Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Renan Barão finaliza e mantém título no UFC na Inglaterra

16 de fevereiro de 2013 0


O UFC Inglaterra foi realizado na noite desse sábado , diretamente do Wembley Arena em Londres, em um show denominado UFC on Fuel TV 7.

Caju Freitas fez, como de costume, uma cobertura ao vivo.

Siga no Instagram e Twitter : cajufreitas

O Brasil estava representado por Renan Barão, Jorge Santiago e Renee Forte.

Na luta principal, o brasileiro Renan Barão colocou pela primeira vez o seu título interino dos galos (até 61 kg) em disputa. O seu oponente foi o americano Michael McDonald.

O primeiro a ingressar é McDonald que parece calmo e confiante, com alguns aplausos do público. Logo em seguida, as luzes se apagam e Barão é chamado, acompanhando de sua equipe liderada  pelo mestre Dedé Pederneiras.

No 1º round, Barão logo encurta e consegue uma queda e já cai passado. Mc Donald repõe. A luta volta em pé. Barão sai das sequências com boas contragolpes de esquerda. A trocação é franca e McDonald acerta cruzado e Barão sente, mas vai no single leg e tenta queda. A luta volta em pé. Barão consegue boa queda e fica golpeando da guarda. Vantagem de Barão.

No 2º round, a luta se desenvolve em pé, quando Barão tenta uma queda. O brasileiro tenta um chute rodado que passa no vazio. A trocação fica aberta, com Barão arriscando com golpes retos para tentar quedas, enquanto MC Donald usa os contragopes com cruzados e golpes de encontro.

No 3º round, Barão domina o centro do octógono, entra com 1,2 e leva para as grades, onde consegue boa queda. Passa a guarda, mas quando tenta a montada o americano dá o “upa” e escapa.

No 4º round, a trocação segue aberta, com total equilibrio, com o brasileiro dominando o centro do octógono. Barão insiste e consegue boa queda, cai passado e finaliza com um katagatame.

Agora, o UFC deverá casar uma luta entre Renan Barão e o real campeão Dominick Cruz – que se recupera de lesão – pela unificação do título dos galos para a metade de 2013.

Diga-se de passagem que Renan Barão acumula a 30ª vitória na carreira, com apenas uma derrota e um N/C (sem resultado), com 20 êxitos consecutivos. Aliás, a única derrota se deu na sua estreia no MMA em 2005. As 30 vitórias só não foram consecutivas, em razão de um chute ilegal que gerou um “No Contest”, ocorrido na luta contra Claudemir Souza no dia 12 de dezembro de 2007, no BBVT – Black Bull Vale Tudo.

Jorge Santiago mediu forças com o islandês Gunna Nelson, em um embate de meio-pesados (até 77 kg), divisão dominada pelo canadense Georges St. Pierre. No primeiro assalto, as ações foram equilibradas. Já sa segunda etapa, Nelson conseguiu uma bela queda e ficou batendo da guarda do brasileiro.  Passou a guarda e montou, levando total vantagem no segundo assalto.No round final, Santiago vai para cima com tudo, com uma trocação franca, com vantagem brazuca. No final, os jurados deram a vitória para Gunnar Nelson por unanimidade.

Histórico ! James Te Huna fez a melhor entrada da história do UFC, ao som de “Man in Black” dançando com toda a sua equipe, realmente sensacional. Na luta, após um primeiro assalto de total desvantagem, Te Huna dominou os dois rounds seguintes e venceu por decisão unânime, ganhando milhares de fãs. Confira aqui a entrada.

No card preliminar, destaca-se o duelo entre inglês Tom Watson e o búlgaro Stanislov Nedkov, onde o lutador local usou o seu impressionante clinche de Muay Thai, com precisas joelhadas que foram determinantes para a sua vitória por nocaute na segunda etapa.

Ainda, o brasileiro Renee Forte fez bonito e venceu o duro inglês Terry Etim. Após um primeiro assalto parelho, o brasileiro conseguiu impor o seu ritmo, encurtando bem a distância, conectando bons cruzados, conseguindo boas quedas,  dominando completamente as ações no solo. No final, Renee Forte foi declarado como vencedor por decisão unânime, recuperando a derrota na estreia  no UFC 153 em outubro.

Curiosidade. Foi o evento da históriado UFC  que teve o maior número de lutas por decisão dos jurados, em um total de nove.

Confira os resultados completos:

Renan Barão finalizou Michael McDonald com um katagatame no 4º round;

– Cub Swanson venceu Dustin Poirier por decisão unânime;

– Jimi Manuwa venceu Cyrille Diabate por desistência no intervalo após o 1º round;

– Gunnar Nelson venceu Jorge Santiago por decisão unânime;

– James Te Huna venceu Ryan Jimmo por decisão unânime;

– Matthew Riddle venceu Che Mills por decisão dividida;

Lutas Preliminares

Renee Forte venceu Terry Etim por decisão unânime;

– Danny Castillo venceu Paul Sass por decisão unânime;

– Andy Ogle venceu Josh Grispi por decisão unânime;

– Tom Watson nocauteou Stanislav Nedkov no 2º round;

– Vaughan Lee venceu Motonobu Tezuka por decisão unânime;

– Phil Harris venceu Ulysses Gomez por decisão unânime.

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às segundas no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário