Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Marcelo Valle enfrenta desafio em Viver a Vida

15 de novembro de 2009 11

TV Globo, Divulgação

Interpretando o produtor de moda Osmar em Viver a Vida, Marcelo Valle tem desafio reservado na trama de Manoel Carlos. O primeiro papel de destaque do na telinha reserva muitas surpresas e emoções. Nos próximos capítulos ele irá aparecer em mais cenas de Manoel Carlos, e seu papel será polêmico: um bissexual que se envolve com uma mulher.
Segundo Marcelo, em entrevista ao O Globo, o assunto ainda renderá bastante polêmica em folhetins.

“Parece que Osmar irá se envolver com uma mulher e o conflito será quando ela descobrir que está com um cara bissexual. Esse assunto é totalmente atual. Hoje existem muitos homens e mulheres com essa orientação sexual. Talvez até mais mulheres do que homens”, concluiu ele.

O criador de Viver a Vida disse que a história está se desenrolando aos poucos, e lembra que as amigas do produtor, em viagem à Jordânia, já especularam sobre a sexualidade dele.

“Por enquanto, o que se sabe é que as modelos comentam que ele tem um filho, mas Osmar não se confirma e nem descarta a possibilidade. Da mesma maneira comentam que ele é bissexual. Isso apenas ilustra o mundo de fofocas que elas vivem”, adiantou Manoel Carlos sobre os próximos capítulos.

E você, o que achou da possível polêmica de Viver a Vida? 

Postado por Renata C. Moreira

Bookmark and Share

Comentários (11)

  • mari diz: 16 de novembro de 2009

    pra falar a verdade eu estou gostando deste ator, ele esta ficando melhor com o passar da novela. tomara que apareça mais na novela. e mostre temas cada vez mais atuais.
    abs

  • MARIA JOSÉ DE OLIVEIRA FONTES – ZEZÉ diz: 18 de novembro de 2009

    Meus parabéns ao autor por abordar a tetraplegia. Eu fiquei paraplégica há 3 anos atrás após um acidente automobilístico aos 45 anos de idade.
    Cada dia que passa tenho a certeza de que acidentes/fatalidades podem acontecer com qualquer pessoa.
    Abraços,
    Maria José.

  • Maria Eduarda diz: 16 de novembro de 2009

    eu acho esse ator um gatooooooooo…vai abalar mais ainda nessa nova polemica… parabenss..Lindoo

  • maisemariana deoliveira diz: 16 de novembro de 2009

    adoro ver vc atuando vc eee muito simpatico vc vai muito longe beijos

  • Fernando De Caras diz: 16 de novembro de 2009

    Acho esse tipo de assunto pesado para o horário que é vinculado. Esse autor está indo longe demais! Já não bastava temas fortes, como por exemplo, os depoimentos no fim dos capítulos, agora estão apelando para a baixaria generalizada! Absurdo. A Globo vem fazendo isso porque vem perdendo audiência para a TV dos Crentes. A abordagem sobre pessoas aleijadas eu até entendo, agora, homem com homem e mulher ao mesmo tempo é muito baixo. Só falta contratarem o Ratinho para atuar nessa novela…

  • ana diz: 15 de novembro de 2009

    Era só o que faltava nesta novela !!!

  • Du Floripa diz: 15 de novembro de 2009

    Independente de orientaçoes sexuais de cada um… acho que o mais importante é a pessoa ser feliz e beijar muito na boca, seja a de um homem ou de uma mulher… E viva as diferenças!!!

  • Elizabeth diz: 15 de novembro de 2009

    Estou gostando muito deste ator. Espero que o papel dele continue crescendo na trama.

  • eliethe diz: 17 de novembro de 2009

    parabéns, mt susseco bjsss

  • Lulilu diz: 21 de novembro de 2009

    Bissexual?Fala sério!Melhor seria que ele fosse homossexual,muito mais verdadeiro!O fato de ele vir a ter um filho não significa que ele não seja homem e não possa procriar.Só que sua sexualidade é de homossexual.Ele é bissexual e não um HOMEM homossexual só porque resolveu viver a experiência de transar com uma mulher e fazer um filho nela? Deveriam abordar o tema sem máscaras.O resto é preconceito.É querer abafar uma realidade.Ou a pessoa é ou não é hetero ou homossexual.O resto é falsa moral!

  • Tati diz: 28 de novembro de 2009

    Considero interessante abordar um tema tão atual e com a tanta incidência. Conheço pessoas bissexuais e todos dizem que isto é super normal. Abordar temas assim em tramas do horário nobre é uma forma de se levar o conhecimento de causa a quem não tem tanto acesso a informação, mesmo estando na era da comunicação, como estamos. Parabéns Manoel Carlos.

Envie seu Comentário