Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

UFC Japão ao vivo neste sábado com Wanderlei Silva

27 de fevereiro de 2013 0

Neste sábado acontecerá o UFC Japão, diretamente do Saitama Super Arena em Saitama, Japão, palco de dezenas de edições do Pride.

Acompanhe aqui uma cobertura ao vivo, com os duelos preliminares programados para iniciarem por volta das 21:00hs (horário de Brasília).

Siga no Instagram e Twitter : cajufreitas

O Brasil estará representado por Wanderlei Silva, Rani Yahya, Cristiano Marcello e Marcelo Guimarães.

Na luta principal, o ícone brasileiro Wanderlei Silva duelará com o americano Brian Stann, em um embate programado para cinco rounds que valerá pela divisão dos meio-pesados (até 93 kg), marcando a volta do brasileiro à sua antiga categoria.

Wand  nasceu no dia 03 de julho de 1976 e era conhecido como “Mr. Pride” e foi o maior nome do evento durante anos, possuindo – até hoje – milhares de fãs em terrotório nipônico.

O “Mr. Pride” leva 34 vitórias, 12 derrotas, um empate e um N/C, vindo de revés por decisão unânime para Rich Franklin no UFC 147 no dia 23 de junho.

A última luta de Wanderlei Silva no Japão aconteceu no Pride que teve a final do torneio Absoluto, no dia 10 de setembro de 2006, onde foi nocauteado pelo croata Mirko Crocop na semifinal. Mais tarde e no mesmo evento, Cro Cop venceu o americano Josh Barnett na final e se sagrou campeão do torneio.

A trocação de Wand é muito potente e uma das mais poderosas do MMA, eis que  é um fenômeno no Muay Thai, além de ser faixa-preta de jiu-jitsu e possuir um excelente boxe.

Das 34 vitórias, 24 foram por nocaute, 7 por decisão e 3 por finalização. Lutou 28 vezes no pride, tendo a sua estreia no Pride 7 no dia 12 de setembro de 1999. Venceu 22 vezes no Pride, com 4 derrotas, um empate e um N/C.

A luta deverá se desenvolver toda em Pé e Wanderlei Silva leva vantagem, tendo em vista que tem golpes muito mais potentes, com um arsenal maior de golpes.

Já Stann nasceu no dia 24 de setembro de 1980 e faz parte do exército norte-americano como Capitão, sendo que lutou na Invasão do Iraque em 2003. Foi campeão dos meio-pesados do extinto WEC e é especista em luta em pé, possuindo um wresting de alto nível.

Stann ostenta 12 triunfos e 5 fracassos, sendo que em seu último compromisso acabou sendo superado pelo inglês Michael Bisping por decisão unânime no UFC 152 no dia 22 de setembro.

Das 12 vitórias, 8 foram por nocaute,  2 por decisão e apenas uma por finalização.

A estratégia dos dois lutadores será clara: ir em busca do nocaute.

A torcida estará toda a favor de Wand que tem a motivação de voltar a lutar na terra que consolidou a seu sucesso no MMA.

Deste modo, em uma batalha parelha e de pura trocação, Wanderlei Silva tem vantagem e deverá vencer por nocaute, talvez com sua potentes joelhadas que fizeram história no Pride.

Na segunda luta mais relevante, o holandês Stefan Struve irá para a batalha contra o perigoso trocador Mark Hunt, repesentante da Nova Zelândia. A luta valerá pela divisão dos pesados (acima de 93 kg), atualmente dominada por Cain Velasquez. Mark Hunt possui o pior cartel entre os lutadores de ponta do UFC, amargando 8 vitórias e 7 derrotas. Contudo, luta desde os tempos do Pride e já enfrentou nomes do calibre de Fedor Emelianenko, Wanderlei Silva, Alistair Overeem, Mirko Cro Cop e Josh Barnett.

Destaque para o extrema qualidade do card, com lutas de leves entre o japonês Takanori Gomi (34 vitórias e 8 derrotas) e o americano Diego Sanchez (23 vitórias e 5 derrotas), assim como o combate de médios entre o cubano Hector Lombard (32 vitórias, 3 derrotas, um empate e um N/C) e o japonês Yushin Okami (28 vitórias e 7 derrotas).

Ainda, Rany Yahya (17 vitórias e 7 derrotas) representará o Brasil em uma dura batalha contra o japonês Mizuto Hirota (14 vitórias, 5 derrotas e um empate), pelos penas (até 66kg), divisão dominado por José Aldo.

Será a sexta vez do Ultimate no Japão, sendo que última se deu quando Ben Henderson conquistou o título dos leves (até 70kg) ao superar Frankie Edgar no UFC 144 no dia 25 de fevereiro de 2012.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

Wanderlei Silva vs. Brian Stann;

– Mark Hunt vs. Stefan Struve;

– Takanori Gomi vs. Diego Sanchez;

– Hector Lombard vs. Yushin Okami;

– Mizuto Hirota vs. Rani Yahya;

– Siyar Bahadurzada vs. Dong Hyun Kim;

Lutas Preliminares

- Riki Fukuda vs. Brad Tavares;

– Bryan Caraway vs. Takeya Mizugaki;

- Cristiano Marcello vs. Kazuki Tokudome;

– Alex Caceres vs. Kyung Ho Kang;

- Marcelo Guimarães vs. Hyun Gyu Lim;

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às segundas no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”

Bookmark and Share

Envie seu Comentário