Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sem medo de pegar no batente

25 de junho de 2008 0

Zé Paulo Cardeal, TV Globo

Ele não pára. Desde 2004, quando estreou como Tobias em Cabocla (atualmente no ar em Vale a Pena Ver de Novo), Malvino Salvador vive sob os holofotes. Com o Damião de A Favorita, o ator, que nasceu em Manaus (AM) e trancou o curso de Ciências Contábeis para seguir a carreira artística, já está em sua quinta novela. E é bem simples a explicação que dá para emendar uma novela na outra e ter passado os últimos quatro anos sem sair da TV.

Gosto de fazer o que faço. E, como todos os personagens eram estimulantes, não deu para negar nenhum convite.

Mesmo com tanto trabalho, Salvador é enfático quando afirma que não deixa de viver e consegue, sim, aproveitar a vida. E toda essa experiência acabou tornando o ator mais maduro e menos ansioso. Ao menos é isso o que ele defende.

A tendência é amadurecer sempre e, a cada trabalho, aprender com os erros e valorizar os acertos – explica, acrescentando que todos os seus personagens foram igualmente importantes. – Cada um teve a sua própria magia. O Tobias, que foi o primeiro, tinha uma força muito grande, passou por um processo de mudança cheio de conflitos, e isso me permitiu  participar de inúmeras cenas incríveis.

Na atual trama das oito da Globo, Salvador faz o papel de um líder operário de fortes convicções e grande carisma.

Estou muito estimulado para esse trabalho porque o Damião tem uma ligação com a política que eu curto bastante. Sempre fui atento ao assunto. Para me preparar para a novela, aproveitei e revi vários documentários de movimentos sindicais e revolucionários.

Incansável, Salvador conta ainda que, em breve, vai estrelar ao lado de Priscila Fantin, sua ex-namorada, a peça Vergonha nos Pés, de Fernanda Young.

Postado por Segundo Caderno, ZH

Bookmark and Share

Envie seu Comentário