Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

As vilãs que fazem mais sucesso que as mocinhas

23 de agosto de 2010 0

Ser vilão em uma novela é o sonho de consumo de qualquer ator ou atriz que se preze. Fazer maldades na telinha geralmente chama mais a atenção do público do que chorar e sofrer o tempo todo. Às vezes a interpretação é tão boa que temos até vontade de torcer pelos vilões, não é? E as pobres mocinhas acabam perdendo espaço para vilãs perigosas, mas inesquecíveis, vejam só:

Atualmente, temos um grande exemplo de vilã que agrada mais ao público do que a mocinha. (Carolina Dieckmann) é o protótipo da heroína sem sal, que não faria nenhuma falta na trama. Já a vilã DianaClara (Mariana Ximenes) se sobressai faz muita gente torcer por ela. Há até quem peça a Sílvio de Abreu a regeneração da megerinha, mas aí perderia a graça, né?

Foto: João Miguel Júnior, TV Globo

Viver a Vida apresentou uma heroína chorosa, Helena (Taís Araújo), que não caiu no gosto do público. Ponto para Tereza (Lilia Cabral), que roubou todas as cenas na pele da amargurada ex-mulher de Marcos (José Mayer). Aliás, não foi a primeira Helena que Lilia Cabral ofuscou. O mesmo ocorreu em Páginas da Vida, quando viveu a cruel Marta, e em História de Amor, no papel da desequilibrada Sheyla.

Foto: Alex Carvalho, TV Globo

Em A Favorita, Flora (Patrícia Pillar) foi revelada como grande vilã no decorrer da trama, após muito tempo fazendo papel de vítima. Quem mais sofreu nas mãos da víbora foram Donatela (Claudia Raia) e Lara (Mariana Ximenes). Flora não suportava a bondade excessiva da ex-amiga e da filha, e muita gente deve ter concordado com ela.

Foto: Renato Rocha Miranda, TV Globo

Na novela Senhora do Destino, Maria do Carmo (Suzana Vieira) teve a filha sequestrada por Nazaré (Renata Sorrah) e sofreu muito até reencontrar a menina. Mesmo com tantas maldades e crimes no currículo, a loura roubou a cena, com suas frases hilárias, além dos apelidos que dava a seus desafetos. Quem não se lembra da megera, em frente ao espelho, dizendo: “Gostosa! Impressionante como o tempo só te valoriza…”

Foto: João Miguel Júnior, TV Globo

Pobre Maria Clara (Malu Mader), que em Celebridade comeu o pão que o diabo amassou, chorou, ficou pobre… Mas alguém torcia pela empresária? O povo só queria saber da cachorra Laura (Cláudia Abreu), que protagonizava cenas inesquecíveis ao lado do michê Marcos (Márcio Garcia).

Foto: Gianne Carvalho, TV Globo

Maria Altiva Pedreira de Mendonça e Albuquerque (Eva Wilma) era o diabo em forma de gente na trama de A Indomada. A vilã atormentava a vida da própria sobrinha, Lúcia Helena (Adriana Esteves). As duas se saíram muito bem na trama, mas as melhores cenas ficaram por conta da maior megera de Greenville.

Foto: Divulgação, TV Globo

Em Vale Tudo, alguém lembra em detalhes o que se passou com a protagonista Raquel (Regina Duarte)? Em compensação, ficou na memória dos telespectadores cada gotinha de veneno destilada por Maria de Fátima (Glória Pires) e Odete Roitman (Beatriz Segall). A dupla aprontou muito, mas deixou saudade.

Fotos: Divulgação, TV Globo

Bookmark and Share

Envie seu Comentário