Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Ti-Ti-Ti estreia amanhã e traz humor e irreverência

18 de julho de 2010 1

Trama conta a história de Jacques Leclair (E) e Victor Valentim – Foto: Zé Paulo Cardeal, TV Globo

Na sua primeira versão, em 1985, Ti-Ti-Ti foi um grande sucesso de Cassiano Gabus Mendes e contou a história da rivalidade dos costureiros Jacques Leclair e Victor Valentim, interpretados por Reginaldo Faria e Luis Gustavo. Estreia segunda-feira às 19h, o remake da trama, que é uma homenagem de Maria Adelaide Amaral ao autor que a trouxe às novelas. O enredo original será mantido e será em torno dos dois rivais, agora chamados de estilistas. A autora misturou à Ti-Ti-Ti diversas outras tramas de Gabus Mendes, como Plumas e Paetês (1980). O inesquecível Mário Fofoca, de Elas por Elas (1982), voltará com Luis Gustavo. Já Maria Zilda Bethlem relembra a Kiki Blanche, de Locomotivas (1977), como cliente de Leclair.

As principais mudanças

A realidade em que vivem Jacques e Victor é bem diferente daquela retratada em 1985. Na nova versão, o ateliê de Leclair será no Jardim Amália Franco e ele cria, preferencialmente, vestidos de festa, de noivas e madrinhas. O sonho do estilista é fazer prét-à-porter, ter uma loja na Oscar Freite e chegar ao São Paulo Fashion Week, como conta a autora Maria Adelaide Amaral. Além disso, Leclair terá um gosto duvidoso e vai se beneficiar de Jaqueline (Claudia Raia) para refinar seu toque.

Seu desafeto, Victor Valentim, também fará vestidos de festa, baseados em modelos feitos para bonecas por uma senhora, que, na verdade, é a mãe de Leclair, desaparecida há muitos anos. Valentim a encontra morando na rua e desmemoriada, diferentemente da primeira versão, quando ela morava em um asilo.

Saiba quem é quem na trama

André Spina / Jacques Leclair (Alexandre Borges) – O “inimigo de infância” de Ari. Cresceram juntos na vila do Belenzinho e disputavam tudo. Foi criado pela tia Júlia (Nicette Bruno), depois de ter sido abandonado pela mãe. Cativa as mulheres com seu papo sedutor e as dispensa, sem jamais se envolver com nenhuma delas. André sempre sonhou em ser famoso – e, ao decidir ser costureiro, aproveitou-se do talento de Marta (Dira Paes), que costurava as roupas que ele vendia. Abandonou-a para se casar com a filha de um dono de supermercado, que bancou a abertura de um ateliê no Tatuapé. Está bem de vida e mora confortavelmente em uma cobertura com a tia Júlia e os quatro filhos: Pedro (Marco Pigossi), Valquíria (Juliana Paiva), Mab (Clara Tiezzi) e Lipe (Davi Lucas)André não conseguiu atingir o sucesso que esperava por um motivo simples: suas roupas são cafonas, cheias de babados e detalhes inúteis. Sua vida vai mudar quando cruzar com Jaqueline (Cláudia Raia) e Clotilde (Juliana Alves). A primeira tornará famosa a grife Jacques Leclair. A segunda conseguirá conquistar seu coração.

Ariclenes Martins / Victor Valentim (Murilo Benício) – Também conhecido como Ari, é um homem de origem humilde, que cresceu na vila do Belenzinho. Deu a sorte de ficar rico com a loteria quando jovem, mas investiu em negócios errados e perdeu tudo. Até tenta procurar emprego, mas sua intolerância ao recebimento de ordens é mais forte do que sua vontade. O que realmente o move, além da ambição, é a inveja que sente de André. Quando conhece Cecília (Regina Braga)Ari se transforma no estilista espanhol Victor Valentim, usando os modelos das roupinhas de boneca feitas por ela. Sua lábia e simpatia o tornam uma pessoa querida por (quase) todos que o conhecem. Foi casado com Suzana (Malu Mader), por quem continua apaixonado e com quem teve seu único filho, Luti (Humberto Carrão).

Foto: João Miguel Júnior, TV Globo

Suzana Martins (Malu Mader) – Ex-mulher de Ari e mãe de Luti. É a editora-chefe da revista Moda Brasil. Mulher bonita e culta. É a melhor amiga de Luisa.

Luti (Humberto Carrão) – Filho único de Ari e Suzana. Mora com o pai, mas é como se Luti fosse o pai, e Ari, o filho. Estuda Belas Artes, é um garoto inteligente e trabalha como garçom à noite. Namora Gabriela (Carolina Oliveira), mas vai se apaixonar por Valquíria, filha de André, o arqui-inimigo de seu pai.

Nicole Oliveira (Elizângela) – Divide com Marta uma pequena oficina de costura na vila do Belenzinho. Divertida, desbocada, é fascinada pelo mundo dos famosos. Tem uma filha, fruto de um caso passageiro: Desirée (Mayana Neiva).

Valquíria Spina (Juliana Paica) – Filha de André. Bonita e sangue quente, tem a arrogância própria dos adolescentes acostumados a ter tudo à mão. Morre de vergonha da cafonice do pai.

Júlia Spina (Nicette Bruno) – Tia de André, que o criou como mãe. Mulher boa e carinhosa. Seu sonho é reencontrar a irmã.

Cecília Spina (Regina Braga) – Mãe de André. Foi mãe solteira e sequer tinha certeza sobre a paternidade de seu filho. Deixou o filho com sua irmã Júlia e sumiu com um novo namorado. Cecília é encontrada por Ari morando na rua. Ela faz roupas para bonecas, que acabarão servindo para o falso estilista Victor Valentim.

Marta Moura (Dira Paes) – Muito bonita, namorou André certa de que se casariam. Quando ele teve a ideia de se tornar estilista, foi ela quem costurou suas primeiras roupas, revelando-se uma costureira talentosa e refinada. Por vingança a André, o Jacques Leclair, vai se unir a Victor Valentim.

Stela Villa (Mila Moreira) – Ex-mulher de Giancarlo (Mauro Mendonça) e mãe de Renato (Guilherme Winter). Além do trabalho como consultora de moda, tem uma coluna na revista editada por Suzana (Malu Mader).

Gustavo Sampaio (Leopoldo Pacheco) – Marido de Bruna, pai de Edgar e Osmar (Gustavo Leão). Dono da editora GS, que publica a revista Moda Brasil, é devotado aos negócios e à família.

Bruna Soares Sampaio (Giulia Gam) – Esposa de Gustavo, mãe de Edgar e Osmar (Gustavo Leão). Mulher de olhar bondoso e coração amplo. Em tratamento contra um câncer, Bruna se ressente da ausência de seu filho caçula.

Julinho Santana (André Arteche) – Melhor amigo de Marcela (Ísis Valverde), trabalha como cabeleireiro em Belo Horizonte. Rapaz leal, gentil e discreto. Mora com Osmar (Gustavo Leão), e os dois formam um casal muito unido e cúmplice.

Breno Rodrigues (Tato Gabus Mendes) – Diretor administrativo-financeiro da fábrica de Rebeca. Apesar de charmoso e agradável no convívio social, é uma pessoa avarenta e mesquinha.

Edgar Sampaio (Caio Castro) – Filho mais velho de Gustavo e Bruna, irmão de Osmar (Gustavo Leão). Rapaz bonito, carismático e popular. É noivo de Camila (Maria Helena Chira) e mantém um caso com a sócia Luisa.

Luisa Salgado (Guilherme Guinle) – Sócia de Edgar na agência de modelos. Mulher bonita e inteligente, faz pose de segura e independente, mas morre de medo da rejeição e de envelhecer.

Jaqueline Maldonado (Claudia Raia) – Uma perua intensa, trágica e cômica. Dona de um estilo extravagante. Tem uma filha, Thaísa (Fernanda Souza), do casamento com Breno, um marido desatento e sovina com quem já não se relaciona há muito tempo. Ao conhecer Jacques Leclair, apaixona-se por ele, se separa do marido e o ajuda a transformar sua marca em grife refinada.

Rebeca Bianchi (Christiane Torloni) – Mãe de Camila (Maria Helena Chira) e Jorgito (Rafael Cardoso). Fica viúva de Orlando (Paulo Goulart) assim que a novela começa. Nunca precisou trabalhar. Quando o marido morre, Rebeca decide arregaçar as mangas e dedicar sua vida ao trabalho.

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Luciana diz: 18 de julho de 2010

    Assisti a essa novela em 1985, quando tinha 11 anos. lembro que eu adorava a novela, principalmente o romance entre Luti e Valquíria, na época interpretados por Cássio Gabus e Malu Mader. usei o batom Boka Loka e estou aguardando ansiosamente pela nova versão. É a primeira vez que uma novela que acompanhei será regravada.

Envie seu Comentário