clicRBS
Nova busca - outros
06 abr08:04

Acadêmicos de Três de Maio desenvolvem pisca sinalizador de motocicleta com desligamento automático

Um dispositivo que provoca o desligamento automático do pisca sinalizador da motocicleta é a proposta de um grupo de acadêmicos de Três de Maio para garantir uma condução mais segura, especialmente aos motociclistas mais distraídos, que esquecem de desligar o pisca do veículo.

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) a frota de motocicletas no Brasil vem crescendo aceleradamente. De 2009 para 2010 o aumento foi mais de um milhão de unidades.

Com o número de motos, também aumentou o índice de acidentes. Esse contexto  levou os acadêmicos de Engenharia de Produção Max Paulo Maron, 24 anos; Elias Filipin da Silva, 22 anos, e Fernando Dal Piaz Danelli, 22 anos, a desenvolver um projeto que perpassa a proposta inicial, que era de desenvolver um trabalho acadêmico da disciplina de Prática de Produção III. Supervisionados pelos professores Joice de Oliveira, Alexandre Chapoval Neto e também pela coordenadora do curso, Márcia Stein, os estudantes desenvolveram o “pisca off”.

Funcionamento

O acadêmico Max Paulo Maron explica que o funcionamento do dispositivo é dividido em três elementos: botões de acionamento das lâmpadas; circuito elétrico responsável pelo desligamento dos lâmpadas; e sensor que após contatado envia sinal elétrico ao circuito.

O sensor está localizado na alavanca de mudança das marchas. Ele apenas é acionado quando ocorre a elevação de marcha e não quando a mesma é reduzida.

Produto final

O circuito reduziu-se a uma pequena caixa lacrada isolando os componentes das ações climáticas que poderiam vir a danificá-lo,  como a água. Os botões de acionamento foram instalados logo acima dos botões originais, com isso, não foi necessária uma maior adaptação do condutor no momento de utilização, pois é apenas necessário elevar o dedo cerca de dois centímetros em relação à chave tradicional e original de fábrica.

Maron explica ainda que, o sensor responsável pelo desligamento do circuito, com auxílio de um suporte, foi fixado estrategicamente atrás da alavanca de transmissão das marchas, onde o curso de acionamento é menor não oferecendo riscos de danificação por aplicação de força maior que é necessária para acionamento.

>> Qual a sua opinião sobre a invenção dos jovens acadêmicos? Deixe seu comentário no espaço abaixo.

Por

Comentários