clicRBS
Nova busca - outros

Chiapetta

03 jan15:17

Pelo menos sete municípios do Noroeste decretaram situação de emergência em função da seca

Desenvolvimento da soja é comprometido pelo baixo volume de chuvas

Nas lavouras do noroeste, o cenário é semelhante: prejuízos na safra do milho, efeitos negativos no desenvolvimento da soja e queda na produção leiteira. Em função dos efeitos negativos na agricultura e do baixo nível dos rios e açudes, pelo menos sete municípios já decretaram situação de emergência.

O primeiro decreto deste ano foi assinado pelo prefeito de Boa Vista do Buricá, Jorge Gilberto Klöckner nesta segunda-feira, dia 2. A última chuva significativa no município foi a mais de dois meses e a falta de água começa a prejudicar as lavouras e a criação de gado e suínos. Para amenizar o problema, a prefeitura distribuiu 120 bebedouros de água para atender aos pecuaristas. Em outras propriedades é necessário abastecimento com caminhão pipa.Quase toda a lavoura de milho já foi perdida e os prejuízos também refletem na produção de leite.

Crissiumal

Em Crissiumal, o acumulado de chuva em todo o mês de novembro foi de 79mm e baixou para 45,5mm em dezembro. A precipitação de 0,9mm no último final de semana é considerada insuficiente para impedir o agravamento dos danos na agricultura.

_Basicamente todas as culturas de verão foram afetadas. Com a diminuição das pastagens, a queda na produção de leite é significativa. Muitas lavouras de milho estão comprometidas e a soja pouco desenvolveu_comenta o Secretário da Agricultura Valmor Borba de Oliveira.

Para manter o abastecimento de água para os animais, a prefeitura realizou a abertura de alguns bebedouros e leva água por meio de caminhão pipa e de leiteiros para as propriedades mais afetadas.

Chiapetta

Os prejuízos nas lavouras e na produção leiteria levaram o município da região Celeiro a decretar situação de emergência no dia 28 de dezembro. De acordo com o levantamento do Conselho Agropecuário da Secretaria Municipal de Agricultura, 80% das lavouras de milho e 20% da produção de soja foram prejudicadas.

Além disso, houve uma queda de 30% na produção de leite, em função da falta de pastagem.

Coronel Bicaco

No município de Coronel Bicaco, as lavouras de milho já apresentam perdas acima dos 80%, ou seja, cerca de 3,500 hectares. Nas lavouras de soja, a falta de chuva já prejudicou 10% do total plantado. A produção de leite registrou queda de 40%, em virtude da falta de pastagens. O feijão, também com cerca de 300 hectares perdidos, aponta perdas de 70%.

____________________________________________________________________________________

Na região de Cruz Alta, os municípios mais atingidos pela seca e que já decretaram situação de emergência são Fortaleza dos Valos, Ibirubá e Jóia.

Comente aqui
02 jan10:44

Chiapetta sofre com falta de chuva há dois meses

Enquanto a chuva trouxe alívio aos outros 19 municípios gaúchos que decretaram situação de emergência neste final de semana, em Chiapetta não há volumes significativos há dois meses.

Os prejuízos nas lavouras e na produção leiteria levaram o município da região Celeiro a decretar situação de emergência no dia 28 de dezembro. De acordo com o levantamento do Conselho Agropecuário da Secretaria Municipal de Agricultura, 80% das lavouras de milho e 20% da produção de soja foram prejudicadas.

Além disso, houve uma queda de 30%  na produção de leite, em função da falta de pastagem.

_A situação se torna ainda mais preocupante porque a próxima chuva prevista para o nosso município é para o dia 14 de janeiro. Até lá, os prejuízos serão ainda maiores_afirma o Secretário de Agricultura Jaldyr Cabral da Silva.

Na região, também decretaram situação de emergência, Coronel Bicaco e Crissiumal.

No município de Coronel Bicaco, as lavouras de milho já apresentam perdas acima dos 80%, ou seja, cerca de 3,500 hectares. Nas lavouras de soja, a falta de chuva já prejudicou 10% do total plantado. A produção de leite registrou queda de 40%, em virtude da falta de pastagens. O feijão, também com cerca de 300 hectares perdidos, aponta perdas de 70%.

Em Crissiumal, o acumulado de chuva em todo o mês de dezembro foi de 45,5mm. Neste final de semana, a precipitação de 0,9mm é considerada insuficiente para impedir o agravamento dos danos na agricultura.

Comente aqui