Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "mma hoje"

Ben Henderson mantém o cinturão dos leves do UFC

09 de dezembro de 2012 0


Aconteceu  na madrugada deste domingo o UFC on Fox 5, diretamente do KeyArena em Seattle, Estados Unidos, marcando a 5ª parceria do UFC com a Rede Fox.

A arena recebeu grande público, com ingressos esgotados há semanas, em mais uma edição de sucesso do UFC.

Diga-se de passagem que a show pode ser considerado com um dos mais técnicos e emocionantes do ano.

Caju Freitas fez, como de costume, uma cobertura ao vivo do UFC.

Siga no twitter @cajufreitas

O Brasil estava representado por Mauricio Shogun e Raphael Assunção.

As principais lutas se deram da seguinte forma:

Ben Henderson vs. Nate Diaz

A luta principal da noite valia o cinturão dos leves, onde o campeão americano Ben Henderson colocou o seu título pela segunda vez em disputa contra o seu compatriota Nate Diaz. Diaz entra com Cezar Gracie e seu irmão Nick. Henderson adentra com o apoio da torcida e uma confiança bastante visível.

No 1º round, Henderson tenta um cruzado, Diaz encurta e tenta ir para as costas.  A luta fica nas grades, com troca de pegadas. Henderson consegue uma boa queda e acerta golpes da meia-guarda. Diaz se levanta. Henderson acerta um chute baixa, Diaz cai. O faixa preta de Cezar Gracia se recupera e volta em pé. Assalto de Henderson.

No 2º round, A luta fica aberta, com Henderson ditando as ações. Henderson acerta um cruzado de esquerda e Diaz cai. O campeão segue batendo no solo, mas o desafiante consegue escapar e ficar em pé. A luta fica nas grades com nova troca de pegadas. Luta de altíssimo nível técnico. Outro assalto com vantagem do campeão.

No 3 º round, Henderson consegue uma queda e DIaz tenta sair para o pé. A luta volta em pé. Henderson agora consegue impor o seu excelente wresting e leva visível vantagem nas quedas, achando a distância. Henderson tenta golpear da meia-guarda, diaz tenta sair para chave de pé reta. Henderson tenta a mesma posição. Que luta !!! Agora em pé Henderson acerta um direto de encontro que faz o desafiante desabar. No chão, o campeão trabalha golpes da guarda. Mais um round com vantagem de Henderson.

No 4º round, Ben Henderson mostra ser um verdadeiro exemplo de foco e preparação física, pois mantém o mesmo ritmo dos assaltos anteriores. O campeão logo consegue uma queda, onde trabalha golpes da meia-guarda, colocando em prática a vitoriosa estratégia das etapas anteriores.

No 5º round, o campeão alcança um double leg e leva o desafiante ao solo que logo se levanta. Um verdadeiro passeio de Henderson. Após cinco rounds, Ben Henderson vence por decisão unânime e segue como a sensação dos leves do UFC.

Mauricio Shogun vs. Alexander Gustafsson

Na segunda mais relevante, o brasileiro Mauricio Shogun teve pela frente a sensação sueca Alexander Gustafsson, em mais um compromisso de meio-pesados (até 93 kg).

O primeiro a entrar é o sueco que parece muito calmo. Em seguida, as luzes se apagam e Shogun entra com sua equipe que conta com por André Dida, Serginho Moraes e Mauricio Véio. Bruce Buffer anuncia a luta para o delírio dos fãs.

No 1º round, o sueco trabalha jabs e acerta um direto de encontro e Shogun cai. No solo, Mauricio tenta uma chave de calcanhar, varia para chave de joelho reta e o sueco escapa. Shogun vai para cima com tudo e acerta um direto que faz com que Alexander caia. Trocação franca. Alexander tenta encurtar e Shogun quase encaixa uma guilhotina. A luta fica nas grades com o sueco tentando uma queda. Troca de pegadas. Fim de um parelho primeiro round.

No 2º round, Shogun trabalha golpes retos e o sueco sente a pressão. Agora Alexander tenta um single leg, bem defendido pelo brazuca. Shogun tenta uma queda, mas o sueco defende e consegue,  um contragolpe, fica por cima na guarda do brasileiro. A luta volta em pé. O sueco consegue boa queda e o brasileiro se levanta. Alexander acerta uma boa joelhada no clinche. Etapa com vantagem sueca.

No 3º round, o ritmo segue alucinante na troca de golpes em pé. Alexander tenta uma queda e Shogun responde com um raspa. Alexander consegue um double leg em uma tentativa de cruzado do brasileiro e a luta vai para o solo. Vantagem sueca no assalto que domina o centro do octógono e consegue três quedas sobre Shogun. No final, Alexander Gustafsson vence por decisão unânime e poderá substituir Dan Henderson e encarar Lyoto Machida no UFC 157 no dia 23 de fevereiro.

O show contou também com a volta da lenda havaina B.J. Penn – ex-campeão dos leves e meio-médios – que pegou o canadense Rory MacDonald pelos meio-médios (até 77 kg), onde reina o canadense Georges St. Pierre.

A expectativa era enorme com a volta de B.J. que foi ovacionado durante a sua entrada. Com a torcida toda a seu favor, o havaiano não conseguiu segurar os potentes chutes do canadense que, em uma apresentação de luxo, demonstrou que passa a figurar em outro patamar do MMA. Após três assaltos de total domínio, Rory Mc Donald é declarado como vencedor por unanimidade pelos jurados sob sonoras vaias do público.

Abrindo a participação brasileira, Raphael Assunção brilhou no card preliminar e dominou o americano Mike Easton, em um embate de galos (até 61 kg). O brazuca levou vantagem em pé em todos os rounds, além de tomar a iniciativa nas quedas, vencendo, pois, por decisão unânime.

Confira os resultados completos:

- Ben Henderson venceu Nate Diaz por decisão unânime (título leves);

- Alexander Gustafsson venceu Mauricio Shogun Rua por decisão unânime;

- Rory MacDonald venceu B.J. Penn por decisão unânime;

- Matt Brown nocauteou Mike Swick no 2º round;

Lutas preliminares

- Yves Edwards nocauteou Jeremy Stephens no 1º round;

- Raphael Assuncão venceu Mike Easton por decisão unânime;

– Ramsey Nijem venceu Joe Proctor por decisão unânime;

– Daron Cruickshank nocauteou Henry Martinez no 2º round;

– Abel Trujillo nocauteou Marcus LeVesseur no 2º round;

– Dennis Siver venceu Nam Phan por decisão unânime;

– Scott Jorgensen finalizou John Albert com um mata-leão no 1º round.

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas no jornal Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às segundas no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

EXCLUSIVO: José Aldo vs. Frankie Edgar em janeiro no Brasil

21 de outubro de 2012 0

José Aldo defenderia o seu título dos penas (até 66kg) no Brasil em outubro, mas uma lesão obrigou o brazuca a sair do duelo contra o desfiante americano Frankie Edgar.

Caju Freitas conseguiu com exclusividade a informação que o embate deverá ser confirmado para janeiro no Brasil. O local permanece indefinido, com chances de acontecer em São Paulo, Porto Alegre ou Florianópolis, ou até mesmo no Rio. A capital paulista e a gaúcha saem na frente pela disputa.

Frankie Edgar – que acabou de descer para os penas – tem 14 vitórias, 3 derrotas e um empate, sendo que em sua última apresentação perdeu na revanche pelo título dos leves para Ben Henderson no UFC 150 no dia 11 de agosto.

Zé Aldo, por outro lado, ostenta 21 vitórias e apenas uma derrota, vindo de defesa com sucesso o seu título no UFC 142 dia 14 de janeiro no Rio de Janeiro, onde nocauteou o americano Chad Mendes no 1º round. Aldo comanda a sua divisão desde a conquista do seu título ao nocautear o americano Mike Thomas Brown no WEC 44 no dia 18 de novembro de 2009.

O combate deverá ser a luta principal do UFC 156 que deverá ser confirmado em janeiro no Brasil.

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Glover Teixeira deverá encarar Quinton Jackson

20 de outubro de 2012 0

Após a vitória arrasadora no UFC Rio 3 do último final de semana, o brasileiro Glover Teixeira parece que já tem o seu próximo oponente definido.

O adversário seria o lendário americano Quinton Rampage Jackson. Aliás, Rampage já seria o original oponente de Glover no Rio, mas teve de ser retirado do card por lesão.

Agora, o embate deverá ocorrer no início de 2013, nesta divisão dos meio-pesados (até 93 kg), considerada a mais disputada da competição.

De mais a mais, Glover acumula 19 triunfos e 2 derrotas, vindo de 17 vitórias consecutivas.

Por outro lado, Rampage é muito experiente e brilha nas lutas desde os tempos de Pride, tendo, também, conquistado o cinturão do UFC.

Glover é a sensação brasileira no UFC e poderá disputar o cinturão com mais uma ou duas vitórias na carreira.

Siga no twitter @cajufreitas

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Cigano é favorito no duelo contra Cain Velasquez

20 de outubro de 2012 0

O catarinense Junior Cigano colocará o seu título dos pesados em disputa pela segunda vez contra o americano Cain Velasquez no UFC 155 no dia 29 de dezembro em Las Vegas.

Cigano defendeu pela primeira vez o seu Cinturão dos pesados no UFC 146 em maio, onde nocauteou o americano Frank Mir e saiu do octógono com mais um triunfo na carreira – foi o nono no UFC, em nove lutas do torneio.

Velasquez, por sua vez, agora terá a chance da revanche em um tentativa de recuperar o seu reinado. O ex-campeão  nocauteou o brasileiro Antônio Pezão no 1º round no mesmo UFC 146 e se credenciou para a disputa.

Diga-se de passagem que os dois atletas já se enfrentaram no UFC on Fox 1 no dia 12 de novembro, onde Junior Cigano nocauteou Cain Velasquez – era o campeão – e se tornou o novo detentor do Cinturão da categoria.

Segundo a agência de apostas Betus, Cigano é o favorito e de acordo com as apostas (que variam diariamente), o campeão está “- 150 ″, ou seja, o apostador que acreditar no cataeinense terá de desembolsar 150 dólares e no caso de vitória, receberá 100 dólares e mais os 150 dólares apostados. Já Velasquez é  ”zebra” e está ” + 110″ ou seja, o apostador que acreditar  no ex-campeão receberá 110 dólares a cada 100 dólares apostados.

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Sábado com aulão de MMA com Fabricio Werdum

19 de outubro de 2012 0

Fabricio Werdum é um dos expoentes do Brasil no UFC e espera pela definição do seu próximo advesário na competição.

Werdum vem de um imponente nocaute sobre o americano Mike Russow no UFC 147 no dia 23 de junho em Belo Horizonte. O Porto-alegrense faz parte da categoria dos pesados e ostenta 16 vitórias, 5 derrotas e um empate.

O gaúcho fará um seminário em Porto Alegre neste sábado na Av. Ceará 319, onde passará os seus conhecimentos nas lutas ao lado do renomado mestre Rafael Cordeiro.

Fabricio Werdum é cogitado como um dos treinadores da próxima edição do TUF Brasil.

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

VÍDEO: reality show frustra Anderson Silva vs. Jon Jones

19 de outubro de 2012 0

A esperada luta entre Anderson Silva e Jon Jones não deve acontecer tão cedo. Jones irá comandar um dos times do TUF 17, nos Estados Unidos, ao lado do polêmico Chael Sonnen, que agora passa a ser o desafiante ao título dos meio-pesados. Com isso, Silva deverá enfrentar Georges St. Pierre. Além disso, Caju Freitas comenta os bastidores do UFC Rio 3.

Confira:


Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Chael Sonnen é confirmado no duelo com Jon Jones

19 de outubro de 2012 1


A organização do UFC confirmou os americanos Jon Jones e Chael Sonnen como treinadores da 17ª temporada do TUF (The Ultimate Fighter) nos Estados Unidos.

Jones leva 17 vitórias e uma derrota e vem da quarta defesa do seu título dos meio-pesados ao finalizar Vitor Belfort no UFC 152 em setembro.

No outro canto está Sonnen que ostenta 27 êxitos, 12 fracassos e um empate. Vem de nocaute sofrido para Anderson Silva no UFC 148 no dia 08 de julho. Após o revés, Sonnen voltou para os meio-pesados.

As gravações da  17ª edição estão previstas para iniciarem no dia 29 de outubro, indo ao ar em janeiro nos Estados Unidos. A final será em um grandioso evento no dia 27 de abril e a luta principal valerá o cinturão dos meio-pesados, com o duelo entre Jones e Sonnen.

Siga @cajufreitas no twitter

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Jungle Fight 44 no Rio na próxima semana

18 de outubro de 2012 0

O maior evento de MMA da América Latina confirmou a sua próxima edição no Rio de Janeiro.

A 44ª edição do show acontecerá no dia 27 de outubro a partir das 20h no Ginásio Poliesportivo da AABB da Lagoa, no Rio de Janeiro.

Dos duelos, quatro farão parte das eliminatórias do GP (Jungle Belt), que definirão futuros campeões da competição.

Três combates já garantirão vagas na final do Jungle Belt: na luta principal do evento, Ildemar Marajó disputará com Ederson ‘’Lion’’ Macedo a chance de brigar pelo título dos médios (até 84 kg), Alexandre ‘’Capitão’’ ficará frente a frente com Fabiano ‘’Soldado’’, pelos penas (até 66 kg), enquanto o argentino Agustin Acuña encarará Dimitri Zembrovisk pelos leves (até 70 kg).

Uma novidade será a participação de três lutadores (Fabiano Soldado, Sidnei”Abedi” e Ralph Lorem) que surgiram do Jungle Comunidade, torneio à parte, idealizado pela parceria entre o Jungle Fight e a CUFA, realizado nas áreas da Cidade de Deus, Mangueira e Rocinha. ‘

’É muito bom ver grandes talentos que antes não tinham oportunidade despontando no esporte. Isso já é fruto da nossa parceria com a CUFA’’, afirma Wallid Ismail, presidente do Jungle Fight.

Confira o card provisório do evento, sujeito a aletrações:

– Ildemar “Marajó” ( Marajó Brothers) vs. Ederson “Lion” Macedo ( XGYM) Semifinal – Eliminatória até 84 kg;

– Alexandre “Capitão” ( Orion Fight Camp ) vs. Fabiano “Soldado” Nogueira (XGYM) Semifinal – Eliminatória até 66 kg;

– Dimitri Zembrovisk (Rio Grande do Sul) vs. Agustin Acuña (Argentina) Semifinal -Eliminatória até 70 kg;

– Jonas Bilharino (Team Nogueira) vs. Junior Pará (Clayton Mangueira Team ) 61 kg;

– Sidnei”Abedi”(Relma Team ) vs. Ralph Lorem ( Aritana /Rocinha) Quartas de final – Eliminatória até 57 kg;

– Junior Alpha vs. Warley Alves (XGYM ) 77 kg;

- Salomão Ribeiro (Team Nogueira) x Mariano Ricardo Hinojal (Argentina).

Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.

Bookmark and Share

Strikeforce com o mesmo destino do Pride e WEC ?

18 de outubro de 2012 0


O Strikeforce era o maior concorrente do UFC até o momento em que o maior torneio de lutas – no dia 11 de março de 2011 – anunciou a sua compra.

De lá para cá, a grande interrogação que se estabeleceu versava acerca do futuro da organização, tendo em vista que as outras aquisições do UFC – Pride e WEC – restaram extintas.

No ano de 2011 tudo transcorreu normantente no Strikeforce, com duelos memoráveis, além da notória abertura e consolidação do MMA feminino com Gina Carano, Rond Rousey e Cris Cyborg.

Em 2012, tudo parecia muito bem, com administração independente e contrato com a emissora Showtime, com Ronda Rousey como grande estrela.

Contudo, o americano Gilbert Melendez se lesionou em setembro e o show que se daria no dia 29 do mesmo mês acabou cancelado. Duas semanas mais tarde, Frank Mir – que lutaria com Daniel Cormier – também se lesionou e o evento do dia 3 de novembro também foi cancelado.

Em seguida, os organizadores anunciaram que o Strikeforce faria eventos somente em 2013, restando grande incerteza no que se refere ao futuro da organização.

Strikeforce tem uma história grandiosa que precisa ser mantida, com a promoção de grandes espetáculos nos próximos anos.

O Presidente do Strikeforce, Scott Coker, mostra-se muito competente e certamente lutará para a manutenção da entidade.

Lembremos que o UFC também adquiriu o Pride em 2007 (maior evento de MMA japonês e para muitos o melhor já existente)  e o WEC (evento americano de extremo sucesso que se fundiu com o UFC em 2010).

Neste rumo, só resta aguardar e torcer para que o Strikeforce não caminhe o rumo à extinção.

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.


Bookmark and Share

Anderson Silva de volta em fevereiro

18 de outubro de 2012 0

Anderson Silva lutou pela divisão dos meio-pesados no último sábado no UFC Rio 3, sem colocar o seu título em disputa contra o americano Stephan Bonnar. Anderson não precisou de mais do que um assalto para dar mais um show e nocautear de forma brilhante.

Anderson mostrou novamente que é o melhor de todos os tempos do MMA, emplacando a 17ª vitória consecutiva na carreira e já dá dor de cabeça aos organanizadores do evento para definir o seu próximo oponente.

O “Spider” deverá retornar em fevereiro, mas o seu oponente deverá ser o canadense Georges St. Pierre, campeão dos meio-médios (até 77 kg).

Antes disso, St. Pierre terá de defender o seu título no dia 17 de novembro na luta principal do UFC 154 contra o campeão interino Carlos Condit para que o embate se concretize.

Diga-se de passagem que Jon Jones era o preferido para enfrentar o brazuca, mas acabou sendo convocado para ser um dos técnicos do TUF 17 ao lado de Chael Sonnen, defendendo, por conseguinte, o seu título em abril contra o seu polêmico compatriota.

O pr[oximo duelo de Anderson também não deverá valer o seu título dos médios (até 84kg) e poderá ser em um peso combinado.

>>> Siga também no twitter <<<

” Acompanhe também Caju Freitas sempre às quintas na Zero Hora, aos sábados 20hs na Rádio Atlântida e com drops diários, às terças no TVCom Esportes e aos sábados no RBS Esporte”.


Bookmark and Share