clicRBS
Nova busca - outros
29 mai09:11

Colisão entre van e Kombi mata três pessoas e deixa seis feridos

Rafael Diverio / rafael.diverio@zerohora.com.br

Na mesa de jantar do mecânico Paulo Negrão, uma das cadeiras ficará vazia. O lugar tradicionalmente ocupado pelo motorista Melquior Mesa Casa, 45 anos, tradicionalmente uma fonte de brincadeiras nas terças-feiras não tem mais o divertido ocupante de Ronda Alta, no norte do Estado. A van retornava de Três Passos.

Acidente envolvendo van e kombi matou três pessoas em São Martinho, no noroesteFoto: Carlos Roberto Grün, Especial.

Ele era o condutor da van da Secretaria Municipal da Saúde que se chocou contra uma Kombi na rodovia Palmeira das Missões-Três Passos (BR-468) na tarde desta segunda-feira na altura de São Martinho. Além dele, Ida Terezinha Pasqualotto, 74 anos, e Solhaima Carbulim, 77 anos, morreram no acidente que deixou 11 feridos chocou a cidade de 11 mil habitantes.

Segundo a prefeitura de Ronda Alta, a van estava retornando de Três Passos, onde alguns pacientes tinham consulta e intervenções no Hospital de Olhos. No trevo de entrada de São Martinho, cruzou com a Kombi. Os dois veículos ficaram no mesmo sentido. Com o impacto entre eles, o coletivo teria capotado diversas vezes. Melquior, Ida e Solhaima morreram no local. Os outros passageiros sofreram ferimentos e foram socorridos, assim como os ocupantes da Kombi. Eles foram levados ao hospital de Três Passos. Mesmo com a violência do acidente, apenas duas vítimas ficaram internadas, em observação. O restante foi liberado.

— Pensa num cara divertido, num cara alegre. Pensa num cara prudente: esse era o Furão (apelido de Melquior). Me nego a acreditar nisso, ele era como um irmão para mim — comenta Negrão.

Nas noites de terça-feira, os dois e mais um grupo de amigos jantava na oficina de Negrão. A cada semana, um dos integrantes do grupo era responsável pelo prato. A especialidade de Melquior era o churrasco. Ele trabalhava há 12 anos na prefeitura. Tinha dois filhos adolescentes, do primeiro casamento. As idades não foram reveladas. Os dois moram com a mãe em Chapecó-SC.

Segundo a servidora municipal Fernanda Ceretta, era possível ver Sulhaima e o marido, João Carbulim, envolvidos em ações da igreja evangélica. Fieis fervorosos, os dois estavam sempre juntos e eram muito unidos. Eles moravam há pouco tempo na cidade, depois de uma longa vida no campo. Os filhos não moram na região.

Já Ida tinha três filhos. Um deles chegaria a Porto Alegre apenas no final da noite, vindo do Rio de Janeiro, onde morava. Outro trabalha na funerária de Ronda Alta, enquanto a filha seria moradora de Passo Fundo. Um dos netos dela estava na van, acompanhando o exame da vó. Ele sofreu apenas ferimentos leves.

— Em uma comunidade pequena, como a nossa, um acidente deste tipo deixa todos abalados. Vamos decretar luto oficial de três dias a partir desta terça-feira e providenciar todo o atendimento necessário às famílias — disse o prefeito José Fontana (PP).

Por

Comentários