Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Os erros e acertos de Viver a Vida

13 de maio de 2010 90

A trama de Manoel Carlos vai chegando ao fim, e inspirados em matéria do Extra, resolvemos fazer um balanço dos pontos positivos e negativos da novela.

:-) O MELHOR

Alinne Moraes, a consagração

A jovem atriz já havia sido muito elogiada por seus papéis anteriores, mas Luciana foi um marco na carreira de Alinne Moraes. A veracidade das cenas foi impressionante, sofremos junto com ela a cada dificuldade, e vibramos a cada conquista. A personagem, que começou a novela mimada e egoísta, sofreu uma mudança radical após a tragédia que a deixou tetraplégica, mostrando que o sofrimento ensina muito e humaniza as pessoas.

As revelações

Adriana Birolli roubou a cena como a inconveniente Isabel. Irônica, debochada, mas muito engraçada, a personagem era uma das melhores da trama. Mesmo que tenha causado raiva nos telespectadores, é inegável que Isabel era a única que falava a verdade até mesmo nos piores momentos. Sem falar nas surras que a garota levou, as cenas mais esperadas da novela. Cláudio Jaborandy como o rabugento Onofre e Nanda Costa na pele da espevitada Soraia também foram destaque nos últimos meses.

O figurante que roubou a cena

Mario José Paz, a princípio, teria uma pequena participação na trama. Mas o argentino Maradona conquistou não apenas o coração de Dora (Giovanna Antonelli), mas os de milhares de brasileiros. Como não se emocionar com a bela família que o dono do restaurante formou com Dorita e a pequena Rafaela (Klara Castanho), completa com a chegada de Juan Carlos? A revelação de que Maradona é o pai do bebê irá coroar a felicidade do querido argentino.

Veteranas que deram um show

Lilia Cabral e Natália do Vale, atrizes já consagradas, foram um show à parte em Viver a Vida. Enquanto Ingrid causava raiva ao público com suas tiradas preconceituosas e o excesso de proteção sobre os filhos, Tereza emocionava a cada cena, principalmente com Luciana. Lilia Cabral e Alinne Moraes protagonizaram os melhores capítulos da trama.

Marketing social

Mostrar as dificuldades e a superação dos deficientes físicos foi uma grande sacada de Manoel Carlos. Neste ponto, a novela cumpriu seu papel, nunca o assunto esteve tão em alta na mídia, discutido em mesas de bar e conversas em família. Tanto que não interessa mais se Luciana voltará a andar, sabemos que é possível ser feliz mesmo com certas limitações. Mostrar depoimentos reais a cada final de capítulo completou a comoção causada pelo assunto.

Talento em dose dupla

Estreando em novelas, Mateus Solano foi uma grata surpresa interpretando os gêmeos Jorge e Miguel. O ator soube dosar as diferenças entre os irmãos com maestria, tanto que chegamos a odiar um e amar o outro, mesmo sabendo que na vida real são a mesma pessoa. O acidente de Luciana foi um marco para os gêmeos, quando os dois sofreram mudanças significativas. De sério e formal, Jorge mostrou-se ainda mais intolerante e cheio de dúvidas com relação à noiva. Já Miguel, que parecia não levar nada a sério no início da trama, amadureceu e virou um dos mocinhos de novela mais queridos dos últimos tempos, principalmente nas cenas de amor com Luciana.

A pequena vilã

A atriz mirim Klara Castanho cativou o público como Rafaela, a aprendiz de vilã do horário nobre. As cenas em que a pequena ameaçava Helena de contar tudo sobre o beijo entre ela e Bruno foram de dar medo. Pena que a justiça proibiu Manoel Carlos de investir nas maldades da menina, poderia ser uma inovação ter uma criança como vilã na TV. Mas ainda assim, Rafaela é uma fofa, principalmente nas cenas com Maradona e Dora.

:-( O PIOR

A pior Helena de todos os tempos

Taís Araújo, que prometia surpreender como uma Helena jovem e segura de si, transformou-se em uma personagem irritante, que só fazia chorar e se lamentar, considerava-se culpada por tudo de ruim que acontecia, principalmente pelo acidente de Luciana. A interpretação de Alinne Moraes ofuscou a protagonista, que foi deixada em segundo plano. A química com José Mayer e Thiago Lacerda também não agradou.

Galã pouco convincente

Foi-se o tempo em que José Mayer era o grande galã do horário nobre. Marcos não chegou aos pés do rude Pedro, que o ator interpretou em Laços de Família. O jeito cafajeste do personagem desagradou o público feminino, principalmente quando ele soltava alguma frase machista e tratava as mulheres como propriedades. Além disso, nenhum dos pares românticos de Marcos agradou ao público. A notícia de que o empresário ficará com Tereza (Lilia Cabral) causou revolta nos telespectadores, que preferem o don juan sozinho para pagar por seus pecados.



Eles mereciam mais

O destaque exagerado sobre o núcleo de Luciana e Helena acabou roubando espaço de atores que mereciam mais na trama. Lolita Rodrigues poderia ter aparecido mais, estava impagável como a mãe de Marcos, dona Noêmia. Cecília Dassi, que prometia muita polêmica como a sedutora Clarisse, não disse a que veio. Mia, a personagem de Paloma Bernardi, teria uma boa história com a descoberta de que seria filha legítima de Marcos, mas o autor acabou desistindo de dar destaque a isso. Sem contar os atores que foram escalados mas sumiram, ou que sequer apareceram.

Cenas arrastadas

Cada conflito de Viver a Vida demorava vários capítulos para se desenrolar, deixando a trama cansativa. Alguns diálogos sem sentido levavam muito tempo, enquanto cenas importantes, como o encontro de Marcos, Helena e Bruno, poderiam ter rendido mais. Os intermináveis capítulos em Petra, por exemplo, poderiam ter sido suprimidos.

O fotógrafo fora de foco

Thiago Lacerda, que tinha tudo para ser um personagem de destaque, acabou tão apagado quanto Taís Araújo. O personagem demorou demais a reencontrar o pai e, quando isso aconteceu, deixou a desejar. Foram apenas dois encontros com Marcos, que não convenceram. O conflito poderia ter tomado outro rumo.

Triângulo amoroso sem graça

As confusões de Gustavo (Marcelo Airoldi), Betina (Letícia Spiller) e Malu (Camila Morgado) não convenceram. O triângulo amoroso (que virou quadrilátero, com a entrada de Carlos) foi responsável pelas cenas mais chatas da novela. No começo até que era engraçado, mas acabou ficando repetitivo e sem sentido. Camila Morgado ficou muito caricata na pele da jornalista Malu.

Fotos: Divulgação, TV Globo

E para vocês, o que foi pior e melhor em Viver a Vida?

Bookmark and Share

Comentários (90)

  • Astrogildo diz: 13 de maio de 2010

    Ainda bem que esse lixo tá acabando. Depois de duas bombas (Caminho das Índias e Viver a Vida), espero que a próxima novela seja mais interessante.

  • Elis diz: 13 de maio de 2010

    Pra mim o pior foi a última surra da Isabel, totalmente sem graça. O melhor foi o lindo Miguel!

  • Eu diz: 13 de maio de 2010

    Cara, essa novela foi ao extremo do ridículo. O papel da Aline só com aquela mãozinha irritante a achando que não precisa interpretar, insuportável ela e a mão tentando passar uma interpretação casual. Esta novela ridícula, graças a Deus minha mulher não quis assistir.

  • Fernanda Dias diz: 13 de maio de 2010

    Pior que uma novela colocar ao final de cada capítulo a “superação” e não usar isso ou pelo menos não no núcleo pobre, favelado, como é o caso de “Benê”. Melhor ter colocado alguma novela mexicana.

  • Manoel Antonio Araujo Marques diz: 13 de maio de 2010

    Gostei da novela,muitos pontos positivos,porém o exagero em que bebem na novela,principalmente Marcos e Gustavo que passaram toda novela tomando whiski,deve
    de alguma forma servir de incentivo para estes exageros.Espero que não.
    Manoe

  • Ale diz: 13 de maio de 2010

    Noveva enjoada… na real novela só de ricos, gente com dinheiro… o único pobre da novela que era o Bene, morreu… Realidade hj me dia é outra… Acho que o final vai ser sem graça…

  • Andréa diz: 13 de maio de 2010

    Graças a Deus está acabando esta novela chata, acabo assistindo porque sou noveleira, mas nunca tinha visto uma novela tão enjoada, apesar de algumas cenas terem sido imperdíveis,como as surras da Isabel…

  • ANA CLAUDIA diz: 13 de maio de 2010

    Se não fosse a Lilia Cabral, com todo o seu talento, Mateus Solano que deu show, e Aline Moraes que diga-se de passgem se consagrou.
    O resto pode jogar no lixo.A Renata era uma grossa, sem um pingo de educação e sutileza com ninguém, uma verdadeira mala.O nucleo todo de Búzios era um porre.A Sandrinha era outra grossa, com aquele Benê, que era outro grosso.A Ingrid começou bem e foi ficando uma chata também.
    Agora, fala sério, só em novela que uma Betina da Vida, segura a onda e não fica com aquele parque de diversões que era o Carlos, até parece que isso existe.
    Vamos combinar que a grana e o conforto que a trama ofereceu a Luciana, tudo fica mais fácil.
    Já sabia que a Tais Araujo não ia dar conta de fazer uma Helena com sucesso, porque ela é muito metida.As Helenas geralmente são metidas e humildes ao mesmo tempo, e no caso dela só é metida.
    A Regina, mãe da Renata, nunca saiu daquele apartemento, o que significa isso.
    Aquelas duas da pensão também, não tinha mais nada para fazer da vida, só cozinhar.
    E o Hospital, que não apareceu mais a Marta, que dava vida a profissão da Ariane,
    A Ellen, linda daquele jeito, dentro de um Rio Janeiro, mau humorada, se lamentando de tudo.
    Graças a Deus, mais uma novela chata, que termina.E infelizmente, sabemos que vai começar outra com ótimos atores, que começa fervendo, depois para tudo, não sai do lugar por várias semanas, como todas as outras novelas da globo.

  • Finho diz: 13 de maio de 2010

    Pra mim o pior foi o falso moralismo. O personagem de Luciana era um cadeirante muito privilegiado e que não mostrou a realidade como ela é. Tinha enfermeiro e fisio particulares, a seu dispor, qdo quisesse, fora os trocentos empregados. Morava numa mansão, tinha a melhor e mais moderna cadeira de rodas, piscina pra hidroginástica. Sem falar que sempre era ajudada por sua mãe que não trabalhava e tinha o tempo livre para dedicar a sua filha. Que realidade é essa que eu não conheço. Fora o personagem Helena, que era jovem, bonita, rica, bem-sucedida, simpática e tinha a cabeça no lugar, como uma mulher experiente de 50 anos. O personagem dela não agradou pq era muito fake pra gente acreditar nisso.

  • fabio diz: 13 de maio de 2010

    pior novela dos ultimos tempos da globo,,eh ridicula cheia de traiçoes falsidades,,uma irrealidadue eh plena de deasfios dissabores ,,mas e absurda,,frente a vida real…eh realmente vivida pela maioria do povo brasileiro…uma decepçao essa globo caindo cada vez mais no cenceito,,lamentavel

  • Amo a Lu diz: 13 de maio de 2010

    Adorei a novela, muito lindo o amor da Luciana e do Miguel…
    Só não gostei da Terza ficar com o Marcos na final, pelo amor de Deus, ela passou a vida toda sendo traida e ainda vai voltar pra ele, ela tinha que ficar com Jean, que é super romãntico e adora ela…Mas fazer o que o autor que decide…
    Mas amei a novela….
    Lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  • Maria diz: 13 de maio de 2010

    O unico pobre da novela morreu (Bene). A Luciana, não mostrou a verdadeira dificuldade de um cadeirante. A Helena chorona. Miguel nota 10, Isabel também, a unica verdadeira da história. Renata nota zeroooooo.

  • Aline Batista diz: 13 de maio de 2010

    Olha essa novela do Maneco realmente não impressionou, uma Helena apagada pequena com um fotografo sem graça, uma mãe dominadora que de vilã não tinha nada, uma piralha metida a esperta, um ladrão que quando se regenerou morreu distruindo a chances de alguem largar o crime a dar certo, uma desocupada que passou a novela toda dormindo na casa dos outros, a grana do Marcos que não acabava nunca, a Luciana que uma cama que só falta falar, um carro do tamanho de uma casa que ela nunca andou e inclusive prefiriu andar de onibus, e só no final da novela que ganhou uma cadeira eletrica, uma japa sem sal que passou a novela toda resmungando e ainda ganhou um gato de lambuja, uma pousada cheia de gente mas nenhum inquilino,uma criança que toca piano e gosta de ir em concerto de opera,enfim a Luciana alias a Aline Moraes esta de parabens, mas pelomenos podia melhorar as mãos dela né pra poder pagar melhor aquele gato do Miguel !!!

  • Eliana diz: 13 de maio de 2010

    Eu adoro novelas rapidas,como as reprises que dá a tarde,pois eles só passam as partes principais sem emrrolasão e o que cansa é a gente esperar o desenrrolar das coisas…tem que ser mais rápido.ai sim fica muito bom e com certeza atrairia mais publico noveleiro.novelas em estudio tambem já passou a época o bom é no inicio das novelas que aparecem lugares ruas coisa diferentes para se ver,depois já cai na rotina dentro de apartamentos ou casa etc…adoro a casa amarela a parte da piscina a parte de buzious enfim é diferente….bjju

  • A diz: 13 de maio de 2010

    Que novela mais sem graça, tirando a interpretação do Miguel, a novela foi uma decepção… eu esperava mais.

  • Angelita diz: 13 de maio de 2010

    O Pior foi o filho da Ariane, Gabriel, que intrometia em assuntos de adulto, sem sentido nenhum as conversas que tinha com a mãe, com o Jorge e outros. Será que ele é parente do autor

  • Kika diz: 13 de maio de 2010

    O Pior da novela foi a Helena e Bruno…e a Malu.. exagerada demais..chata… irritante…. apesar de acha-la uma ótima atriz, por todos os papéis que ja interpretou, este foi insuportável…de engracado nao tinha nada… passou do ponto.

  • cecilia diz: 13 de maio de 2010

    A pior Helena de todos os tempos,Thaís Araujo dfoi péssima…ainda bem que só faltam dois capítulos.Pior novela de todos os tempos.Tenho pena da Giovana Antonelli pq otima atriz ela é,e foi trabalhar numa novela totalmente sem graça.

  • Suênia diz: 13 de maio de 2010

    O melhor:Tá acabando(mil vezes melhor assistir SCI Las Vegas,na Record)
    O Pior:Tudo,principalmente os pares românticos,tirando Jorge e Ariane,que foram os mais reais.

  • Elizabete A. Pereira diz: 13 de maio de 2010

    Parabéns Manoel Carlos, apesar de algumas coisas que aborreceram, mas no geral gostei muito.Parabéns Aline Moraes. Tomara que Tereza não fique com o Marcos. Não gostaria que o galinha se desse bem no final. Beijos a todos.

  • lucine diz: 13 de maio de 2010

    A PIOR DE TDS OS TEMPOS. HORRIVEL! MELHOR : SÓ O PONTO FINAL!

  • claudelene diz: 13 de maio de 2010

    A Luciana achei tudo muito fácil só deram créditos a ela, só fez ficar na cadeira de rodas com todas as atenções de mãe e pai mimada desde o início ainda quando andava parecia uma menininha então q colocasse um atriz mais com jetinho de menina e não um mulherão daqueles ficou sem graça.

  • katia diz: 13 de maio de 2010

    A NOVELA, PODERIA TER TIDO OUTRO RUMO , TINHA TUDO P/ ISSO, ACHO QUE O ERRO FATAL FOI TER , ESCOLHIDO TAIS ARAUJO PARA SER A HELENA.’ O PAPEL FICOU GRANDE DE MAIS PRA ELA ,MERESIA UMA ATRIZ DE PONTA!!!!!!!!!!!

  • crislane almeida de souza diz: 13 de maio de 2010

    a novela falo muito obre o preconceito
    eu adorei a novela com cenas marcamntes
    e emocionantes………..

  • katia diz: 13 de maio de 2010

    foi ,simplismente lamentavel como novela do horário nobre!

  • Lua diz: 13 de maio de 2010

    Nossa que novela chata, essa Luciana muito fresca, detestava aquela chatisse dela com o Miguel… até parece que na vida real é assim a vida de um cadeirante! Se pelo menos a Betina tivesse ficado com o Carlos, teria sido melhor… E pra que a Tereza ficar com o Marcos? Nada a ver…

  • Noveligleidson diz: 13 de maio de 2010

    O que eu achei de melhor nesta novela é que ela vai terminar amanhã.

  • Claudia Soares diz: 13 de maio de 2010

    Ola, os erros foram muitos para citar aqui, mas eu achei pior, muito ruim mesmo a interpretação da alinne moraes como cadeirante, nada a ver…e acerto, depoimentos reais no final de cada capitulo foi bem legal.

  • marcia diz: 13 de maio de 2010

    não entendo como as pessoas se preocupam ainda com novela,com tanta coisa mais interessante pra fazer.

  • Dora diz: 13 de maio de 2010

    O pior vai a barriga da Dora que fcou grávida a novela inteira e só apareceu nos ultimos capitulos e quando nasceu!!! Teve uns 25 meses de gestação

  • Marisa diz: 13 de maio de 2010

    A pior coisa e que a Isabel nunca apanha de acordo , ela tinha que leva uma surra pra deixar marcas O MENINA CHATA .

  • John diz: 13 de maio de 2010

    Bem, a novela “Viver a Vida” do autor Manoel Carlos, teve sim suas más fases, porem, como a reportagem acima mostrou, ela teve uma repercursão muito boa, pois trouxe a tona assuntos que outrora tinhhamos esquecidos, assusto como a inclusão social para portadores de necessidades especiais, crises de relacionamentos, a questão da criminalidade, como mostrou o personagem Bene, até mesmo o que foi reprimida pela justiça, a possivel vilania da pequena Rafaela, que poderia mostrar o quanto uma criança com uma liberdade desregrada pode ser prejudicial não só para ela, mas tambem para aqueles que os cercam, ou seja, Com todos os erros e acertos, “Viver a Vida” foi muito feliz nesse periodo, parabens ao autor, que comoveu grande parte da nação com a história de uma jovem (a qual a atriz Aline Moraes desempenhou um exelente papel), e mais ainda com a grande sacada de colocar depoimentos ao final de cada capitulo.
    PS: Em resposta ao Sr. Astrogildo, só queria informar que, Caminho da Indias ganhou premios nacionais e internacionais como melhor novela e outros premios para quem fez parte dela.

  • Rá diz: 13 de maio de 2010

    Viver a vida ou morrer a morte?? acho q o segundo título faria mais sentido!! Novelinha mais chata do mundo!! Alguém avisa o manoel carlos q ficar repetindo os nomes, os personagens, os cenários.. não dá muito certo (sem contar que são sempre os mesmos atores também!) A penúltima novela dele já foi um porre, essa superou tudo!
    Novelas do gilberto braga no ar novamente, please! Esse sim sabe fazer novela!

  • José diz: 13 de maio de 2010

    Ô Michele;
    Tu te esqueceste do pior da chatice dessa novela idiota: a chatíssima japonesa gritona e briguenta e a bêbada feia e irritante Renata, que inexplicavelmente teve tanto tempo na tela como a suposta protagonista (Helena) e a que teria tomado seu lugar(Luciana). E cá pra nós, a Rafaela, que colocaste como destaque, nem os demais atores a suportavam, como numa cena o ex-galã J. Mayer deixou transparecer. E o que dizer do casal de favelados? Não dava para aguentar a mesmice de todos os dialogos. Pô, ainda bem que não tem mal que nunca termina…

  • Regina Llins diz: 13 de maio de 2010

    Achei tudo muito aguado, Helena muito apagada. Marcos ficar com Teresa é ridículo. Se é para ser bonzinho com Luciana que mesmo depois do acidente continua chata, seria melhor faze-la andar. O fato dela ter ficado irritada quando soube do romance entre Helena e o irmão foi horrível. Malu não combina nada com Carlos, melhor seria que Betina desse um belo chute no traseiro daquele marido nojento e ficasse o professor sarado.

  • Renata diz: 13 de maio de 2010

    Eu adorei a novela, apesar de ser um pouco triste, eu gostei, não gostei do final do Bene e acho que vou odiar se o Marcos terminar com a Tereza, mas de resto adorei e queria até que a Luciana voltasse a andar!

  • Carine diz: 13 de maio de 2010

    A Lilia Cabral foi destaque?
    Meu Deus… ela é uma péssima atris, e seu personagem então, patético, chorão, sensivel, uma meléca!

    Gostei muito da Leticia Spiler, uma pena que Maneco deixou ela ir pro brejO junto
    com a triangulação amorosa que não deu em nada!

    Na verdade essa novela foi HORRIVEL.

  • pamela diz: 13 de maio de 2010

    Pra mim Manoel Carlos não representou bem a classe dos tetraplégicos com Luciana nessa novela,já que ela tinha tudo ao seu dispor, como cama que fala, 4 fisioterapeutas, carro e casa toda adaptada e tudo o mais, todos sabemos que cadeirantes passam por inumeras dificuldades todos os dias. Toda ridícula essa novela, pra mim Manoel Carlos tinha que se aposentar ou escrever novelas pro horário das 6 já que quase ninguém assiste.

  • Eu Também diz: 13 de maio de 2010

    O pior da novela foi a contradição. Explico: Sempre ao final de cada capítulo surgia uma história de superação, uma pessoa que abandonou as drogas, a bebida, conseguiu superar alguma dificuldade de saúde, efim… No entanto, não se viu nenhuma, dentre os personagens, nenhuma história de verdadeira superação. Vejamos: A Luciana vez ou outra ainda demonstra a sua irresignação com a sua condição física; o Marcos, pelo jeito, continuará sendo um sacana com as mulheres; A Isabel vai continar sendo uma guria irritante; a Ingrid vai continuar sendo preconceituosa e super protetora, dentre tantos outros personagens dessa (mais uma) pobre novela do Manoel Carlos.

  • kinho diz: 13 de maio de 2010

    a proposta da novela foi boa, mas acabou mostrando as difilculdades de uma cadeirante de familia rica que tem tudo que precisa au seu alcance, não mostrou as difilculdades do cadeirante que não tem estas condiçõea.

  • Sara diz: 13 de maio de 2010

    Nossa, concordei em tudo com você.

  • Juju diz: 13 de maio de 2010

    QUE LIXO DE NOVELA…
    QUEM ACHAVA QUE MARCOS E HELENA SERIA, OS PROPAGONISTAS SE DECEPCIONARAM…
    A NOVELA GIROU EM TORNO DA LUCIANA E O ROMANCE COM O MIGUEL…
    PELO AMOR DE DEUS, TANTAS COISAS A SEREM FEITAS E FICOU NISSO… AINDA BEM QUE ACABA LOGO… AS NOVELAS DE OUTROS HORARIOS, NAO CONSIDERADOS NOBRES, ESTAO SE SAINDO MUITO MELHORES!

  • adriana diz: 13 de maio de 2010

    eu achei horrivel esta novela com exceção a parte da sandrinha e bene que ridiculo final derão ao bene sera que o autor não pensou que ele poderia monstrar as pessoas que podem haver ressocialização e o pior é que ele primeiro deixou o personagem arrumar emprego depois morre com toda aquela violencia[...] é reamente o autor só esta preocupado com a outra parte da novela a inferior é ignorada ate pelo autor da novela

  • ita diz: 13 de maio de 2010

    Novela é ópio. Embora algumas tentem tratar de temas sociais relevantes, acabam se tornando caricatas e surreais. Eu odeio novela, quem gosta que continue assistindo e vivendo no mundo alienado da Globo. Nem posso dizer ainda bem que acabou, pois ja vem outra porcaria por aí. Tomara que venha, pois vou continuar assistindo ao CSA na Record.

  • dri diz: 13 de maio de 2010

    a novela deu detaque a luciana e suas dificuldades e superação mas ta ai a pergunta na novela a personagem tem mais condições financeiras sera que uma pessoa com menas condições seria a mesma coisa…na minha opinião a melhor parte da novela era bene e sandrinha grandes revelações e que fim nada haver que derão a eles sem contar que o autor não pensou que poderia monstrar uma pessoa se ressocializando o autor primeiro permitiu que o personagem arruma -se emprego depois aquela violencia que foi o fim dele realmente o autor so esta preocupado com o outro lado da sociedade agora so falta a luciana voltar andar pra ficar mais ridiculo ainda o fim desta novela

  • Ferdinando diz: 13 de maio de 2010

    Odiei a novela muito mal feita e alguns detalhes sem nexo.Eu concordo em tudo.

  • jane diz: 13 de maio de 2010

    Parabéns Maneco sua novela foi um SHOW.belissímos papeís.

  • Alexandre diz: 13 de maio de 2010

    Quando eu vejo comentários assim sobre mais uma telenovela medíocre como todas as outras, entendo por que três em cada quatro brasileiros são analfabetos funcionais.

  • jane diz: 13 de maio de 2010

    PARABÉNS MANOEL CARLOS A NOVELA FOI MARAVILHOSA,BELISSÍMA.

  • KAH’ diz: 13 de maio de 2010

    Todos que estão criticando assistiram a novela até o ultimo capitulo neh? pq estão dando até os minimos detalhes =P façam uma novela ‘BOA’ então, ja que a do manoel carlos não agradou à vcs! bando de gente sem noção ¬¬ EU AMEI A NOVELA, Parabens Manoel carlos, e Parabens à todo o elenco! Cheios de talentos como sempre =) o/

  • karla diz: 13 de maio de 2010

    Como toda novela brasileira so sexo sexo, o papel da luciana nao esteve bem, muita
    palhaçada sempre com as diferenças sociais dinheiro acima de tudo, y para mim a
    pior personagem helena y renata fatal.

  • ana rita diz: 13 de maio de 2010

    Ridiculo, com temas de superação uma cadeirante que tem tudo(piscina para hidro,masagista,fisioterapeuta, enfermeira…) ,queria ver todos os dias alguém da família ter que dar banho e etc nela. Com dinheiro fica fácil,né? Ter carro adaptado,mas quando resolve sair vai de ônibus.È muita apalação!! Lua de mel em París eu também quero! Os únicos pobres da novela: ele morre e com certeza ela vai para o lado rico da novela. Agora falta “tempos chatos ‘ TERMMINAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Milena diz: 13 de maio de 2010

    Não tenho acompanhado a novela nos ultimos meses, mas quando assisto, vejo que tudo git]ra em torno da Luciana, que mostrou uma história de superação de uma menina rica que teve todos os recursos possíveis para viver melhor em sua nova condição. Mas tudo isso foi muito exagerado. Acho que outros personagens mereciam destaque, mas ficaram completamente apagados após o acidente de Luciana. Manoel Carlos escreveu obras-primas como Laços de Família e Páginas da Vida, mas Viver a Vida realmente deixou muito a desejar. Já Passione vem com tudo para arrebatar o coração dos brasileiros, assim como Glória Perez fez em Caminho das Índias.

  • Karimme diz: 13 de maio de 2010

    SCI Las Vegas,na Record deu de pau nesta novelinha sem graça.
    Maneco, c é d+, mas esta novela teve seus baixos mais que seus altos.
    Destaques: Lilia Cabral, Mateus Solano, Adriana Birolli.
    Desastres: José Mayer, Thiago Lacerda, Taís Araújo.
    Muita traição, muita enrolação, a superação do Benê saindo da marginalidade deveria ter acontecido.
    Como a Luciana vai desfilar, se até ontem ela nem abria as mãos?
    Não convenceu.

  • Power Guido diz: 13 de maio de 2010

    Recado para EU diz:

    Já que vc falou que graças a Deus a mulher não quiz ver, graças a Deus vc viu tudo e contou para ela….. heheheheh kkkkkkkk

  • Karimme diz: 13 de maio de 2010

    Quero dizer que a novela se perdeu no caminho e que prefiro assistir SCI Las Vegas,na Record.
    Admiro o trabalho do Maneco, sempre acompanhei suas Helenas, mas essa não agradou!

  • Jonhe diz: 13 de maio de 2010

    Essa foi a pior novala da historia da Rede Globo… muito muito muito ruim mesmo.

    Novela boa foi a Favorita.. essa sim tinha uma trama de verdade!!!!!

  • Dodi diz: 13 de maio de 2010

    Novela sofrível!

    Conseguiu ser pior que Duas Caras e a sua Portelinha…

    A novela mais fraca dos últimos 10 anos.

    Sem condição da Taís Araújo ser protagonista nem de malhação, fraca!

    Novela amarrada, sem tramas envolventes, realmente uma péssima novela.

    A única coisa boa é que ela termina amanhã.

  • Karimme diz: 13 de maio de 2010

    A novela não agradou.
    Admiro o trabalho do Maneco, só que esta não deu.
    CSI Las vegas, na record é a melhor pedida no momento.

  • Moni diz: 13 de maio de 2010

    Adorei a novela, aprendi a dar valor a vida, quando acabava a novela q vinha a participação de pessoas q passaram por um monte de coisas, estavam ali falando sobre a vida delas, q elas venceram…ISSO É MUITO EMOCIONANTE..Amei

  • Copeiro diz: 13 de maio de 2010

    Esse velho gagá (Manoel Carlos) já deu o que tinha que dar, faz sempre a mesma novela apelando para assuntos sociais e polemicos, o que já virou cliche.

  • Bi diz: 13 de maio de 2010

    No início a novela ate que estava bem legal, mas depois… a unica coisa que a helena sabia fazer era chorar, isso qualquer um sabe, e aquele nojento do marcos, ta certo que é rico, mas da onde que iriam ter tantas mulheres apaixonadas por ele(por ele mesmo, não pelo dinheiro) e a tereza, ótima atriz mas o papel dela so ficava em chorar pelo marcos e pela luciana, mia podia ter sido bem mais explorada pois estava em um tema polemico, dois alias (virgindade e adoção), isabel era a unica verdadeira mas não precisava exagerar ninguém é assim o tempo todo, renata… aquela mulher era uma estúpida e uma chata, olha o jeito com que ela falava com a mãe dela, isso é um éssimo exemplo para todos, a novela poderia ter sido BEM MELHOR se não fosse toda aquela enrolação!!!!

  • P/ Jane diz: 13 de maio de 2010

    Não Jane, o nome da Novela é Viver a Vida, Belissíma já passou à tempo!! huahuhauhuahuhauhua…

  • paulo cesar diz: 13 de maio de 2010

    ainda que voce pegasse uma revistinha infantil com cinco linhas e levasse o tempo todo lendo durante o periodo da exibicao da novela voce crescia muito mais culturalmente do que assistir esses enmaranhado de besteira.so para quem nao tem o que fazer mesmo.

  • Claudia Krise diz: 13 de maio de 2010

    Até minha mãe que adora novelas achou essa sofrível, era porque realmente não dava. Manuel Carlos já escreveu boas novelas, mas Viver a Vida foi o cúmulo do fantasioso e caricato. Começam com ” super produção” e acaba virando ” super enrolação”. Assisti poucos capítulos porque não tinha condições. Tem algumas cenas muito boas, mas no geral…

  • vera diz: 13 de maio de 2010

    O que ninguém comentou e que achei exagerada foi a relação TerezaxLuciana que fez a cadeirante ser discriminada por excesso de mimo,pegajosa demais a Tereza com a Luciana ;as outras filhas pareciam não existir ,embora uma só fosse lembrada para apanhar(um pouco de atenção maternal talvez resolvesse mais o comportamento da Isabel).De certa forma ambas as mães ,Tereza e Ingrid ,foram difíceis dos filhos aguentarem se fosse vida real!!!

  • José Beato diz: 13 de maio de 2010

    Gostei da novela, embora alguns personagens estiveram muito apagados, como foi o caso da Helena. Mas a Eline Moraes foi um show de interpretação, roubou a cena mesmo! Entendo que a novela possa não ter agradado muito ao público por não ter grandes conflitos, personagens extremamente malvados, gente louca, como costumam ser as novelas da Glória Peres, por exemplo. Das últimas novelas da Globo, posso dizer que foi a que mais gostei. Pelo menos esta dava para sentar e assitir com a família!
    Quanto ao Alexandre, que fez o comentário acima chamando os brasileiros de analfabetos funcionais, deve se julgar superior aos outros. Vale lembrar que o maior sábio é aquele que sabe aceitar e entender que todos têm o direito de ter sua opinião, inclusive o Alexandre, mesmo quando não concordamos com ela.

  • Cris diz: 13 de maio de 2010

    Últimamente não há uma novela totalmente boa, mas descordo quando falam que é fora da realidade quando se diz respeito a Luciana ter ficado na cadeira de rodas, ela tinha tudo e assim é muito fácil ser cadeirante…não é não..isso mostra que dinheiro não compra tudo, ela tinha tudo a tempo e a hora, mas não tinha o poder de ir e vir sozinha, dependia de alguém. E que isso pode acontecer na realidade com que tem dinheiro ou não. O autor poderia ter colcoado um defeciente pobre e outro rico…claro tinha mais rico do que pobre nessa novela. e Gostei de o Bene ter morrido, é assim mesmo que acaba vida de bandido, é muito fácil ficar roubando, se envolver com traficante e ficar numa boa.Mas novela é assim mesmo, se é para ver realidade vamos ver os jornais! tem que ter um pouco de fantasia para sair dessa realidade cruel que o país vive.
    Eu gostei de algumas partes e de alguns núcleos, e realmente Taís Araujo como Helena foi um fracaso!!
    Mas valeu os depoimentos para sabermos dar valor a vida, às vezes temos tudo e achamos que estamos numa pior, mas tem alguém pior que nós.

  • Alceu Mombach diz: 13 de maio de 2010

    A novela mostrou a importâncias que devemos ter com pessoas de necessidades físicas. A superação é possivel, desde que as autoridades públicas entendam e cumpram seu papel com responsabilidade. A novela tentou mostrar desta necessidade, porém, muitas são as pessoas que não entendem. Geralmente, após uma pinga e outra, as pessoas concordam com tudo o que acontece. Sugestão: nas 4ª e 5ª feiras a novela deverá ser reduzida no tempo, deixando espaço para o futebol, desta forma agradando maior número do povo brasileiro.

  • Minininha diz: 13 de maio de 2010

    A PIOR NOVELA DE MANECO…

  • Mirani diz: 13 de maio de 2010

    O Mateus Solano, como Miguel, resgatou “os mocinhos de antigamente”, nada de beleza rara, de sex symbol, de riquinho desputado por diversas personagens. O Mateus, como ator e como pessoa, trouxe através do Miguel os valores do homem comum, do homem possível, do homem real.
    A Globo, com tantos recursos, deveria voltar a investir em atores/atrizes e não em garotos/garotas propagandas. A Adriana Birolli é um outro grande exemplo de que vale a pena renovar.

  • Camila diz: 13 de maio de 2010

    Concordo com tudo que foi escrito!! Novela horrível, mostrando a superação de uma cadeirante vivendo no luxo, papéis ridículos e sem graça. A coisa mais insuportável na minha opinião foi o Jorge acabar com a Ariane…e o amor que a Paixão sentia por ele?? Amou por tanto tempo e era a preferência do público para terminar com o Jorge. Vieram com aquela história ridícula que a Ariane não poderia terminar com o marido da paciente dela, mas o Miguel casar com a paciente dele (Luciana) é normal???
    Nada a ver…odiei tanto quanto odiei Caminho das Indias….bem feito p mim, assim eu deixo de ver essas porcarias de novelas da Globo!!!

  • Beatriz S.M diz: 13 de maio de 2010

    Eu gostei da novela, apesar dos erros.

    Ela teve cenas lindas e emocionantes!!!

  • she diz: 13 de maio de 2010

    Engraçado essa idolatria a Aline Moraes agora, queria ver ela interpretando essa Helena vazia, dai alguns escrevem como se a culpa fosse da Taís Araujo e vem com essa de pior. Com a personagem Luciana, o drama em volta e o tanto de apelação, claro que ela iria se destacar. Assim como não vi nada de espetacular na atuação de Lilia cabral já que Tereza as vezes era mt caricata, sim ela é uma grande atriz, só que uma personagem que caiu na mesmice. Mateus Solano, mt bom, mas mt mais como o Jorge, pois o Miguel mt artificial e forçado. Já a Natália do Vale foi o diferencial nesta reta final, em que o autor lembrou que oderia explorar a atriz.
    E o foco em Luciana fez a novela cair na mesmice, sem mais.

  • eloina leite diz: 13 de maio de 2010

    realmente a novela teve altos e baixos,mas vamos combinar thais araujo tem talento e não é a toa que faz parte do time de estrelas da globo,talvez maneco não tenho escrito cenas interessantes pra helena,uma mulher bonita,independente,bem sucedida e negra;sendo talvez este ponto que mais incomode o telespectador,acostumado a ver na telinha helenas loiras,de pele clara(sem desmerecer as grandes atrizes que interpretaram a personagem de maneco) e claro temos que achar um bode expiatório,thais é o bode da vez…
    Quanto a luciana e a interpretação de Aline concordo que foi uma grata surpresa,embora fique fácil ser cadeirante e ser cheia da grana,o que quero dizer é que ambas tem talento,as situaçoes é que são diferentes,somos sempre levados pelo sentimento de piedade e nos acovardamos frente a opinião dos outros e vamos concordando com tudo.Acredito ser inconsequencia apontarmos thais como a pior helena,ao contrário ela foi diferente,ante heroína,amou,abortou,casou,separou,nao teve medo de amar de novo,de esbofetear amenina mimada,de sofrer e tentar ser feliz sem medo,só pode ser rejeitada,afinal ela é humana,viva thais araujo
    bjo e viva as opinioes por mais divergentes que sejam

  • she diz: 13 de maio de 2010

    Engraçado essa idolatria a Aline Moraes agora, queria ver ela interpretando essa Helena vazia e sem uma história dem desenvolvidade. Alguns escrevem como se a culpa fosse da Taís Araujo, com a personagem Luciana, o drama em volta e o tanto de apelação, claro que Alinne Moraes iria se destacar, ela não sofreu com a preguiça do autor como alguns personagens. Assim como não vi nada de espetacular na atuação de Lilia cabral já que Tereza as vezes era mt caricata, sim ela é uma grande atriz, só que a personagem que caiu na mesmice. Mateus Solano, mt bom, mas mt mais como o Jorge, pois o Miguel mt artificial e forçado. Já a Natália do Vale foi o diferencial nesta reta final, em que o autor lembrou que oderia explorar a atriz.
    E o foco em Luciana fez a novela ficar repetitiva em algumas cenas.

  • francielly diz: 13 de maio de 2010

    Eu achei uma palhaçada essa novela, mais não foi pelos atores e atrizes que a fizeram,mais pelo autor que ta completamente fora da casinha.
    em primeiro lugar a LUCIANA “roubou” o papel da Helena por que o autor piro na batatinha.
    tipo… claro que o tema da luciana é delicado e merecia uma atenção especial, mais esse cara falo a novela toda dela, os outros personagens não tiveram nem chance. nem a protagonista da novela teve chance, imagina os outros.
    ate mesmo qm teve um pouco mais destaque não fez a metade das coisas que eram pra fazer.
    muita gente sequer entrou na novela, e quem ja tinha historia pronta não conseguiu botar no ar pq o maneco disse que a novela toma rumos diferentes, a faça me o favor né, eu não aguento mais ver a luciana e o miguel ou a luciana e a tereza( todas as cenas delas terminavam em choro).
    dai vem um monte de gente critica a tais araujo, pq? ela fez o que o caduco do manoel carlos mandou, se ele não sabe mais fazer novelas como mulheres apaixonadas ou paginas da vida, paciencia, mais a tais araujo não tem culpa… ela deu um baita de um azar isso sim, qm pode competir com uma historia como a da luciana??

    é pra tais todo mundo tinha que dar parabens por aguentar tudo isso de cabeça erguida e quando ela tinha chance de aparecer ia muito bem !

  • eloina leite diz: 13 de maio de 2010

    nrealmente a novela teve altos e baixos,mas vamos combinar thais araujo tem talento e não é a toa que faz parte do time de estrelas da globo,talvez maneco não tenho escrito cenas interessantes pra helena,uma mulher bonita,independente,bem sucedida e negra;sendo talvez este ponto que mais incomode o telespectador,acostumado a ver na telinha helenas loiras,de pele clara(sem desmerecer as grandes atrizes que interpretaram a personagem de maneco) e claro temos que achar um bode expiatório,thais é o bode da vez…
    Quanto a luciana e a interpretação de Aline concordo que foi uma grata surpresa,embora fique fácil ser cadeirante e ser cheia da grana,o que quero dizer é que ambas tem talento,as situaçoes é que são diferentes,somos sempre levados pelo sentimento de piedade e os acovardamos frente a opinião dos outros e vamos concordando com tudo.Acredito ser inconsequencia apontarmos thais como a pior helena,ao contrário ela foi diferente,ante heroína,amou,abortou,casou,separou,nao teve medo de amar de novo,de esbofetear amenina mimada,de sofrer e tentar ser feliz sem medo,só pode ser rejeitada,afinal ela é humana,viva thais araujo
    bjo e viva as opinioes por mais divergentes que sejam

  • jeferson diz: 14 de maio de 2010

    Novela que só tem gente rica, que mundo é esse????
    e outra coisa que ninguém comentou (sim eu li todos os comentários), que bebê mais feio aquele do Benê e Sandrinha!!!! vixe!!! jamais nasceria uma criança daquela cor sendo filha deles!!
    zé mayer galã? só de for da terceira idade!!

    Novelas boa eram ” Que rei sou eu”, “O clone” e “Renascer”, dessa eu sei as falas até hoje:
    Eu juro por esse facão engravado na raíz desse jequetibá rei, que não vou morrer nem morte matada nem de morte morrida!!!

    pronto falei!!!

  • andrea diz: 14 de maio de 2010

    a novela só teve pontos negativos, muito pouco foi o positivo, para uma novela no horario nobel de uma emissora famada por fazer novelas, é uma pena.
    cade? novelas que discutia como o povo brasileira esta vivendo.
    cade? humor nas novelas.
    os personagens principal, sumiram, 1º vez que vir uma historia sem os principais, é triste
    uma historia vazia, então para que foi esta novela?

  • Maju diz: 14 de maio de 2010

    Concordo exatamente com tudo que foi mencionado. E foi como eu disse: Vão ter que comer muito arroz e feijão pra fazer uma novela que supere A Favorita.

  • Giovana diz: 14 de maio de 2010

    Eu gostei muito da interpretação do Gustavo, foi um show! Eu discordo que o casal Gustavo e Malu não foi legal, eu ri muito das cenas deles, bhá… muito engraçado! Aliás, adora a Camila Morgado(Malu), ela é ótima atris e se encaixa facilmente nos papéis. Adorei o casalzinho, mas concordo que não passava daquilo, a novela toda foi a mesma coisa entre os dois, apesar de muito engraçado.

  • Ana Paula diz: 14 de maio de 2010

    Assiti a novela só as sextas, qd não trabalho a noite. Mesmo assim, foi cansativo. Esta novela não teve movimento… Eu sabia da história, do que ia acontecer, de tudo, mesmo assistindo só as sextas…
    Novelas paradas são assim…

  • Carolina diz: 14 de maio de 2010

    Concordo com o Jefferson: já foi o tempo de termos novelas ótimas na TV: Guerra dos Sexos e Roque Santeiro são bons exemplos.
    Tire a grana dos personagens e o que sobra? Um bando de gente que não sabe nem lavar uma louça! Fora que há vários homens alcólatras, gente que vive com dinheiro não sei daonde: Sílvia, Alice, Sandrinha e Benê (roubando?), Coisa Ruim, a mãe da Renata ganha a vida botando as cartas? Ah tá!
    Até meu filho que tem 3 anos disse: mãe, eu não gosto dessa novela, quero a outra de antes (Caminho das Índias). Sério.
    Bem, tentarei nem ver essa outra e aproveitar o tempo para ler, brincar com meu filho, enfim: coisas mais produtivas.
    Era isso.

  • Aline diz: 14 de maio de 2010

    A Aline pode até ter interpretado bem, mas a personagem era extremamente rasa, ela evoluia com uma facilidade enorme, e a mudança de comportamento dela foi de uma hora pra outra, nunca houve reflexão e evolução

  • manuela diz: 14 de maio de 2010

    No geral ate que gostei dessa novela…mas apesar da brilhante atuação de lilia cabral e aline moraes, as senas delas ficaram muito repetitivas…a Mia nao acrecentou nada na novela…Helena so se culpou e chorou a novela inteira…o mau humor da Helen tambem encheu o saco…concordo com as opiniões que o unico pobre morreu…que serviu p verem que a malandragem pode ate parecer que nao…mas sempre acaba mal…Tambem achei sem graça o encontro do Marcos e Bruno…apesar de ser um otimo ator o Bruno estava horrivel…

  • ana diz: 14 de maio de 2010

    Já dito, o Jorge/Miguel de matheus solano, a Luciana de Aline moraes, a Tereza de Lilian Cabral, todas as cenas entre Aline e Lilian, entre Miguel e luciana, a superação, os depoimentos no final da novela, apesar de não ser uma novela, cheia de suspense, grandes dramas, o tema superaçao pelo mesmo foi mostrado com maestri.
    Pelo excelente elenco vai deixar saudades apesar de não atingir os indices de audiência esperado.

  • Patricia diz: 14 de maio de 2010

    Achei a novela péssima!! Não tem química nenhuma em nenhum dos casais formados. Dora quando encontrou Marcos rolou uma química, mas depois o Marcos ficou um chato e já não rolava mais. Jorge podia ter ficado com a Mirna que na minha opinião foi o casal que mais deu certo! Não tem nada a ver Jorge com a Ariane. E os outros casais idem! Sem sal nem açucar!
    O Marcos parece que só tem uma filha, pois as atenções são focadas somente na Luciana. Nunca vi uma cena do Marcos como pai com Mia e Isabel. Tereza também não dá muita atenção. Uma vez a Mia foi falar do Romance dela com o médico na mesa e ninguém deu bola, parecia que estava falando com a parede. A Luciana muiiiitooooo mimada. Só porque ela está na cadeira de rodas a famíla gira em torno do umbigo dela.
    Enfim, ainda bem que tá acabando….

  • Patricia diz: 14 de maio de 2010

    Concordo em genero número e grau o que a Vera falou:

    vera diz:

    13 de maio de 2010 às 5:45 pm
    O que ninguém comentou e que achei exagerada foi a relação TerezaxLuciana que fez a cadeirante ser discriminada por excesso de mimo,pegajosa demais a Tereza com a Luciana ;as outras filhas pareciam não existir ,embora uma só fosse lembrada para apanhar(um pouco de atenção maternal talvez resolvesse mais o comportamento da Isabel).De certa forma ambas as mães ,Tereza e Ingrid ,foram difíceis dos filhos aguentarem se fosse vida real!!!

  • suzi diz: 24 de outubro de 2010

    ttbm nao gostei muito da novela so o casal a Lu e Miguel e Marcos e Betina, deviam ter ficados juntos… saco….

Envie seu Comentário