Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Minha novela inesquecível: Tieta

22 de agosto de 2010 7

A novela inesquecível de hoje foi sugerida pelos internautas Daniel, Carmen, Dodi, Andreza, Cris Brandão, Sandra e Leonardo.

TIETA

Tieta, escrita por Aguinaldo Silva, Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares e com direção geral de Paulo Ubiratan, foi ao ar na Rede Globo de agosto de 1989 a março de 1990.

A novela foi uma adaptação do romance de Jorge Amado e se passava na fictícia cidade de Santana do Agreste.

Na primeira fase da trama, a personagem-título, vivida por Cláudia Ohana, é expulsa da cidade pelo pai, Zé Esteves (Sebastião Vasconcellos), que não tolerava o comportamento liberal da jovem.

Após um salto no tempo de 25 anos, já vivida por Betty Faria, Tieta volta a sua cidade rica e poderosa, jurando vingança pelas humilhações do passado. Ela faz uma entrada triunfal na igreja da cidade, enquanto todos rezavam pela sua alma.

A partir daí, a vida de muitos moradores muda com a chegada da misteriosa mulher. Para confrontar a família, ela se envolve com o sobrinho, Ricardo (Cássio Gabus Mendes) e deixa todos na cidade chocados e acirra a guerra com sua irmã, Perpétua (Joanna Fomm).

Tieta também reencontra um antigo amor do passado, Osnar (José Mayer), que fica encantado com a mudança da ex-namorada.

Muitos personagens marcantes reinam até hoje na memória do público. Entre eles, estava o bêbado Bafo de Bode (Benvindo Sequeira), que gritava aos quatro ventos as verdades sobre cada morador da cidade era um dos personagens mais queridos da trama.

Outro destaque para os inseparáveis Cavaleiros do apocalipse, grupo de amigos formado por Timóteo (Paulo Betti), Amintas (Roberto Bonfim), Osnar e Ascânio (Reginaldo Faria) se reunia no botequim da cidade, principalmente para discutir sobre a identidade da Mulher de Branco, figura misteriosa que assombrava a região.

O lado romântico da história ficou por conta da sofrida Imaculada (Luciana Braga). A moça era uma das “rolinhas” do prefeito Artur da Tapitanga (Ary Fontoura). Imaculada sonhava com a chegada de um príncipe que a tiraria daquela vida, figura que acabou encontrando em Ricardo, com direito a cavalo branco no resgate da amada.

Entre vários personagens inesquecíveis, o mais lembrado é a beata Perpétua. A vilã entrou para a história da teledramaturgia, com interpretação magistral de Joana Fomm. No final da trama, Tieta desmascara a irmã, revelando a todos que a megera usava peruca para esconder uma reluzente careca. Além disso, toda a cidade ficou sabendo que Perpétua guardava o órgão sexual do falecido marido em uma caixa.

Em março deste ano, o Video Show exibiu uma matéria especial, em comemoração aos 20 anos do último capítulo de Tieta. Confiram:

Em outra reportagem, Betty Faria e Joana Fomm relembram o sucesso da novela:

Expressões e Bordões

- Mistéééério: Dona Milu (Mirian Pires) vivia falando isso, já que em Santana do Agreste muitos acontecimentos não tinham explicação.

- Nos trinquesTimóteo (Paulo Betti), com seu indefectível bigodinho, caiu na boca do bovo com este bordão.

- Techau! – Ao se tornar uma mulher exuberante com a ajuda da enteada Tieta, Tonha (Yoná Magalhões) libertou-se do marido repressor e adotou a expressão.

Teúda e manteúda: Era assim que as fofoqueiras da cidade se referiam a Carol (Luiza Tomé), amante do coronel Modesto Pires (Armando Bógus).

Curiosidades

Betty Faria aproveitou o sucesso da novela para lançar uma grife de roupas inspirada em sua personagem, a Tieta by Betty Faria.

– A relação incestuosa entre Tieta e Ricardo gerou polêmicas com a Igreja Católica, que também criticava a erotização da trama.

– Em 1996, a história foi adaptada para o cinema por Cacá Diegues. Tieta foi vivida por Sônia Braga e Marília Pêra interpretou Perpétua.

- A exemplo de Roque Santeiro, Tieta também ganhou dois volumes de sua trilha sonora nacional. Entre os maiores sucessos, estavam Meia lua inteira (Caetano Veloso), No rancho fundo (Chitãozinho e Xororó), Imaculada (Elba Ramalho) e Coração do agreste (Fafá de Belém), além do tema de abertura, cantado por Luiz Caldas.

Tieta foi reprisada no Vale a Pena Ver de Novo entre setembro de 1994 e abril de 1995.

Fotos: Divulgação, TV Globo

 

RELEMBRE OUTRAS NOVELAS INESQUECÍVEIS:

>>> Rainha da Sucata

>>> Vamp

>>> Renascer

>>> A Gata Comeu

>>> O Rei do Gado

>>> Roque Santeiro

>>> A Viagem

Bookmark and Share

Comentários (7)

  • Josue diz: 22 de agosto de 2010

    Grande obra que promovia Pedofelia, incesto e relações extraconjugais além de muita libertinagem, mais uma produção da globo que contribuiu para a melhora do país!

  • Rosiclea Pezzi diz: 22 de agosto de 2010

    Realmente a novela Tieta foi maravilhosa não se fazem mais novelas como antigamente.outra q ue eu adorei foi Setimo sentido nossa quanto misterio Regina Duarte foi genial .bjus a todos vcs

  • marcia murca diz: 2 de novembro de 2010

    tieta foi inesquecivel, a história , a trilha sonora….foi maravilhosa quem sabe o canal viva não a reprisa ……bjos a todos…..

  • Vinicius Frota Gomes diz: 11 de novembro de 2010

    Betty Faria arrasou como a eterna TIETA!

  • Daniel M. diz: 14 de novembro de 2011

    Josue! Que comentário pobre!!!
    A novela contribuiu para o Marco da TV Brasileira!
    A Libertinagem está na cabeça das pessoas!!! E nas mentes fracas!

  • Wilson Arruda diz: 21 de março de 2012

    Concordo com Daniel, Tieta foi uma das melhores novelas de todos os tempos,mas também gosto de Vereda Tropical e Sétimo Sentido que está merecendo um remake.

  • nilton de souza moraes diz: 12 de junho de 2012

    CASO VERDADE,CARLOS VEREZA BETH FARIA E EU

Envie seu Comentário