clicRBS
Nova busca - outros

hospital

10 mar11:30

Comitê Pró-hospital Público Regional Missões promove mateada

Neste domingo, o movimento em prol do Hospital Público Regional dará continuidade as suas ações, com uma mateada. O evento ocorrerá no Palco Cenair Maicá, na Praça da Matriz, a partir das 18h, com a participação de músicos locais.

A coordenadora do Comitê Pró-Hospital Público Regional, vereadora Eni Malgarim afirma que a mateada será uma forma de mobilizar a comunidade missioneira para buscar um hospital de média e alta complexidade, atendendo as demandas regionais desprovidas de atendimento e acesso qualificado.

- Na ocasião, os integrantes do Comitê estarão prestando informações sobre o movimento, da mesma forma que a comunidade poderá assinar os abaixo-assinados, os quais também serão entregues às entidades, associações, sindicatos e instituições -  completou.

Assessoria de imprensa – Comitê Pró-Hospital Público Regional

Comente aqui
01 mar15:44

Comitê em prol hospital público regional promoverá mateada para mobilizar comunidade

A busca da instalação de um hospital público regional, com atendimento 100% gratuito, será reforçada com um evento especial no próximo dia 11 de março.

A realização da mateada foi decidida em reunião nesta quarta-feira/ Foto: Weruska Forgiarini, divulgação

A partir das 17h, na praça da Matriz de São Luiz Gonzaga, será realizada uma mateada com a distribuição de panfletos informativos sobre o hospital público regional e a coleta de assinaturas para o abaixo-assinado para que o município seja contemplado com a entidade.

Na semana passada, uma comitiva do Movimento Pró-Hospital Público Regional visitou o prefeito de São Borja e presidente da Famurs, Mariovani Weiss, que externou seu apoio ao pleito. O grupo também recebeu manifesto de colaboração do presidente da Associação dos Legislativos das Missões (ALM), vereador Diomedes Heck, do presidente eleito, vereador Célio de Moura e de parlamentares da região, após a apresentação do projeto, em Caibaté.

Além disso, foi confirmada a presença do Comitê na reunião com a 14ª Coordenadoria de Saúde e com o Comitê de Santo Ângelo, nesta sexta-feira, dia 2, às 9h, no auditório daquela entidade.

Comente aqui
06 jan10:53

Mais de 980 partos foram realizados no Hospital Vida e Saúde em 2011

Um levantamento realizado pelo Hospital Vida e Saúde dá conta de que em 2011, mais de 980 partos foram realizados na instituição, 100 a mais do que no ano anterior. Entre os nascimentos estão de 12 pares de gêmeos.

Em média, 85 crianças nascem por mês no local.

Para dar conta da demanda de gestantes de Santa Rosa e região, o hospital disponibiliza uma rede de atendimento que vai desde os recursos tecnológicos até a preparação para o parto e cuidados com a criança.

Antes do nascimento, são oferecidos cursos de gestantes, com profissionais da área da saúde (médico, psicóloga, fonoaudióloga, enfermeira, fisioterapeuta, anestesista, assistente social e odontopediatra). Esse é um trabalho voluntário realizado pelos profissionais que relacionam 12 temas com mães e pais durante as aulas.

_Trabalhamos muito para fortalecer os vínculos entre os profissionais e as mães para que elas se sintam seguras no momento do parto. Nossa preocupação maior é com a satisfação das mães e com a redução do óbito infantil_destaca a gerente de enfermagem, Jacinta Spies.

Também é disponibilizada a Casa da Gestante, onde as grávidas que têm complicações podem ficar internadas. No local, elas recebem assistência especial. Esse trabalho é referência para 22 municípios da região que encaminham suas pacientes, em casos de alto risco.

Além disso é oferecida a sala de recuperação pós anestésica, específica para as mães no pós parto, uma das únicas no Estado. Agora, a paciente não precisa mais ficar na sala de recuperação com os demais pacientes do Hospital, e sim, pode permanecer em um ambiente diferenciado dentro da maternidade, com seu filho e familiar. Foi criada no ano passado também a sala do banho, onde os pais podem dar o primeiro banho no nenê.

Todos os quartos da maternidade e da UTI Pediátrica foram reformados em 2010.

Informações: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Santa Rosa

Comente aqui
28 dez10:23

Bebê teria sofrido fraturas durante parto em hospital de Santo Ângelo

Rafael Ristow, RBS TV

Um bebê teria sido machucado durante o parto no Hospital de Santo Ângelo. Os familiares foram procurados pela equipe da RBS TV, mas não quiseram gravar entrevista. Apenas informaram que o bebê teve dez costelas quebradas e o braço direito deslocado durante o procedimento.

A criança nasceu no último dia 20 de dezembro, mas o caso só foi registrado no dia 26, na Polícia Civil. A direção do hospital informou por telefone que vai abrir uma sindicância interna para apurar o fato.

O resultado deve sair em até 60 dias e caso haja negligência, os responsáveis serão punidos.

Na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente foi instaurado um inquérito para apurar como aconteceram as lesões e se houve negligência no procedimento.

A criança está internada na UTI neonatal do Hospital Santo Ângelo. Segundo o administrador da entidade, Fernando Branco, foram fraturadas seis costelas e não 1dez, como informado pela família. Ainda, conforme o administrador, o menino passa bem e está sendo acompanhado por fisioterapeuta, neurocirurgião e pediatra.

>> Mais detalhes no Jornal do Almoço desta quarta-feira

2 comentários