Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Raí: "O eleitor poderá acompanhar o que o candidato está fazendo"

13 de fevereiro de 2012 0

Tetracampeão com a Seleção Brasileira, Raí Oliveira, 46 anos, é conhecido por seu trabalho no terceiro setor – é presidente da Fundação Gol de Letra e Atletas pela Cidadania. Seu rosto está em uma das peças publicitárias da campanha Eu Voto Sustentável, do Programa Cidades Sustentáveis. Dois dias depois de receber em Londres o prêmio Laureus, considerado o Oscar do esporte, por seu trabalho social, o ex-jogador conversou com o repórter Guilherme Mazui, do Nosso Mundo, sobre os conceitos verdes nas eleições muncipais.

Nosso Mundo – Por que você aceitou participar da campanha?
Raí Oliveira – A campanha convoca a participação dos eleitores, trabalha com transparência e uma plataforma clara. É uma campanha muito direta, que passa pela participação da população de forma democrática. Além disso, conheço as instituições envolvidas, que são muito sérias.

NM – Como é o seu voto sustentável?
Raí – Escolher um candidato que se comprometa com uma plataforma voltada para sustentabilidade já é importante, pois busca caminhos para uma plataforma de governo que busca qualidade de vida, justiça social, que melhore a vida das pessoas.

NM – Ao assinar a carta da campanha, o candidato se obriga a, caso eleito, criar um plano de meta e prestar contas. É uma ferramenta clara de avaliação?
Raí – Se existe um compromisso firmado, isso pode ser muito bom para quem foi fiel e ao mesmo tempo ruim para quem não cumpriu. O eleitor poderá acompanhar o que o candidato está fazendo, avaliando o trabalho, o que pode ser decisivo em eleições futuras.

NM – As eleições municipais facilitam ou dificultam o trabalho de difundir a sustentabilidade?
Raí – Estar próximo da governança, do poder público, auxilia o debate. Mas em um país do tamanho do Brasil a divulgação da campanha é um desafio muito grande.

NM – Falando em sustentabilidade, qual o principal problema das cidades brasileiras?
Raí – É centralização do poder, que acaba prejudicando a transparência de uma forma geral. Se você centraliza as questões, favorece a corrupção, falta de transparência. O ideial é descentralizar o poder das decisões.

Vem aí o Fórum Mundial de Sustentabilidade

08 de fevereiro de 2012 0

Se Porto Alegre recebeu o Fórum Social, o norte do país também terá um evento expressivo. Com o tema Economia Verde e Desenvolvimento Sustentável, Manaus sediará, entre 22 e 24 de março, o 3º Fórum Mundial de Sustentabilidade.

Estes são os principais palestrantes:

> Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República;

> Bianca Jagger, ativista social e política;

> Mark London, consultor, escritor e jornalista norte-americano;

> Gro Brundtland, primeira mulher a ser primeira-ministra da Noruega;

> Roberto Rodrigues, economista e ex-ministro da Agricultura;

> Kumi Naidoo, diretor-executivo do Greenpeace Internacional.

Fórum discute Rio+20

08 de fevereiro de 2012 0

Fernando Antonio Lyrio Silva, assessor extraordinário para a Rio+20 do Ministério do Meio Ambiente, dará palestra nessa quinta no fórum “Despertar para a Rio+20”, que será promovido pela Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), em São Paulo.

Além de Lyrio Silva, que foi chefe da Assessoria de Assuntos Internacionais do Ministério do Meio Ambiente de 2003 a 2011, o fórum reunirá ainda diversos especialistas governamentais ligados aos ministérios de Relações Exteriores e da Agricultura, e que estão diretamente envolvidos com a preparação do encontro no Rio, que celebra os 20 anos da Rio 1992, a conferência que resultou em diversos documentos importantes que norteiam as políticas ambientais do mundo até hoje.

Também participarão o embaixador André Correa do Lago, chefe do Departamento de Meio Ambiente e Temas Especiais do Ministério das Relações Exteriores, e Erikson Camargo Chandoha, secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Todos os participantes estão envolvidos diretamente com a preparação da Rio +20. O embaixador André Corrêa do Lago, por exemplo, foi o chefe da delegação brasileira durante a 16ª Cúpula da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP17), realizada em dezembro, em Durban, na África do Sul.  Ele sustenta que a Rio+20 abrirá enormes oportunidades econômicas para o Brasil.

Mutirão no Rio

07 de fevereiro de 2012 0

No último sábado, o projeto Ilhas do Rio, patrocinado pelo Programa Petrobras Ambiental, promoveu um mutirão de limpeza nas llhas Cagarras, localizadas a 5 quilômetros ao sul da praia de Ipanema, no Rio.

Com a participação de cerca de 100 voluntários, foram retirados 78 kg de lixo das ilhas. As garrafas PET lideraram a lista dos objetos encontrados. Dos 27 kg de plástico retirados, oito kg eram só de garrafas PET. Também foram trazidos de volta para o continente 19 kg de vidros, 13 kg de metais e restos de redes de pesca.

Em menor quantidade, foram encontrados pneus e baterias de caminhão, que são usadas também em barcos. No domingo, o material foi separado e pesado na colônia de pescadores de Copacabana.

Valencia ganha patrocinador solar

01 de fevereiro de 2012 0

Clube do atacante Jonas, ex-Grêmio, o Valencia anunciou o patrocínio da JinKO Solar, uma empresa chinesa focada em energias renováveis. A íntegra da notícia, divulgada pelo site valenciano superdeporte.es, está aqui.

O exemplo espanhol pode servir, no futuro, para os times brasileiros. Afinal, os chineses estão expandido o próprio mercado no futebol. Não seria absurdo que uma equipe de lá patrocinasse um time daqui.

Sediada em Xangai, a JinKO tem cerca de 10 mil empregados e ações em Wall Street.

Sacolas, sacolas

31 de janeiro de 2012 0

Em tempos de polêmicas de sacolas, vale ver os casos das irlandas. O governo da Irlanda do Norte irá cobrar, a partir do próximo ano, uma taxa de cinco centavos por sacola plástica. Quer diminuir o uso. Na República da Irlanda vigora há 10 anos um imposto de 22 centavos por sacola. Lá, a queda na utilização chegou a 90%.

Vencedores do Concurso do Nosso Mundo

25 de janeiro de 2012 1

Essas são as quatro frases vencedoras do Concurso Cultural Planeta Terra – Nosso Mundo Sustentável.

Obrigado a todos pela participação (acreditem, não foi fácil escolher entre tantas frases), e parabéns aos vencedores!

Cada um ganhou um DVD da Coleção BBC Earth – Planeta Terra.

Os vencedores já foram comunicados por e-mail e podem retirar o prêmio aqui na redação de ZH.


1º Lugar: DVD Planeta Terra _ Montanhas, De polo a polo e Água Doce;
E-mail: eivaleria@gmail.com
Meus medos. De morcego. Da escuridão das cavernas. Do fim de grandes planícies. Da agonia dos oceanos. Das ameaças à biodiversidade. Da falta de água. De vida. Mar de medos. O maior? A insensatez do homem! De polo a polo. De leste a oeste. De ricos e pobres.

2º Lugar: DVD Planeta Terra _ Cavernas, Desertos e Terras Geladas;
E-mail: mv.parasempre@hotmail.com
Basta-me sentir o aroma da chuva molhando a terra, o arrepio do minuano varrendo grandes planícies, a maresia calma que me sopram oceanos, para ter certeza, mesmo estando oculto em cavernas, de que este é o nosso mundo, de polo a polo, de aurora a poente.

3º Lugar: DVD Planeta Terra _ Grandes planícies, Selvas e Mar raso;
E-mail: tiagofeldkircher@yahoo.com.br
Entrar em cavernas, correr por grandes planícies, mergulhar nas profundezas de todos os oceanos e caminhar até o polo norte, essas seriam as loucuras que eu faria para conhecer novas espécies, desvendar regiões inóspitas e aprender sobre o planeta Terra.

4º Lugar: DVD Planeta Terra _ Grandes oceanos e Florestas Sazonais.
E-mail: ericapille@gmail.com
Seja enorme, como de polo a polo, o desejo de conhecer e preservar o mistério das cavernas, a vida no silêncio das grandes planícies, a surpreendente beleza desde as incógnitas profundezas dos oceanos aos cumes das montanhas, os mudos desertos, o milagre da água doce e o pulsar das florestas.

Concurso encerrado

23 de janeiro de 2012 0

Pessoal, acabou o prazo para inscrever a frase para o concurso cultural do Nosso Mundo Sustentável. Agora é ficar ligado aqui no blog para conhecer os vencedores, que serão divulgados em breve.

É preciso reaproveitar

19 de janeiro de 2012 0

Bom exemplo dado pela superintendência do Ibama gaúcho: entregou 6.675 metros cúbicos de mogno serrado para o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). A madeira entrará na restauração do Teatro Esperança, inaugurado em 1897, em Jaguarão. O prédio foi tomado pelo IPHAN.

Concurso Cultural do Nosso Mundo

16 de janeiro de 2012 1

Já está valendo o Concurso Cultural Planeta Terra – Nosso Mundo Sustentável. Os vencedores serão premiados com um DVD da Coleção Earth, produzida pela BBC e disponível para venda pela RBS Publicações. Para participar, clique aqui.