clicRBS
Nova busca - outros

dengue

08 mai11:53

Ijuí confirma primeiro caso de dengue em 2012

Roberto Witter/roberto.witter@zerohora.com.br

A prefeitura de Ijuí confirmou nesta terça-feira a ocorrência de um caso importado de dengue. O paciente, do sexo masculino, sentiu os primeiros sintomas da doença há pouco mais de uma semana, mas a confirmação do Laboratório Central do Estado (Lacen) veio apenas

Diego Vara, Agencia RBS

agora.

O caso teria sido contraído em Santa Rosa, município distante cerca de 100 km de Ijuí. Como medida de prevenção, agentes da secretaria municipal de Saúde realizaram uma pesquisa especial atrás de larvas do mosquito Aedes Aegypti na casa do paciente, que fica no centro da cidade, e em ruas do entorno.

Como larvas do mosquito foram encontradas na residência, funcionários aplicaram ainda larvicidas e inseticidas, para eliminar completamente possíveis focos do mosquito.

Em 2010, Ijuí registrou 2.958 casos de dengue, sendo o município com o maior número de pessoas infectadas. O caso confirmado nesta terça-feira é o primeiro detectado em 2012 na cidade.

Comente aqui
24 abr20:58

Cinco novos casos de dengue autóctone são confirmados no Noroeste

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou no fim da tarde de hoje cinco novos casos de dengue contraída dentro do Rio Grande do Sul. Todos são da região Noroeste. Três deles de Campina das Missões e os outros dois de Tuparendi.

Os secretários de saúde dos dois municípios disseram que ainda não foram oficialmente comunicados pelo governo do Estado. Com estes, chegam a 19 os casos autóctones no Rio Grande do Sul.

Comente aqui
11 abr11:14

Cinco novos casos de dengue são confirmados no noroeste gaúcho

Foram confirmados pela Secretaria Estadual da Saúde, cinco novos casos de dengue autóctones contraídos na região. Até o momento, as ocorrências estão restritas à Santa Rosa e Três de Maio. Com cinco casos confirmados entre moradores santa-rosenses e seis contraídos em Três de Maio, neste ano, já são 11 casos no Estado.

Também foram confirmados outros cinco casos de pessoas que contraíram a doença fora do território gaúcho, totalizando 32 casos importados.

Os municípios da região Noroeste estão em alerta para a identificação de casos suspeitos de dengue e intensificando as ações preventivas e de controle do mosquito. As medidas de controle desenvolvidas pelo governo incluem a eliminação de criadouros, tratamento químico da área, pesquisa de casos suspeitos e mobilização e esclarecimento da população e dos profissionais de saúde.

Casos por município de residência em 2012:

— Alegrete: 1 caso importado

— Antônio Prado: 1 caso importado

— Bento Gonçalves: 1 caso importado

— Carazinho: 1 caso importado

— Caxias do Sul: 3 casos importados

— Flores da Cunha: 1 caso importado

— Guaíba: 1 caso importado

— Garibaldi: 1 caso importado

Guarani das Missões: 1 caso importado

— Lindolfo Collor: 1 caso importado

Horizontina: 1 caso importado

— Morrinhos do Sul: 1 caso importado

— Porto Alegre: 8 casos importados

— Santa Maria: 1 caso importado

Santa Rosa: 5 casos autóctones e 1 importado

Santo Ângelo: 1 caso importado

— São Marcos: 2 casos importados

— Sapiranga: 3 casos importados

Três de Maio: 6 casos autóctones

Tucunduva: 1 caso importado

— Viamão: 1 caso importado

Comente aqui
04 abr14:21

Três novos casos de dengue são confirmados na região

A Secretaria Estadual da Saúde, por meio do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), confirmou nesta terça-feira, o sexto caso de dengue contraída no Rio Grande do Sul. Dois dos novos registros foram feitos em Santa Rosa e outro em Três de Maio. Os dois municípios da região Noroeste são, até o momento, os únicos com casos de dengue adquirida no Estado, sendo que cada um conta com três ocorrências. Ao todo, são 27 registros gaúchos que contraíram a doença em outros estados.

Dos 198 casos confirmados de dengue no Estado em 2011, 162 foram em Santa Rosa. No ano passado também foram confirmados casos de dengue em outros municípios da região como  São Luiz Gonzaga, Três de Maio e Santo Cristo

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, em 2009, o Estado não teve registro de casos autóctones. Em 2010 o número saltou para 3366 ocorrências e, em 2011, caiu para 200 casos.

De acordo com o diretor de vigilância em saúde de Santa Rosa Antônio Palhano, os dois novos casos identificados no município são de um homem e de uma mulher, moradores da Vila Nova, o mesmo local da residência do primeiro caso. Os dois passam bem.

O trabalho de prevenção à doença continua na cidade, além da aplicação de inseticida para combater o mosquito adulto.

_ Para evitar uma epidemia precisamos do auxílio da comunidade, mantendo os ambientes limpos e sem materiais que possam servir como depósito de água_ comenta Palhano.

Em Três de Maio, o novo caso confirmado de dengue autóctone é de um homem, morador do bairro Oriental. Ele passa bem. Outros oito casos suspeitos estão sendo analisados.

Entre as medidas de controle estão a eliminação de criadouros, tratamento químico da área, pesquisa de casos suspeitos e conscientização da população e dos profissionais de saúde.

Municípios com registros de dengue em 2012

Antônio Prado – 1 caso importado

Bento Gonçalves – 1 caso importado

Carazinho – 1 caso importado

Caxias do Sul – 3 casos importados

Flores da Cunha – 1 caso importado

Guaíba – 1 caso importado

Garibaldi – 1 caso importado

Guarani das Missões – 1 caso importado

Lindolfo Collor – 1 caso importado

Horizontina – 1 caso importado

Morrinhos do Sul – 1 caso importado

Porto Alegre – 8 casos importados

Santa Rosa – 1 caso importado e 3 autóctones

Santo Ângelo – 1 caso importado

São Marcos – 2 casos importados

Sapiranga – 1 caso importado

Três de Maio – 3 casos autóctones

Tucunduva – 1 caso importado

>> Com informações da Secretaria Estadual de Saúde

Comente aqui
28 mar15:34

Com dois casos confirmados e nove suspeitos, Três de Maio reforça combate à dengue

Mesmo com o resultado negativo de três dos 12 casos suspeitos de dengue, em a Secretaria Municipal de Saúde de Três de Maio está mobilizada para evitar que novos casos sejam confirmados. Vistorias e eliminação de focos do mosquito estão sendo realizadas em áreas consideradas de risco.

De acordo com a enfermeira Miriam Raskowetzki que coordena as ações, até o momento foram diagnosticados dois casos positivos e três negativos. Outros nove continuam sob investigação.

A queda na temperatura, segundo Raskowetzki, pode ser forte aliado na luta contra o mosquito, mas a população precisa se manter atenta.

>> Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Três de Maio

Comente aqui
24 mar09:02

Caso de dengue autóctone confirmado em Santa Rosa

Confirmado ontem o terceiro caso de dengue contraída dentro do Rio Grande do Sul. Trata-se de uma mulher, moradora de Santa Rosa, no Noroeste, que, em estado estável, recebe atendimento em casa. No mesmo local mora um homem, confirmado em janeiro como um caso de dengue importada.

As outras duas ocorrências autóctones foram registradas na cidade vizinha de Três de Maio, um homem e uma mulher com 68 e 24 anos, respectivamente. Eles passam bem.

Segundo o Centro Estadual de Vigilância em Saúde, além desses, mais 21 ocorrências da doença foram identificadas no RS, tratando-se de casos onde a pessoa contraiu a doença fora do Estado.

1 comentário
11 fev14:17

Santa Rosa reforça ações para evitar novos casos de dengue

Mesmo sem nenhum caso autóctone confirmado em 2012, agentes de combate a endemias da Vigilância em Saúde intensificaram trabalhos para evitar que Santa Rosa volte a registrar um elevado número de casos de dengue, a exemplo do ano passado, quando foram confirmadas 162 pessoas contaminadas.

De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde Antônio Palhano durante a semana são realizadas visitas e trabalhos de conscientização em residências, além da eliminação de criadouros em pátios e no interior de casas. No entanto, no final de semana o trabalho não para. Aos sábados são desenvolvidos mutirões de limpeza em pontos críticos como áreas públicas, áreas de preservação permanente e acostamento de rodovias.

_Se não intensificarmos o trabalho e não contarmos com a mobilização da população, podemos registrar mais casos. Como o clima está bastante úmido nos últimos dias, a situação está propícia para a proliferação do mosquito_explica Palhano.

Na manhã deste sábado, 16 agentes de combate a endemias trabalham na limpeza de áreas críticas do bairro Bela Vista. Somente neste local foram retiradas quatro caminhonetes lotadas de lixo até a metade da manhã.

Em janeiro, um caso de dengue importado foi confirmado em Santa Rosa. Segundo Palhano, o paciente teria contraído a doença em Nova Xavantina, no Mato Grosso.

_Em função desta confirmação realizamos um trabalho de contenção num raio de 300metros da residência onde vive a família. Desde então nenhum caso foi confirmado. Até agora não temos casos autóctones em Santa Rosa _afirma.

As ações de combate à dengue são realizadas durante todo o ano no município. Situações de descaso que podem ocasionar a proliferação do mosquito podem ser denunciadas a FUMSSAR, pelo fone (55) 3512-6122.

Comente aqui
04 fev15:35

Três de Maio reforça ações para não contabilizar casos de dengue

Foram 35.945 visitas domiciliares da equipe de agentes de endemias ao longo do ano passado, para que 2012 começasse livre da doença. A ideia é não repetir o cenário problemático do ano passado, quando Três de Maio registrou casos de dengue já nos primeiros meses.

Além das visitas foram realizados mutirões de limpezas e distribuídos materiais informativos de conscientização.

No entanto, para que se evite um novo surto, o Secretário Municipal de Saúde destaca a importância da mobilização da comunidade.

_Se além dos agentes de combate a endemias, cada munícipe fizer a sua parte, poderemos passar o ano de 2012 sem casos de dengue registrados_afirma.

Os principais criadouros de mosquitos encontrados por agentes no ano passado foi em depósitos de água parada (31,6%), seguido de lixo (24,8%) e pneus (17,3%).

Locais com maior incidência de focos do mosquito Aedes Aegypti em 2011:


Comente aqui
20 jan13:02

Roteiro especial de coleta de pneus será realizado em Entre-Ijuís

Foto: Claudio Vaz, Agencia RBS

Com a proposta de evitar que casos da doença sejam registrados no município, Entre-Ijuís realizará a Semana “D” de Combate à Dengue. De 23 a 27 de janeiro, equipes da Vigilância em Saúde e da Secretaria Municipal de Obras  realizarão o recolhimento de pneus usados no interior e bairros no município.

Para tanto será realizado um roteiro especial para se dar o destino adequado ao material.

Roteiro

Cidade:

* Dia 23 pela manhã – Bairro São Joaquim;

* Dia 23 à tarde – Bairro Progresso;

* Dia 24 pela manhã – Bairro Bela Vista;

* Dia 24 à tarde – Bairro Ribas;

* Dia 25 pela manhã – Bairro Alto da Avenida;

* Dia 25 à tarde – Bairro Industrial;

* Dia 26, o dia todo – Centro.

Interior:

* Dia 23: Na sede das comunidades: Esquina Rondinha, Missões, Carajá (Boqueirão, Rincão dos Gonçalves, Posto do Carajá), São João Velho, Mousquer;

* Dia 24: Na sede das comunidades: Boa Esperança, Rocha Pombo, São José e Presidente Vargas;

* Dia 25: Na sede das comunidades: Esquina Marcelo, Caraguataí e Boa Vista;

* Dia 26: Na sede das comunidades: Esquina Primavera, Gaúcha, Queiroz e Esquina Oliveira;

* Dia 27: Na sede da comunidade: Ressaca do Faxinal.

Comente aqui
21 dez08:31

Limpeza de pátios e campanha de conscientização são promovidas em Santa Rosa para evitar novos casos de dengue

Dos 198 casos confirmados de dengue no Estado em 2011, 162 foram em Santa Rosa. No entanto, desde junho, não há casos confirmados de dengue no município, de acordo com a presidente da Fundação Municipal de Saúde Karina Kucharski.

Para manter a situação sob controle, algumas ações de prevenção à doença estão sendo desenvolvidas.

Pela tarde, um carro de som, com um casal de ‘mosquitos da dengue’, percorre as principais ruas e bairros da cidade, a fim de divulgar dicas de prevenção e disseminar sua importância. Além disso, segundo a agente sanitária Neiva Lavall Rex, é realizada a limpeza de terrenos baldios a cada 15 dias, em áreas críticas como proximidades do Parcão, anel rodoviário e no acostamento de rodovias.

Os proprietários de terrenos que oferecem riscos de proliferação do mosquito são notificados e tem o prazo de cinco dias para se adequar. Caso contrário é aplicada multa.

_É necessário que a comunidade colabore para evitarmos os mesmos índices do ano passado. Fica mais fácil se pudermos contar com a ajuda de todos_destaca Neiva.

Com a proximidade do verão, já foram registrados casos suspeitos de dengue em Santa Rosa e em Santo Ângelo, neste final de ano. No entanto, após os exames, eles foram descartados.

Comente aqui