Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Após derrota, Anderson Silva desaba no Ranking Geral do UFC

31 de dezembro de 2013 2
divulgação ufc

divulgação ufc

Las Vegas - O UFC atualizou nesta terça-feira aqui em Las Vegas o seu Ranking Geral  (engloba todos os atletas de todas as categorias de peso).

Agora, a lista conta com 15 nomes, ao invés dos 10 listados anteriormente.

Com a derrota, Anderson Silva desabou do terceiro para o sétimo lugar. O Brasil conta ainda com José Aldo (campeão dos penas), Renan Barão (campeão interino dos galos) e Vitor Belfort.

O critério é o desempenho do lutador ao longo dos eventos e o Ranking é o mais importante do MMA.

Confira o Ranking completo dos 15 melhores do UFC (levando-se todas as categorias de peso):

1 – Jon Jones.

 2 – Jose Aldo.

 3- Cain Velasquez.

 4 -Demetrious Johnson.

 5 – Chris Weidman.

 6- Renan Barao.

 7 -  Anderson Silva.

 8 – Anthony Pettis.

 9  – Benson Henderson.

 10- Johny Hendricks.

11 – Ronda Rousey.

 12- Vitor Belfort.

13 – Dominick Cruz.

14 – Urijah Faber.

15 – Gilbert Melendez.

“Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas no jornal Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às segundas no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Mauro Joaquim Figueirdo da Silva diz: 31 de dezembro de 2013

    Fiquei muito impressionado com essa luta e com o lutador americano que mostrou ser uma fortaleza psíquica, muito humilde na 1 luta disse que estava surpreso e que Anderson era o ídolo de seus filhos. Na segunda luta alternou alguns momentos de vaidade depois da luta, mas foi inegável que se preparou muito, em especial na parte Psíquica e ademais lutou e venceu. Já Anderson, não conseguiu recuperar sua confiança e mostrou uma desorganização que o levaria a uma derrota, a menos que seu notável talento encontrasse um momento de sorte. A sorte acompanha os competentes. Torci muito por Anderson mas temo que o novo campeão tenha vindo pra ficar. Ainda que ele mostre merecimento e condições de conviver no pódio naturalmente. A idéia que se Anderson lutasse venceria naturalmente foi sua ruína, mas Anderson não tinha essa certeza, na verdade ele tinha tantas dúvidas que o acaso conspirou contra quem estava muito mais estressado e menos concentrado.
    Em nenhum monento Anderson aparentou ser capaz de vencer…e em nenhum momento o novo campeão saiu de seu script, de seu plano e só podia então vencer…pra nosso desespero. Para quem observou cuidadosamente o desenrolar do evento desde o inicio e leu nas entrelinhas e deixou de lado a paixão …viu que só podia acontecer o que de fato aconteceu! Se Anderson recuperar sua fortaleza, voltará e será capaz de VENCER como já venceu! E venceu! Mas ele sabe que na vida não exixte jantar grátis…existe suor e sangue! Parabéns ao Campeão novo! Venceu pelo zelo e cuidado com os detalhes …todos eles…e teve sorte. Claro a sorte sempre elea acompanha os competentes! O talento …esse sempre é fundamental …maravilhoso…mas que droga …os Italianos na copa da Espanha em 1982 já nos mostraram …que só talento não basta!!!! Nem existem salvadores da pátria…nem santos….nem astros…existem pessoas determinadas e guerreiras…como foram as meninas do Handebol!!!! Que também tiveram muita sorte, sorte de campeãs! Continuo torcendo muito por Anderson e espero que ele se desvencilie do cordão de bajuladores e busque suas origens e inspire-se me Rocky o lutador …e encontre o “olho do Tigre”…ou quem sabe em Dario Maravilha um grande centro-avante do futebol que tinha uma vontade muito maior que seu futebol…e foi grandioso!!!

  • Aléxis diz: 31 de dezembro de 2013

    Sou um grande fã do Anderson Silva e pra mim ele ainda é o maior de todos. Se compararmos o auge de todos os lutadores, nenhum foi melhor doq ele, no seu auge. Tb sou um fã do seu estilo.

    Mas é inegável q, por alguma motivo, ele não foi o mesmo nas duas últimas lutas. O título está em boas mãos. O Weidman chegou de forma humilde, venceu, depois de vencer seguiu trabalhando para a revanche e em momento algum derrapou na falta de seriedade. Enfrentou um campeão e manteve o seu psicológico sempre no lugar, na primeira luta e na revanche. A superioridade dele nessa segunda luta, foi evidente, ele estava mto melhor preparado doq o Anderson, q parecia sem confiança, sem a certeza da própria estratégia. Perdeu em um lance infeliz, mas como disse o amigo aqui nos comentários, foi a sorte q favoreceu o campeão, o melhor preparado.

    Anderson parecia invencível, mas uma hora ele teria q perder. Chega um momento onde os programas de TV, comerciais, bajulação, começam a interferir no lutador.

    Ainda acredito q ele pode voltar a ser o grande Anderson Silva, mas ele precisa voltar a focar unicamente nos treinamentos, com seriedade e força de vontade.

Envie seu Comentário