clicRBS
Nova busca - outros

Porto Mauá

05 mai08:44

Novo horário de balsa passa a vigorar nesta segunda-feira

A partir desta segunda-feira, dia 7, o horário de travessia da balsa no rio Uruguai, entre Porto Mauá e Alba Posse, retorna à sua normalidade.

A balsa é a única alternativa de travessia no  noroeste gaúcho, uma vez que não há ponte para o acesso entre os lados argentino e brasileiro.

De segunda a sexta-feira, a travessia será realizada das 8h às 11h30min e das 14h às 17h30min. Aos sábados, domingo e feriados, a balsa opera das 8h30min às 11h30min e das 14h30min às 17h30min.

Foto: Vilson-Winkler, divulgação

Comente aqui
02 mai08:03

Vespeiro gigante é construído no interior de Porto Mauá

Vilson Winkler, leitor-repórter

Com aproximadamente três metros de comprimento por três de altura, um vespeiro impressiona pela sua dimensão no forro de um galpão abandonado, na localidade de Volta Grande, interior de Porto Mauá.

Na propriedade rural de Luis Engers Ribeiro da Silva, o vespeiro já é atração.

Existem vespas que vivem sozinhas e aquelas que vivem em sociedade (formadas por machos, fêmeas e operárias estéreis).

Cada colônia dura somente um ano. As rainhas que nascem na sociedade enfrentam o inverno  e na primavera seguinte, cada uma delas forma uma nova comunidade. Os machos e as operárias morrem, no final do outono.

O tamanho das vespas varia muito de acordo com cada espécie, as maiores podem medir até 5 cm e a picada do inseto pode ser fatal para pessoas com sensibilidade ao seu veneno.

Comente aqui
22 abr11:01

Abastecimento de energia elétrica será interrompido em Porto Mauá

Das 6h45min às 7h15min deste domingo, moradores do perímetro urbano e interior de Porto Mauá estiveram sem energia elétrica.

Segundo a RGE, o fornecimento de energia será novamente interrompido entre as 17h45min e as 18h30min, para reparos na rede. O serviço somente será realizado em condições climáticas adequadas e a energia elétrica poderá ser reestabelecida antes do horário previsto.

Comente aqui
19 abr09:35

Operação da Polícia Federal chama atenção para segurança nas fronteiras

Juliana Gomes/juliana.gomes@zerohora.com.br

Policiais Federais distribuem hoje carta aberta sobre a segurança nos portos e aeroportos brasileiros. No Rio Grande do Sul, a operação se estende durante toda manhã, nos postos de fronteiras de Bagé, Chuí, Jaguarão, Livramento, Santo Ângelo (postos de Porto Xavier e Porto Mauá), São Borja e Uruguaiana.

Eles reivindicam melhores condições de trabalho, aumento no efetivo para controle das regiões de fronteira bem como um incentivo para que os agentes permaneçam nestes locais. Para a atividade, os policiais fazem uma verificação minuciosa de documentos de pessoas que ingressam ou deixam o país.

A Receita Federal atua na verificação de veículos e bagagens a fim de evitar tráfico de drogas e contrabando de armas. Por Porto Xavier, diariamente passam cerca de 100 veículos e 200 pessoas. Por Porto Mauá, são 500 pessoas. Em cada um desses locais, há dois servidores atuando na fiscalização.

Comente aqui
18 abr14:53

Porto Mauá prorroga decreto de emergência e reforça ações de combate aos efeitos da seca

Foto: Defesa Civil de Porto Mauá, divulgação/

Há mais de 150 dias com situação de emergência decretada pouco mudou no cenário formado pela seca no município de Porto Mauá. Com o baixo índice pluviométrico registrado a Secretaria de Obras, Agricultura e departamento de Assistência Social prorrogou o decreto de emergência por mais 30 dias, a contar de 9 de abril.

Segundo laudo técnico elaborado por entidades locais, as perdas nos 4 mil hectares de soja cultivados no município chegam a 78% em

Defesa Civil de Porto Mauá, divulgação

relação à expectativa inicial.

Além da soja, os prejuízos decorrentes da escassez de chuva puderam ser sentidos nas lavouras de milho safrinha e na produção de leite. Riachos estão abaixo do nível normal e bebedouros secaram

_Riachos que nunca secaram, agora estão secos. Também sofremos porque a economia do município é altamente dependente do fator agrícola_ afirma o secretário executivo da Defesa Civil Adilson José da Costa.

Diante da situação crítica, o município continua a realizar ações como limpeza de bebedouros, fornecimento de água com caminhão tanque com capacidade de 6 mil litros, visitas técnicas, cessão de uso de caixas de água, mangueiras, insumos e sementes.

Segundo Costa, foram adquiridos equipamentos agrícolas – trator, recadeira, pulverizador, ensiladeira, canterizador e trituradores – para fortalecer a patrulha agrícola e para sessão de uso de grupos de associados.

Os produtores rurais que necessitam de ajuda devem comunicar suas necessidades na Secretaria de Obras, Agricultura e departamento de Assistência Social. Após analise técnica e averiguação de aspecto legal são atendidas as demandas.

Defesa Civil de Porto Mauá, divulgação

Comente aqui
11 abr12:50

Veado é resgatado no Rio Uruguai e recebe cuidados de família de Porto Mauá

Vilson Winkler, leitor-repórter

Com o baixo nível do rio Uruguai no noroeste gaúcho, cenas inusitadas começam a ser observadas. Em Porto Mauá, um filhote de veado foi resgatado quando tentava fazer a travessia entre Brasil e Argentina.

Alertada pela filha, a pescadora profissional Maristela da Rosa Schuller visualizou que um animal parecia estar sendo levado pelas corredeiras. Diante disso, acompanhada do marido Aris Vlademir, foram resgatá-lo.

Ao se aproximar, o casal constatou de que se tratava de um filhote de veado. Como não conseguiram contato no sábado com os órgãos ambientais competentes levaram-no para casa e cuidaram de seus ferimentos. Durante os três dias que permaneceu com a família recebeu um nome, “Bambi”, muito carinho e leite.

Na terça-feira, a Patrulha Ambiental recolheu o animal e realizou a soltura em seu hábitat natural.

Comente aqui
10 abr15:56

Com escassez de chuva, travessia de trecho do Rio Uruguai pode ser feita a pé

Foto: Vilson Winkler, divulgação

Vilson Winkler, leitor-repórter

Enquanto balsas e embarcações são normalmente necessárias para a travessia do Rio Uruguai em Porto Mauá, brasileiros e argentinos tem a possibilidade de fazê-la a pé, se assim desejarem.

Com a escassez de chuva, o nível do rio Uruguai está significativamente abaixo do normal. Na Comunidade de Volta Grande, a largura do rio em linha reta é de 770 metros, sendo possível atravessar caminhando transversalmente em torno de 1.000 metros por cima das pedras do leito do rio. O único obstáculo de travessia a pé é o canalão, que possui aproximadamente 15 metros de largura.

O baixo nível do rio também favoreceu o surgimento de pequenas piscinas naturais e formação de córregos com quedas de água. Na água quase transparente, é possível visualizar caramujos e alevinos que ficaram presos às poças de água nas rochas.

Também é comum a presença de diversas garças se alimentando dos que ficaram ilhados.

Além da estiagem, o que pode estar contribuindo com o baixo nível do rio Uruguai é a retenção de águas junto a barragem do Foz do Chapecó. A travessia de balsas continua normalmente, pois o trajeto é realizado onde o nível das águas é mais profundo.

Comente aqui
09 abr09:33

Porto Mauá recebe inscrições para casamento comunitário

Casais interessados em oficializar sua união, por meio do casamento civil e religioso, podem inscrever-se ao casamento comunitário em Porto Mauá.

Os interessados devem comparecer na Secretária de Assistência Social, munidos de Certidão de Nascimento atualizada, cópia da Carteira de Identidade e CPF.

Comente aqui
08 abr08:42

Horário especial da balsa vigora neste final de semana em Porto Mauá

Desde a quinta-feira, a travessia da balsa entre Porto Mauá, no Brasil, e Alba Posse, na Argentina é realizada em horário diferenciado, em função do feriadão.

Quem pretende ir para o lado argentino, ou retornar, neste domingo de Páscoa, deve fazê-lo das 8h30min às 11h30min e das 14h30min às 17h30min.

Comente aqui
29 mar09:40

Policiais reivindicam melhores condições de trabalho nas fronteiras

Juliana Gomes, Zero Hora

A fiscalização de veículos, documentos e mercadorias está sendo intensificada nesta quinta-feira nas cidades gaúchas de Porto Mauá, Porto Xavier, Uruguaiana, Santana do Livramento, São Borja, Jaguarão e Chuí. Agentes da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Receita Federal realizam hoje o “Dia Nacional de Mobilização em defesa das Fronteiras do País”.

_ A ideia é chamar atenção para vulnerabilidade das fronteiras, para o risco de crimes transfronteiriços, contrabando, descaminho, tráfico de armas, drogas e animais _explica policial rodoviário federal Vilmar Keske.

Há pelo menos dois anos, os órgãos federais denunciam a carência no efetivo, equipamentos e viaturas para atuar nas divisas com outros países. Em Porto Xavier, nas Missões, por exemplo, a operação conta hoje com quatro policiais rodoviários federais, seis policiais federais e três agentes da Receita Federal.

_ Com isso, queremos demonstrar como seria nosso trabalho nas fronteiras do Brasil, em condições ideais. Temos negociado com o governo estas melhorias, mas na prática, o que vemos é a redução da estrutura _ comenta o agente da Polícia Federal Fabiano Tomas.

Comente aqui