clicRBS
Nova busca - outros

produção de leite

10 abr15:34

Programa de produtividade de leite garante ‘Balde Cheio’ em Três de Maio

Foto: Ramone Pacheco, divulgação

Em dois anos de efetivação do programa de produtividade e qualidade do setor lácteo, Balde Cheio, propriedades rurais de Três de Maio registram significativa ampliação da produtividade de leite. De acordo com o Secretário Municipal de Agricultura Valdir Ortiz, a maioria ampliou a média de sete para doze litros de leite vaca/dia.

O Balde Cheio – resultante de convênio entre Cooperideal, Embrapa e Emater – surgiu com a meta de atender a demanda de leite de empresas do setor instaladas na região. Além de aumentar a produtividade, a finalidade é avançar na qualidade do leite e reduzir os custos da produção, mantendo o mesmo número de vacas em lactação.

Para se alcançar estes resultados, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente disponibiliza uma assessoria técnica para a implantação de novas tecnologias nas propriedades, com a aplicação de metodologia recomendada pela Embrapa.

_O sucesso do Projeto foi tanto, que este processo será replicado em Três de Maio e implementado em mais quatro municípios, através de uma Unidade Demonstrativa e 20 Unidades Assistidas_destaca Ortiz.

Independência, Horizontina, Boa Vista do Buricá e São José do Inhacorá identificaram o potencial do programa e optaram por aderir à ideia, por meio de da FUNCAP-FBB/BNDES, com apoio das prefeituras municipais, Emater e os mantenedores da Funcap.

Além destes, o Projeto Balde Cheio despertou a curiosidade de autoridades de Santo Cristo, que foram a campo para conhecer a metodologia aplicada nas propriedades de Três de Maio.

No distrito de Barrinha, a realidade da família Zimpel, impressiona.

_Antes utilizávamos da pecuária leiteira apenas como complemento às atividades, e nossa produção era pouca, cerca de 123 litros de leite por dia. Mas a situação mudou, e hoje entregamos diariamente 298 litros de leite, sendo que já alcançamos a litragem de 325 em um único dia_ relata a produtora Neide Zimpel.

A produção de leite ajudou a minimizar os efeitos financeiros negativos em virtude da seca, sendo que as perdas nas lavouras de milho e soja foram quase totais.

Neide ressalta que nunca esperou chegar ao resultado de hoje, e que se não

_Se continuarmos aumentando nossa produção, ano que vem iremos trabalhar apenas com o leite_comenta Zimpel.

>> Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Três de Maio

Comente aqui
09 dez13:47

Vaca criada em Santa Rosa é destaque em concursos leiteiros no Brasil

A vaca Gema Estância Bagagem Action-MB86, nascida e criada pela Cabanha Gema e Cabanha Cappellari, em Santa Rosa, tem se destacado em concursos leiteiros e morfológicos por todo o Brasil.

Vendida com dois anos, por R$ 23mil, para a Cabanha da Maya, de Zuleika Torrealba, de Bagé, a conquista mais recente foi neste mês, em São Paulo, quando o animal foi campeão do torneio leiteiro da exposição nacional, FEILEITE, da raça Jersey na categoria animais até 36 meses de idade.

Ela saiu de Santa Rosa dia 24 de outubro e chegou em São Paulo dia 27. Foi junto toda a alimentação, ração, silagem e até sua tratadora, a estagiária de veterinária da Unicruz, Greice Vogel. Sua produção em São Paulo foi de 78,165kg de leite em 6 ordenhas com intervalos de 8 horas.

Quando ainda era de propriedade da Parceria Cabanha GEMA e Cabanha Cappelari, de Santa Rosa, em outubro deste ano, estabeleceu recorde nacional para a categoria vaca jovem da raça Jersey, com a marca de 45kg de leite produzidos em três ordenhas, no período de 24 horas. O prêmio foi conquistado na FENILACT, em Ijuí. Estância, que é uma filha de Forest Glen Avery ACTION, da Select Sires, também se destacou no concurso morfológico da raça, na mesma Feira, sendo campeã vaca 2 anos júnior.

Gema Estância Bagagem Action-MB86 foi criada em uma propriedade de 12 hectares, em Guia Lopes, interior de Santa Rosa, em um plantel Jersey de 25 vacas em lactação, produzindo 650 litros diários. Os criadores eram os proprietários da Cabanha GEMA e Cabanha CAPPELLARI, Ângela de Faria Maraschin, Marcos Souza de Freitas e Sérgio Cappellari.

Informações: Assessoria de Imprensa da 19ª Fenasoja

Comente aqui