Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Cecília Dassi perde o ar de menina em Viver a Vida

25 de outubro de 2009 2

Cecília Dassi comemora nova personagem/Thiago Prado Néris, TV Globo

A cena começa com um beijo quente do casal. Ela diz que não pensa em se casar, só morar junto. Agarra o namorado, quase 20 anos mais velho, e insiste que ele não vá trabalhar.
Aproveita que meu pai está em Búzios e vou passar a noite com você. Primeiro eu, depois o resto – diz – E seu pai achando que o lobo mau aqui sou eu – rebate ele, sem conseguir resistir à sedução da namorada.
Esse diálogo, há pouco exibido em Viver a Vida, novela das oito da Globo, resume bem a personalidade de Clarisse, personagem de
Cecília Dassi. A ousadia, somada ao figurino sexy, cheio de decotes, transparências e centímetros a menos, transformou a atriz gaúcha, de 19 anos, na nova lolita da TV.
Clarisse é uma “espécie de Anita” (papel de Mel Lisboa na minissérie Presença de Anita), nas palavras do autor de ambas as obras, Manoel Carlos. Um tipo inédito na longa carreira de Cecília: em quase 15 anos já são oito novelas e uma minissérie.
Sempre fiz personagens parecidos: a doce, a meiga, a romântica. Falava como eu mesma falaria na vida real, não precisava compor um personagem – afirma CecíliaClarisse é muito diferente de mim. Essa é a parte mais difícil e ao mesmo tempo mais legal desse trabalho. Sou atriz, quero desafios.

Cecília conta que na última novela, Três Irmãs, o público já comentava que ela havia crescido, que tinha virado uma “moça”. Mas, agora, a palavra usada é outra, e faz toda a diferença: “Você está uma mulher!”. Para ela, esta é a oportunidade de deixar para trás a imagem de menininha, que carrega desde os tempos da Sandrinha de Por Amor (1997).

Não quero que a esqueçam. Foi uma personagem marcante, e fico feliz que se lembrem. Mas não queria que ficasse só nela para sempre – diz Cecília, admitindo que já estava cansada do estereótipo – É meio frustrante, quase entediante. Não tem composição de personagem, não tem o frio na barriga. Quero encarnar todo mundo: a vilã, a mocinha, a maluca.

Postado por TV+SHOW – Zero Hora

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • yuca diz: 25 de outubro de 2009

    bah, achei q era só eu q reclamava da voz dela.. põe chata.. é bem típica d quem tá trocando de voz

  • Isa diz: 25 de outubro de 2009

    mas a vozinha?!?!!….que chatice de escutar…Tem que crescer na dicção tbém..

Envie seu Comentário