Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Design"

Carta do Amazonas

24 de março de 2012 0

Organizador do Fórum Mundial de Sustentabilidade, o Grupo  de Líderes Empresariais (LIDE) divulgou há pouca a Carta do Amazonas. Abaixo, a íntegra:


CARTA DO AMAZONAS

Neste ano de 2012, em que a atenção do planeta está focada no Brasil devido à Rio+20, o LIDE firma o compromisso de mobilizar a sociedade brasileira pela aprovação de uma legislação nacional de pagamentos por serviços ambientais, reconhecendo este mecanismo como fundamental para garantir o desenvolvimento sustentável.

Destacamos também, através do FÓRUM MUNDIAL DE SUSTENTABILIDADE, outros temas que merecem especial atenção da sociedade brasileira e mundial. São eles:

1 – A aprovação de um tratado internacional para implementar o REDD+ como mecanismo de preservação das florestas nativas.

2 – Estabelecimento de metas para a universalização do acesso à energia limpa até o ano de 2030.

3 – O apoio à maior cooperação Sul-Sul, na base de benefícios mútuos que não repitam os erros cometidos no passado.

4- A importância de repensar as estruturas atuais da ONU para aumentar a eficácia dos processos de governança internacional.

5 – A formulação de um programa de governança dos oceanos, que permita a recuperação dos ecossistemas marinhos e estoques pesqueiros, através da criação de áreas marinhas protegidas em águas territoriais nacionais e internacionais.

6 – O reconhecimento de que a atmosfera é um bem comum, compartilhado por todos, e cuja contaminação por gases do efeito estufa e outros poluentes precisa ser gradualmente eliminada, através de um cronograma mundial de metas firmes e compatíveis com a ciência.

7 – O desenvolvimento de uma plataforma ambiental a nível municipal como prioridade, que explicite compromissos a serem assumidos por governantes locais, com especial atenção à universalização do saneamento básico, ao incentivo à construção sustentável e à promoção da educação ambiental e do consumo consciente.

8 – A regulamentação e efetivo cumprimento do Plano Nacional de Resíduos Sólidos, dando atenção à possibilidade de geração de empregos, através da valorização da cadeia de reciclagem do PET.

9 – O uso das respectivas cadeias de valor de grandes corporações para promover o comércio justo e o desenvolvimento sustentável na base da economia.

10 – A incorporação clara e explícita nas metas de desenvolvimento dos direitos de futuras gerações a um meio ambiente mais limpo e sadio.

Manaus, 24 de Março de 2012

As flores do asfalto

07 de setembro de 2011 0

As peças nas fotos abaixo são obra da designer de joias Adriana Cauduro e parte da coleção Flores do Asfalto, que teve pré-lançamento realizado em agosto no Theatro São Pedro, em Porto Alegre.

O trabalho reúne materiais nobres, como ouro e murano, com artesanato em borracha reciclada.

As joias terão 10% do valor de venda revertido para as artesãs integrantes do projeto Canoa, que produz peças com material descartado nas indústrias petrolífera, automobilística e têxtil.

Lustre de prata

04 de setembro de 2011 0

Eu curti (muito) esse lustre feito a partir de colheres de prata vintage.

Baita ideia, razoavelmente fácil de reproduzir. Até porque o preço cobrado pela Cake, marca especializada em peças antigas, é bem salgado. Nada menos do que US$ 2,2 mil.

Sandália geek

18 de agosto de 2011 1

Vez que outra, nesse mundo verde onde tudo pode ser reaproveitado, surgem criações, digamos, bem bizarras.

É o caso desta sandália feita de restos de computador pelo artista americano Steven Rodrig.

Com a palavra, o criador:

“É verão, tempo de apresentar a Data Sandals, criada a partir de placas-mãe de PCs, fios e uma série de outros componentes eletrônicos, todos unidos para esse modelo único e detalhista de sandália.”

Então tá. Na loja virtual de Rodrig, dá para conferir outras criações do tipo.

Leilão de bancos

15 de agosto de 2011 1

Os mais de 40 bancos que levam assinatura de designers, arquitetos, artistas plásticos e entidades ligadas ao design que integram o projeto Banco de Ideias da Casa Brasil 2011 estão disponíveis em um leilão virtual que segue até 21 de agosto.

Quem quiser participar deve acessar o site www.sindmoveis.com.br/bancodeideias/ e dar um lance. Para isso, é preciso, também, escolher uma entidade beneficente com a qual gostaria contribuir.

As organizações mais votadas receberão parte da renda arrecadada com o leilão. Confira duas das peças participantes:

Orgânico na cozinha

11 de agosto de 2011 1

Olha que graça esses panos de prato de crochê. Além de serem feitos a mão, o material utilizado é algodão orgânico.

Eles são produzidos por Trisha Koons, uma americana com um perfil superfofo na loja virtual Etsy. Ela começa contando que trabalha em meio período, é mãe de duas meninas e tem dois gatos laranja tigrados e dois peixinhos de olhar estranho.

Gaste cinco minutos para dar uma olhada nos produtos da moça.

Reaproveitamento em Bento

06 de agosto de 2011 0

O pavilhão F da Casa Brasil 2011, feira de móveis e design que termina hoje em Bento Gonçalves, na Serra, teve sua concepção visual toda elaborada com sobras de materiais da indústria moveleira do município.

Os painéis foram criados pelas designers gaúchas Tina e Lui e pelo designer e diretor de criação Jum Nakao.

A feira ainda trouxe outros bons exemplos de reutilização de materiais.

A Prima Design, por exemplo, utilizou 13,4 mil sacolas plásticas coletadas por um grupo de artesãs de Bagé, na Campanha. Com as sacolas, a empresa criou os 53 nichos de tricô, que compõem o visual de seu estande.

Ponto para eles.

Tudo de papelão

20 de julho de 2011 0

Olha que graça o banco e a centopeia de papelão da Jaya, marca criada pela designer Sabrina Arini.

A ideia da marca é propor o uso de materiais reaproveitados e de menor impacto no planeta.

Somente neste ano, Sabrina foi finalista do Prêmio Top XXI Design Brasil 2011, da revista ABC Design, e seu famoso banco de papelão entrou para a Short List de Cannes, na França.

Corrimão de árvore

19 de julho de 2011 0

Já mostrei aqui no blog e no caderno iniciativas legais de artistas que transformam troncos em obras de arte. Os trabalhos são feitos a partir de árvores que quebram ou caem durante um temporal.

Pois, dando uma olhada no Re-Nest hoje, deparei com mais uma forma de aproveitar os galhos que desabam. E esta dá para reproduzir em casa. Exige um alto grau de dedicação, é claro, e é mais adequado a espaços rústicos.

Basta seguir a ideia do pessoal do Country Living, que transformou um galho em corrimão! Achei criativo e prático. Além de dar novo charme para um item da casa que não tem recebido muita atenção.

 

Contra o desperdício

18 de julho de 2011 0


Curtiu a caneca aí em cima? Pois o nome dela é Viena, uma criação da empresa de design Coza. Se você quer garantir 240 dessas para a sua empresa ou para uma instituição a sua escolha, corra.
A promoção Bye Bye Desperdício, criada pela agência Brand, segue até hoje. Para participar, basta enviar uma imagem da caneca customizada. Uma comissão julgadora vai selecionar as melhores e disponibilizar para votação do público no site www.coza.com.br/byebye
Além de indicar a empresa ou a instituição que vai receber as canecas, o vencedor recebe ainda um vale-compras de R$ 300 na Loja Virtual Coza.
Uma forma legal de evitar o uso excessivo de copos plásticos e ainda encher seu trabalho de estilo.