clicRBS
Nova busca - outros
30 mai16:06

Estudante gaúcho morre no México

O universitário gaúcho Alex Orsolini, de 23 anos, morreu na segunda-feira no México, de acordo a família dele. Alex era natural de Santa Bárbara do Sul, norte do Estado, e estava fazendo intercâmbio de seis meses na Universidade Autónoma de Baja California (UABC), naquele país.

Página que Alex mantinha no site de relacionamento Facebook. Foto: Reprodução.

A irmã dele, Fernanda Orsolini, 27 anos, relata que Alex foi dormir depois do almoço, como habitualmente fazia. Foi acordado por dois colegas de quarto argentinos às 19h, mas disse que ainda estava se sentindo cansado e voltou a dormir. Os amigos saíram para ir ao mercado e meia hora depois o encontraram morto. Uma ambulância foi chamada, mas Alex não reagiu. Os médicos acreditam que ele teve um ataque cardíaco enquanto dormia, já que seu corpo não apresentava marcas de violência.

— Ele já tinha sido diagnosticado com arritmia uma vez, mas fez um exame geral antes de viajar e os médicos disseram que estava tudo bem — conta Rodrigo Fernandes, 21 anos, amigo.

Alex era atleta no colégio

Nos últimos anos de colégio, o estudante ganhou uma bolsa em uma escola em Lajeado por causa da sua performance nas quadras de basquete como ala-pivô. Chegou a ser campeão gaúcho juvenil em 2007.

Mas não foi o esporte que levou Alex ao México. Foi a Agronomia, curso que o rapaz fazia na Universidade Federal de Santa Maria. Ele havia ido para o México em fevereiro deste ano e voltaria em julho. Um dia antes de sua morte, Rodrigo conversava com ele pela internet:

— Ele me disse: “Eu gosto daqui, mas sinto falta de vocês. Espero que julho chegue logo para nós nos vermos.”

Na cidade onde treinou, em Lajeado, o clima é de comoção:

— O Alex era uma pessoa que estava sempre alegre, ajudando todo mundo, tanto nas horas boas como nas horas ruins. Tinha um astral muito positivo que vai fazer falta — lamenta o ex-técnico de basquete do jovem, Clairton Wachholz.

Nesta quinta-feira às 17h, Ivaldir Orsolini, pai do garoto, deve viajar até o México para tratar do translado do corpo. A família foi avisada da morte 16 horas depois do ocorrido por meio de uma ligação da universidade do México. Porém a confirmação vinda do colega de quarto só chegou ontem às 22h30min.

Federação Gaúcha de Basketball homenageia atleta

Na página do facebook da Federação Gaúcha de Basketball, há uma nota sobre o falecimento do jovem:

— A diretoria da Federação Gaúcha de Basketball manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento do atleta Alex Orsolini ocorrido no México, externando a sua solidariedade aos seus familiares e amigos registrando a irreparável perda deste ilustre desportista que, ao longo da sua vida, prestigiou e honrou o Basquete Gaúcho.

Por

Comentários