clicRBS
Nova busca - outros

Ijuí

18 mai12:05

Ijuí terá 5ª edição do Vencendo o Diabetes neste sábado

Ocorre neste sábado, em Ijuí, a 5ª edição do Pedalando, Patinando e Caminhando e 5° Vencendo o Diabetes , com saída em frente à Escola Rui Barbosa (Ruizinho), às 14h30min. As pessoas podem seguir o trajeto a pé, de bicicleta, patins ou com outro meio não motorizado.

O evento é realizado em conjunto com o Núcleo de Eventos do Curso de Educação Física da Unijuí e a Associação dos Diabéticos de Ijuí e Região, Ponto do Diabético, Escola Estadual Rui Barbosa, e tem como objetivo estimular a comunidade a praticar atividade física, em busca de qualidade de vida, melhoria da saúde, e conscientizar a população sobre a prevenção e o tratamento do diabetes.

Comente aqui
13 mai12:24

IJUÍ: Operação Balada Segura flagra cinco motoristas embriagados

Cinco motoristas foram flagrados dirigindo embriagados na madrugada deste domingo, em Ijuí. Eles foram pegos durante a segunda edição da blitz Balada Segura.

As abordagens começaram às 00h30min e encerraram por volta das 3h30min e ocorreram próximo dos trilhos da Viação Férrea, na Rua do Comércio.

Dos cinco condutores flagrados alcoolizados, quatro pagaram fiança e foram liberados e um deles foi preso. Ao todo, 52 veículos foram abordados.

Comente aqui
10 mai16:30

Seca reduz geração de energia elétrica em Ijuí

Roberto Witter / roberto.witter@zerohora.com.br
A seca reduziu a somente 30% da capacidade a geração de energia das duas usinas hidrelétricas de Ijuí. Juntas, elas respondem por 20% da energia elétrica consumida na zona urbana do município do noroeste do Estado. O restante é comprado do Sistema Interligado Nacional (SIN).

A Usina Passo de Ajuricaba, no leito do Rio Ijuí, atualmente está com uma das turbinas desligadas. A outra opera em momentos intercalados do dia.

Já a Usina da Sede, também conhecida como Usina Velha, que fica às margens do Rio Potiribu, está com uma turbina desligada desde novembro. A outra funciona normalmente ao longo do dia.

De acordo com Fernando Lucchese, responsável pelo setor de geração do Departamento Municipal de Energia de Ijuí (Demei), que abastece a cidade, não há risco de desabastecimento.

- Estamos comprando mais energia do Sistema Interligado Nacional para suprir a demanda. Não há risco de apagão - explica Lucchese.

Comente aqui
10 mai08:55

Estrutura precária atrasa ampliação de voos no interior do Estado

Leandro Becker / leandro.becker@zerohora.com.br

Esbarra na infraestrutura o avanço da aviação comercial no interior gaúcho. Assusta a precariedade frente à quantidade crescente de passageiros.

O resultado é a estagnação. As companhias admitem que o interesse em abrir linhas não se concretiza pela carência que domina os terminais.

Para fazer o setor decolar longe do quase esgotado Salgado Filho, o Estado aposta em um plano: investir em quatro aeroportos. O foco é modernizar, até 2014, terminais considerados estratégicos: Passo Fundo, Rio Grande, Santo Ângelo e Caxias do Sul.

Pista de pouso e área de movimentação de aviões estão com asfalto desgastado em Santo Ângelo. Foto: Ângela Bem, especial.

A estimativa é de que as reformas nos três primeiros e a construção de um novo terminal na Serra precisem de ao menos R$ 225 milhões, sem contar melhorias nos arredores.

Há voos comerciais regulares em nove aeródromos. Desses, apenas três operam linhas com aviões de maior porte para fora do Estado: Porto Alegre, Caxias do Sul e Passo Fundo. Diante da demanda crescente, a sobrecarga é inevitável.

Conforme o Departamento Aeroportuário do Estado (DAP), os quatro aeroportos foram escolhidos pela demanda elevada, viabilidade do projeto e porque os municípios são referência em suas regiões.

— Precisamos aproveitar o fato de o Estado ser o início e o fim de rotas domésticas — ressalta Roberto Barbosa Carvalho Netto, diretor do DAP.

Em Caxias do Sul, a meta é atrair companhias e triplicar os quase 200 mil passageiros anuais. A chegada da Azul, que começou a operar há seis meses, fez saltar em 46% o número de embarques sem reduzir o movimento da Gol. Em março, 26 mil passageiros passaram pelo terminal, o dobro do mesmo período de 2011.

À espera de melhorias

Passo Fundo também busca ampliar rotas para melhorar serviços e tarifas. Com a modernização só no papel, as companhias adotam cautela. A prefeitura revela que a falta de estrutura é o principal empecilho para a Azul iniciar as operações no município.

As companhias despistam sobre a ampliação da malha, mas cobram providências para fortalecer a atuação no mercado gaúcho.

Executivos da Azul já se reuniram com prefeituras de Pelotas e Passo Fundo para discutir novas rotas. Em nota, a Trip admite interesse em operar em Passo Fundo, mas enfatiza que a infraestrutura é decisiva.

Principal operadora em mercados de baixa demanda, a gaúcha NHT também planeja expandir a malha, atendendo a pedidos de prefeituras.

— A demanda é imprescindível, mas de nada adianta haver passageiros se não houver estrutura — afirma Jeffrey Kerr, diretor de Planejamento da NHT.

>> Leia mais sobre o assunto na Zero Hora desta quinta-feira

1 comentário
08 mai11:53

Ijuí confirma primeiro caso de dengue em 2012

Roberto Witter/roberto.witter@zerohora.com.br

A prefeitura de Ijuí confirmou nesta terça-feira a ocorrência de um caso importado de dengue. O paciente, do sexo masculino, sentiu os primeiros sintomas da doença há pouco mais de uma semana, mas a confirmação do Laboratório Central do Estado (Lacen) veio apenas

Diego Vara, Agencia RBS

agora.

O caso teria sido contraído em Santa Rosa, município distante cerca de 100 km de Ijuí. Como medida de prevenção, agentes da secretaria municipal de Saúde realizaram uma pesquisa especial atrás de larvas do mosquito Aedes Aegypti na casa do paciente, que fica no centro da cidade, e em ruas do entorno.

Como larvas do mosquito foram encontradas na residência, funcionários aplicaram ainda larvicidas e inseticidas, para eliminar completamente possíveis focos do mosquito.

Em 2010, Ijuí registrou 2.958 casos de dengue, sendo o município com o maior número de pessoas infectadas. O caso confirmado nesta terça-feira é o primeiro detectado em 2012 na cidade.

Comente aqui
01 mai08:49

Acidente entre carro e motorhome da banda 'Os Futuristas' deixa um morto em Panambi

Um homem morreu no início da manhã desta terça-feira em um acidente de trânsito no trecho de Panambi da rodovia Carazinho-Ijuí (BR-285).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima, ainda não identificada, dirigia um automóvel Chevette que colidiu com um motorhome da banda Os Futuristas por volta das 6h10min, no quilômetro 419 da estrada.

Entre as sete pessoas que viajavam no veículo do grupo musical, não houve feridos. Segundo a PRF, o trânsito flui normalmente no trecho.

Comente aqui
30 abr08:16

"Temos o conforto de que eles perderam a vida fazendo o que amavam", diz filha de uma das vítimas de acidente na Argentina

Foto: misionesonline.net,divulgação

Roberto Witter/roberto.witter@zerohora.com.br

Um acidente na Argentina enlutou uma família de Ijuí, no noroeste. Quatro gaúchos – três irmãos e uma prima – morreram na colisão entre o Astra da família e uma camionete Ranger, em Puerto Piray na provincia de Misiones, na Argentina, no início da tarde de sábado.

Os quatro haviam saído de Ijuí há pouco mais de cinco horas, e visitariam parentes em Marechal Cândido Rondon, no Paraná. A viagem via Argentina encurtaria o trajeto. A condutora da Ranger, uma argentina, não sofreu ferimentos e foi encaminhada a um hospital da região.

Muito unida, a família estava feliz. Os irmãos Ivoni Deckert, 51 anos, Eli Eliane Deckert, 49 anos, e Valdemar Deckert, 61 anos, haviam encontrado há alguns dias a prima, Hildegard Dürks, 83 anos. Também de Ijuí, Hildegard morava desde a década de 70 em Nova Alvorada do Sul, no Mato Grosso do Sul, onde, com três dos quatro filhos, cuidava da fazenda da família.

- A vó (como era chamada pela família) vinha mais ou menos duas vezes por ano ficar com o filho e os netos. Aproveitava também para visitar amigos e parentes – lembra Heloisa Eickhoff, casada com o único filho da agricultora que ainda morava em Ijuí.

No sábado, os quatro iniciaram às 7h a viagem para a cidade paranaense de Marechal Cândido Rondon, onde visitariam parentes. Para economizar tempo e rodar menos, optaram pelo caminho via Argentina.

- Após visitar estes parentes, um dos filhos que morava com ela iria buscá-la no Paraná e, de lá, ela seguiria para casa – explica Heloisa.

Os irmãos Deckert serão sepultados nesta segunda-feira, em Ijuí. Já o corpo de Hildegard seguiu para o Mato Grosso do Sul.

- No último contato que fizemos estavam muito contentes, pela viagem e por estarem todos juntos. Como familiares não conseguimos aceitar essa morte, mas temos o conforto de que eles perderam a vida fazendo o que amavam – conta Márcia Deckert, filha de Valdemar.

As vítimas

- Ivoni Deckert, 51 anos

Funcionária pública municipal de Ijuí, Ivoni era, desde abril, presidente do Sindicato dos Municipário da cidade. A sindicalista assumiu o posto em meio a uma greve dos servidores.

- Eli Eliane Deckert, 49 anos

Professora, Eli trabalhou em sala de aula durante muitos anos. Atualmente, trabalhava na Secretaria Municipal de Educação. Era a condutora do Astra.

- Valdemar Deckert, 61 anos

Era o mais velho dos irmãos e sempre viveu da agricultura. Morava com a família no distrito de Chorão, interior de Ijuí.

- Hildegard Dürks, 83 anos

Prima dos três irmãos, Hildegard mora no Mato Grosso do Sul desde a década de 70, com três dos quatro filhos. Estava em Ijuí para ver os netos e visitar o único filho que mora no Estado. Após passar por Marechal Candido Rondon, voltaria para Nova Alvorada do Sul, cidade onde morava.

Comente aqui
29 abr16:10

Acidente na Argentina mata quatro pessoas de Ijuí

Roberto Witter / roberto.witter@zerohora.com.br

Um acidente de trânsito matou quatro gaúchos, no final da manhã de sábado, em Puerto Piray, cidade argentina da província de Misiones. Eles estavam em um Astra que colidiu contra uma Ford Ranger. O acidente aconteceu por volta do meio-dia e ganhou destaque em sites e jornais argentinos neste domingo.

Acidente aconteceu por volta do meio-dia e ganhou destaque em sites e jornais argentinos neste domingo. Foto: misionesonline.net, Divulgação

Entre as vítimas, está a presidente do Sindicato dos Municipários de Ijuí, Ivoni Ani Deckert, 51 anos. Ela estava acompanhada da irmã Eli Eliane Deckert, 49 anos, do irmão Valdemar Deckert, 61 anos, e da prima Hildegard Elena Dürks, 83 anos.

O grupo estava a caminho de Marechal Cândido Rondon, no Paraná, onde iriam visitar familiares – o caminho pela Argentina é mais curto.

A condutora da Ranger, que era argentina, sofreu apenas ferimentos e foi encaminhada para o hospital.

O corpo dos três irmãos deve chegar a São Borja por volta das 17h. De lá, seguirá até Ijuí, onde ocorrerá o velório e o sepultamento.

Já o corpo de Hildegard Elena Dürks será levado para a cidade de Nova Alvorada do Sul, no Mato Grosso do Sul, onde ela morava desde a década de 70, acompanhada de três dos quatro filhos.

Comente aqui
26 abr13:47

Polícia Civil acredita que funcionário público de Ijuí pode ter sido executado

Roberto Witter/roberto.witter@zerohora.com.br

A Brigada Militar de Ijuí realiza uma operação com cerca de 20 policiais nas vias de acesso à cidade. O objetivo é encontrar pistas sobre o assassino do funcionário público federal Jorge Luiz Furlanetto, 58 anos, morto a tiros em frente à escola do filho no início da noite desta quarta-feira.

Durante a fiscalização, os policiais revistam os veículos e conferem documentos de condutores e passageiros.

Além da Brigada Militar, a Polícia Civil também montou uma operação especial para investigar o crime. Ao todo, oito policiais e quatro delegados estão espalhados por bairros da cidade ouvindo pessoas em busca de pistas. A hipótese principal, segundo o delegado Maurício Posselti, que comanda as investigações, é de que se trate de uma execução.

_ A gente trabalha com diversas linhas de investigação, mas a principal delas é de que se trate de execução, ou morte por encomenda, já que nada foi roubado _ afirma o delegado.

O caso

Jorge Luiz Furlanetto, 58 anos, foi baleado no início da noite desta quarta-feira, no centro de Ijuí, no noroeste do Estado, e morreu pouco tempo depois de dar entrada no Hospital de Caridade de Ijuí (HCI).

Furnaletto estava dentro de seu veículo, junto com a esposa, em frente ao Colégio Evangélico Augusto Pestana, onde o filho estuda, quando teria sido alvejado por um motoqueiro com diversos tiros.

O crime aconteceu por volta das 18h30min, e, de acordo com o hospital, Furlanetto morreu próximo das 18h55min.

Comente aqui
26 abr08:14

Funcionário público morre após ser baleado na frente da escola do filho em Ijuí

Funcionário público federal, Jorge Luiz Furlanetto, de 58 anos, foi baleado no início da noite desta quarta-feira, no centro de Ijuí, no noroeste do Estado, e morreu pouco tempo depois de dar entrada no Hospital de Caridade da cidade.

De acordo com informações preliminares da delegacia de polícia, Furlanetto estava parado na frente do Colégio Evangélico Augusto Pestana, onde o filho estuda, quando teria sido alvejado por um motoqueiro com diversos tiros. O criminoso nem chegou a parar para atirar, segundo testemunhas relaram à polícia.

O crime ocorreu próximo das 18h30min, e, de acordo com o hospital, Furlanetto faleceu próximo das 18h55min. A Brigada Militar da cidade está fazendo buscas  na tentativa de localizar o motoqueiro.

Zero Hora

Comente aqui