Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Video: "O UFC mais fraco já realizado no Brasil".

20 de novembro de 2016 2

Sem contar com disputa de título ou sequer atleta que já deteve Cinturão no UFC, a capital Paulista foi palco, no sábado, de uma das mais modestas edições já produzidas pelo maior das lutas no Brasil.

Sem distribuir prêmio de melhor duelo da noite, a principal atração do UFC Fight Night 100 ficou por conta do americano Ryan Bader que não encontrou dificuldades para anular o jogo de  Rogerio Minotouro,vencendo por  nocaute, frustrando, completamente, os fãs presentes na arena.

 Confira o vídeo:


Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Jeovah Santos Sorocaba diz: 21 de novembro de 2016

    Thominhas é Show. Claudinha Gadelha é Show.Fiquei indignado com o Marcos Pesão. O cara entrou igual um maluco doido, nem parou para respirar. Viu que estava levando toda vantegem na trocação e quis ir para o chão. O corner dele tambem só tem gente burra que não veem isso. Se ele fosse mais inteligente seria igual ao Rickson Gracie, mas é muito burro demais. Tales Leites tambem outra vergonha tem que fazer Cooper Tales perder banha.Minotouro em pe estava dando show, mas o Jiu Jitsu dele foi embora talvez seja a idade, e Rian Bader estava um trator. Warley Alves foi provado por um lutador de verdade, foi inferior no chão e em cima e não teve estratégia nenhuma a não ser apanhar junto a grade e nem via a hora de aplicar o contra golpe. Pedro Munhoz teve sorte estava levando uma bela piaba.Luiz Henrique KLB foi bem mas tem que treinar mais entrada e saida, será campeão se continuar assim. Séginho Moraes calado é um poeta. Faça não fale. Tomara que surja novos e bons lutadores o Brasil está em uma fase dificil. Gente esqueçam o MC Greggor, agora é o momento dele, e tudo tem seu tempo, e façam sua parte. Quando forem convocados comecem fazendo cooper, esqueçam treinos em frente a espelhos, imagem não reage, Treinem de verdade aprendam a bater e apanhar, aprendam a mutar a extratégia. Todos Lutadores profissionais de sucesso tiveram tres tipos de extratégia para cada Luta, se uma não dá certo mude para a outra. Nem vou dar mais dicas de graça.

  • Jeovah Santos Sorocaba diz: 21 de novembro de 2016

    Concordo com você Cajú, o Brasil está despresado pelo ufc.

Envie seu Comentário