Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O inferno astral de Flora

27 de junho de 2008 1

Reprodução

É, parece que as coisas só pioram na vida de Flora (Patrícia Pillar), em A Favorita. Depois de ter passado 18 anos presa por um crime que jura não ter cometido, a vida da moça parecia estar em um período de calmaria. Ajudada por Irene (Glória Menezes), que pagava um flat e arcava com todas as suas despesas, Flora ainda teve a chance de se aproximar da filha Lara (Mariana Ximenes), chegando a ficar amiga da garota, que não sabia quem ela era na verdade. Além disso, Flora estava vivendo um romance com o jornalista Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia).

Mas, como mentira tem perna curta, tudo ao redor de Flora desmoronou quando a verdade veio à tona. Lara descobriu que a amiga em quem tanto confiava era sua mãe biológica, a mulher que supostamente matou seu pai. A menina ficou revoltada e não quis saber de explicações, mesmo quando Flora jurou ser inocente da acusação de assassinato.

No capítulo de ontem, o último resquício da felicidade de Flora acabou: Zé Bob descobriu o verdadeiro nome da mulher que havia se apresentado a ele como Sandra Maia. Foi o fim da história entre os dois, não conseguiu perdoar a mentira, mesmo não sabendo mais nada sobre a vida de Flora. Ela garantiu que um dia contará tudo ao jornalista, e que nesse dia ele entenderá os motivos de tanto mistério.

Flora voltou ao fundo do poço, agora só resta a ela tentar convencer Lara a investigar a morte do pai, na tentativa de provar que a verdadeira culpada pelo crime é Donatela (Cláudia Raia). Apesar da raiva que sente da mãe, Lara começará encontrar contradições na versão de Donatela para a morte de Marcelo, e só então começará a perceber que talvez tenha sido precipitada em odiar tanto a mulher que a pôs no mundo.

Postado por Michele Vaz Pradella

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Lu diz: 27 de junho de 2008

    Perfeito teu comentário.Porém,tem algo errado na novela que me deixa angustiada toda vez que vejo a Donatela investindo ameaças e perseguindo a Flora.É muito fantasiosa tal atitude.A Flora não é fugitiva da polícia,ela já cumpriu toda sua pena na cadeia,mesmo se dizendo inocente.Enfim,ela já é uma cidadã LIVRE. Não faz sentido a Donatela perseguir a Flora sem que ela possa pedir ajuda até da Polícia.Não entendo como ninguém percebeu esse ERRO GROSSEIRO do autor.A Flora não precisa se esconder.

Envie seu Comentário