Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Eventos"

Marina Silva: "O Brasil tem de se colocar como potência ambiental"

05 de dezembro de 2011 0

 



Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente. Foto: Antonio Cruz, Agência Brasil.



Ex-ministra do Meio Ambiente e responsável pela onda verde nas eleições presidenciais de 2010, Marina Silva espera que a Rio+20, em junho do próximo ano, defina uma agenda para implementar de vez o desenvolvimento sustentável. Ela está na reportagem de capa da edição desta segunda-feira do Nosso Mundo Sustentável. Aqui no blog, você confere a primeira parte da entrevista da ambientalista ao repórter Guilherme Mazui:

Nosso Mundo – Qual o principal desafio da Rio+20?
Marina Silva – O principal é avaliar corretamente esses 20 anos (depois da Eco 92) e assumir os compromissos necessários do ponto de vista efetivo para enfrentar o agravamento das mudanças climáticas. É preciso encarar a questão corretamente do ponto de vista da governança. O Brasil já se comprometeu em 2007, quando eu era ministra e o Celso Amorim estava na pasta das Relações Exteriores, em apoiar a França para criar no âmbito nas Nações Unidas um órgão semelhante à Organização Mundial do Comércio (OMC) com foco no meio ambiente. Infelizmente, o Brasil retrocedeu. A questão da implementação de uma agenda pós Rio+20 vai ficar à deriva. O Pnuma (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) não tem estrutura financeira nem política para implementar essa agenda. É fundamental o Brasil ter posição firme na criação de um organismo social forte para agenda de meio ambiente e desenvolvimento sustentável.

NM _ Qual a expectativa da senhora sobre a atuação do Brasil?
Marina _ O Brasil não pode permitir retrocessos nas conquistas que tivemos nos últimos anos, e precisa batalhar para negociar na Rio+20 em cima de avanços. Espero que o país tenha protagonismo maior no âmbito da convenção, se distanciando das posições retrógadas do G-7 e, ao mesmo tempo, uma posição mais ousada dentro do G-20. O G-20 é responsável por 80% do PIB global. Esses países podem fazer a diferença, ainda que o acordo seja multilateral. Não se pode abrir mão dessas expectativas se o Brasil quiser fazer jus à potencia ambiental que é e ao que ele conquistou ao longo desses anos. Se ele é o anfitrião, tem a obrigação de se colocar como potência ambiental, país negociador e país importante entre os emergentes.

NM _ Passados 20 anos, o que foi implementado dos acordos da Eco 92?
Marina _ Houve baixa implementação dos acordos assumidos. Tivemos avanços significativos, houve toda uma agenda política e institucional no âmbito da ONU dos Estados nacionais, que serviu de base para medidas internas e no âmbito das convenções de desertificação, de clima e de biodiversidade. No entanto, ficou aquém do ponto de vista prático.

NM _ A senhora concorda com o foco da Rio+20 na economia verde e governança?
Marina _ Prefiro trabalhar com ideia de desenvolvimento sustentável. Suponhamos que economia verde esteja nesse contexto. Com a crise, países estão com a política de baixar as expectativas da Rio+20, o que não é aceitável. A realidade continua dramática e com o sentido de urgência que sempre teve. Só é possível enfrentar os problemas graves da mudança climática e da perda da biodiversidade pela mudança. Integrar economia e ecologia, fazer um esforço para passar no teste em vez de mudar o teste. Buscar a partir de uma nova visão novos processos, novas estruturas, novos produtos, novos materiais, uma nova base, novos conhecimentos. Assim poderemos ter uma economia próspera, que mude a vida das pessoas. Mas pelos caminhos da sustentabilidade, e não por esse modelos predatórios que vão inviabilizar no longo prazo a vida do planeta.

Debate no Jardim Botânico

29 de agosto de 2011 0

Rola amanhã o evento Verdes Debates: Rio+ 20 – Conquistas, trajetória e perspectivas, promovido pela Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul, às 14h, no auditório do Jardim Botânico (Rua Salvador França, 1427 — Bairro Jardim Botânico, na Capital.

Em discussão, a Rio+20 — Conferência das Nações Unidas para Desenvolvimento Sustentável, que ocorre em 2012. Na oportunidade, ambientalistas e líderes do mundo inteiro estarão no Rio de Janeiro para uma nova reunião, 20 anos depois da Rio-92.

Quem participa do debate na Capital:

- Ivo Lessa, consultor técnico da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul)

- Tiago Pereira, consultor da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs)

- Beto Moesch, vereador de Porto Alegre

- Fernando Campos, representante da Assembleia Permanente das Entidades em Defesa do Meio Ambiente (APEDeMA)

- Representantes da Federação das Associações de Municípios de Rio Grande do Sul (Famurs).

Evento de sucesso

20 de agosto de 2011 0

Pela animação da multidão de gente na foto abaixo, dá para ter uma ideia do clima que tomou conta da Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre, na quarta-feira passada.

O evento em questão foi o Start, seminário sobre sustentabilidade promovido pela Câmara Americana de Comércio em parceria com a Net Impact.

No total, 280 pessoas, entre empresários e estudantes, participaram do debate. A ideia, segundo a organização, era aproximar o tema do cotidiano e destacar a importância das atividades sustentáveis para o futuro de cada um e da sociedade.

É a segunda edição do evento. A primeira foi no ano passado.

Estande da Trópico premiado

18 de junho de 2011 0


O uso de madeira reaproveitada e a escolha por ambientar o espaço com plantas naturais ajudou a rede Trópico a vencer o troféu Estande Responsável durante a ABF Franchising Expo, uma das maiores feiras de franquias da América Latina, que rolou no início de junho em São Paulo.
A avaliação dos estandes foi feita pela Reciclagem, empresa atuante na área de gestão e marketing ambiental.
O prêmio vai bem na linha que a Trópico vem mantendo, com ações de limpeza em praias e o apoio à Associação Franquia Sustentável (Afras).
Confira o visual do estande, inspirado em Bali.


Mesa de Diálogos na UFRGS

15 de junho de 2011 0


Será nesta quinta-feira, o terceiro encontro do Mesa de Diálogos promovido pela Educação Gaia Sul.
O evento vai contar com uma palestra gratuita do assessor científico da National Geographic Brasil Rualdo Menegat, que vai abordar a civilização e as perspectivas da vida.
O encontro será às 19h, na sala 2 do salão de atos da UFRGS (Av. Paulo Gama, 110/ térreo).
Mais informações: edugaiasul@gmail.com ou (51) 9282 0785 ou no site www.gaiabrasil.net no link Educação Gaia Sul.


Produção + Limpa na UFRGS

07 de junho de 2011 0


Entre quarta e quinta-feira desta semana, Porto Alegre vai reunir um pessoal que entende (mesmo) de tecnologias de redução de impactos no processo produtivo. É que a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes-RS), o Centro de Tecnologias Limpas do Senai e a UFRGS promovem o 6º Fórum Internacional de Produção + Limpa.
Serão dois dias discutindo temas como Inovação, Competitividade e Sustentabilidade Ambiental nas Organizações e O Perfil Desejado pelas Organizações para Atuação do Profissional na Área Ambiental. Tudo no Salão de Atos da UFRGS.
Além de executivos de empresas como Refap, Braskem e Walmart, a organização vai trazer o especialista Christian Hohaus, do Fraunhofer Institute for Material Flow and Logistics, da Alemanha, para falar de um assunto que não deve sair da imprensa tão cedo, a logística reversa. Isso em função da implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos.
Quer saber mais? Acesse o site do evento.


Obra surpresa e colaborativa em Bento

06 de junho de 2011 2


A Casa Brasil 2001, que será realizada em agosto no Parque de Eventos de Bento Gonçalves (RS), vai contar com uma obra dos Irmãos Campana logo no hall de entrada.
Não bastasse apresentar uma peça exclusiva, a dupla de designers de São Paulo preparou uma obra colaborativa (e ainda em segredo).
Explico, a criação precisará do apoio da comunidade da região para ser executada. Para isso, os Campana pediram ao Sindmóveis que mobilizasse a população a arrecadas 10 mil garrafas PET de 1,5 e de dois litros. Detalhe: elas devem ser transparentes ou verdes, estarem lavadas e sem o rótulo.
Interessou e quer participar? Ligue no (54) 2102-6800 ou entregue direto na Rua Treze de Maio, 229, 2º andar, em Bento.


Virada Sustentável em São Paulo

03 de junho de 2011 0

A Virada Cultural já um clássico da capital paulista. São 24 horas de shows e eventos artísticos tomando conta da cidade.

Pois bem, chegou a hora de São Paulo ganhar sua Virada Sustentável.
Vai ter ioga, meditação, exposições de temática ambiental, mostra de cinema e troca-troca de livros, CDs, brinquedos e roupas na Vila Madalena.
O evento vai rolar amanhã e domingo, e a organização promete que cerca de 5 mil árvores serão plantadas para compensar as emissões.
Confere o vídeo de lançamento do evento:


Começa com você

30 de maio de 2011 2


É só até amanhã o prazo para inscrições na Gincana Impacto Zero SWU.
Para quem não viu no Fantástico do domingo retrasado, a disputa quer mobilizar universitários no país todo a mostrarem projetos ligados à sustentabilidade.
A equipe vencedora vai receber R$ 500 mil do movimento Starts With You (SWU) para implementar sua ideia.
Vale destacar, ainda, que durante a gincana as equipes vão participar de um reality show no Multishow.
Tem um projeto? Inscreva agora mesmo no site.


No fluxo

18 de maio de 2011 0

Tem uma boa ideia? Quer uma chance de colocá-la em prática? Então corre lá neste site e envie sua proposta. Antes, assista o vídeo abaixo. Vale a pena.

Agora/Ágora – Fluxo de Ideias from Estudio Nomade on Vimeo.

O objetivo é recolher boas iniciativas que estimulem a transformação social e disponibilizá-las para votação.
As que mais agitarem o público, receberão uma consultoria especializada e serão apresentadas oficialmente.
A ideia faz parte do projeto Agora/Ágora – Criação e Transgressão em Rede, promovida pelo Santander Cultural Porto Alegre, com curadoria de Angélica de Morais.
A exposição física do evento acontece de 26 de maio a 7 de agosto no Santander Cultural Porto Alegre.