clicRBS
Nova busca - outros

tempo

08 jan08:55

100% dos municípios da Celeiro decretarão situação de emergência em função da seca

Pricila Aita, divulgação

Em grande parte dos municípios do noroeste gaúcho são mais de dois meses sem chuva. A seca dá sinais nas lavouras, com o precário desenvolvimento da soja, perdas no milho e baixa qualidade da pastagem. Em muitos lugares, a produção leiteira também apresenta significativa queda.

Esta situação levou os prefeitos da Associação dos Municipios da Região Celeiro (Amuceleiro) a se reunirem e optar por decretar situação de emergência unânime até a próxima sexta-feira, dia 13.

O presidente da Amuceleiro, Clairton Carboni, afirma que os efeitos da seca nos 21 municípios da região vão para além dos prejuízos na agricultura.

_Em muitos dos municípios de nossa região, de forma emergencial, está se levando água, tanto potável para consumo da população, como para consumo dos animais_ afirmou Carboni.

A Associação irá elaborar documentos aos Governos Federal e Estadual, solicitando medidas de urgência para atenuar os impactos da estiagem.

Municípios em situação de emergência até o dia 7

Alegria, Anta Gorda, Aratiba, Arroio do Meio, Arroio do Tigre, Aurea, Barra Funda, Barros Cassal, Boa Vista das Missões, Boa Vista do Buricá, Boa Vista do Cadeado, Boa Vista do Incra, Bom Retiro do Sul, Bozano, Braga, Capão do Cipó, Cerro Branco, Cerro Grande, Chiapetta, Colorado, Constantina, Coronel Bicaco, Crissiumal, Cristal do Sul, Cruzeiro do Sul, Doutor Ricardo, Encruzilhada do Sul, Engenho Velho, Ernestina, Erval Seco, Estrela Velha, Fazenda Vilanova, Fontoura Xavier, Fortaleza dos Valos, Frederico Westphalen, Gramado Xavier, Humaitá, Ibirapuitã, Ibirubá, Ilópolis, Inhacorá, Jaboticaba, Jacuizinho, Jari, Jóia, Lagoão, Lajeado do Bugre, Liberato Salzano, Mato Leitão, Montauri, Mormaço, Nova Boa Vista, Nova Palma, Novo Tiradentes, Novo Xingu, Palmeira das Missões, Panambi, Passo do Sobrado, Pejuçara, Pinhal, Pinhal Grande, Pontão, Pouso Novo, Progresso, Quinze de Novembro, Redentora, Rodeio Bonito, Ronda Alta, Rondinha, Salto do Jacuí, Santa Cruz do Sul, Santo Augusto, Santo Cristo, Seberi, Segredo, Selbach, Sinimbu, Soledade, São José das Missões, São José do Herval, São Paulo das Missões, São Pedro das Missões, São Valério do Sul, Tio Hugo, Toropi, Travesseiro, Três Palmeiras, Tunas, Tupanciretã, União da Serra, Vale do Sol, Vera Cruz e Vila Maria.

Municípios que enviaram notificação de desastre

Agudo, Alecrim, Alto Alegre, Amaral Ferrador, Augusto Pestana, Boqueirão do Leão, Cachoeira do Sul, Caibaté, Campos Borges, Canudos do Vale, Catuípe, Coqueiros do Sul, Dilermano de Aguiar, Faxinal do Soturno, Getúlio Vargas, Gramado dos Loureiros, Herveiras, Itacurubi, Itapuca, Lagoa dos Três Cantos, Mato Queimado, Nova Alvorada, Nova Candelária, Novo Cabrais, Não-me-Toque, Palmitinho, Pantano Grande, Paraíso do Sul, Quevedos, Restinga Seca, Saldanha Marinho, Sarandi, Sede Nova, Serafina Corrêa, Sobradinho, São Valentim do Sul, Tapera, Trindade do Sul e Victor Graeff.

Comente aqui
07 jan14:53

Com predomínio de sol, índices de radiação ultravioleta devem ser extremos neste final de semana

O sábado ensolarado, com máxima em torno dos 37ºC, expõe os moradores das regiões Noroeste e Missões a índices de radiação ultravioleta extremos.

O uso de protetor solar é indispensável para evitar queimaduras graves do sol e possíveis complicações na pele.

Neste domingo, o tempo não muda muito e a atuação da massa de ar seco garante o predomínio de sol na maioria das localidades gaúchas.

O ar seco se estende até a divisa com SC e a tendência é de tempo seco em todo o território gaúcho e com altas temperaturas agravando a situação da seca no Rio Grande do Sul.

O CPC (Climate Prediction Center) da NOAA divulgou um boletim de avaliação do La Nina estendendo o período de atuação do fenômeno até o mês de maio. De acordo com a meteorologista Estael Sias isso significa que o clima no RS ainda terá a influência do fenômeno climático La Nina em grande parte do outono, mas a atmosfera leva um tempo para retornar aos padrões de neutralidade (sem a influência de La Nina ou El Nino).

Comente aqui
06 jan16:45

Umidade baixa e temperaturas altas prevalecem nos próximos dias

O trabalho fica ainda mais difícil para quem fica exposto ao sol

A umidade relativa do ar permanece baixa durante os próximos dias no Rio Grande do Sul. No noroeste, o índice fica abaixo dos 20%. Nos últimos dias Santa Rosa registrou índices de 14 a 19%. Clima quase desértico, uma vez que no deserto a umidade fica abaixo dos 10%.

As temperaturas estarão em elevação durante os próximos dias em todo o Estado. O ar quente começa pelo oeste e desta forma o final de semana será de muito calor. De acordo com a Central de Meteorologia do Grupo RBS, a primeira metade da próxima semana pode ter temperaturas próximas a 40ºC. Depois do pico do calor, a chuva deve chegar em grande parte do Estado.

Previsão para o final de semana

O sol predominará em todo o Estado. A massa de ar seco reduz as chances de chuva generalizada na região. Sendo assim o calor fica ainda mais intenso e a temperatura pode chegar aos 35ºC em Santa Rosa.

No domingo, a massa de ar seco persiste na região permitindo um dia de sol e temperaturas em elevação gradativa.

Comente aqui
05 jan17:23

Estiagem: Região de Santa Rosa está entre as mais afetadas do Estado

A estiagem que afeta o Rio Grande do Sul levou a Emater/RS-Ascar a reavaliar, nesta quinta-feira a estimativa inicial para a safra dos grãos de verão – milho, feijão e soja. O maior impacto, até o momento, se dá sobre as lavouras de milho. Dados coletados na segunda quinzena de dezembro indicam que a cultura já registra uma perda consolidada de 25,17% em relação à previsão inicial. Com isso, a produção do grão não deverá ultrapassar 3.969.297 toneladas em 2011, número 31,29% menor que o do ano anterior, quando chegou a 5.776.51 toneladas no Estado.

O feijão da 1ª safra já apresenta queda de 11,43% em relação à estimativa inicial. Caso as condições climáticas adversas persistam, a tendência é de que estes percentuais aumentem. Os primeiros dados coletados neste início de janeiro, que deverão ser divulgados na próxima semana, começam a confirmar essas tendências.

O diretor técnico da Emater/RS Gervásio Paulus explica que o milho e o feijão foram os mais atingidos pela estiagem até o momento, já que o percentual de lavouras em fases de floração e enchimento de grãos foi expressivo durante o mês de dezembro, o que “afetou seriamente a produtividade dessas culturas em algumas regiões”. O maior impacto é nas regiões administrativas da Emater/RS-Ascar de Ijuí (com expectativa de redução no rendimento médio no milho de 37%), Passo Fundo (-35%), Lajeado (-30%), Santa Rosa (-25%) e Erechim (-24%).

Caso o cenário de estiagem persista, os danos devem se estender de forma mais grave também às lavouras de soja.

_____________________________________________________________________________________

Informações: Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar

Municípios que decretaram situação de emergência (55): Áurea, Cruzeiro do Sul, Fontoura Xavier, Engenho Velho, Novo Xingu, Liberato Salzano, Barra Funda, Fortaleza dos Valos, Putinga, Cerro Branco, Crissiumal,São Pedro das Missões, Constantina, Rodeio Bonito, Ilópolis, Coronel Bicaco, Passo do Sobrado, Chiapetta, Santa Cruz do Sul, Frederico Westphalen, Ibirubá, Lagoão, Vila Maria, São José das Missões, Jóia, Pinhal Grande, Palmeira das Missões, Arroio do Meio, São José do Herval, Cristal do Sul, Pinhal, Jaboticaba, Boa Vista das Missões, Nova Palma, Pouso Novo, Segredo, Seberi, Doutor Ricardo, Arroio do Tigre, Colorado, Santo Augusto, Bozano, Boa Vista do Cadeado, Selbach, Pejuçara, Quinze de Novembro, Capão do Cipó, Boa Vista do Buricá, Redentora, Tupanciretã, São Paulo das Missões, Travesseiro, Boa Vista do Incra, Toropi e Nova Boa Vista.

Nopreds (29): Pontão, São Valentim do Sul, Novo Tiradentes, Herveiras, Progresso, Tapera, Rondinha, Lagoa dos Três Cantos, Serafina Corrêa, Barros Cassal, Anta Gorda, Cachoeira do Sul, São Valério do Sul, Campos Borges, Restinga Seca, Novo Cabrais, Humaitá, Trindade do Sul, Amaral Ferrador, Catuípe, Jari, Quevedos, Braga, Agudo, Alto Alegre, Ronda Alta, Victor Graeff, Itacurubi e Faxinal do Soturno.

Comente aqui
05 jan09:58

Tempo seco chegou para ficar

A dupla sol e calor será predominante nos próximos dias nas regiões Noroeste e Missões. A atuação da massa de ar seco sobre o Rio Grande do Sul inibe a formação de nuvens e reduz a chance de chuva.

De acordo com a Defesa Civil, no Estado são mais de 280 mil pessoas atingidas pela seca. Até ontem, pelo menos 48 cidades gaúchas já haviam decretado situação de emergência, mas a lista pode chegar perto dos 200, segundo o governador em exercício, Beto Grill.

Além de prejudicar as lavouras, a estiagem também tem efeitos no cotidiano dos moradores da região, que convivem com baixíssimos índices de umidade relativa do ar e muito calor.

Umidade do ar

Outro efeito do tempo seco é a baixa umidade do ar. Os números são quase desérticos. Nesta quarta-feira, duas cidades do noroeste registraram os menores índices do Estado. Em Santa Rosa, a umidade do ar registrada  foi de 19% e, em Santo Augusto, chegou a 16%.

Calor

Com o predomínio do sol também se intensifica o calor. A máxima nesta tarde no noroeste chega a 34ºC.

Na sexta-feira, as temperaturas começam a subir ainda mais com a entrada de ventos vindos do norte.

Para o final de semana, acampamentos e atividades ao ar livre poderão ser programados, uma vez que o sol continua a predominar.

No domingo, a máxima chega a 36ºC na região de Santa Rosa.

Comente aqui
04 jan10:07

Clima quase desértico na região

Pricila Aita, divulgação

O noroeste teve ontem uma tarde com condições meteorológicas comparáveis às de deserto. O ar seco fez com que a umidade relativa do ar atingisse 14% em Santa Rosa, no Noroeste, conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Em desertos, o índice fica abaixo de 10%. Além de Santa Rosa outros municípios tiveram uma tarde quase desértica ontem. Em Cruz Alta e Santo Augusto no Noroeste.

De acordo com a Central de Meteorologia da RBS normalmente a média da umidade relativa do ar fica entre 45% e 60% no Estado nesta época do ano.

A exemplo de ontem, a quarta-feira será mais um dia de céu aberto no noreste. A massa de ar seco permanece sobre a região o que faz com que os índices de umidade relativa se mantenham baixos à tarde.

O tempo seco persiste até o final de semana e a massa de ar seco impede a formação de nuvens de chuva. A máxima varia entre 33ºC e 39ºC nos próximos dias.

Pelo menos 39 municípios gaúchos já decretaram situação de emergência em função da estiagem.

Comente aqui
02 jan08:36

Sol predominará durante a semana na região

Da Central de Meteorologia do Grupo RBS


O tempo seco e ensolarado retorna a todo o Estado nesta segunda-feira. As instabilidades se distanciam da região sul e em seu lugar uma massa de ar seco atua permitindo a presença do predomínio de sol.

A temperatura em Santa Ro9sa varia entre 17ºC e 29ºC nesta segunda-feira.

Na terça-feira, a massa de ar seco intensifica no Rio Grande do Sul e proporciona a rápida elevação das temperaturas.

Até o final da semana, o calor predomina com máximas que ultrapassam os 30ºC e podem chegar aos 40ºC no próximo domingo.

Comente aqui
01 jan11:06

Tempo firme no primeiro dia do ano

O ano de 2012 começa com tempo firme e calor no noroeste gaúcho. Depois da chuva em alguns pontos isolados, no final deste sábado, o tempo abre e o sol predomina ao longo do dia.

O dia será propício para quem quiser aproveitar o final de semana em balneários e para atividades ao ar livre. A máxima, nesta tarde, chegará a 29ºC.

Em alguns pontos podem ocorrer pancadas de chuva, mas serão rápidas e passageiras.

Tempo firme no início da semana

Na segunda-feira o tempo seco retorna para todo o Rio Grande do Sul. O sol aparece desde as primeiras horas do dia e as temperaturas variam entre 17ºC e 29ºC.

A terça-feira também vai ser marcada por tempo seco e sol em todo o Estado do Rio Grande do Sul. Durante a madrugada as temperaturas ficam mais baixas, com mínima de 13ºC.

Comente aqui
31 dez10:00

Novo ano deve começar com tempo firme no noroeste

O sábado começou com sol e elevação nas temperaturas no noroeste. Em algumas localidades as temperaturas chegam aos 32°C.

No decorrer do dia, a propagação de áreas de instabilidades pode trazer pancadas de chuva, mas com baixo acumulado.

No primeiro dia de 2012, o tempo deve ser seco com mescla de sol e nuvens. As temperaturas, no noroeste, giram em torno dos 26ºC.

O tempo seco volta com força para todo o Estado gaúcho na segunda-feira e deve predominar ao longo da semana. O sol brilha desde as primeiras horas do dia e as temperaturas entram em elevação.

Comente aqui
30 dez09:19

Pancadas de chuva devem atingir áreas do noroeste gaúcho

O céu nublado nesta manhã anuncia a possibilidade de pancadas de chuva que podem chegar até amanhã ao noroeste gaúcho. À tarde, em algumas áreas das Missões, a chuva deve aliviar a preocupação dos agricultores que já contabilizam perdas nos cultivos de verão. Para o milho não há mais chance de recuperação, mas para a soja, a chuva será bem-vinda.

No entanto, não haverá grandes volumes acumulados de chuva.


Final de semana da Virada

No sábado teremos mescla de sol e nuvens durante o dia, a chance de chuva pela manhã é pequena, mas durante a tarde podem ocorrer pancadas de chuva em praticamente todo o Estado.

Durante a noite o tempo deve melhorar na maior parte do estado e a virada deve ter tempo firme.

As temperaturas seguem altas e devem chegar aos 32ºC. As pancadas de chuva não geram grandes volumes acumulados de chuva e por conseqüência não deve solucionar os problemas com a estiagem.

No domingo, a massa de ar seco deve dominar sobre o Estado com mescla de sol e nuvens. O tempo deve abrir e a máxima chega a 29ºC.

Comente aqui