Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

McGregor nocauteia Aldo e é o novo campeão dos penas

13 de dezembro de 2015 2
Conor McGregor foto: instagram ufc

Conor McGregor foto: instagram ufc

O UFC 194 ocorreu na madrugada desse domingo, diretamente do MGM Grand Garden Arena em Las Vegas (EUA). Foi a edição mais aguardada desde a lesão na perna de Anderson Silva, em dezembro de 2013, ocasião do UFC 168.

Siga no Instagram e Twitter: @CajuFreitas.

O público lotou completamente a Arena e presenciou excelentes duelos, marcando uma edição de grande sucesso. Destaque para a fanática torcida irlandesa que fez grande barulho e participou intensamente de todos os momentos.

A luta principal contou com a unificação do Cinturão do peso pena (até 66kg) entre José Aldo (real campeão) e o irlandês Conor McGregor (campeão interino).

No 1º round, Aldo vai com tudo pra cima e leva um cruzado de esquerda e desaba. McGregor segue golpeando e é o novo campeão dos penas do UFC com apenas 13 segundos de combate. Vitóra incontestável de Mcgregor que se aproveitou da estratégia errada do brasileiro que não deveria ter ido pra cima de forma aberta e afoita.

Futuro: uma revanche é o mais provavél.

Na segunda luta mais importante, o americano campeão dos médios Chris Weidman tentava defender o seu cinturão pela quarta vez. O oponente foi o seu compatriota Luke Rockhold.

Weidman logo foi para cima tentando levar a luta para o solo, estratégia que se mostrou equivocada. Nos rounds seguintes, Rockhold se mostrou superior com sequências consistentes em pé e um ótimo jiu-jitsu. Principalmente, ao levar a luta para o solo no quarto assalto, onde alcançou a montada e desferiu golpes até a interrupção do árbitro Herb Dean. Luke Rockhold é o novo campeão dos médios e de forma merecida.

Futuro: Rockhold deverá ter Yoel Romero como primeiro desafiante.

Destaque para o embate entre o brasileiro Ronaldo Jacaré e o cubano Yoel Romero, válido pela divisão dos médios. Após um susto inicial ao levar um soco rodado e quase ser nocauteado, Jacaré se recuperou nos assaltos seguintes. Principalmente no terceiro round, onde levou Romero para o solo e levou visível vantagem. No final, todavia, sob vaias, Yoel Romero foi declarado como o vencedor por decisão dividida.

Vídeo: o grande erro de José Aldo que levou ao nocaute

Confira os resultados completos:

- Conor McGregor nocauteou Jose Aldo aos 13 segundos do 1º round  (unificação título penas)
- Luke Rockhold nocauteou Chris Weidman no 4º round (título médios)
- Yoel Romero venceuRonaldo Jacaré Souzapor decisão dividida
- Demian Maia venceu Gunnar Nelson por decisão unânime
- Max Holloway venceu Jeremy Stephens por decisão unânime

Lutas Preliminares
- Urijah Faber venceu Frankie Saenz por decisão unânime
- Tecia Torres venceu Jocelyn Jones-Lybarger por decisão unânime
- Warlley Alves finalizou Colby Covington com uma guilhotina no 1º round
- Leonardo Santos nocauteou Kevin Lee no 1º round
- Magomed Mustafaev nocauteou Joe Proctor no 1º round
- Yancy Medeiros venceu John Makdessi por decisão dividida
- Court McGee venceu Marcio “Lyoto” Alexandre Jr. por decisão unânime.

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Manuel Salvador diz: 14 de dezembro de 2015

    Mais uma vez o juiz na luta de Yoel Romero vs Jacaré Souza, foi uma nódoa estragando a verdade do jogo. Jacaré impôs-se recuperando do 1º round e foi mestre nos 2 rounds seguintes. Passa-se qualquer coisa no UFC que ainda não entendi em relação a certas nacionalidades de lutadores, que dão tudo, os números falam por si, porém os juízes da comissão do Nevada são habituais nestas “surpresas”…Perde o desporto e o espetáculo…Já começa a chatear!?

  • PorTuga diz: 14 de dezembro de 2015

    Na luta Weidman vs Rockhold, Herb Dean correu risco de manchar a sua brilhante carreira, dando e tirando tempo aos lutadores, foi o anjo e o carrasco de Weidman no 3º round, mas os estragos já estavam feitos e retirando a Rockhold o finish no 3º e também mais resistência também…Outros lutadores não tiveram tanto tempo de defesa e perderam por muito menos.
    Podia ter sido diferente, sendo Herb Dean a peça fundamental…

Envie seu Comentário