Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de junho 2010

Plástico verde na tampinha

30 de junho de 2010 0

O assunto já pintou por aqui, no Nosso Mundo. Em pouco mais de dois meses, a planta de polietileno verde da Braskem – que transformará etanol em resina para produtos plásticos – entrará em funcionamento em Triunfo (RS).

A matéria-prima renovável que entra no lugar do petróleo começou a atrair compradores muito tempo antes de a produção ter início. Boa notícia.

Pois bem, este mês, foi a vez da Tetra Pak mostrar o que fará com a parte do polietileno verde que vai adquirir da Braskem. As tampinhas de embalagens de leite, iogurtes, cítricos e outras bebidas serão feitas a partir do plástico verde.

A inovação foi apresentada na 26ª Feira Internacional de Embalagens, Processos e Logística (Fispal), em São Paulo.

O editor do caderno Cultura aqui da Zero Hora, Luiz Antônio Araújo, esteve lá e trouxe uma tampinha para conferirmos de perto. Olha ela aí embaixo.

Para quem não lembra (ou não viu) como a cana-de-açúcar vira resina plástica, trazemos o processo completo aqui para o blog.

A primeira foto é Reprodução da Tetra Pak

A segunda é do Carlos Edler

Conte histórias de sua infância

29 de junho de 2010 0

O ator Paulo Goulart escreveu uma história contando um pouco de sua infância ao lado do avô, o Nhô Quim. As linhas, preenchidas por Goulart com belas lembranças da Fazenda Santa Rita, fazem parte da campanha da Ortopé Crie Um Filho, Plante Uma Árvore, Escreva Um Livro.

Por meio dela, a empresa estimula os internautas a postarem histórias ligadas à infância e ao ambiente, sob o tema Qual É o Mundo que Você Quer Deixar para o Seu Filho?

As melhores narrações, selecionadas por uma comissão julgadora, serão reunidas em um livro.

Quem quiser participar tem até o dia 6 de dezembro para ir até o site, clicar no link Escreva Um Livro e contar um pouco do que viveu nos tempos de criança.

No site você também pode:

- Postar uma foto sua interagindo com a natureza

- Postar uma foto do seu filho em contato com o ambiente

As fotos mais criativas serão premiadas

Essa foto aqui é da Adriana Franciosi

Uma plataforma de boas experiências

29 de junho de 2010 0

Uma plataforma que reunirá o que de melhor vem sendo desenvolvido em termos de práticas sustentáveis em cidades mundo afora. Esta é a linha do projeto Plataforma Cidades Sustentáveis, do Movimento Nossa São Paulo e da Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis.

O programa, a ser lançado no dia 21 de julho, em São Paulo, tem como objetivo proporcionar a multiplicação de boas iniciativas de alguns lugares em outros. Além da versão impressa, haverá um site, que receberá atualizações constantes de novas experiências na área.

O legal é que, com as iniciativas todas listadas na plataforma, fica mais fácil estimular o debate e a mudança nas cidades que ainda estão engatinhando quando o assunto são práticas sustentáveis. Com o projeto, o Movimento Nossa São Paulo também quer contribuir para a discussão durante as eleições deste ano.

Fique de olho

O lançamento do Plataforma Cidades Sustentáveis será no dia 21 de julho, das 10h30min às 12h30min, no Sesc Consolação (Rua Dr. Vila Nova, 245), em São Paulo

Quer saber mais?

Acesse www.nossasaopaulo.org.br

A foto é do Hermínio Nunes

Vida nova ao pneu velho

28 de junho de 2010 3

A super-aranha que enfeita esta página e a revisteira cheia de charme aí embaixo são obras da ONG Associação dos Recicladores de Viamão (ARV), município da região metropolitana de Porto Alegre.

Fundada em 2005, a ARV resolveu fazer mais do que realizar bem o seu trabalho como congregadora dos catadores. A ONG investe em educação ambiental e cultural a partir da atividade de seus associados.

Joaquim Reis, artesão e presidente da Associação, afirma que, além de fabricar as peças, é preciso compartilhar o conhecimento a respeito da reciclagem, agregando valor ao que normalmente é descartado. Assim, segundo ele, se estará passando adiante a conscientização ambiental, possível e visível na proposta de reutilização de pneus.

Ao apostar no passo seguinte do trabalho do catador - produzir a partir do lixo – a ARV também proporciona uma valorização da atividade, dificilmente dotada de algum glamour.

- A associação conta com 64 famílias associadas compostas por catadores, artesãos, educadores ambientais e voluntários

São quatro os grupos de trabalho da ARV:

- Grupo Inclusão Digital e Tecnológica: Cursos, palestras e fomento da utilização de software livre

- Arte com Sucata: Arte e conscientização ambiental pela valorização e uso de resíduos recicláveis

- Núcleo Organizado Sob Interesse Solidário: Formado dentro da proposta de economia solidária, produz artesanatos e integra as mulheres em grupo de produção em costura, customização, pintura, crochê, trico etc

- Coocavi: Cooperativa formada pelos catadores que integram a associação.  A Cooperativa trabalha com 23 pessoas, que reciclam cerca de 150 quilos por dia.

O pneu não é um material biodegradável e demora cerca de 150 anos para se decompor na natureza

A ONG já recolheu mais de 2,5 mil unidades, que foram transformadas em móveis, peças decorativas, jardineiras e brinquedos nesses cinco anos

As fotos são do Joaquim Reis, divulgação.

Pés à moda brasileira em Londres

27 de junho de 2010 0

Brasileiras e feitas de plástico, as sandálias Melissa foram destaque no site verde TreeHugger sexta-feira.

Pensando nas tendências que vão fazer a cabeça da mulherada nesse verão inglês, o site elencou o Top 5 dos pés.

E a Melissa era a primeira da lista!

A foto reproduzida aqui no blog do Nosso Mundo, do modelo desenhado por Vivienne Westwood, vermelho com o coração rosa, estava no site e promete pegar nas ruas de Londres.

Indicada como um exemplo, por reduzir o desperdício no processo de fabricação e produzir com plástico injetado e reciclado, a marca brasileira ainda é destaque pelo design e pela versatilidade.

Das festas às ruas, a Melissa é, segundo o site britânico, uma boa escolha verde.

Quem quiser conferir as outras quatro indicações do TreeHugger para o próximo verão, pode clicar aqui.

O site britânico da Melissa, que destaca a sustentabilidade, também vale a visita. Confere.

Jovens e ativistas pelo planeta

26 de junho de 2010 1

Frio demais, calorão, chuva que não para ou vento forte. Se você tem entre 16 e 35 anos e se preocupa com essas e outras alterações climáticas do globo, a British Council te procura.

O programa Climate Generation busca jovens ativistas para uma rede internacional de Climate Champions baseada em conceitos de sustentabilidade.

Quem for selecionado recebe treinamento sobre liderança, gerenciamento de projetos e técnicas de negociação para debater soluções para as consequencias das mudanças climáticas em sua comunidade e depois participar da elaboração de um projeto mundial. Os escolhidos ainda podem receber uma bolsa para seus projetos e se candidatarem para participar de grandes eventos como a COP16, que ocorre esse ano no México.

Para se inscrever é preciso estar envolvido em algum projeto de combate às mudanças climáticas, gravar um vídeo e postar no YouTube. Além da ficha de inscrição, o jovem ativista precisa de duas cartas de referência.

Maiores informações, você encontra no site, clicando em Mudanças Climáticas. As inscrições vão até o dia 8 de julho.

A foto é do Fernando Gomes

Pequenos diretores

25 de junho de 2010 0

Mais que brincar, como nessa foto, crianças e adolescentes de 6 a 17 anos estão sendo convidados a fazer cinema.

O 3º Festival Latinoamericano de Cinema Infantil e Juvenil O Que Eu Vejo, promovido pela Save the Children, quer reunir criatividade e talento dos novos diretores em três categorias: animação, documentário e ficção.

Para a produção desse ano, foram escolhidos os seguintes temas:

- O reconhecimento da dignidade da pessoa em todos os seus aspectos

- A promoção da democracia

- O respeito pelos outros e por nosso planeta

Os vencedores, autores dos filmes mais bacanas, ganharão uma viagem à Cidade do México, com direito a um acompanhante, para assistir a cerimônia final de premiação do festival, no dia 19 de agosto.

As inscrições vão até o dia 16 de julho e no site tem mais informações.

A foto é do Tadeu Vilani

Nas mãozinhas

24 de junho de 2010 0

Desde maio, os alunos da Escola de Educação Infantil Creare, de Porto Alegre, estão trabalhando no projeto O Mundo em Nossas Mãos.

E, assim, a turma do Jardim B fizeram esse mundinho que você vê aqui, símbolo do projeto.

Na pauta dos pequenos, temas como o lixo e seus destinos, a poluição do solo e da água.

Nessas duas fotos, as crianças estão aprendendo a fazer papel reciclado.

E essa registra o encontro com a bióloga Virgínia Steiger, que conversou sobre animais que vivem no lixo e possíveis doenças que eles podem ajudar a desenvolver.

O projeto foi selado com uma mostra de trabalho no sábado, dia 12.

É o futuro em mãozinhas.

As fotos são do João Jacobsen, divulgação.

Última chamada

23 de junho de 2010 0

Hoje é o último dia da exposição Caminho das Águas no  Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (CCCEV) em Porto Alegre. E a chamada é para reflexão.

Um vídeo com imagens do coral esloveno Perpetuum Jazzili simulando o barulho da chuva com sons das mãos, a questão do consumo inadequado e curiosidades como a Dança da Chuva estão em destaque na mostra.

As fotos são lindas, como você pode ver aqui, e o CCCEV fica na Rua dos Andradas, 1223.

Tudo isso está na Sala O Retrato – quarto andar – das 10h às 19h de hoje.

Última chamada.

As fotos são do Beto Rodrigues, divulgação.

Um vinho bem mais leve

22 de junho de 2010 0

Pela sequência de inovações que vem apresentando, pode-se dizer que o setor de bebidas está mesmo empenhado em reduzir custos e impactos. Depois das garrafas quadradas, adotadas na Espanha, agora é a vez da Miolo Wine Group, responsável por marcas como a Almadén, apresentar sua embalagem mais sustentável.

O caminho feito pela empresa brasileira determinou a redução no peso das garrafas, que agora levam menos quantidade de vidro na produção. As embalagens são produzidas pela O-I Owens Illinois do Brasil, uma das maiores fornecedoras mundiais de frascos de vidro, e tiveram seu peso reduzido em cerca de 30%.

Além de retirar menos matéria-prima do ambiente, as garrafas mais leves ainda contribuem para a diminuição do número de viagens para o seu transporte. Sendo mais leves, podem ser transportadas em mais quantidade.

As novas garrafas devem chegar ao mercado ainda neste ano e levarão o selo Leve+Verde. A empresa garante que as embalagens mais leves são tão resistentes quanto às antigas.

E tem mais:

- A Vinícola Almadén, de Santana do Livramento (RS), é uma das poucas empresas do setor a contar com a ISO 14001, norma que estabelece diretrizes sobre a área de gestão ambiental dentro de empresas. A Almadén tem o selo desde 2005.