Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "destaque"

Vitor Belfort é suspenso após nocaute sofrido no UFC 187

27 de maio de 2015 0
Vitor Belfort foi suspenso por 45 dias foto Alexandre Loureiro

Vitor Belfort foi suspenso por 45 dias foto Alexandre Loureiro

Aconteceu na madrugada desse domingo o UFC 187 em Las Vegas (EUA).

Na luta principal, na disputa do Cinturão Vago dos meio-pesados, Daniel Cormier finalizou Anthony Johnson e conquistou o título. Na segunda luta mais importante, o campeão dos médios Chris Weidman defendeu o seu reinado nos médios pela terceira vez ao nocautear Vitor Belfort.

Após, as Comissões Atléticas, com o intuito de preservar a saúde dos lutadores, sempre divulgam o período que cada atleta fica proibido de subir no octógono para evitar prejuízos, nos casos de lesões sofridas durante o UFC .

 O UFC é totalmente profissional e obriga que o atleta entre para lutar somente quando ele estiver 100%, demonstrando a total seriedade do esporte.

 Por óbvio, se o atleta provar que está totalmente recuperado, a comissão poderá diminuir a suspensão (que visa unicamente a saúde do lutador).

Confira as principais suspensões: Anthony Johnson: 45 dias, Chris Weidman: 45 dias, Vitor Belfort: 45 dias e mostrar que o ombro está totalmente curado, John Makdessi: 45 dias, Andrei Arlovski: mostrar que o ombro está curado até a próxima luta, Travis Browne: 60 dias, John Moraga: 45 dias, Rafael Sapo Natal: 30 dias, Colby Covington: 45 dias, Mike Pyle: 30 dias, Leo Kuntz: 30 dias, Justin Scoggins: 30 dias, Josh Sampo: 30 dias.

 

Bookmark and Share

UFC divulga Ranking após o nocaute de Weidman sobre Belfort

26 de maio de 2015 0
Chris Weidman venceu Belfort foto reprodução instagram UFC

Chris Weidman venceu Belfort foto reprodução instagram UFC

Aconteceu na madrugada desse domingo o UFC 187, diretamente do MGM Grand Garden Arena em Las Vegas (EUA).

Siga no Instagram e Twitter: @CajuFreitas.

Na luta principal, na disputa do Cinturão Vago dos meio-pesados, Daniel Cormier finalizou Anthony Johnson com um mata-leão no 3º round e conquistou o título. 

Na segunda luta mais importante, o campeão dos médios Chris Weidman defendeu o seu reinado nos médios pela terceira vez ao nocautear Vitor Belfort no primeiro assalto.

Agora, a novidade foi a divulgação do Ranking Geral (que engloba todas as categorias) que incluiu Daniel Cormier, excluindo Vitor Belfort, derrotado por Weidman.

O Brasil conta com Anderson Silva, José Aldo (campeão dos penas), Renan Barão, Vitor Belfort, Fabricio Werdum, além de Rafael dos Anjos (Campeão dos leves).

Confira o Ranking completo dos 15 melhores do UFC (levando-se todas as categorias de peso):

1 – Jose Aldo
2 – Demetrious Johnson
3 – Chris Weidman
4 – Cain Velasquez
5 – Ronda Rousey
6 – TJ Dillashaw
7 – Rafael dos Anjos
8 – Robbie Lawler
9 – Daniel Cormier (fui incluído pela 1ª vez)
10-  Anderson Silva (caiu 1 posição)
11 – Anthony Pettis (caiu 1 posição)
12 – Renan Barão (caiu 1 posição)
13 – Frankie Edgar (subiu 1 posição)
14 – Fabricio Werdum (caiu 2 posições)
15 – Johny Hendricks (caiu 2 posições).

 

importância que cada atleta recebeu para lutar no evento, lembrando que os atletas podem faturar ainda mais com valores de patrocinadores, bem como, em alguns casos, levar participação no PPV (pay-per-view) comercializado pelo UFC.

Confira o valor das principais bolsas (salientando que os valores abaixo são expressos em dólares, bastando multiplicar por 3 para saber o valor aproximado em reais):

- Ronda Rousey: $130,000

 

Bookmark and Share

Chris Weidman nocauteia Vitor Belfort e mantém Cinturão

24 de maio de 2015 3
Weidman vs Belfort  foto reprodução instagram

Weidman vs Belfort foto reprodução instagram

Aconteceu na madrugada desse domingo o UFC 187, diretamente do MGM Grand Garden Arena em Las Vegas (EUA).

Caju Freitas fez, como de costume, uma cobertura ao vivo.

Siga no Instagram e Twitter: @CajuFreitas.

O público lotou completamente a Arena e presenciou excelentes duelos, marcando uma edição de grande sucesso.

A luta principal contou com a disputa do Cinturão Vago dos meio-pesados entre os americanos Daniel Cormier  e Anthony Johnson, título deixado pelo suspenso ex-campeão Jon Jones. 

Com uma estratégia definida, Cormier superou o difícil golpe (swing) recebido no primeiro round até colocar o seu ótimo e eficiente jogo de quedas ao finalizar Anthony Johnson com um mata-leão no terceiro assalto, conquistando o Cinturão Vago dos meio-pesados, título deixado por Jon Jones – suspenso por tempo indeterminado do MMA.

Na segunda luta mais importante, o campeão dos médios Chris Weidman defendeu o seu reinado nos médios pela terceira vez contra Vitor Belfort. 

No 1º round, Vitor acerta uma forte sequência de golpes e Weidman tem um corte no olho esquerdo. Em seguida, o campeão encurta e bota a luta para o solo, onde monta e golpeia o brasileiro até o árbitro Herb Dean interromper o combate e decretar a vitória americana.

Destaque para o duelo de pesados entre  Andrei Arlovski  e  Travis Browne que pode ser considerado como um dos mais emocionantes combates da história.  Após domínio na trocação, Arlovski nocauteou Browne no assalto inicial, apesar de levar um susto ao receber um cruzado de direita. Que luta e que vitória de Arlovski.

No Card preliminar, o brasileiro Rafael Sapo Natal enfrentou o duro Uriah Hall pelos médios. Após um sufoco na trocação no assalto inaugural, Sapo conseguiu se impor nos rounds seguintes, vencendo por decisão dividida, em um embate muito equilibrado.

Opinião: “Vitor Belfort teve uma atuação de Faixa Branca”.

Confira os resultados completos:

- Daniel Cormier finalizou Anthony Johnson com um mata-leão no 3º round (título vacante meio-pesados)
- Chris Weidman nocauteou Vitor Belfort no 1º round (título médios) 
- Donald Cerrone nocauteou John Makdessi (quebrou a mandíbula)  no 2º round
- Andrei Arlovski nocauteou Travis Browne no 1º round
- Joseph Benavidez venceu John Moraga por decisão unânime
Lutas Preliminares
- John Dodson venceu Zach Makovsky por decisão unânime
- Dong Hyun Kim finalizou Josh Burkman com um katagatame no 3º round
- Rafael Sapo Natal venceu Uriah Hall por decisão dividida

- Colby Covington venceu Mike Pyle por decisão unânime
- Islam Makhachev finalizou Leo Kuntz com um mata-leão no 2º round
- Justin Scoggins venceu Josh Sampo por decisão unânime

- Nina Ansaroff vs. Rose Namajunas (luta cancelada).

Bookmark and Share

AO VIVO: siga o UFC 187 com Vitor Belfort vs. Weidman

23 de maio de 2015 0

O UFC 187ocorre neste sábado, diretamente do MGM Grand Garden Arena em Las Vegas (EUA). O vento é um doa mais aguardados do ano.

Siga no Instagram e Twitter: @CajuFreitas.

A luta principal contará com a disputa do Cinturão Vago dos meio-pesados entre os americanos Daniel Cormier  e Anthony Johnson. 

Na segunda luta mais importante, o campeão dos médios Chris Weidman defenderá o seu reinado nos médios pela terceira vez. O adversário será Vitor Belfort. O embate já era para ter acontecido no UFC 173, UFC 175, UFC 181 e UFC 184. Todavia, lesões nos lutadores acabaram por adiar o embate.

Vídeo com a análise das lutas aqui.

Tudo sobre o UFC 187 aqui.

Siga abaixo, ao vivo, pelo twitter (a partir das 19hs):


Bookmark and Share

Vitor Belfort vs. Chris Weidman ao vivo hoje pelo Cinturão do UFC 187

23 de maio de 2015 0
Vitor Belfort e Weidman foto reprodução instagram caju freitas

Vitor Belfort e Weidman foto reprodução instagram caju freitas

O UFC 187 será neste sábado, diretamente do MGM Grand Garden Arena em Las Vegas (EUA).

Acompanhe por aqui uma cobertura ao vivo, com os duelos preliminares iniciando por volta das 18:00hs (horário de Brasília).

Siga no Instagram e Twitter: @CajuFreitas.

A luta principal contará com a disputa do Cinturão Vago dos meio-pesados entre os americanos Daniel Cormier  e Anthony Johnson. 

Cormier tem 15 vitórias e uma derrota – exatamente para Jon Jones no UFC 182 em janeiro. Já Johnson carrega 19 vitórias e 4 derrotas e vem de dois nocautes fulminantes sobre Gustafsson (em janeiro) e Minotouro (em julho). Tentará a 10ª vitória consecutiva e é o favorito.

Na segunda luta mais importante, o campeão dos médios Chris Weidman defenderá o seu reinado nos médios pela terceira vez. O adversário será Vitor Belfort. O embate já era para ter acontecido no UFC 173, UFC 175, UFC 181 e UFC 184. Todavia, lesões nos lutadores acabaram por adiar o embate.

Weidman está invicto com 12 vitórias no MMA. Conquistou o Cinturão no UFC 162 em julho de 2013 ao nocautear Anderson Silva. Das 12 vitórias, 5 foram por nocaute, 4 por decisão e 3 por finalização.

Por outro lado, Vitor ostenta 24 triunfos e 10 derrotas. Das 24 vitórias, 17 foram por nocaute, 4 por decisão e 3 por finalização. Se vencer o desafio, o brasileiro irá conquistar o terceiro título do UFC e em três categorias diferentes.

Belfort foi campeão do UFC 12 dos pesos pesados (acima de 93 kg), em 07 de fevereiro de 1997, onde duelou em 2 oportunidades naquela noite. Mais tarde, o “fenômeno” se sagrou Campeão do UFC 46 dos meio pesados (até 93kg) no dia 31 de janeiro de 2004 ao vencer Randy Couture por interrupção médica (corte no olho) no final do 1º round.

Vídeo com a análise das lutas aqui.

Confira o card, sujeito a alterações:

- Daniel Cormier vs. Anthony Johnson (título vacante meio-pesados)
- Chris Weidman vs. Vitor Belfort (título médios) 
- Donald Cerrone vs. John Makdessi
- Andrei Arlovski vs. Travis Browne
- Joseph Benavidez vs. John Moraga
Lutas Preliminares
- John Dodson vs. Zach Makovsky
- Josh Burkman vs. Dong Hyun Kim
- Uriah Hall vs. Rafael Sapo Natal
- Nina Ansaroff vs. Rose Namajunas
- Colby Covington vs. Mike Pyle
- Leo Kuntz vs. Islam Makhachev
- Josh Sampo vs. Justin Scoggins.

Bookmark and Share

UFC 187: o Raio x de Vitor Belfort vs. Chris Weidman

21 de maio de 2015 1

reprodução instagram

*Matéria Publicada na Zero Hora de hoje na Coluna de Caju Freitas

O UFC 187 deste sábado será em Las Vegas, (EUA) e terá a disputa de dois Cinturões. A luta principal contará com a disputa do Cinturão Vago dos meio-pesados entre os americanos Daniel Cormier  e Anthony Johnson, divisão até então dominada por Jon Jones que perdeu o título e está suspenso por tempo indeterminado.

Cormier tem 15 vitórias e uma derrota – para Jon Jones no UFC 182 em janeiro. É especialista em quedas e o ponto fraco é o mesmo de Johnson: o solo. Era dos pesos pesados e é mais forte. Não irá se arriscar na trocação com Johnson.

Já Johnson carrega 19 vitórias e 4 derrotas e vem de dois nocautes fulminantes sobre Gustafsson (em janeiro de 2015) e Minotouro (em julho de 2014). Tentará a 10ª vitória consecutiva. Tem a luta em pé como grande e única arma, com mãos rápidas e golpes precisos. Vai tentar manter o combate em pé para tentar o nocaute.

É o favorito e poderá vencer se tirar a distância, evitando as perigosas quedas de Cormier.

No segundo duelo mais importante, em uma das lutas mais aguardada dos últimos anos, Chris Weidman defenderá o seu título dos médios pela terceira vez. O adversário será o experiente Vitor Belfort que tentará conquistar o terceiro título do UFC e em três categorias diferentes.

Acompanhe ao vivo a partir das 19hs (horário de Brasília) em www.zerohora.com/nomundodaslutas, Instagram e Twitter: cajufreitas.

                                                    QUADRO COMPARATIVO

                     Chris Weidman      vs.                Vitor Belfort

Histórico: invicto com 12 vitórias  –                 24 vitórias  e 10 derrotas

Curiosidade: fará a 9ª luta no UFC      -      fará a 20ª luta no UFC

Vitórias:  5 por nocaute, 4 por decisão e 3 por finalização. -  17  por nocaute, 4 por decisão e 3 por finalização.

Última luta: venceu Lyoto Machida (julho/14) -venceu  Dan Henderson (novembro/13)

Idade:        30 anos                                   -              38  anos

Nascimento:  dia 17/06/84                                -      dia 01/04/77 .

Situação:                Campeão                   -                  Desafiante
Principal  Arma:  precisão nos golpes  -    Velocidade

Especialidade: quedas                -              Boxe e jiu-jitsu

Estratégia:  administrar a luta e levar para o solo -   Nocaute até 2º round

Vantagem      iniciativa para o oponente -  o mais experiente do MMA                           

Desvantagem pressão para vencer            -     poderá cansar a partir do 3º round

Projeção: Se Vitor for para cima desde o início deverá nocautear nos primeiros assaltos. Contudo, se a luta passar no 2º round, Weidman deverá vencer por pontos.

 

Bookmark and Share

UFC 187 ao vivo sábado com Vitor Belfort vs. Chris Weidman

18 de maio de 2015 0
UFC 187 divulgação

UFC 187 divulgação

O UFC 187 será neste sábado, diretamente do MGM Grand Garden Arena em Las Vegas (EUA).

Acompanhe por aqui uma cobertura ao vivo, com os duelos preliminares iniciando por volta das 18:00hs (horário de Brasília).

Siga no Instagram e Twitter: @CajuFreitas.

A luta principal contará com a disputa do Cinturão Vago dos meio-pesados entre os americanos Daniel Cormier  e Anthony Johnson. 

Cormier tem 15 vitórias e uma derrota – exatamente para Jon Jones no UFC 182 em janeiro. Já Johnson carrega 19 vitórias e 4 derrotas e vem de dois nocautes fulminantes sobre Gustafsson (em janeiro) e Minotouro (em julho). Tentará a 10ª vitória consecutiva e é o favorito.

Na segunda luta mais importante, o campeão dos médios Chris Weidman defenderá o seu reinado nos médios pela terceira vez. O adversário será Vitor Belfort. O embate já era para ter acontecido no UFC 173, UFC 175, UFC 181 e UFC 184. Todavia, lesões nos lutadores acabaram por adiar o embate.

Weidman está invicto com 12 vitórias no MMA. Conquistou o Cinturão no UFC 162 em julho de 2013 ao nocautear Anderson Silva. Das 12 vitórias, 5 foram por nocaute, 4 por decisão e 3 por finalização.

Por outro lado, Vitor ostenta 24 triunfos e 10 derrotas. Das 24 vitórias, 17 foram por nocaute, 4 por decisão e 3 por finalização. Se vencer o desafio, o brasileiro irá conquistar o terceiro título do UFC e em três categorias diferentes.

Belfort foi campeão do UFC 12 dos pesos pesados (acima de 93 kg), em 07 de fevereiro de 1997, onde duelou em 2 oportunidades naquela noite. Mais tarde, o “fenômeno” se sagrou Campeão do UFC 46 dos meio pesados (até 93kg) no dia 31 de janeiro de 2004 ao vencer Randy Couture por interrupção médica (corte no olho) no final do 1º round.

Confira o card, sujeito a alterações:

- Daniel Cormier vs. Anthony Johnson (título vacante pesados)
- Chris Weidman vs. Vitor Belfort (título médios) 
- Donald Cerrone vs. John Makdessi
- Andrei Arlovski vs. Travis Browne
- Joseph Benavidez vs. John Moraga
Lutas Preliminares
- John Dodson vs. Zach Makovsky
- Josh Burkman vs. Dong Hyun Kim
- Uriah Hall vs. Rafael Sapo Natal
- Nina Ansaroff vs. Rose Namajunas
- Colby Covington vs. Mike Pyle
- Leo Kuntz vs. Islam Makhachev
- Josh Sampo vs. Justin Scoggins.

Bookmark and Share

Vitor Belfort poderá fazer história no UFC 187 deste sábado

17 de maio de 2015 0
Vitor Belfort poderá fazer história no sábado foto alexandre loureiro

Vitor Belfort poderá fazer história no sábado foto alexandre loureiro

Vitor Belfort poderá fazer história no UFC 187 deste sábado no MGM Grand Garden Arena em Las Vegas (EUA).

Siga a tradicional cobertura ao vivo por aqui.

Se vencer o desafio contra o campeão Chris Weidman, o brasileiro irá conquistar o terceiro título do UFC e em três categorias diferentes.

Belfort foi campeão do UFC 12 dos pesos pesados (acima de 93 kg), em 07 de fevereiro de 1997, onde duelou em 2 oportunidades naquela noite. Mais tarde, o “fenômeno” se sagrou Campeão do UFC 46 dos meio pesados (até 93kg) no dia 31 de janeiro de 2004 ao vencer Randy Couture por interrupção médica (corte no olho) no final do 1º round.

Boas chances para Belfort entrar para a história no sábado.

 

 

Bookmark and Share

Comissão aumenta pena para casos de doping

16 de maio de 2015 0
foto Inovafoto

foto Inovafoto

A Comissão Atlética do Estado norte-americano de Nevada (NSAC) informou que a partir de setembro, punições mais rigorosas serão aplicadas para os casos de Doping.

Sendo assim, lutadores que forem pegos nos exames não terão mais suas lutas declaradas como “sem resultado”, mas, sim, como uma derrota.

Ainda, o atleta poderá ser banido do esporte, em caso de ser reincidente.

Confira a lista das punições:

1) Esteroides anabolizantes

1ª vez: 2 anos de suspensão e 40-50% da bolsa
2ª vez: 4 anos de suspensão e 60-75% da bolsa
3ª vez: banido do esporte e 100% da bolsa

2) Diuréticos

1ª vez: 12 meses de suspensão e 25-35% da bolsa
2ª vez: 2 anos de suspensão e 40-50% da bolsa
3ª vez: banido do esporte e 100% da bolsa

3) Sedativos

1ª vez – 9 meses de suspensão e 20-30% da bolsa
2ªvez-  12 meses de suspensão e 40-50% da bolsa
3ª vez – 2 anos de suspensão e 60-75% da bolsa
4ª vez -  banido do esporte e 100% da bolsa

4) Estimulantes

1ª vez: 2 anos de suspensão e 35-45% da bolsa
2ª vez: 3 anos de suspensão e 50-60% da bolsa
3ª vez: banido do esporte e 100% da bolsa

5) Se recusar a fazer o teste ou utilizar urina não humana ou de outra pessoa

1ª vez: 4 anos de suspensão e 50% da bolsa
2ª vez: banido do esporte e 100% da bolsa

Bookmark and Share

Brasil poderá acabar o ano com seis títulos do UFC

14 de maio de 2015 0
Werdum comemorando o Cinturão dos pesados foto reprodução instagram

Werdum comemorando o Cinturão dos pesados foto reprodução instagram

Atualmente, o Brasil detém três Cinturões do UFC: José Aldo (peno pena), Fabricio Werdum (Interino peso pesado) e Rafael dos Anjos (peso leve).

Por ora, ainda em 2015, com duelos já marcados, o Brasil poderá: 1) retomar o título nos galos com Renan Barão, 2) conquistar o cinturão dos médios com Vitor Belfort e 3) conquistar o cinturão do peso galo feminino com Bethe Correia – que lutará contra a sensação Ronda Rousey.

O melhor momento brazuca se deu em 2012, momento que detinha quatro dos oito Cinturões masculinos: José Aldo, Junior Cigano, Anderson Silva e Renan Barão.

Siga no Instagram e Twitter: @CajuFreitas.

Bookmark and Share