Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de fevereiro 2012

Seminário discute pagamento de serviços ambientais

29 de fevereiro de 2012 0

Um assunto importante estará em debate nessa sexta-feira, no Auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa. Previsto para ocorrer entre 9h e 17h30min, o 1º Seminário Estadual sobre Pagamento de Serviços Ambientais discutirá a implantação da prática no Estado – a ideia é dar incentivos, inclusive financeiros, a quem protege o ambiente.

O evento será gratuito e aberto ao público. Contará com entidades ligadas à preservação ambiental e com autoridades das secretarias estadual e municipal de Meio Ambiente.

Outras informações: (51) 3210-2242/2284 e comissaopsa@al.rs.gov.br.

Fórum Mundial de Bicicletas

22 de fevereiro de 2012 0

Começa nessa quinta-feira o primeiro Fórum Mundial da Bicicleta em Porto Alegre. O evento irá discutir o futuro das cidades e o papel da bicicleta em diversos âmbitos. A programação inclui palestras, debates e oficinas. O evento ocorre no dia em que completa-se  um ano do atropelamento coletivo dos ciclistas do grupo Massa Crítica.

1° Fórum Mundial de Bicicletas
Quando: de 23 a 26 de fevereiro de 2012
Onde: Usina do Gasômetro, Porto Alegre
Outras informações: http://forummundialdabici.com

Destino para as latinhas

14 de fevereiro de 2012 0

Vai passar o Carnaval no Nordeste?

Então fique de olho no projeto Reciclaço.

Pelo 11º ano consecutivo, recolherá as latinhas de cerveja e refrigerante consumidas nas principais cidades nordestinas. Neste ano, o trabalho será simultaneamente em Recife e Olinda (Pernambuco), de sábado a terça-feira, nos principais circuitos.

Para 2012 a estimativa é que o aumento do consumo de bebidas seja de 50% já nos 15 dias que antecedem a festa, de acordo com Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Águas Minerais, Cervejas e Bebidas em Geral do Estado do Ceará – Sindibebidas. Baseado neste crescimento de consumo, a ideia é repetir o sucesso do ano passado, quando o projeto arrecadou neste mesmo período, 272 toneladas de lata de aço pós-consumo.

Trezentas empresas compram as embalagens de catadores e cooperativas e as enviam para um dos postos de coletas do projeto, distribuídos em 160 cidades. Desde sua criação, em 2001, o Reciclaço já recolheu aproximadamente 150 mil toneladas de aço.

Raí: "O eleitor poderá acompanhar o que o candidato está fazendo"

13 de fevereiro de 2012 0

Tetracampeão com a Seleção Brasileira, Raí Oliveira, 46 anos, é conhecido por seu trabalho no terceiro setor – é presidente da Fundação Gol de Letra e Atletas pela Cidadania. Seu rosto está em uma das peças publicitárias da campanha Eu Voto Sustentável, do Programa Cidades Sustentáveis. Dois dias depois de receber em Londres o prêmio Laureus, considerado o Oscar do esporte, por seu trabalho social, o ex-jogador conversou com o repórter Guilherme Mazui, do Nosso Mundo, sobre os conceitos verdes nas eleições muncipais.

Nosso Mundo – Por que você aceitou participar da campanha?
Raí Oliveira – A campanha convoca a participação dos eleitores, trabalha com transparência e uma plataforma clara. É uma campanha muito direta, que passa pela participação da população de forma democrática. Além disso, conheço as instituições envolvidas, que são muito sérias.

NM – Como é o seu voto sustentável?
Raí – Escolher um candidato que se comprometa com uma plataforma voltada para sustentabilidade já é importante, pois busca caminhos para uma plataforma de governo que busca qualidade de vida, justiça social, que melhore a vida das pessoas.

NM – Ao assinar a carta da campanha, o candidato se obriga a, caso eleito, criar um plano de meta e prestar contas. É uma ferramenta clara de avaliação?
Raí – Se existe um compromisso firmado, isso pode ser muito bom para quem foi fiel e ao mesmo tempo ruim para quem não cumpriu. O eleitor poderá acompanhar o que o candidato está fazendo, avaliando o trabalho, o que pode ser decisivo em eleições futuras.

NM – As eleições municipais facilitam ou dificultam o trabalho de difundir a sustentabilidade?
Raí – Estar próximo da governança, do poder público, auxilia o debate. Mas em um país do tamanho do Brasil a divulgação da campanha é um desafio muito grande.

NM – Falando em sustentabilidade, qual o principal problema das cidades brasileiras?
Raí – É centralização do poder, que acaba prejudicando a transparência de uma forma geral. Se você centraliza as questões, favorece a corrupção, falta de transparência. O ideial é descentralizar o poder das decisões.

Vem aí o Fórum Mundial de Sustentabilidade

08 de fevereiro de 2012 0

Se Porto Alegre recebeu o Fórum Social, o norte do país também terá um evento expressivo. Com o tema Economia Verde e Desenvolvimento Sustentável, Manaus sediará, entre 22 e 24 de março, o 3º Fórum Mundial de Sustentabilidade.

Estes são os principais palestrantes:

> Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República;

> Bianca Jagger, ativista social e política;

> Mark London, consultor, escritor e jornalista norte-americano;

> Gro Brundtland, primeira mulher a ser primeira-ministra da Noruega;

> Roberto Rodrigues, economista e ex-ministro da Agricultura;

> Kumi Naidoo, diretor-executivo do Greenpeace Internacional.

Fórum discute Rio+20

08 de fevereiro de 2012 0

Fernando Antonio Lyrio Silva, assessor extraordinário para a Rio+20 do Ministério do Meio Ambiente, dará palestra nessa quinta no fórum “Despertar para a Rio+20”, que será promovido pela Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), em São Paulo.

Além de Lyrio Silva, que foi chefe da Assessoria de Assuntos Internacionais do Ministério do Meio Ambiente de 2003 a 2011, o fórum reunirá ainda diversos especialistas governamentais ligados aos ministérios de Relações Exteriores e da Agricultura, e que estão diretamente envolvidos com a preparação do encontro no Rio, que celebra os 20 anos da Rio 1992, a conferência que resultou em diversos documentos importantes que norteiam as políticas ambientais do mundo até hoje.

Também participarão o embaixador André Correa do Lago, chefe do Departamento de Meio Ambiente e Temas Especiais do Ministério das Relações Exteriores, e Erikson Camargo Chandoha, secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Todos os participantes estão envolvidos diretamente com a preparação da Rio +20. O embaixador André Corrêa do Lago, por exemplo, foi o chefe da delegação brasileira durante a 16ª Cúpula da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP17), realizada em dezembro, em Durban, na África do Sul.  Ele sustenta que a Rio+20 abrirá enormes oportunidades econômicas para o Brasil.

Mutirão no Rio

07 de fevereiro de 2012 0

No último sábado, o projeto Ilhas do Rio, patrocinado pelo Programa Petrobras Ambiental, promoveu um mutirão de limpeza nas llhas Cagarras, localizadas a 5 quilômetros ao sul da praia de Ipanema, no Rio.

Com a participação de cerca de 100 voluntários, foram retirados 78 kg de lixo das ilhas. As garrafas PET lideraram a lista dos objetos encontrados. Dos 27 kg de plástico retirados, oito kg eram só de garrafas PET. Também foram trazidos de volta para o continente 19 kg de vidros, 13 kg de metais e restos de redes de pesca.

Em menor quantidade, foram encontrados pneus e baterias de caminhão, que são usadas também em barcos. No domingo, o material foi separado e pesado na colônia de pescadores de Copacabana.

Valencia ganha patrocinador solar

01 de fevereiro de 2012 0

Clube do atacante Jonas, ex-Grêmio, o Valencia anunciou o patrocínio da JinKO Solar, uma empresa chinesa focada em energias renováveis. A íntegra da notícia, divulgada pelo site valenciano superdeporte.es, está aqui.

O exemplo espanhol pode servir, no futuro, para os times brasileiros. Afinal, os chineses estão expandido o próprio mercado no futebol. Não seria absurdo que uma equipe de lá patrocinasse um time daqui.

Sediada em Xangai, a JinKO tem cerca de 10 mil empregados e ações em Wall Street.