clicRBS
Nova busca - outros
23 mar16:26

Pesquisa revela significativa diferença nos valores da cesta básica em Santa Rosa e Horizontina

Acadêmicos do curso de Ciências Econômica da FAHOR realizaram, em Santa Rosa e Horizontina, um levantamento do preço médio da cesta básica nos principais mercados do município. O resultado apontou a importância da pesquisa de preços para quem deseja economizar.

A pesquisa utiliza a metodologia do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos (DIEESE), o qual efetua os cálculos nas capitais dos Estados brasileiros. O último resultado do levantamento do DIEESE para Porto Alegre, realizado em fevereiro de 2012, demonstra que a cesta básica na cidade tem um custo de R$ 269,61.

Em contraponto, a pesquisa realizada pelos acadêmicos da FAHOR apurou que o valor médio da cesta básica em Santa Rosa é maior do que da Capital. O consumidor local gasta em média R$281, 49, para adquirir 13 produtos alimentícios (carne, leite, feijão, arroz, farinha, batata, tomate, pão francês, café em pó, banana, açúcar, óleo e manteiga). Para cada produto são pesquisadas as marcas mais vendidas. Os cálculos levam em consideração as quantidades necessárias para a alimentação mensal de um trabalhador adulto no período de um mês.

No município de Horizontina, por sua vez, os consumidores desembolsaram-se em média, durante o mês de março, R$ 265, 41 para aquisição dos produtos da cesta básica.

Pesquisa de preços garante economia

Um instrumento interessante que pode ser utilizado pelo consumidor que pretende economizar é a pesquisa de preço. Em Santa Rosa, quando o consumidor colocar em seu carrinho os produtos mais baratos o valor que terá de pagar por uma cesta básica será de R$ 194,51. Por outro lado, se a opção for pelas marcas mais caras o valor passa a R$ 393,54.

Quando são levados em conta os preços mínimos observa-se que em Horizontina os consumidores conseguem adquirir uma cesta básica com R$ 170,00 se optarem pelos preços mais baratos. Já os consumidores que não efetuarem pesquisas ou optarem pelas marcas mais caras podem arcar com R$ 383,11 para adquirir os mesmos itens da cesta básica.

Por

Comentários