Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Marcelo Mello revela que não gostou do fim de Benê em Viver a Vida

13 de maio de 2010 46

Foto: Alex Carvalho, TV Globo

A morte de Benê, exibida ontem em Viver a Vida, desagradou a muitos telespectadores, que esperavam pela regeneração e final feliz do rapaz ao lado de Sandrinha (Aparecida Petrowky) e do filho. Até mesmo o intérprete do personagem, Marcelo Mello, revelou ao Extra que ficou insatisfeito com seu desfecho:

- Pela reação do público, a maioria não gostou. Eu também não gostei. Torcia por um outro final para ele por todos os perrengues que passou com Sandrinha, mas agradeço ao Manoel Carlos pelo presente.

O ator, que mora no Vidigal, voltou à vida normal ontem, mas continua sendo assediado pelos fãs. Com o fim da novela, ele pretende se dedicar ao teatro.

O fim trágico de Benê já era previsto e até profetizado por outros personagens da trama. Mas bem que o autor Manoel Carlos poderia ter dado um bom exemplo, criando um final feliz para o rapaz e mostrando que nem sempre quem nasce na favela tem o mesmo destino. Benê poderia ter servido como uma esperança para muitos jovens da vida real, mas acabou confirmando a ideia que muitas pessoas têm, de que no morro não há possibilidades de um final feliz.

E vocês, o que acharam da morte de Benê?

Bookmark and Share

Comentários (46)

  • flávia muller diz: 13 de maio de 2010

    Eu achei certo a morte do Benê, ficou um alerta para os que pensam que a vida de bandido compensa.

  • DeBelleza.Net » Blog Archive » Permanecerá instalado a largo de toda la jornada en la Plaza de Canalejas y viajará por un total de nueve de las … diz: 13 de maio de 2010

    [...] Noveleiros » Blog Archive » Marcelo Mello revela que não gostou do … [...]

  • Olivia diz: 13 de maio de 2010

    A morte do Bene foi condizente com a historia dele durante a trama e com a historia de muitos que como ele caem no mundo crime. Final feliz para todo mundo na novela nao tem cabimento: engolir a vida maravilhosa da Luciana ja esta de bom tamanho!!!!!!! (tamanho grande demais para engolir diga-se de passagem, num país como o nosso, onde 1% da população tem os recursos que o personagem dispõe mas 99% acham que certamente terão uma vida como a dela caso venham a ser poratdores de necessidades especiais). ACORDEM!!!!

  • KK diz: 13 de maio de 2010

    Eu, baseado em seu comentário, acho que você vive em uma novela. Sua colocação sobre favelas é ridicula.

  • Anjo Colorado diz: 13 de maio de 2010

    Bem, foi um final coerente (talvez o único de Viver a Vida). O personagem foi burro o suficiente pra voltar a um lugar onde foi jurado de morte.
    Por que o final deveria ser diferente? O que se podia esperar? Que ele sozinho matasse ou desarmasse aquele bandidos?

  • GISELE diz: 13 de maio de 2010

    Achei que com esse personagem ele estava vivendo a vida……na realidade.As paginas policiais estao cheias de ¨BENES¨,que acham que ser bandido e o maximo e nunca vai dar em nada.Sem esquecer das SANDRINHAS, que fazem filhos achando que o sapo vai virar principe………….Maneco viajou(TODAS SUAS NOVELAS) no resto da trama,passar conflitos,dramas,e outros tipos de problemas com grana e conforto…….DEVERIA SAIR UM POUCO DO LEBLON……..ADORARIA VER A RECUPERAÇAO E SUPERAÇAO DE UMA ¨LUCIANA ¨, DA ROCINHA!!!!!!!!!

  • Nei diz: 13 de maio de 2010

    Com todo respeito, não concordo com vc. O final do Benê foi ótimo. Isto serve para mostra que o caminho da ida para crime pode não ter volta, mesmo com arrependimento. Serve para mostrar que as pessoas não devem nem iniciar este caminho; serve para mostrar que quem resolve entrar na bandidagem pode não ter uma segunda chance. É certo que qualquer um pode se regenerar, mas o mais importante é impedir que uma pessoa chegue ao ponto de ter que se regenerar. A vida é dura, não é uma história com final feliz. Esta novela mostrou o que acontece, na real, com um bandido. Ou seja, não estrem para a vida do mal, não tem volta, principalmente quando tem droga em jogo, é morte certa. Ou vc conhece algum renomado traficante velho? É o que eu achava… não.

  • Kaline Oliveira diz: 13 de maio de 2010

    Eu tbm não gostei do final de Benê na novela , Poderia ter cido melhor , ele deveria ter ficado vivo . . tudo bem que ele so começou se ajeitar agora no final ‘ mais o benê i a ser um bom pai , iacomeçar a trabalha direitinho o trabalho bom honesto ‘ – BENÊ ‘ sou muito sua fãn ‘ te acho muito lindo ‘ gostaria de conheçer pessoalmente , beijoos ‘

  • Jeff diz: 13 de maio de 2010

    Luciana, menina rica, teve direito a reformas no quarto, carro adaptado e paparicos dos amigos e da família.
    Benê, que vivia no morro, mostrou na trama que queria seguir outro rumo, mas sendo do morro, pobre e sem oportunidades, teve uma morte trágica.
    Que visão é essa de um autor que se mostra elitista?
    O que esperar de uma novela em que os personagens ricos bebem uísque a toda hora, como se isso fosse bonito e elegante?
    Ah, por favor, convenhamos!!!

  • ju diz: 13 de maio de 2010

    eu achei correto,o marginal é quase morto pelos traficantes,sai do hospital e quando esta coneseguindo caminhar volta para onde está jurado de morte,bebendo em bar,isto é mudar de vida,com mesmos amigos do crime,mesmo ambiente acho meio dificil o cara se regenerar.

  • ana diz: 13 de maio de 2010

    gostaria que ele renovasse sua vida e ficasse com a Sandrinha,assim como ela mudou ele tambem poderia ter mudado

  • Dani diz: 13 de maio de 2010

    Achei o final do personagem Bene coerente com a realidade, não podemos ficar mostrando “finais felizes” que não acontecem na realidade, nem incentivar nossos adolescentes dizendo que “não importa o que você fizer ou qual caminho você escolher, pois no final tudo dará certo”…
    Devemos alertar sobre “quem entra no mundo do tráfico ou do crime não sai vivo ou não vive muito pra contar”, temos que dizer “drogas nem pensar, não entre, nem comece”…e que a gente tem que trilhar o caminho do bem, da honestidade, pois este mesmo já não é muito fácil, mas no final é gratificante e temos paz de espírito.
    Parabéns ao autor e ao ator pela veracidade de atuação.

  • Luiz Felipe diz: 13 de maio de 2010

    A morte do Benê está em plena coerência com toda novela, na qual a maioria dos personagens são de classe média e irão ter, possivelmente, um final feliz. Com excessão, talvez, da Ingrid, que sofre de transtornos pscológicos, mas mora e vive muito bem para uma fotógrafa de estúdio; assim como o Bruno, também fotografo, freelance, que tem um carro que deve valer uns R$60000 e também mora muito bem. Pelo jeito ser fotógrafo paga muito bem!Será?

    A Sandrinha, agora viúva, para ter “paz” e “felicidade”, irá morar na Vila, onde vivem médicos e, agora, o arquiteto Jorge.

    Resumindo…a messagem é a seguinte: Viva a classe média!, Viva classe alta!! Tenho meus problemas e desvios de caráter, mas o importante é que não vivo na favela que seria muito pior… tão pior que teria que morrer sem ter uma segunda chance!!

  • Cacá Floripa diz: 13 de maio de 2010

    Perfeito. Talvez o melhor momento da novela; pelo menos, o mais coerente. A mensagem do livre arbítrio: você é o resultado das suas escolhas. A escolha pelo crime é um caminho sem volta e é preciso que isso fique bem claro. O personagem Benê nunca demonstrou uma vontade de mudança; nem mesmo pela família. Da mesma forma a personagem Sandrinha. È o que mais vemos todos os dias. Meninas vazias que acham um bandido, o maior glamour. A quem ela irá recorrer agora? Deveria procurar outro bandido, para ser coerente; afinal a família é uma coisa muito chata para elas. Na vida real elas não mudam e ficam fazendo um monte de filhos para os avós criarem. Disse alguma coisa errada?

  • colorado diz: 13 de maio de 2010

    ata em tao vc que passar a ideia de que quem é traficante pode se dar bem fala serio.

  • paulo diz: 13 de maio de 2010

    final horrivel para o bene, as vezes maneco tem esses piti. bene tinha dar exemplo no morro agora favela fica mais marginalisada.

  • CHICO diz: 13 de maio de 2010

    Ficou meio estranho mesmo. Pra terminar com chave de ouro podiam fazer dar tudo errado no final, morrer a protagonista, prender o mocinho, pro pessoal largar de ver novela com final inventado e melodramático pra sempre. Vai perder tempo com novelinha com final sempre igual lá no México!

  • Luiz Felipe diz: 13 de maio de 2010

    O Benê retrata um adolescente como os milhares de adolescentes existentes no Brasil, sem oportunidade, nem perspectiva de progredir na vida… Quem era sua base familiar? Por que ele se tornou um bandido? Esse cara teve um passado em que mostrou sua má ídole ou ele era um psicopata (não é o que parce)?

    O que me revolta é que o único bandido da foletim era negro e pobre, logo, punido com a morte!!

    Que mensagem será quis passar o autor?

  • Luiz Felipe diz: 13 de maio de 2010

    Viram o que acontece!! O tipo de imagem que é criada… NUNCA FICOU CLARA A REAL ATIVIDADE CRIMINAL DO BENÊ, e já tem gente o chamando de traficante!!!

  • Mônica diz: 13 de maio de 2010

    Já pensaram porque um bandido, ou traficante, ou ladrão volta para o crime? Porque existem pessoas que acham que eles não merecem uma segunda chance. Já se colocaram no lugar de algum deles? Já pararam pra pensar o que levou ele a ir por este caminho?
    O personagem não precisava ter ido para a favela novamente, ele foi porque ele tinha casa lá e não teria onde morar por conta própria se não fosse na favela e, se muitos não prestaram atenção nesta parte, eles estavam comemorando o fato dele ter conseguido emprego, isso não é relevante?
    Já pararam para pensar porque as coisas no país não melhoram, não vão pra frente? Porque existem muitas pessoas preconceituosas que acham que segundas chances só se dá pra elas mesmas, e não para pessoas que se encontram numa situação como essa.
    Depois não sabem porque certas coisas acontecem…
    Me poupem!!!!!!

  • OTAVIO MALLMANN diz: 13 de maio de 2010

    CONCORDO COM O AUTOR POIS, SINCERAMENTE, NÃO ACREDITO SEJA DIFERENTE NA VIDA REAL., O CRIME E A CONTRAVENÇÃO NÃO PERDOAM E AQUELES QUE COM TAL SE ENVOLVEM DIFICILMENTE ATINGEM OS TRINTA ANOS DE IDADE. NÃO SE TRATA DE DIZER QUE SERÁ O DESTINO DE QUEM VIVE NA FAVELA, POIS A MAIORIA DAS PESSOAS QUE LÁ VIVEM SÃO TRABALHADORES E HONESTOS PORÉM A CONSTATAÇÃO DESSA OPINIÃO É UMA TRISTE REALIDADE. PARABÉNS AO ATOR PELA EXCELENTE REPRESENTAÇÃO.

  • Neide diz: 13 de maio de 2010

    Acertado fim de Benê. Tem que mostrar a realidade. Na maioria dos casos, é isso que acontece. Que sirva de exemplo pra outros jovens não entrarem na vida de crime pra não ter esse fim!

  • rose diz: 14 de maio de 2010

    interessante! jovens que vive na favelas e periferia, ha que são pobre e negros que tem uma família desestruturada que num vacilo entrou para o mundo das infrações sua sentença já foi decretada sera brutalmente assassinado, ha já tava se reabilitando queria uma nova realidade pra sua vida, que pena e também lamento por aqueles que doam todo o seu tempo para retirar essas pessoas do crime isso é impossível, pois ele ta fadado a morrer. já sei os filhinhos de papai esses são recuperáveis. é muito triste vê que ainda negros, pobres e quem morre em favela seja tao estigmatizado. foi ridículo. dora e luciana pode se da bem , claro

  • barnabé brasil diz: 14 de maio de 2010

    Tb ñ gostei. Ele deveria ter sido condenado prisão perpétua.

    Ao menos na Tv, deveria parecer que existe lei/justiça no Brasil.

  • FABIO diz: 14 de maio de 2010

    PERDEU PLAYBOY!

  • Flávio diz: 14 de maio de 2010

    Respeito as opniões acerca do final de Benê, mas para mim poderia ter outro final, todos os dias acompanhamos os resultados para quem se envolve com o crime. Gostaria de ver o outro lado, que nem sempre é noticiado, difulgado, pois acho interessante mostrar para aqueles que estao no crime e querem sair, que existe esperança de mudar de vida.

  • Glaubher diz: 14 de maio de 2010

    Como dizem por aí… Bandido bom é bandido morto.
    O final do vagabundo Bené foi perfeito, não poderia ter sido melhor.

  • Elis diz: 14 de maio de 2010

    Eu esperava esse fim mesmo, quando são eles que comentem horrores na vida de muitas famílias, se acham corretos e depois quando é com a familia deles querem virar santinhos, duvido muito na recuperação destes bandidos. Uma pessoa que cometeu delitos leves sem ameaçar a vida de outras pessoas até acredito na recuperação, eles tem direito de tentar vida nova, mas quando é bandido cascurrento, sem dó nenhuma, tem mais é que pagar e muito caro pelos erros conscientes, eles sabem sim que estão errando e ligam o foda-se pra vida dos outros.

  • Edson Jose Fraga diz: 14 de maio de 2010

    dai é isso mesmo, tem que mostrar que bandido é bandido, o legal é a juventude não se meter neste mundo, e isso não significa que são todos assim quem mora em favelas, legal gostei.
    Quem poderia ter estes fins na vida real poderiam ser os politicoskkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Elis diz: 14 de maio de 2010

    òhhhh, porque ele teve infância ruim tem que acabar com a vida dos outros?

  • Márcio diz: 14 de maio de 2010

    Acho que sua interpretação está muito equivocada. Principalmente no ultimo paragrafo, onde você fala sobre o destino de quem mora na favela. O que o autor mostrou, é que quem entra na vida do crime normalmente tem esse destino, em momento algum deu a entender de que isso é igual para todos os moradores de favelas, não devemos generalizar.
    Sinceramente você fui muito infeliz nesse seu post, senti um grande preconceito e generalização para com os moradores de favelas.
    Espero que essa não tenha sido a sua real intenção.

    At

  • Santíssima diz: 14 de maio de 2010

    Que bom ler aqui opiniões contrárias a essa trama que não fez outra coisa, se não, reforçar o estigma do preto, bandido sem recuperação. Já foi dito aqui, o Maneco nem mesmo deixou claro qual era a tividade criminosa do personagem, mas não precisa, é negro e favelado, já basta para ser condenado a morte.

  • Santíssima diz: 14 de maio de 2010

    Gente, que crime hedionde este personagem cometeu na novela, não ficou clara nem mesmo qual era a atividade criminosa que ele exercia. Mas não precisa né, era negro e favelado, já basta para ser taxado como criminoso. O Maneco fez um grande desfavor para a população negra deste país, reforçou mais ainda o estigma do negro como criminoso inerente. Daí, quando morrem jovens negros trabalhadores honestos na mão de policiais que achavam que eram bandidos, ou aposentados baleados em porta de banco, ou dentistas recém formados, todos pretos, porque? São potenciais bandidos.

  • MARCIO ABREU diz: 14 de maio de 2010

    E OS MOLEQUES QUE POR ALGUMA RATIADA ENTRAM NESSA VIDA, NÃO PODEM TER UMA CHANCE ???
    MAS SE FOR POLITICO, ARTISTA, JOGADOR DE FUTEBOL E FOR BRANCO……ESTÁ TUDO BELEZINHA……..
    DA GUEDES:
    ISSO É BRASIL, VAMOS FESTEJAR!!!

  • MARIO ALMERIA diz: 14 de maio de 2010

    até em novela, bandido bom é bandido morto!

  • Edson Jose Fraga diz: 14 de maio de 2010

    Ja tem gente comentando o lado racista da coisa e não foi esse o tema, ora tem pouco bandido branco, inclusive os que atiraram no tal Bene, racismo tem que ser coisa superada hhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

  • Comuna diz: 14 de maio de 2010

    Racismo tem que ser superado sim, TEM QUE SER, não é ainda. Racismo existe e faz muitas vítimas ainda!

  • Rejane diz: 14 de maio de 2010

    A morte do bene foi a unica situação de realidade que aconteceu nessa novela mais chata das 8,.

  • jussara diz: 14 de maio de 2010

    Resposta para CACA-FLORIPA

    Concordo plenamente com voce …
    E exatamente isso que acontece, a avó criando os filhos que elas (as filhas cabeças ocas) arranjam por ai com os marginais..
    Espero que elas se toquem, com a mensagem da novela.

    jussara- porto alegre/RS

  • nilton orany diz: 14 de maio de 2010

    Não concordei com o fim trágico de Bene, pois acaba caindo no esteriótipo de que quem nasce na favela, tem que ser bandido, traficante… é uma pena, mas quero parabenizar o excelente ator Marcelo Mello pela atuação.
    Felicidades, saúde e $uce$$o!!!
    Nilton Orany – Floripa – SC

  • JOANA ELISABETE diz: 14 de maio de 2010

    Concordo com o autor, pessoas que falam que o Benê merecia se regenerar não vêem a realidade, pois no estágio que ele estava da criminalidade, não poderia ter outro fim se não a morte.Infelizmente é o que acontece na real, e não é só nas favelas, foi um alerta para os jovens, não entrem na vida do crime, das drogas, pois é, difícil um final feliz, tanto para eles, quanto para a família, e atualmente não são só os pobres, e negros, o ricos e brancos tbm estão caindo.Abraços.

  • Michelle diz: 14 de maio de 2010

    AQUI SE FAZ, AQUI SE PAGA!!!!
    NESSA VIDA COLHEMOS O QUE PLANTAMOS!

    SÓ ESSA VIDA DE PRINCESA DA LUCIANA QUE TÁ DIFICIL DE ENGOLIR!!!

  • deni diz: 14 de maio de 2010

    Realmente Marcelo,concordo plenamente com vc.Quem nasce na favela,nem sempre tem o mesmo destino.Sabemos que quem entra na vida do crime,é bastante complicado para sair.Então ,por esses e outros motivos não gostei do final trágico de Benê.Pois errar é humano e permanecer no erro é burrice.E Benê se livrou dessa vida,fez d tudo com a ajuda d Sandrinha e pelo seu filhinho,saiu para arrumar emprego para sustentar sua família,então ele tinha todo merecimento d ter um final muito,mais muito feliz.só pelo fato dele querer se livrar dessa roubada,já foi uma grande conquista.mas…fazer o que?kda kbça é um mundo.quero te parabenizar pelo excelente trabalho,vc é o maximo,merecia nota 1.000 e não um final desses.Te adolu d montão!

    Denise
    Recife/pe

  • Santíssima diz: 14 de maio de 2010

    O lance é o seguinte, isto é ficção, o Manuel Carlos criou este personagem e direcionou toda a trama para reforçar o esteriótipo de negro pobre e bandido. Se ele queria realmente fazer um favor para a população negra deste país, que colocasse o mesmo personagem, mas que no fim se regenerasse, tomasse um caminho certo, fizesse uma faculdade e se desse bem na vida, pois isto também acontece com favelados.

  • catia diz: 14 de maio de 2010

    O Marcos é um imbecil que tratava as mulheres como objeto o autor deixou um final feliz para ele enquanto que o Bene que poderia servir como uma esperança de que nem todas as pessoas que moram no morro sao bandidos, esse Manoel Carlos é muito sem criatividade, essa novela foi muito insossa e nao deixa saudades… ja vai tarde.

  • Talita diz: 19 de maio de 2010

    aaii eoo nao gostteii nen um pouco a pesar de que isso é mais ou menos a realidade de quem se envolve com isso eo acho que elle deveria ter um fiinal feliiz .. até o proprio MARCELO MELLO nao gostou do final de seu personagem ..

    vamoos combiinar née gente elle é mt mt mt mt GATO née dii maiis elle é muiito lindo mesmoo. espero ver elle dinovoo naa tv o maiis rapido possivell amoo elle de maiis elle é o massimo .. adoro o trabalho delee *–*

Envie seu Comentário