saneamento básico

12 mai14:03

Corsan apresenta nova proposta para concessão de serviços em São Luiz Gonzaga

A Corsan apresentou na tarde desta sexta-feira, no salão nobre da prefeitura de São Luiz Gonzaga, a nova proposta para concessão dos serviços de água e esgoto no município. A reunião envolveu o prefeito Mário Meira (PP), além de vereadores e deputados. Meira assumiu o cargo em abril, após o afastamento de Vicente Diel (PSDB) e, ao tomar posse, suspendeu o processo de licitação que estava em tramitação.

A proposta foi apresentada pelo Superintendente de Assuntos Institucionais da Corsan, André Finamor. Pelo documento, R$ 60 milhões deverão ser investidos em saneamento no município.

Quanto à questão do Fundo Municipal de Gestão Compartilhada (FMGC), o valor anual a ser revertido seria de R$ 1,5 milhão. Parte do montante poderá ser aplicada em projetos ligados ao meio ambiente e desenvolvimento sustentável, como resíduos sólidos, drenagem urbana entre ouros. A proposta agora será analisada pela prefeitura.

Fonte: assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores de São Luiz Gonzaga

Comente aqui
29 fev16:40

Licitação para saneamento e abastecimento de água é suspensa novamente em São Luiz Gonzaga

Roberto Witter/roberto.witter@zerohora.com.br

A licitação para concessão do abastecimento de água e saneamento de São Luiz Gonzaga foi novamente suspensa. A abertura dos envelopes com as propostas dos concorrentes ocorreu na manhã desta quarta-feira. No entanto, uma ordem da juíza Gabriela Dantas Bobsin suspendeu os efeitos da licitação com a justificativa de que o processo não era homologado pela Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RS (Agergs), responsável por regular e fiscalizar serviços públicos.

O assessor jurídico da prefeitura de São Luiz Gonzaga, Cláudio Cavalheiro, informou que o município irá recorrer da decisão no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e no Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

>> Clique aqui para ler a matéria na íntegra em zerohora.com

Comente aqui
19 jan16:26

Corsan realizará estudo de captação no Rio Uruguai para atender quatro cidades da região

Os municípios de Três Passos, Esperança do Sul, Tiradentes do Sul e Crissiumal poderão ter uma nova alternativa de abastecimento de água. A Corsan anunciou que realizará estudo de concepção para construção de uma captação no Rio Uruguai, adutoras e de uma Estação de Tratamento de Água (ETA) para atender a demanda dos municípios.

A garantia foi dada nesta quinta-feira, 19, pelo diretor-presidente Arnaldo Dutra durante reunião com os prefeitos Cleri Camilotti, de Três Passos, José Carlos Hickmann, de Tiradentes do Sul; Jair Carmo Schmitt, de Esperança do Sul e Sérgio Drumm, de Crissiumal. Para tanto será providenciada a assinatura de um convênio de cooperação entre a Corsan e os quatro municípios que integram a Amuceleiro (Associação dos Municípios da Zona da Produção), já em fevereiro.

O presidente da Corsan ressaltou que esse estudo de concepção vai apontar a viabilidade técnica e econômica da proposta apresentada pelos prefeitos, que prevê a captação no Rio Uruguai e o assentamento de 16 quilômetros de adutoras até o Distrito de Santo Antônio, em Três Passos, onde seria construída uma Estação de Tratamento que distribuiria a água para as outras três cidades, beneficiando 43 mil habitantes. Entretanto, conforme Arnaldo Dutra, esse estudo não vai descartar outras alternativas para garantia do abastecimento de água, pois a Corsan já observa a redução da produção dos poços artesianos que atendem as cidades da região.

Se houver a viabilidade do estudo, serão buscados recursos federais para a execução do projeto executivo e as obras.


Com informações da Assessoria de Imprensa da Corsan RS

Comente aqui
16 jan15:29

Acostamentos de rodovias são utilizados como depósitos de lixo em Santa Rosa

Eliseu Holz, leitor-repórter

Dos comuns aos mais curiosos dejetos são encontrados ao lado da estrada e em meio à mata nativa. Chinelos arrebentados, aparelhos de som, laterais de roupeiros, garrafas plásticas, canos, lonas pretas, móveis em desuso. A variedade e a quantidade de lixo encontrada no acostamento das rodovias de Santa Rosa é impressionante.

As vias públicas têm servido de lixeiras e os acostamentos de depósitos de lixos sem limites.

Na BR-472, próximo de um posto de gasolina, o acúmulo de lixo em meio à mata nativa mostra a falta de censo coletivo de moradores.

Os restos de materiais no anel rodoviário também parecem infinitos. Confira o registro do descaso:

Comente aqui
29 nov16:09

Central especial atenderá reclamações sobre lixo e esgoto em Santa Rosa

Por meio do número (55) 3512-1160, moradores de Santa Rosa poderão compartilhar sugestões e reclamações sobre lixo e esgoto.

A chamada ‘linha verde’ pode ser acionada em horário de expediente da Prefeitura (turno único, 7h30min às 13h 30min).

Dica

Uma das maiores reivindicações da comunidade é sobre a coleta adequada do lixo. A Secretaria de Meio Ambiente já instalou 106 contêineres na cidade.

A equipe da Secretaria alerta para que as pessoas não estacionem em frente aos contêineres. A orientação também é para que o lixo não seja misturado, pois o contêiner verde é para o seco e o marrom para o orgânico.

Comente aqui