Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Paraíso é o retrato do interior brasileiro

23 de março de 2009 0

Globo.com, Reprodução

Os bastidores de Paraíso foram minuciosamente planejados para que os ambientes retratassem uma realidade de cidade do interior. Segundo a Globo.com, ambientes com interiores de verdade fazem parte da cidade cenográfica criada para representar a pequena Paraíso.
No bar local, o centro tem uma enorme mesa de sinuca que toma conta do local. Em volta dela sempre estão
Geraldo (Lucci Ferreira) e o vigário da cidade, Padre Bento (Carlos Vereza), um exímio jogador. Atrás do balcão, o italiano Bertoni serve bebidas, comidinhas e observa tudo que acontece em Paraíso.
Para o cenário, a região bem arborizada e cercada de pedras dentro da Central Globo de Produção serviu como auxílio para construir a cidade, que foi integrada às árvores existentes nos estúdios do Projac.
A cidade cenográfica tem uma área construída de cerca de dois mil metros quadrados. O cenógrafo, Alexandre Gomes, não buscou elementos referenciais apenas no Mato Grosso, e aponta que Paraíso é um resumo do interior do Brasil.

— A cidade de Paraíso não existe, é uma fabulação. Imaginamos uma cidade monocromática, ‘sepiada’, com variados tons de terra, como se fosse uma cidade bem do interior, com 150 ou 200 anos — explicou ele.

Postado por Renata C. Moreira

Bookmark and Share

Envie seu Comentário