Isaac Vallie-Flagg venceu Yves Edwards por decisão dividida;

- Dustin Kimura finaliza Chico Camus com um mata-leão no 3º round;

– Francisco Rivera nocauteou Edwin Figueroa no 2º round.

Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às segundas no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário