clicRBS
Nova busca - outros

Noroeste

11 abr09:31

Área de instabilidade enfraquece e sol volta a aparecer nesta quarta-feira

Depois de um dia nublado e com registro de pancadas de chuva, o sol volta a predominar nesta quarta-feira no noroeste gaúcho. A temperatura sobe rapidamente, sendo que a mínima de 20,8ºC, em Santa Rosa, fica para trás e a máxima pode chegar a 30ºC nesta quarta-feira.

Na quinta-feira, a chance de chuva é pequena e o sol deve aparecer entre nuvens na maior parte do dia.

A área de instabilidade volta a intensificar e traz mais pancadas de chuva da tarde para a noite na sexta-feira. Há chance de trovoadas com ventanias e temporais.

As pancadas prosseguem no sábado. A chuva forte deve ocorrer forte em áreas isoladas do estado.

No domingo, a atuação da massa de ar frio e seco leva embora as nuvens e traz de volta o sol, mas, com queda das temperaturas.

Comente aqui
09 abr09:13

Semana deve ser chuvosa no noroeste gaúcho

A segunda-feira começou com sol e tempo abafado na maior parte do Rio Grande do Sul. Mas, uma faixa de nebulosidade, associada a uma massa de ar quente, que já atua no Paraguai, em Mato Grosso do Sul e no Paraná, deve chegar ao Estado e provocar chuva durante toda a semana.

Ainda hoje, deve chover no noroeste. O calor prossegue e a máxima deve ficar em torno dos 28ºC.

Na terça-feira, a área de instabilidade se intensifica e traz chuva forte com trovoadas. Também há risco de ventanias e temporais, em qualquer parte do estado.

Na quarta-feira, a chuva enfraquece e entra em processo de dissipação.

A chance de chuva é pequena na quinta-feira. Mas na sexta-feira, as áreas de instabilidade voltam a intensificar e trazem mais pancadas de chuva a partir do oeste ao estado. A chuva forte deve ocorrer na metade oeste do estado especialmente à tarde.

A massa de ar frio e seco domina o estado leva embora as nuvens e traz de volta o sol, a partir de domingo.

Comente aqui
08 abr10:23

Antes da chuva prevista para a semana, domingo será de tempo firme e calor

O sol predominará neste domingo de Páscoa no noroeste gaúcho e garantirá, aliado à umidade, uma sensação de forte aquecimento durante a tarde. A máxima deve ficar em torno dos 30°C.

A partir de amanhã, o tempo se transforma. Segundo a Central de Meteorologia da RBS, o ar quente associado à umidade forma, no noroeste, áreas de instabilidade durante a tarde, que se propagam pelo Estado.

A nebulosidade deve se transformar em pancadas de chuva com trovoadas durante a tarde em várias partes do estado.

Na terça-feira, a área de instabilidade se intensifica e pode ocasionar chuva forte com trovoadas e temporais, em qualquer parte do Estado.

A partir da quarta-feira, a área de instabilidade enfraquece e entra em processo de dissipação, com isto, a chuva diminui significativamente.

Na quinta-feira, a chance de chuva é pequena e ela pode ocorrer em qualquer parte do Estado.

A área de instabilidade volta a intensificar na sexta-feira e traz mais pancadas de chuva a partir do norte e oeste ao estado. A chuva deve ocorrer em qualquer parte do Rio Grande do Sul.

Comente aqui
07 abr15:08

Jogador do São Luiz é escalado para seleção de São Tomé e Príncipe

Juliana Gomes/juliana.gomes@zerohora.com.br

O zagueiro africano do São Luiz de Ijuí, William Barbosa, 29 anos, foi escalado para jogar pela seleção de São Tomé e Príncipe. A primeira partida com a camisa do país de origem, William joga em 15 de junho contra Serra Leoa, partida válida pela pré-eliminatória da Copa Africana de Nações marcada para 2013.

O atleta que há quatro meses joga pelo time do Noroeste está no Brasil desde 2009, onde já passou por clubes do Ceará e Maranhão antes de chegar ao futebol gaúcho.

_ É uma alegria tremenda poder representar a minha terra. Vejo como uma conquista, um reconhecimento pelo trabalho que venho fazendo. Quero dar o melhor de mim, jogar com o coração_ emociona-se o atleta.

Na próxima quinta-feira, ele viaja para Fortaleza onde encontra a mulher e demais familiares para depois chegar a São Tomé e Príncipe.

Depois do jogo na terra natal, ele não sabe onde irá atuar. Mas, para alegria da torcida do São Luiz, dá uma esperança:

_ Ainda não sei o que será de mim, gostei de Ijuí, do futebol do Rio Grande do Sul. Quem sabe não volto pra cá? É tudo uma questão de conversar com meu empresário e negociar_ conta.

William joga na zaga titular do São Luiz neste domingo, contra o Inter em Ijuí às 16h.

Comente aqui
07 abr11:43

Gaúchos devem ampliar área de cultivo do trigo para compensar prejuízos com a estiagem

Rogério Sartori, Especial

lara.ely@zerohora.com.br

Os dois maiores produtores de trigo do país, Rio Grande do Sul e Paraná, têm decisões opostas em relação ao cultivo do grão para a próxima safra.

Enquanto os paranaenses optam pela redução da área plantada, os gaúchos devem ampliar em até 18% suas lavouras como forma de compensar prejuízos da estiagem.

Com resultado muito abaixo do esperado, a colheita das culturas de verão fez com que os produtores depositassem expectativas no trigo. A opção pelo grão ocorre mesmo diante das dificuldades de venda dos estoques da última safra.

De acordo com o presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Rio Grande do Sul (Fecoagro), Rui Polidoro, o produtor vai aumentar a área plantada de 15% a 18% na expectativa de que a comercialização ocorra normalmente.

— Em contrapartida, para escoar a produção sem a dificuldade da safra passada, esperamos uma melhora no aspecto de venda e logística para garantir rentabilidade e comercialização com preço mínimo garantido — afirma.

Polidoro defende que não é necessário criar novos mecanismos de venda. Bastaria o governo usar os que já existem na época certa, como leilões de Prêmio de Escoamento da Produção (PEP) e financiamento de custeio.

A expectativa dos agricultores é de que no lançamento do Plano Safra – que deve ocorrer no próximo dia 15, o governo anuncie algum tipo de apoio ao setor.

Na região de São Luiz Gonzaga, onde a maioria dos agricultores não conseguiu colher mais do que cinco sacas de soja por hectare, o trigo será a primeira opção de recuperar a lavoura. É a estabilidade na produção, aliada à produtividade e a qualidade do grão, que motiva os agricultores.

De acordo com Paulo Pires, presidente da Cooperativa Tritícola Regional Sãoluizense (Coopatrigo), o produtor confia na estabilidade da cultura e na intervenção do governo para a comercialização no mercado interno:

— Estamos produzindo preferencialmente o trigo tipo pão, para atender à demanda do mercado, apesar de os moinhos só quererem comprar mercadoria de fora do país.

>> Clique aqui para ler a matéria na íntegra em zerohora.com

Comente aqui
05 abr17:50

Funcionário público é preso por tráfico em Cruz Alta

Juliana Gomes/juliana.gomes@zerohora.com.br

A Polícia Civil de Cruz Alta, no noroeste do Estado, prendeu na quarta-feira um funcionário da 9ª Coordenadoria de Saúde, órgão que representa a Secretaria Estadual de Saúde na região. O homem, de 52 anos, que não teve o nome divulgado, é acusado de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Conforme a polícia, há indícios de que o suspeito usava a ambulância do Estado para transportar drogas sem levantar suspeitas. Ele seria o líder de uma quadrilha que agia na cidade.

A investigação teve início em abril de 2011, com a apreensão de seis quilos de drogas em um apartamento do bairro Medianeira, em Porto Alegre. Conforme a investigação, o produto seria transportada para Cruz Alta.

Ainda segundo a polícia, outros integrantes da família do suspeito também estavam envolvidos com o crime. Em janeiro deste ano, a mulher dele foi presa em flagrante por tráfico de drogas e associação ao tráfico. Em 2009, uma cunhada foi flagrada com dois quilos de cocaína. Outra cunhada e outro cunhado também foram presos com drogas.

O que diz o coordenador regional de saúde, Marcos André Luza:

O funcionário preso ontem, suspeito de envolvimento com o tráfico, trabalhava como auxiliar do médico perito e estava há dois meses em licença. Ele nunca dirigiu ambulância. Aliás, a coordenadoria sequer tem ambulância. Temos carros oficiais usados para o transporte de servidores em viagens a trabalho. Este funcionário sequer tinha acesso aos veículos da coordenadoria. No passado, sei que ele trabalhou como motorista, mas há pelo menos nove anos não tem acesso aos carros do órgão.

Comente aqui
05 abr15:26

Cerca de 30 mil consumidores estão sem luz no noroeste

O temporal que atingiu  o Rio Grande do Sul na manhã desta quinta-feira deixa 89 mil clientes da CEEE, da AES Sul e da RGE sem luz.

A RGE informou que são 30 mil clientes sem luz na região das Missões e Noroeste, concentrados em Cerro Largo, São Luiz Gonzaga e Santo Ângelo, Augusto Pestana, Ibirubá, Santa Rosa, Santo Cristo, Horizontina, Giruá, Santo Augusto, Sarandi, Campo Novo, Frederico Westphalen.

Equipes das três empresas trabalham no restabelecimento, mas não há previsão de retorno do serviço.

Comente aqui
05 abr10:56

Chuva e vento forte mudam cenário do noroeste

Se nos últimos dias o predomínio do sol e o calor lembravam dias típicos de verão, nesta quinta-feira o cenário foi transformado pelo céu encoberto, vento forte e chuva que atingiu municípios do noroeste gaúcho.

Juliana Gomes, Agencia RBS/ Chuva forte atingiu Santo Ângelo, onde casas foram destelhadas

Em Santo Ângelo, a chuva chegou com ventos fortes às 9h30min e assustaram os moradores. Os bombeiros atenderam algumas ocorrências de destelhamento de casas e árvores caídas, mas o número de atingidos ainda não foi estimado.

Deise Froelich, Agencia RBS/Vento forte foi registrado em Santa Rosa

Em Santa Rosa, o amanhecer foi de céu encoberto e tempo abafado. Aos poucos, nuvens escuras tomaram conta e o vento forte formou uma grande nuvem poeira que tomou conta de parte da cidade. Em seguida, as nuvens deram lugar à chuva forte. Ruas foram tomadas por folhas e galhos caíram sobre calçadas.

Ceres Avila, Agencia RBS/ Em Ijuí, a vista a partir da Rua Siqueira Couto em direção a FIDENE e Campus Unijuí

A leitora-repórter Ceres Ávila registrou as nuvens escuras e o vento forte que atingiram Ijuí nesta manhã. Na imagem, Ceres registrou o exato momento em parte de um telhado foi arrancado com a força do vento.

Durante o dia, municípios da região devem registrar acumulados de 60mm.

>> Como está o tempo em sua cidade? Envia fotos para a gente! Basta encaminhar sua contribuição para o e-mail participe@clicrbsnoroestemissoes.com.br

Comente aqui
05 abr09:29

Frente fria avança na região e deve trazer chuva ao longo do dia

Antes da chuva, uma grande nuvem de poeira formou-se sobre Santa Rosa, com a força do vento

O dia começou nublado em maior parte dos municípios do noroeste. Em Santa Rosa e Santo Ângelo, o céu está encoberto desde as primeiras horas da manhã. Pancadas de chuva passageiras já atingiram pontos isolados de Giruá.

Aos poucos, as nuvens carregadas devem dar lugar à chuva intensa em alguns municípios. Os acumulados podem alcançar até 60 mm na região de Cruz Alta, no noroeste.

Além de nublado, o amanhecer foi abafado na região. Às 8h, a temperatura em Santo Augusto era de 21,7ºC; em Santa Rosa, 19,8ºC; e, 20,3ºC, em Cruz Alta.

Na sexta-feira,  pancadas de chuva ainda serão registradas no começo do dia na metade norte do Estado. Pela tarde,  o tempo abre e o sol volta a dominar. O final de semana deve ser de tempo seco.


>> Como está o tempo em sua cidade? Mande fotos para a gente! Basta encaminhar para o e-mail participe@clicrbsnoroestemissoes.com.br

Comente aqui
04 abr09:57

Sol predomina e temperatura deve chegar aos 33ºC no noroeste

A região terá mais um dia de tempo seco e calor intenso. Com o predomínio do sol desde as primeiras horas, a temperatura se eleva rapidamente e a mínima de 14,3ºC ficará para trás. A máxima nesta tarde, no noroeste, deve ficar em torno dos 33ºC.

Na madrugada de quinta-feira, a instabilidade se espalha por todas as regiões e, apesar de passar rapidamente pelo Estado, pode deixar bons volumes de chuva.

Na Sexta-Feira Santa, a instabilidade deve se limitar ao norte do Estado, no período da manhã, com o tempo melhorando ao longo do dia. As temperaturas devem cair, com as mínimas ficando em torno de 10°C. O tempo continuará bom no sábado, mas a instabilidade deve voltar na noite de domingo e a próxima semana deverá começar com chuva.

No final de semana de Páscoa, o tempo deve permanecer aberto, com altas temperaturas.

Comente aqui