Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Zezé Polessa, a vilã de Escrito nas Estrelas: "Não acredito em vida após a morte"

30 de junho de 2010 2

Mesmo formada, atriz desistiu da medicina para ser atriz – Foto: Alex Carvalho, TV Globo

Arrancar risadas na pele de uma vilã não é para qualquer uma. Mas é exatamente isso que tem feito Zezé Polessa em Escrito nas Estrelas. Como a malvada, mas cheia de graça, Sofia, a atriz comemora mais uma grande personagem na TV.

Estou na fase em que começo a me divertir com a personagem – conta ela, respondendo a perguntas dos leitores.

O que você faz para permanecer sempre bela e jovem?

Zezé Polessa – Gosto muito de ter cuidados com a alimentação. Também tenho acompanhamento de um personal trainer  e faço muito alongamento. Gosto de correr e fazer yoga.

Quando começou a atuar?

Zezé – Estudei medicina, mas faço peças, desde os tempos de escola. Aos 7 anos, já levava  a sério. Quando comecei a faculdade, armei com um grupo de teatro de rua O Despertar da Primavera, que revisitava clássicos como os de Shakespeare.

Por que largou a medicina para ser atriz?

Zezé –  No sexto ano da faculdade de medicina, decidi que não iria me formar. Foi quando meu pai teve uma conversa comigo e disse que era bom que eu terminasse o curso, para caso eu mudasse de ideia e quisesse fazer de novo. Me formei, mas depois disso nunca cliniquei nem tive atividade como profissional.

O que você está achando de fazer a Sofia?

Zezé – No início, foi difícil, porque, como a gente grava as cenas fora de ordem, você não sabe direito como se junta tudo. Depois tem a fase em que você vê vários erros que fez. Mas se você resiste e tem um pouquinho de confiança, consegue relaxar e se encontra. Agora eu começo a me divertir com a personagem.

Você acredita em vida após a morte?

Zezé – Eu não tenho religião. Eu acredito que a energia das pessoas fica.  Mas eu não acredito em vida após a morte como uma coisa com muita forma.  Eu acredito muito mais no que você deixa, no que você fez, nas pessoas que você amou e que amaram você.

Você sempre faz papéis engraçadíssimos. Na maioria das vezes você é assim?

Zezé – Minha mãe diz que quando saíamos sempre tinha gente em volta de mim, rindo, então acho que pode ser alguma coisa que já vem desde pequena.

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • TRP diz: 30 de junho de 2010

    então quando morrer vai ficar desesperada por não saber onde está e o que está acontecendo…muito triste!!!!

  • Luiz Fernando diz: 1 de julho de 2010

    Zezé
    Fico triste de voce pensar assim. Analise a pureza da natureza e veja se o ser humano tem condições de fazer o que ele nos mostra. Voce é uma pessoa especial, pois tem o dom de dar alegria as pessoas. Existe tudo além da matéria. E esse tudo é a vida. Vida essa que não se encerra com a morte. Pense em voce mesma como Deus te deu a perfeição, seu corpo físico perfeito, e a alegria de viver.

    Um abraço deste que te admira como pessoa e Fã.

    Fernando. Palhoça Santa catarina

Envie seu Comentário