Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Anderson Silva é nocauteado e perde Cinturão do UFC

07 de julho de 2013 17

Aconteceu na madrugada desse domingo o UFC 162, diretamente do MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, Estados Unidos.

A arena estava totalmente lotada, com uma presença incrível de brasileiros.

Caju Freitas fez, como de costume, uma cobertura ao vivo.

Siga no Instagram e Twitter: cajufreitas

Na luta Principal, Anderson Silva defendeu o seu cinturão dos médios pela 11ª vez contra o perigoso americano Chris Weidman.

O Brasil contou com mais cinco representantes: Charles Oliveira, Roger Gracie, Gabriel Napão, Rafaello Trator e Edson Barboza.

Anderson Silva vs. Chris Weidman

O primeiro a ingressar é Weidman que entra ao som de Tom Petty, com a sua equipe. Parece muito focado. Logo em seguida, as luzes se apagam e Anderson ingressa ao som de DMX, com toda a sua equipe com Pedro Rizzo, Ramon Lemos e Rafael Feijão.

No 1º round, Weidman consegue levar a luta para o solo com um eficiente double leg. O desafiante fica golpeando da guarda e da meia-guarda. Anderson se defende como pode. Agora Weidman tenta tenta uma chave de joelho reto, variando para chave de calcanhar. Anderson escapa e fica em pé. Anderson agora provoca Weidman, chamando o americano para a luta. O brazuca acerta alguns chutes baixos na tentativa de recuperar o sufoco inicial no solo. O Round acaba e a vantagem é do americano.

No 2º round, Anderson Silva fica mais ativo e sabe que tem de recuperar o prejuízo inicial. O campeão chama Weidman para a luta, provocando o americano. Weidman  não se abala e segue com a estratégia de caminhar para a frente e acertar. Anderson tenta uma esquiva, mas Weidman acerta um cruzado de esquerda que faz Anderson desabar. O americano golpeia  no solo até Herb Dean interromper e decretar a vitória de Weidman por nocaute. Weidman comemora o título, para o delírio da maioria dos espectadores que ficam surpresos e parece que não acreditam no que estão vendo. Weidman é o novo campeão dos médios e uma revanche deverá ser marcada em breve.

Futuro. Após a luta, Anderson não quis falar em nova luta com Weidman e falou até mesmo em aposentadoria. A estratégia de lutar de guarda baixa custou o reinado do brasileiro que durava desde o UFC 64 no dia 14 de outubro de 2006.

Igual a Abu Dhabi. No UFC 112 no dia 10 de abril de 2010, Anderson defendia o seu Cinturão contra o brasileiro Demian Maia e fez exatamente a mesma estratégia de guarda baixa, com várias “brincadeiras e provocações” durante a luta e acabou vencendo por decisão. Com tal atitude, Abu Dhabi dificilmente receberá nova edição do UFC.

Agora, com a repetição do fato, talvez Anderson Silva tenha de repensar a sua estratégia que acabou ocasionando certa revolta de muitos fãs de MMA.

Frankie Edgar vs. Charles do Bronx Oliveira

Na segunda luta mais importante, Charles Oliveira encarou o americano e ex-campeão dos leves Frankie Edgar, em uma batalha de penas (até 66kg).

No 1º round, Edgar consegue uma boa queda e tenta golpes dos 1o0 kg. Charles se recupera e mostra personalidade na trocação. Todavia, Edgar é superior, com melhores combinações.

No 2º round, a luta fica em trocação franca com Edgar conectando as melhores combinações. Charles quase encaixa uma guilhotina no final do round, mas o assalto é de Edgar.

No 3º round, Edgar se movimenta de forma segura, batendo e saindo com perfeição, administrando o combate. Consegue uma boa queda e fica batendo de dentro da guarda do rbasileiro. Mais um roud de Edgar que vence por decisão unânime.

Roger Gracie vs. Tim Kennedy

Roger Gracie – maior nome do jiu-jitsu na atualidade – fez a sua estreia no maior torneio de lutas do Planeta contra o americano Tim Kennedy, pelos médios (até 84 kg), marcando a volta da família Gracie ao Ultimate.

No 1º round, a luta começa estudada na trocação até que Roger conseguiu uma boa queda e alcançou as costas, onde não conseguiu encaixar o mata-leão. Kennedy inverta e golpeia da gaura e o round acaba.

No 2º round, Kennedy equilibra as ações e consegue bons golpes em pé e domínio no solo.

No 3º round, Kennedy administra a luta e aproveita o visível cansaço de Roger. No final, Kennedy vence por decisão unânime.

Abrindo o card principal, o americano Cub Swanson e o russo Dennis Siver fizeram uma luta espetacular e muito equilibrada. No 3º assalto, Cub acertou uma impressionante sequência, com direto e cruzados e venceu por nocaute.

No card preliminar, Gabriel Napão precisou de apenas 17 segundos para acertar um cruzado de direita e nocautear Dave Herman. O brasileiro deu um importante passo nos pesados.

Em um duelo de brasileiros, Edson Barboza deu um verdadeiro show de chutes baixos e nocauteou Rafaello Trator no 2º round, válido pelos leves.

Confira os resultados completos:

- Chris Weidman  nocauteou Anderson Silva no 2º round (título dos médios);

- Frankie Edgar venceu Charles do Bronx Oliveira por decisão unânime;

- Tim Kennedy venceu Roger Gracie por decisão unânime;

- Mark Munoz venceu Tim Boetsch por decisão unânime;

- Cub Swanson nocauteou Dennis Siver no 3º round;

Lutas Preliminares

- Andrew Craig venceu Chris Leben por decisão dividida;

- Norman Parke venceu Kazuki Tokudome por decisão unânime;

- Gabriel Napão Gonzaga nocauteou Dave Herman aos 17 segundos do 1º round;

Edson Barboza nocauteou Rafaello Trator Oliveira no 2º round;

- Brian Melancon nocauteou Seth Baczynski no 1º round;

- Mike Pierce nocauteou David Mitchell no 2º round.

Vídeo com a análise dos combates aqui.

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas no jornal Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às segundas no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Comentários (17)

  • Cicero Adriano diz: 7 de julho de 2013

    É Anderson a casa caiu,
    A humildade exprime, uma das raras certezas de que estou certo: a de que ninguém é superior a ninguém.
    Paulo Freire

  • lecino diz: 7 de julho de 2013

    MARMELADA! LEMBROU AS LUTAS LIVRES DAS DÉCADAS DE 60/70. O CHRIS NÃO ACERTOU AQUELA CANHOTA NO QUEIXO DO ANDERSON E, O QUE É PIOR, QUANDO O ANDERSON ESTAVA NO CHÃO O CHRIS PROPOSITADAMENTE ERRAVA A SEQUENCIA DE SOCOS NO ROSTO DO ANDERSON. AQUELE SANGUESINHO NOS BEIÇOS DO ANDERSON É SÓ “H”.
    AGORA ELE FALARÁ QUE PENSA EM PARAR DE LUTAR; DEPOIS VAI SER CONVENCIDO A NÃO PARAR E DEPOIS DE ALGUM TEMPO VOLTARÁ A SESAFIAR O CHRIS SE ESTE – MUITO RUIM MESMO -, AINDA ESTIVER COM O CINTURÃO. EU ACHO QUE AINDA ESTARÁ POIS TUDO NÃO PASSA DE MARMELADA E DA MAIS AÇUCARADAS.
    PALHAÇADA!AHAHAHAHAHAH!

  • Márcio Marques diz: 7 de julho de 2013

    Só faltou você contar o porquê que ele perdeu Caju Freitas!
    O senhor Anderson Silva desrespeitou totalmente o adversário, dançou na frente dele, beijou o cara, colocou as mãos na cintura, provocou dando a cara pra bater, debochou, fez um verdadeiro circo!
    Foi muito bem feito e feio o que aconteceu! O Anderson tem que estar envergonhado e pedir desculpas para o povo brasileiro! Quiz dar uma de palhaço, de bonzão e se ferrou! Esporte é disciplina!

  • Edison diz: 7 de julho de 2013

    Concordo!
    Somos todos uns panacas em acreditar nesse circo do UFC.
    Muitas pessoas para ganhar milhões envolvido nesse meio vale tudo: tomar porrada propositalmente; perder e encenar.O Anderson parecia um João Bobão pulando na frente do Americano para deixar ele mais com raiva e após oferecia o rosto com a guarda baixa.Palhaçada,perdi horas de sono para ver isso..

  • léia diz: 7 de julho de 2013

    Evidente que o Cajusinho nao ia falar mal do Anderson.

  • Fabio diz: 7 de julho de 2013

    Essa é a melhor notícia do domingo. Enquanto tivermos nesse país “heróis” como esse, enquanto continuarmos promovendo lutas e mostrando para as nossas crianças que isso é um vencedor, jamais seremos uma nação séria. Abaixo essa palhaçada de lutas. Bem-feito Anderson e admiradores da violência. Peior ainda é ver a imprensa dando força pra esse tipo de esporte, que nada, nada mesmo, ensina. Talvez um dia tenhamos a mesmo admiração por professores e estudantes que se destaquem.

  • ademir diz: 7 de julho de 2013

    Eu sempre achei que esse cara era humilde. Baita arrogante, debochado. fez um papelão para um campeão. Devia ter apanhado mais. Encerrou a carreira de forma melancólica.

  • Silvio Oliveira diz: 7 de julho de 2013

    Nós Brasileiros seremos sempre motivo de paidas, enquanto formos representados por palhaços ridículos iguais ao Anderson e políticos vagabundos e ladrões que infelizmente são um cancer na sociedade..

  • Lisi Pelotas diz: 7 de julho de 2013

    Esse é o Brasil pessoal. Gente saindo as ruas para gritar NÃO A CORRUPÇÃO e um brasileiro vai lá em público e se corrompe. Infelizmente, não gaste suas solas porque nunca vai mudar isso. Esse rapaz é a cara do Brasil… Tudo é brinquedo, desrespeito, deboche. Sempre somos marchados por personalidades pífias como estas… já não bastasse um tal de fenômeno arrebentar os cidadãos, vem esse e acaba de vez com a imagem de um povo guerreiro, que luta e batalha todos os dias para poder sobreviver nesse país que corta as pernas dos justos e exalta os sem vergonhas.
    Amanhece mais um domingo triste e manchado na história do Brasil.

  • Lisi Pelotas diz: 7 de julho de 2013

    Mandem o Anderson fazer o Escola de Artistas da Globo, porque tá muito ruim a encenação dele, parece o boneco do Posto, não convence ninguém…baita marmelada…saiu com o bolso cheio, abraçando feliz o Weidman

  • Silvio Oliveira diz: 7 de julho de 2013

    porque não postaram o que escrevi? antes?

  • André Severino diz: 7 de julho de 2013

    Poxa, Caju! Seja sério pelo menos vc, em quem os leitores acreditam. Depois de ver aquela luta do Cigano “defendendo” o cinturão (o cara apanhou o tempo todo sem ao menos erguer os punhos) comecei a desconfiar do UFC. Ontem tive toda a certeza do mundo de que o que vale nesse circo, são os interesses do Sr. Dana White, ou vc acredita mesmo Caju, que o AMERICANO que lutou ontem contra o Spyder teria condições de vencer em condições normais? Os norte americanos vivem de heróis, o UFC ocorre principalmente em solo norte americano e graças ao Sr. Dana e a luta “arranjada” de ontem, nasceu mais um herói americano. Só lamento que o Anderson Sem Vergonha Silva tenha se prestado ao papel designado pelo chefe do UFC. Bom, pelo menos deve ter levado uma bela grana. Como diz o Bóris Casoy: “ISSO É UMA VERGONHA”

  • Niomar Fantinelli diz: 7 de julho de 2013

    Eu era fã, desse cara, brincadeira tem limite, bem feito, mas bem feito mesmo, levou o que mereceu, a soberba é o pior dos pecados que se pode cometer, bem feito….

  • Luiz diz: 7 de julho de 2013

    Acho que a derrota de ontem não tira a grandeza do Anderson,na minha opinião o maior de todos os tempos.Ele sabia que enfrentaria um adversário dificil,e tentou desconcentrar ele com as brincadeiras que fez,acho que exagerou sim mas se tivesse dado certo hoje todo mundo estaria idolatrando ele.Com certeza o Anderson vai aceitar a revance e vai lutar como ele sabe,e acabar com o Weidman.Ai o que vai acontecer é que um monte de otário vai vir aqui dizer que a luta foi comprada.Aguardem e vão ver!!

  • Edegar Zacarias diz: 7 de julho de 2013

    FALTAM 9 LUTAS PARA ELE FICAR MAIS RICO, PURA LINGUIÇA COMO DIZ O GAÚCHO VÉIO. ATÉ RONALDO NAZÁRIO PEGOU UMA BOLADA.
    N… É N… ! QUANDO NÃO FAZ NA SÁIDA, FAZ NA ENTRADA E QUANDO NÃO FAZ EM NENHUMAS DELAS, FAZ NO MEIO.
    UFC = “UNIDOS FAREMOS CASH”
    MMA= “MUITA MARMELADA AMADORA”.

  • Henrique Klenikauf diz: 7 de julho de 2013

    UFC é uma palhaçada… rola muita grana por tras dos bastidores, … o GRANA WHITE tem seus roteiros já prontos.. é ja quer promover revanche.. sendo que o MITO SPIDER ja falou que nao quer revanche e quer aproveitar a familia ( Bud, Wizard, Fiat, Burguer King) seus patrocinios… AS se quisesse estrangulava o weidam que nemn galinha…
    Veremos proximos capitulos….

  • Alexandre Ventura da Silva diz: 7 de julho de 2013

    A estratégia de luta do Anderson é esquivar, deixar o lutador desestabilizado e desferir um golpe inesperado no ponto fraco da guarda do oponente, o que tende a aparecer mais facilmente quando o que está esquivando está em guarda baixa. Obviamente é uma estratégia muito perigosa. Na luta de Demian Maia o lutador só tinha o grappling e o bjj. A estratégia do Anderson ficou em evitar derrubadas, mas o Maia não ia para trocação. A luta naturalmente não iria para lugar algum, pois o Anderson ataca no contragolpe e o Maia ataca no chão, coisa que o Anderson conseguiu anular. E a falta de luta deixou todo mundo nervoso, o Anderson incluído, tendo em vista a corrida para trás do juiz. Na luta com o Weidman, no momento do golpe certeiro, o Anderson estava desviando de um soco de direita, porém o americano desferiu um cruzado de esquerda, o brasileiro desviou para o lado errado, foi de encontro à mão do Weidman e foi para a lona. Talvez tenha sido o nervosismo de ter quase perdido o pé no primeiro round, a pressão de anos defendendo um cinturão, a falta de defesas de títulos presente no UFC o que leva à uma falta de prática de combate real. Mas durante a luta não vi desrespeito, como aconteceu em Abu Dhabi (na corrida para trás do juiz), apenas uma estratégia de boxe, assim como todo o pré-luta. O pessoal do submission, que inventou o UFC, mas não o vale tudo, não está acostumado com esse tipo de estratégia, ficam irritados, falam que é desrespeito e um monte de blábláblá. Mas é pra ser MMA, não é?
    O que me irrita é o pessoal que quer uma luta de WWE e não de MMA, a luta real não é feita pra ser bonita, é feita pra ver quem é o melhor dentro da arena. O Anderson foi pior contra o Weidman (esquivando pro lado errado e sofrendo um nocaute) e melhor contra o Maia (anulando o jogo de chão, única arma do atleta de bjj).

Envie seu Comentário