clicRBS
Nova busca - outros
14 jan10:59

"Não estamos aqui para falar de medidas de médio e longo prazo", diz Tarso em Ijuí

Roberto Witter, Zero Hora


Acompanhado do ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, o governador Tarso Genro desembarcou no aeroporto de Ijuí, no noroeste do Estado, por volta das 9h30min deste sábado. Logo ao chegar, Tarso teve uma amostra da situação na região: o prefeito interino do município, Ubirajara Teixeira, lhe entregou o decreto de situação de emergência no município, assinado nesta sexta-feira.

Já no primeiro pronunciamento, Tarso deu o tom dos anúncios que serão feitos mais tardes no município de Joia:

— Viemos anunciar medidas objetivas de combate às emergências sociais. Não estamos aqui para falar de medidas de médio e longo prazo — declarou o governador.

Pacote antisseca será anunciado em Joia

Uma cidade de 8,3 mil habitantes, no noroeste do Estado, será palco, às 10h30min deste sábado, do anúncio formal das medidas antisseca dos governos federal e estadual.

Escolhida por ter uma economia dependente da agricultura, encravada em uma região castigada pela ausência de chuvas, Joia receberá os ministros da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, da Agricultura, Mendes Ribeiro, e do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence.

O governador Tarso Genro, que será acompanhado por seis secretários, também promete a liberação de verbas do Estado para combater a seca e prestar “socorro humanitário”, embora  nesta sexta-feira ele tenha se negado a antecipar o volume das cifras.

As medidas do governo federal já são conhecidas: serão liberados R$ 28 milhões para ações emergenciais, como a distribuição de água, cestas básicas e remédios, além da perfuração de poços e da recuperação de açudes. Entram no pacote diferentes modalidades de refinanciamento de dívidas dos agricultores.

No governo estadual, a expectativa é de que a União também atenda aos apelos por apoio na garantia da alimentação animal. O gado está sem pastagem.

— Queremos que o governo federal entregue milho aqui no Estado ao mesmo preço que ele é entregue em Mato Grosso. Aqui chega por R$ 30 a saca. Lá fica em R$ 17 ou R$ 18. Estamos esperando essa resposta — afirma Ivar Pavan, titular da secretaria de Desenvolvimento Rural e Cooperativismo.

Por

Comentários