clicRBS
Nova busca - outros
09 mai19:32

Estiagem provoca queda nas exportações de soja

Rural BR

quebra de safra provocada pela seca derrubará as exportações de soja no Sul do país. Mesmo com o preço do grão em alta, o Porto de Rio Grande (RS) deve enviar para o exterior três milhões de toneladas da oleaginosa, queda de 50% na comparação com a safra anterior.

Para reverter o quadro, o Porto vai apostar no escoamento de outros grãos. As cargas de arroz destinadas a outros países devem dobrar.

— Nós estamos buscando outras cargas. Mesmo que elas não tenham um volume tão grande, elas têm um preço, um custo agregado que deixa um bom rendimento para o Porto. Então, é buscar também cargas que precisam do porto, como o arroz — afirma Dirceu Lopes, superintendente do Porto de Rio Grande.

A expectativa no Porto de Rio Grande é manter em 2012 a mesma média de 30 milhões de toneladas movimentadas no ano passado, mas o valor das mercadorias deve subir. No primeiro trimestre, o valor movimentado superou em 14% o mesmo período de 2011 e a soja teve papel importante nos números.

Segundo o analista de mercado Farias Toigo, pode faltar soja para atender a demanda mundial até a entrada da safra norte-americana. Com isso, a saca de 60 quilos pode atingir valores que superam o recorde de 2008, de US$ 16 por bushel.

— Há uma briga lá muito forte pela área plantada de milho e soja, que ainda não ficou totalmente definida. A gente vai ter esta posição oficial em 30 de junho. Havendo algum problema climático na soja, isso realmente vai ser uma bombinha no mercado. A gente não sabe a proporção que poderá ter — diz Toigo.

Por

Comentários