clicRBS
Nova busca - outros

Santo Angelo

01 mai18:01

ZIUREKA: Ainda sobre ontem

Edna Lautert*

Tanta coisa há para dizer sobre o que aconteceu ontem. Tantas palavras que não foram ditas. Mensagens não decodificadas. Atropelos, horas aflitas, palavras não traduzidas.

Lendo os manuscritos de nosso passado, quantas lacunas poderiam ser preenchidas….horas, benditas horas, em que o ser humano, ensimesmado, perde o rumo.

Voltar é sempre uma incógnita. A pressa para cumprir um itinerário auxilia-nos a esquecer o roteiro.

O correto seriam planejamentos. Mas o que planejar em cima de sentimentos?

Agora ficamos assim, sem dizer o que poderia ter sido dito. Sem prometer o que poderia ter sido prometido. Sem cumprir o que poderíamos ter cumprido. Pior é estar sem entender o que não foi cumprido.

Sobre ontem, existem tantas coisas que poderíamos dizer…

Deixa-me falar sobre ontem?

O futuro perde o sentido quando nossos pensamentos ainda estão no passado.

*Jornalista – membro da Associação Brasileira dos Jornalistas, membro da Academia Santo-angelense de Letras, colunista do clicRBS. www.ednalautert.com.br

5 comentários
01 mai16:42

HSA precisa com urgência de sangue tipo O negativo

Doadores de sangue, com tipo sanguíneo O Negativo, podem prestar seu ato de solidariedade junto ao  Hospital Santo Ângelo (HSA).

Para fazer a doação é preciso apresentar documento oficial com foto (Identidade, Carteira de trabalho, Certificado de reservista, Carteira do Conselho Profissional ou Carteira Nacional de Habilitação). Também é necessário estar bem de saúde, ter entre 18 e 65 anos e pesar mais de 50 quilos.

Nos momentos que antecedem a coleta de sangue, o doador não pode estar em jejum e deve evitar alimentos gordurosos e a ingestão de bebida alcoólica. Na noite anterior, é recomendável dormir pelo menos 6 horas.

Quem tiver interesse em doar deve procurar o Banco de Sangue do Hospital Santo Ângelo, de segunda-feira a sábado, das 7h às 12h30min. Mais informações pelo telefone (55) 3313-2000.

>> Com informações da Assessoria de Imprensa da URI Santo Ângelo

Comente aqui
01 mai10:15

Noroeste tem madrugada mais fria do ano

Com o frio intenso, os visitantes da 19ª Fenasoja em Santa Rosa reforçaram seus agasalhos. A mínima registrada na cidade neste feriado foi de 2ºC, segundo medição da estação do Inmet. Em outros pontos do noroeste, o frio também foi intenso. Às 7h, a temperatura era de 4,6ºC em Santo Augusto e 2,1ºC em Cruz Alta.

Na estação meteorológica localizada no bairro Planalto, em Santa Rosa, o amanhecer foi mais gelado ainda. A mínima foi de -1,9ºC.

O predomínio do sol, aos poucos, alivia a sensação de frio. Às 10h, a estação meteorológica da RBS de Santa Rosa marcava 11,6ºC.

A previsão é de tempo ensolarado neste feriado. A máxima deve ficar em torno dos 22ºC.

A partir de quarta-feira a massa de ar polar se afasta do Estado e permite que os ventos passem a soprar do quadrante norte promovendo aquecimento até até o fim da semana. A partir de sexta-feira as temperaturas máximas irão se aproximar de 30º C no interior do Estado.

Comente aqui
30 abr10:50

Espetáculo do Humorista André Damasceno poderá ser conferido em Santo Ângelo

Foto Frederico Martins/ Entre os 20 personagens interpretados por Damasceno está o presidente Lula

Mais de 20 personagens integram o espetáculo “Humor à Primeira Vista”, que será apresentado em Santo Ângelo, no

Foto: Filipin, divulgação/Personagem Clodovil

próximo dia 11. Entre os personagens incorporados por André Damasceno estão Paulo Sant´Anna, Sílvio Santos, Rui Carlos Osterman, Collares, Pelé, Tatata Pimentel, Alexandre Frota, Sérgio Zambiasi, Manézinho da Ilha, o Mineirinho Joel, Lauro Quadros, o jogador de futebol Flavinho, Juca Chaves e Chico Anísio.

Damasceno também é conhecido pela interpretação do Magro do Bonfa (da Escolinha do Professor Raimundo) e o ex-presidente Lula (no Zorra Total na Rede Globo).

O espetáculo será às 21h, no Teatro Municipal Antônio Sepp. Ingressos antecipados podem ser adquiridos a R$ 10,00 no Centro de Cultura. Na hora, o ingresso custará R$ 15,00. Toda a arrecadação do show beneficente será revertida ao projeto social Sonho de um Leão, mantido pela Imperadores.

O projeto atende crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, por meio de oficinas lúdicas e profissionalizantes.

O evento tem o apoio cultural de Lojas Becker, Hotel Debacco, Show de Sabores, Lojas Farroupilha, Ouro e Prata, URI, CCAA. Informações pelo telefone: (55) 9957-4976.

Comente aqui
30 abr10:21

Santo Ângelo conquista mais três pontos contra o Brasil de Farroupilha

A vitória missioneira veio, mas a muito custo. O placar de 1 a 0 diante do Brasil de Farroupilha, na noite deste domingo, foi sofrido. O jogo pela divisão de acesso do Campeonato Gaúcho foi na casa do Santo Ângelo.

O primeiro tempo no estádio da Zona Sul foi de muitas chances de gols. Nenhuma efetivada. Mesmo com um maior número de oportunidades, o Brasil de Farroupilha não chegou lá.

Na segunda etapa, o jogador de R$ 1 milhão de dólares, entrou em campo pelo Santo Ângelo. Felipinho deu novo fôlego à equipe missioneira. Aos 14 minutos, Marabá aproveitou uma falta no canto da grande área, mas o goleiro William espalmou. Felipinho tomou posse da bola e cruzou para Éder Machado. Mas não foi dessa vez.

O Brasil de Farroupilha reagiu e deu um susto na trave do Santo Ângelo. Novamente, ficou no quase. Aos 32 minutos, Felipinho colocou a bola na cara do gol e Éder Machado definiu o placar do jogo: 1 a 0 para o Santo Ângelo.

Com o resultado, os missioneiros estão na sexta colocação, com 23 pontos. O próximo desafio da equipe é na quarta-feira, em casa, contra o Sapucaiense. O horário do jogo será divulgado durante a semana.

Comente aqui
30 abr09:40

Frio se intensifica e encerra abril com cara de inverno

A massa de ar polar que avança da Argentina em direção ao Estado transporta ar seco e frio, deixando o último dia de abril com cara de inverno.

O ar gelado que tomou conta do noroeste assim que o sol se pôs no domingo derrubou as temperaturas durante a noite e a madrugada. O amanhecer desta segunda-feira também é de frio intenso. Segundo medições do Inmet, às 7h desta segunda-feira, a temperatura era de 6,4°C em Santa Rosa; 7°C em Santo Augusto; e 7,7°C em Cruz Alta.

A terça-feira terá o amanhecer mais gelado da semana. O dia irá começar com tempo aberto e baixas temperaturas em todo o Estado. As mínimas devem girar em torno dos 2ºC no noroeste gaúcho.

A partir de quarta-feira a massa de ar polar se afasta do Estado e permite que os ventos passem a soprar do quadrante norte promovendo aquecimento até até o fim da semana. A partir de sexta-feira as temperaturas máximas irão se aproximar de 30C no interior do Estado.

Comente aqui
28 abr08:14

Baixas temperaturas e chuva devem ser registradas no final de semana

A chuva retorna ao Rio Grande do Sul neste sábado. No noroeste, as pancadas serão acompanhadas pelas baixas temperaturas.

A temperatura deve variar entre 9ºC e 19ºC.

No domingo,  a aproximação de uma massa de ar polar provocará ventos intensos, soprando do Sul, que ajudarão a deixar a tarde fria em grande parte da regiões. A temperatura não deve ultrapassar os 14ºC no noroeste. A partir do início da noite, a temperatura deve sofrer um declínio acentuado. Na segunda e na terça-feira, a chuva para, o tempo fica seco e o frio se intesifica outra vez.

Comente aqui
27 abr11:42

NÃO É CÉU: Live and let to die

Eduardo Matzembacher Frizzo/eduardo7frizzo@hotmail.com

Não existem ironias da vida. A vida é uma ironia. Você olha pro céu. É noite. Vê uma porção de estrelas. Quando não sabe o que são, acha bonitas. Cria verruga no dedo apontar pra uma. Liga “Lua Cheia” do Papas pra namorar aos dezessete anos. Tudo lindo,romântico, Sparks. Mas depois descobre que essas estrelas provavelmente não existem mais. É a luz que viaja zilhões de quilômetros e encontra seus olhos. Elas estão mortas. O céu se transforma numa máquina do tempo. Um cemitério de sóis violentos, o que talvez torne tudo ainda mais belo. Mesmo que cruel.

Quando tive Biologia na escola, me ocorreu algo parecido. Lembro que a professora falava em “Teoria Criacionista” e “Teoria Evolucionista”. Na primeira, Deus criou a vida. Na segunda, somos parentes dos macacos. Nunca consegui ligar a primeira com qualquer coisa que pudesse se chamar de “teoria”. Quanto à segunda, achava muito interessante. E angustiante. Mas quem sabe tudo o que é interessante seja angustiante. A angústia é uma porta para a autenticidade. Quando você está perdido, geralmente se encontra. Ou afoga suas mágoas em qualquer coisa que faça sua mente esquecer de esquecer de esquecer. Algo assim.

Mas pensa no take: nasce, cresce, morre. Entre o “nasce” e o “morre”, o “cresce” é que faz toda diferença. Nele tudo acontece. Sexo, vinho tinto, macarrão à bolonhesa e paranóias pra dormir. Tudo reside aí. Tudo o que você deixará além do pó no chão, farelos do seu corpo decomposto, está aí. Lembrança naqueles com os quais conviveu? Provavelmente. Um livro, um disco, um trabalho que por acaso fez? É possível. Mas qual o sentido disso tudo? Estará contido apenas no “cresce”? No amadurecimento das laranjas que, de tão maduras, caem e apodrecem em vermes ao sopé do pé? Ironia, muita ironia.

O estranho é que pra vida ser irônica, teria de ter um narrador que assim a fizesse. Do contrário, o termo não serviria. Talvez não sirva. Não há qualquer evidência de narrador. Ao menos até o momento. Vejamos o tempo, portanto. Detém a perspectiva do sujeito: o cidadão sente seu transcorrer. Detém a perspectiva naturalista: o tempo existe antes de você sentir seu transcorrer. Qual é a mais válida? Diria que ambas. Mas real, cruel e violenta como uma mulher berrando TPMs, somente a natural. Antes mesmo de seus pais transarem e nove meses depois você nascer, o tempo estava aí. No primeiro milionésimo de segundo após o Big Bang, o tempo passou a existir. E o passado do tempo? Não existe: não há tempo.

Fato é que tudo é muito estranho. Esses dias, um camarada largou essa num churrasco: “imagina se tem gente nos observando lá do céu”. Respondi que ele andava assistindo muito Big Brother. Ele retrucou: “pode até ser, mas sempre há a possibilidade”. “Sempre há a possibilidade”: essa frase ficou girando na minha cabeça. Possibilidade de vida pós-morte, possibilidade da validade da “Teoria Criacionista”, possibilidade de que, em duas horas, eu escreva o romance que venho matutando há anos – e que é até agora somente um matutar. Sempre existem possibilidades. Mas e realidades? Não sei. Talvez seja também uma possibilidade e vivamos na Matrix.

Quanto mais estudo, mais asno me sinto: confissão. Quanto mais sei, menos sei que sei: outra confissão. Quanto mais vivo, menos sei o motivo de fazer tudo o que faço: terceira e última confissão. Invejo pessoas plenas de objetivos. Sabe aquele sujeito que parece realizado após passar num concurso? Pois é. Invejo ele. Mas também me atrevo a dizer que esse senso de realização da criatura é uma capa. Uma rolha. Cobertura de nega maluca batumada. Lá na massa do bolo, a coisa não é bem assim. Existem furinhos. Furinhos de vazio. Furinhos de nada que você nem percebe ao mastigar. Mas estão ali, ponteando seus dentes, estalando mínimos e audíveis somente pra ouvidos de pastor alemão. Essa é a verdade: pra suportar o vazio, cobrimos sua presença com outra, negando a ausência que nos constitui.

Assim é que o niilismo não me parece algo sem nexo. Niilista é aquele que diz que não há mais nada a não ser o nada. Tudo se equivale a nada. Não há peso, medida ou INMETRO. Nenhuma metafísica se sustenta, nenhum valor detém contornos reais. Tudo? Que nada!: nada. Mais ou menos isso. Mas quem sabe essa seja a mola propulsora de tudo que talvez possamos construir. A partir do momento em que você sabe desse nada, vê que tem todo um mundo pra trazer à tona. Pode se sentir mal, inicialmente. Pode se desesperar, amansar crises na cachaça, certamente. Mas depois desse momento, algo de autêntico se instalará. A angústia precede a autenticidade. É normal. Algo como você tomar um pé na bunda, passar por dias de choro em pleno Carnaval e sair, noites depois, renovado e feliz disso tudo. Vai saber se no fundo não é disso que fala toda “corno music”.

“O Guaíba esverdeou”, diz a manchete da Zero. “Grandes coisa!”, resmungo ao derrubar café no piso branco. Deixe que as algas trabalhem. Deixe que eu escreva. Deixe que as estrelas permaneçam mortas, belas em seu brilho. Deixe que escutem Papas pra pegar a moça de dezessete. Deixe que carros voem no quebra-molas na frente da minha casa. Deixe, simplesmente deixe. Preocupações? Claro, existem. Projetos? Devem estar sempre presentes. Do contrário, entoaremos o mantra idiota do “carpe diem” dia após dia. Mas enquanto tudo desmorona e eu mesmo morro um pouco a cada hora, pensando na vida, no Universo e tudo o mais, meu lema será: LIVE AND LET TO DIE. Cruel? Pode ser. Mas não mais que tudo. Não mais que a ironia de existir. E ainda assim saber: não existe jeito ou maneira das coisas serem mais belas. Esse é meu humor. Essa é minha conclusão.

Comente aqui
27 abr10:46

Feira de Oportunidades Senac oferece atividades gratuitas em Santa Rosa e Santo Ângelo

Palestras e atendimentos gratuitos à comunidade serão oferecidos nos dias 3 e 4 de maio, durante a 7ª Feira de Oportunidades Senac. O evento ocorrerá concomitantemente em Santa Rosa, Santo Ângelo, Santo Cristo, Tuparendi e Giruá.

Na região de Santa Rosa foram preparadas palestras sobre Projeto de Vida com diferentes profissionais. Também integra a programação, atendimentos gratuitos à comunidade, como corte de cabelo, manicure e massagem. As atividades serão realizadas das 13h30min às 17h, na Praça da Bandeira, em Santa Rosa.

Em Santo Ângelo, as atividades também serão regidas pelo tema central “Qual o seu projeto de vida? – Educação, trabalho e felicidade”. As atividades serão oferecidas de forma gratuita na Praça do Brique e no Teatro Antônio Sepp. O evento conta ainda com ação especial nas escolas Onofre Pires e Getúlio Vargas, de Santo Ângelo.

Palestras virtuais gratuitas também serão oferecidas durante o evento, em todos os municípios. Interessados em participar podem fazer a inscrição no site. Entre os títulos oferecidos estão: O mercado e a segurança de alimentos: desafios e oportunidades; Empreendedorismo e gestão de carreira e Opções de investimento para alcançar seu projeto de vida. As atividades serão oferecidas pelo Senac Educação a Distância (EAD).

O objetivo da Feira é orientar e capacitar a comunidade de todo o Estado, além de debater cases de sucesso. Com programação nos mais de 60 pontos de atendimento do Senac no Rio Grande do Sul, a expectativa é que mais de 80 mil pessoas sejam beneficiadas pelo projeto.

As atividades geram um certificado de participação que pode ser retirado após o evento. Mais informações e a programação completa de todas as unidades envolvidas estão disponíveis através do site www.senacrs.com.br/feiradeoportunidades.

Programação Senac Santa Rosa

Palestra “Qual o seu projeto de vida?”

Data: 3 de maio

Local: Centro de Cultura – Rua 25 de julho, 133 em Santo Cristo / RS

Horário: 9h

Palestrante: Renato Miranda

Local: Centro Cultural – Avenida Tucunduva, 2667 em Tuparendi / RS

Horário: 9h

Palestrante: Márcia Regina Pinto

Data: 4 de maio

Local: Centro Cívico Cultural Antonio Carlos Borges – Rua Buenos Aires, 945 em Santa Rosa / RS

Horário: 9h

Palestrante: Giezi Schneider

Local: Auditório SEST/SENAT- RS 344, KM 38 – nº 350 em Santa Rosa / RS

Horário: 14h30min

Palestrante: Renato Miranda

Programação Santo Ângelo

Local: Praça do Brique – Rua Marechal Floriano , centro.

Ação: Cortes de Cabelo; Verificação de pressão arterial; Quick Massagens e Confecção de cartão Sesc/Senac para os comerciários.

Horário: 13h às 17h30.

Local: Teatro Antônio Sepp – Rua 3 de outubro, 800.

Palestra: “Projeto de Vida: Legado, emoção, bem-estar, felicidade e significado para os profissionais do Século XXI”.

Horário: 20h

Palestrante: Márcio Mâncio

Comente aqui
27 abr09:20

Frio se intensifica nos próximos dias

O primeiro dia da Fenasoja começa com firo no noroeste. Depois da chuva que caiu sobre pontos da região nestas quarta e quinta-feira, o tempo voltou a abrir e a massa de ar seco e frio que atua sobre o Estado derrubou as temperaturas.

Rajadas de vento aumentaram a sensação de frio nesta manhã. Em Santa Rosa, a mínima registrada foi de 9,4ºC; em Santo Augusto, 10,9ºC; São Luiz Gonzaga, 8,5ºC; e 6,3ºC, em Cruz Alta.

Juntamente com o frio, áreas de instabilidade podem provocar pancadas de chuva no sábado, sem grandes acumulados. A temperatura deve variar entre 9ºC e 19ºC.

O tempo abre no domingo e o frio se intensifica. A mínima prevista é de 7ºC. À tarde, a temperatura não deve ultrapassar os 14ºC.

Comente aqui