Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Minha novela inesquecível: A Viagem

04 de julho de 2010 4

Conforme informamos domingo passado, o Noveleiros irá recordar algumas das novelas inesquecíveis da teledramaturgia, sugeridas pelos internautas. Fizemos uma seleção entre as mais votadas e, a partir de hoje, abriremos o baú da televisão brasileira para relembrar grandes sucessos que fizeram a cabeça dos noveleiros de plantão.

Para começar, a novela inesquecível de hoje é…

 

A VIAGEM

Exibida pela Rede Globo em 1994, A Viagem era um remake da obra exibida pela Tupi em 1975. As duas versões foram escritas por Ivani Ribeiro e obtiveram o mesmo sucesso. A direção geral da trama foi de Wolf Maya.

A história, centrada na doutrina espírita, foi pioneira ao abordar o tema. A autora teve como inspirações os livros kardecistas E a vida continua e Nosso lar, psicografados pelo médium Chico Xavier.

A trama começa apresentando Alexandre (Guilherme Fontes), um jovem problemático que, apesar de vir de uma família de classe média, se envolve no mundo do crime. Durante um assalto, ele acaba matando um homem, e ao buscar ajuda da família, é denunciado pelo irmão Raul (Miguel Falabella) e pelo cunhado Téo (Maurício Mattar). A seu favor, ele tem apenas as irmãs, Diná (Christiane Torloni) e Estela (Lucinha Lins), além da mãe, Dona Maroca (Yara Côrtes). Desesperada, Diná procura o criminalista Otávio Jordão (Antônio Fagundes) para defender seu irmão, mas ele se recusa por ser amigo da vítima.

Guilherme Fontes deu vida ao atormentado Alexandre

Abandonado à própria sorte, Alexandre comete suicídio na prisão. O espírito do rapaz vai parar no Vale dos Suicidas, um lugar sombrio e repleto de almas atormentadas. As cenas foram gravadas em uma pedreira abandonada, na cidade de Niterói (RJ), que retratava bem a atmosfera desesperadora do local.

O vingativo espírito de Alexandre volta à terra decidido a atormentar a vida de todos que o prejudicaram: Raul, Téo, Otávio e Lisa (Andréa Beltrão), a namorada que o abandonou.

Maurício Mattar era Téo, um dos responsáveis pela prisão de Alexandre

A vingança surte efeito. Téo se torna um homem violento e instável, e acaba se separando de Diná. O filho mais velho de Otávio, Tato (Felipe Martins), influenciado pelo espírito de Alexandre, se transforma em um delinquente. A vida de Raul também vira um inferno, devido a mudança brusca de temperamento de sua sogra, Guiomar (Laura Cardoso), também possuída pelo espírito do jovem suicida.

Daniel Ávila e Felipe Martins viveram Dudu e Tato, filhos de Otávio Jordão

A única pessoa a desconfiar de influências espirituais sobre a família é o Dr. Alberto (Cláudio Cavalcanti), adepto do espiritismo. Através de reuniões mediúnicas, Alberto tentará de todas as maneiras conter a influência maléfica de Alexandre.

Alberto, interpretado por Cláudio Cavalcanti, foi o primeiro a perceber a influência de Alexandre

O espírito atormentado fica ainda mais violento ao descobrir o envolvimento da irmã, Diná, com Otávio Jordão. O advogado acaba morrendo em um acidente de carro, por obra da vingança de Alexandre. Pouco tempo depois, Diná também acaba morrendo e reencontra seu grande amor no plano espiritual. Juntos, eles conseguem convencer o espírito de Alexandre a se redimir e até mesmo pedir perdão ao homem que assassinou.

Os apaixonados Diná e Otávio se reencontraram no plano espiritual

No último capítulo, uma bela mensagem encerrava a novela de forma emocionante:

“Hoje, de algum lugar longe dessas terras
Há um doce olhar só pra você…
Um olhar especial
De alguém especial, de distantes origens
Um olhar de um justo coração que pulsa só a vida…
Que sorri porque ama plenamente
Sem julgamentos, preconceitos nem prisões
Hoje, como ontem, longe desses Céus
Há um encantador olhar só pra você
Nesse olhar vai para você a magia da luz
A simplicidade do perdão
A força para comungar com a vida
A esperança de dias mais radiantes de paz
Hoje, de algum lugar dentro de você,
Alguém que já o amou muito e ainda o ama
Diz para você que valeu a pena ter estado nessas Terras…
Sob estes Céus…
Falando de união, paz, amor e perdão
Poder sentir a força que faz você sorrir
E continuar o caminho
Que um dia aquele doce olhar iniciou pra você
Tudo isso, só pra você saber que
A VIDA CONTINUA…
E A MORTE É UMA VIAGEM…” 

(Paulo Kronemberger)

A trama foi marcada por grandes interpretações. Guilherme Fontes esteve em sua melhor forma como o maléfico Alexandre, Christiane Torloni e Antônio Fagundes emocionaram como o casal protagonista, e a sempre brilhante Laura Cardoso causava arrepios durante as cenas em que sofria com a possessão.

Laura Cardoso impressionou ao interpretar Dona Guiomar

O sucesso da novela aumentou o número de adeptos da doutrina espírita e elevou a venda de livros sobre o assunto, segundo informações do site Teledramaturgia.

A abertura da trama mostrava lugares paradisíacos, cachoeiras e matas que representavam o que os personagens encontraram no outro plano. A música A Viagem, do grupo Roupa Nova, também remetia ao tema do amor além da vida. Ouça um trecho aqui.

A receptividade do público foi tanta que a novela foi reprisada no Vale a Pena Ver de Novo por duas vezes, em 1997 e 2006.

A Viagem foi o último trabalho da autora Ivani Ribeiro, falecida em 1995.

Relembramos A Viagem a pedido das internautas Bárbara, Graziela, Maiara, Denise, Kátia, Silvana, Cris, Taty e Lidiane.

Fotos: Divulgação, TV Globo

Em breve relembraremos outras obras inesquecíveis da teledramaturgia, aguardem!

 

Bookmark and Share

Comentários (4)

  • Luiza diz: 4 de julho de 2010

    Essa novela é realmenre maravilhosa, vi nas três vezes que passou. Hoje veria novamente, com certeza. Lendo toda a “história” da novela aqui no Noveleiros, acredito tb que deve ter ajudado muito a Ivani Ribeiro na sua Viagem. E muitos outros. Novela linda, linda.

  • Elaine roxo reis diz: 19 de maio de 2012

    Gostaria de rever essa novela a viajem, foi a obra mais linda que ja vi poderiam colocar em vale apena ver de novo ou no canal viva espero ansiosa obrigada

  • susana diz: 13 de novembro de 2012

    para mim essa novela foi uma das melhores de todos os tempos.se fosse repetida pela 3 vez,eu com certeza veria.

  • Janice diz: 8 de agosto de 2014

    Atualmente, ela está sendo reprisada pelo canal a cabo, VIVA.
    Estou assistindo e matando as saudades! :)

Envie seu Comentário